vante

What is chivalry but taking a friend's cause to heart?

You aren't following vante.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • 2021-07-26 23:19:20 -0300 Thumb picture

    Mais uma nuzlocke terminada!

    Iep! Mais um desafio nuzlocke completo, dessa vez em Pokémon FireRed! 

    Até o momento foi a Nuzlocke mais difícil que eu fiz, então acho que ela merece um ponto por isso, e foi a run onde eu mais perdi pokémons. Embora todos eles tenham morrido por um motivo bem besta que foi eu inventando moda. 

    Hipnosis o Drowzze morreu pra um Tackle crítico de um Pidgey (o que foi bem ridículo).

    Killer Bee o Kakuna morreu pra um Spearow que usou Pursuit na hora que eu troquei.

    Ok, foram mortes bem wtfqs, mas na Elite dos Quatro eu fiz algumas burrices. Primeiramente, esse foi o time:

    Ace o Charizard (surpreendentemente ele não morreu)

    Trish a Raichu

    Hipnosis o Gengar (sim, eu nomeei ele com o nome do Drowzze depois que ele morreu kkkk)

    Mamaco o Primeape

    Aura a Exeggutor

    Harribel a Lapras

    E bem, na Lorelei não perdi ninguém, mas aquele Lapras me encheu o saco com Confuse Ray e paralisia de Body Slams. No bruno eu fui burro pra krl, já que ao invés de mandar a Aura solar ele, eu mandei o Mamaco que solou os Onix dele, mas morreu pra um fucking Counter do Hitmonchan. Aí eu solei o Bruno com a Aura. Na Ághata tinha tudo pra ir de boas, mas a desgraça do Gengar ficou espamando Double Team, e depois de torrar PPs, e o Lum Berry que estava com ela a Aura conseguiu vencer. Depois ela quase morreu porque tava envenenada e o Lum Berry tinha ido pro saco, então ele teve que sair da luta já que ele tava morrendo, e aí eu mandei o Hipnosis o Gengar que não fez nada além de errar o golpe que leva o seu nome e então eu tive que trocar de novo pra Harribel que terminou a luta. E por último, Lance! Comecei com o Hipnosis que fritou o Gyarados de cara com Thunderbolt, e depois foi o Aerodactyl que sobreviveu a um Thunderbolt e era mais rápido que o Hipnosis, então eu tentei botar ele pra dormir, errei um, fiquei no vermelho de novo, mas acertei. Aí o Aerodactyl voltou pra debaixo da terra depois de um Dream Eater e um Thunderbolt. Logo em seguida, o Dragonite que não dormiu e matou o Hipnosis com um Wing Attack. É, foi uma perda bem amadora, mas a Harribel solou o resto do time com Ice Beam. Chegar no campeão só com 4 pokemons não é um bom sinal, mas... Vamos lá né?

    Bem, comecei a luta de Trish que logo mandou o Pidgeot do meu rival pra vala, então ele mandou o Rhydon que também foi pra vala pela Aura, e Blastoise entrou em campo. O motivo pra ele ter mandado o Blastoise ao invés do Arcanine? Bite é especial nessa geração, e a defesa especial da Aura é bem ruim mesmo, e ele foi mais rápido e acertou ela com um Bite que ainda foi crítico... Mas ela tankou e setou Sunny Day. Sunny Day + Chlorophill + Solarbeam = Overkill! Foi um tiro só. E então chegou o Arcanine, mas eu troquei pro Ace que apareceu pela primeira vez nesse desafio contra a Elite dos Quatro, e após tankar bem os golpes de fogo, e usar o não tão famoso "Leftovers stall" ele tankou e derrotou o Arcanine com alguns Flys e um Earthquake bem dado. Depois, Alakazam que ficou no vermelho com um Earthquake e resolveu usar Reflect, o que me possibilitou de levar ele pra vala sem muitos problemas, e por último, o Exeggutor dele que não tankou um Flametrhower e assim, eu venci o desafio! 

