2021-09-20 23:33:57 -0300 2021-09-20 23:33:57 -0300
vante Guilherme De Assis Pinto

Finalizado!

Ok, vamos começar com a minha música favorita!

Olha, esse foi de longe um dos melhores jogos que eu joguei pro PS1! Estou até meio sem palavras pra descrever esse jogo, ele foi realmente INCRÍVEL! Me sinto até meio estúpido por não ter jogado ele antes (mals aí pro povo que vivia me recomendando toda hora enquanto eu enrolava kkkkkkkkkkk). 14 horas de gameplay, mas realmente pareceu menos de tanto que eu me diverti e aproveitei o jogo!

É até difícil citar coisas negativas sobre esse jogo. As únicas coisas que me incomodaram um bocado foi a distância entre alguns checkpoints, mas com o tempo eu me acostumei melhor. A dificuldade sobe bastante quando o castelo vira de cabeça pra baixo, e algumas partes são quase intransponíveis... Pelo menos até a Crissaegrim entrar em cena MUAHAHAHAHAHA! Mas mesmo com esses probleminhas o jogo continua sendo nota 10!

É mais fácil citar os problemas, porque de coisa boa tem tanta que eu posso ficar até amanhã falando. Mas em resumo:

Exploração: nota 10

Trilha sonora: nota 10

Design dos personagens: nota 10

Level design: nota 9.5 

Atmosfera: 

O enredo é bem auto explicativo, eu que não conheço direito a série Castlevania consegui entender tudo direitinho. A dublagem é tão meme que é sensacional kkkkkkkkk

Essa frase vai ser marcada na história.

Voltando pras coisas boas, Alucard é um protagonista sensacional também! Desde a personalidade badass, ao design dele que eu particularmente adorei! Mas como eu disse antes, a coisa que eu mais amei foi a atmosfera do jogo! Que meio que é o conjunto da obra, mas eu realmente gostei muito dos cenários, dos inimigos (tirando os guardiões) e até os chefes foram divertidos de se enfrentar. Alguns foram mais simples, outros mais complicados. 

Os mais medonhos pra mim foram de longe o Belzebub que é literalmente um demônio gigante se decompondo... bem nojento, e a bola de cadáveres que eu já tinha visto na live do @arthurdias25, e como o bicho é bem medonho e eu não tava lidando direito, resolvi só chegar no lado esquerdo da sala com o raiozinho ping pong que atravessa e pega o núcleo dele, aí foi de boas. O Galamonth eu não sei como eu vencer sem a Crissaegrim na mão. O mesmo serve pro Drácula. A Morte foi satisfatório de matar... Não, pera, dá pra matar a morte? Ok, reformulando... dar uma surra depois dela ter me trolado no início do jogo, e o Richter eu achei meio fácil quando eu enfrentei, isso pq eu tava mirando na bolinha com medo de matar ele, mas o item da cruz salvou o dia (na hora em que ele começou a espamar magias eu usei esse especial). Ou a noite nesse caso. Mas de longe o mais desafiador e ao mesmo tempo divertido foi o trio do Coliseu de cabeça pra baixo. Esse foi difícil pra caramba, mas eles causavam pouco dano, então deu pra perceber o padrão deles. Se não me engano esse é o trio de protagonistas do jogo onde o Alucard estreou na franquia.

Faz tempo que eu não pego o jogo de uma franquia pra jogar e fico com vontade de conhecer o resto. Vou ver se jogo o Rondo of Blood agora (ou em breve, tenho que rejogar um Fire Emblem aqui) e se os outros jogos chegarem perto da excelência desse camaradinha aqui, essa franquia vai entrar nas minha favoritas!

Obrigado a todos que leram até aqui, um grande abraço, e até a próxima!

"A única coisa necessário para o mal triunfar, é que os homens bons não façam nada"

Castlevania: Symphony of the Night

Platform: Playstation
10362 Players
330 Check-ins

32
  • Micro picture
    luckk · 8 months ago · 3 pontos

    Joguinho dificil que só

    1 reply
  • Micro picture
    mastershadow · 8 months ago · 3 pontos

    JOgo atemporal,clássico supremo!

  • Micro picture
    volstag · 8 months ago · 2 pontos

    O Galamoth eu mato na "sola da bota" sem tomar nem um dano sequer... fica a dica subliminar hehehe

    4 replies
  • Micro picture
    raniejogos · 8 months ago · 2 pontos

    parabéns, zerou um dos melhores jogos do ps1
    top 10 na lista de praticamente todos os jogadores
    o triste é fazer 200% e ver que o jogo chegou ao fim, mas vale sempre apena rejogar inúmeras vezes, acho que já zerei mais de 10x esse, não posso escutar a OST que dar vontade de jogar

    1 reply
  • Micro picture
    manoelnsn · 8 months ago · 0 pontos

    Galamoth é mais fácil do que parece, já que ele é lentão e tem golpes bem previsíveis.

    No geral, SOTN é um jogo legal, mas nunca o vi como algo incrível e coisa do tipo e sim como um diamante bruto, cheio de ideias e conceitos que ainda precisavam ser lapidados... E foram, nos metroidvanias seguintes, especialmente os de DS XD

    3 replies
Keep reading → Collapse ←
Loading...