    Dessa vez eu não comentei muito pq acho que cês já tão ficando saturados de me ver falando de Pokémon, e eu ainda tô jogando o Black que eu resolvi dar uma pequena pausa por enquanto, já que eu tenho usado o PC pra outras coisas. Mas bem, espero que tenham gostado desse resumo do finalzinho, vou ficando por aqui, um forte abraço e até a próxima!

    Pokemon FireRed Version

    Platform: Gameboy Advance
    9642 Players
    473 Check-ins

    3
  • 2021-07-26 10:23:37 -0300 Thumb picture
  • 2021-07-25 17:49:02 -0300 Thumb picture

    Trailer de Mortal Kombat Battle of the Realms (spoiler alert!)

    Bem, eu acho que dessa vez eles deram spoilers sobre a conclusão de algumas lutas no trailer, então eu vou dar um espaço pra falar sobre caso alguém não queira tomar spoiler gratuito.

    .

    .

    .

    .

    .

    .

    .

    .

    .

    .

    .

    .

    .

    .

    .

    .

    .

    Bem, eu esperava que fosse ver a luta do Kung Lao contra o Kintaro nesse filme, mas aparentemente não é o caso, ao menos que ele morra /perca na luta. E como não revelaram nada sobre as lutas do Lao, eu só consigo presumir que ele vai se lascar e eu vou sair pau da vida do filme kkkkkkkkk. E bom, aparentemente a Li Mei vai pro saco, sendo que ela não era uma vilã antigamente, mas talvez trabalhem isso, errr... Eu não sei. E pelo visto a violência vai se manter no nível do filme anterior se não aumentar nesse. 

    E, por favor, não me taquem pedras, mas eu nunca liguei muito pra violência em MK, até desativava o sangue nos jogos de PS2 por causa das armadilhas, então eu não ligo pra isso. Mas vamos ver como vai ser. E aparentemente as minhas preces naquele meu post onde eu comentava coisas que eu não queria que acontecessem não serão realizadas kkkkkkkkk. Por que os meus personagens favoritos só se lascam? 

    Mortal Kombat II

    Platform: SNES
    7605 Players
    42 Check-ins

    5
  • thecriticgames Matheus Pontes
    2021-07-23 21:21:26 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    {ESPECIAL} TOP 15 MELHORES JOGOS DE MASTER SYSTEM parte 1/2

    Eis meus amigos que eu fiz algo que eu sonhava em fazer desde que entre no Alvanista, eliminar um console da minha lista avaliando todos os jogos relevantes do mesmo, e o Master System tendo uma das menores listas de todas me contemplou com nada menos que 60 jogos avaliados com 54 destes finalizados.

    E agora é chegada minha hora de eleger os 15 melhores títulos que eu joguei aqui, tendo como critério obvio as minhas notas e para desempate as notas dos jogos aqui no Alva, pelas limitações de imagens a lista ficara em 2 posts, links das criticas logo abaixo das imagens.

    MENÇÃO HONROSA: Asterix and the Secret Mission

    CRÍTICA

    Um jogo que empatou com colocados do 11° ao 15° mas que ficou por ultimo nas avaliações do Alva. É uma sequencia bem da horinha do ja ótimo primeiro jogo, o destaque era que cada personagem por suas diferenças encarava um caminho diferente, as vezes até uma fase inteira  diferente do outro.

    15° LUGAR: Ninja Gaiden                                                                             NOTA: 8.7

    CRITICA

    Uma surpresa curiosa é como pode ser definido esse spin-off da franquia para o Master System que sim, é um jogo oficial, não um hack não autorizado e que é tão foda quanto os de NES e tão dificil quanto eles. Apesar de ter uma trama capenga que não lembra em nada as tramas sobrenaturais do NES (ainda que traga as famosas cutscenes) ele chamava a atenção no visual, sendo uma versão mais bonita do que se via no NES com mais cores e menos pixels.

    14° LUGAR: Sonic the Hedgehog 2                                                        NOTA: 8.7 

    CRITICA

    O primeiro jogo do Sonic no Master System diferente do imaginado não era um port da versão de Mega Drive, mas um jogo próprio e sua sequencia veio antes do Sonic 2 de Mega Drive, sendo também a primeira aparição oficial tanto de Tails como de um Metal Sonic, um mês antes de Sonic 2 de Mega Drive, destaque para os ótimos chefes e para a batalha final secreta.

    13° LUGAR: Kenseiden                                                                                    NOTA 8.7

    CRITICA

    Um dos exclusivos mais famosos do sistema, Kenseiden é um game de ação sendo praticamente um Castlevania de Samurai. O detalhe é que o jogo apesar de ser difícil tinha um gameplay que tentava fazer um samurai mais "real" nada de projeteis ou poderes muito exóticos a gama de habilidades e técnicas obtidas era toda de movimentos mais ligados ao kenjutsu a arte de combate com espada como a habilidade de atacar para cima, cortes frenéticos, um corte rotacional que pega frente e trás, etc, que só tem a ajudar contra a dificuldade estressante.

    12° LUGAR Alex Kidd in Miracle World                                                NOTA 8.7

    CRITICA

    O jogo que veio pra rivalizar com sucesso de Mario no NES na época foi um jogo também de fases, plataformas e blocos, mas que era muito bem feito e claro, muito bonito pra sua época considerando tudo o que se tinha mesmo em outras plataformas com seus gráficos chegando na qualidades dos arcades da época. Apesar de legal ele ficou bem datado hoje em dia com a dificuldade mais abusiva e com os combates de jokenpo.

    11° LUGAR Castle of Illusion Starring Mickey Mouse                 NOTA 8.7

    CRITICA

    O port do famoso jogo de aventura do camundongo no Mega Drive se prova não um port, mas uma aventura original que ganhou até a preferencia de alguns jogadores no lugar da versão 16-bits. Não tem muito segredo aqui, o jogo é um adventure plataforma muito bem feito e ele não precisa de mais que isso pra conquistar essa posição na lista.

    10° LUGAR Golvellius: Valley of Doom                                                  NOTA 8.8

    CRITICA

    Praticamente um Zelda de Master System Golvellius chama a atenção fácil inicialmente pelo seu gráfico colorido cartunizado e por ter um gameplay sob 3 perspectivas distintas, um mapa a lá Zelda, fases de progressão lateral como o da imagem e fases de progressão vertical que rendiam confrontos contra chefes.  O maior porem do jogo é seu final com uma enorme ponta solta pra uma sequencia que nunca veio mesmo com o sucesso do jogo.

    9° Ys: The Vanished Omens                                                                           NOTA 8.8

    CRITICA

    O primórdio de uma das mais antigas franquias de RPG (que existe até os dias de hoje) se da na forma de um RPG de ação com combates em tempos reais com a genial sacada de não utilizar botões para atacar. O que é dureza é sua alta e desbalanceada dificuldade, quase impossível na reta final.

    ESTA POSTAGEM CONTINUA EM UMA SEGUNDA PARTE COM O RESTANTE DOS JOGOS.

    LINK DA SEGUNDA PARTE.

    Alex Kidd in Miracle World

    Platform: Master System
    3290 Players
    66 Check-ins

    38
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 3 days ago · 3 pontos

      Já joguei e adorei:

      ✓ ASTERIX
      ✓ NINJA GAIDEN
      ✓ KENSEIDEN
      ✓ ALEX KID
      ✓ CASTLE OF ILUSION
      ✓ GOLVELIUS...

      E que venha a segunda parte 👌🏻😘

      2 replies
    • Micro picture
      santz · 2 days ago · 3 pontos

      Sensacional. Até agora, concordo com tudo na lista. Interessante ver o consagrado Alex Kidd e Kensendei fora do top 10. Foram jogos que fizeram história em suas épocas, mas se analisar a biblioteca toda do Master, são jogo meio fracos. Fiquei bastante curioso por esse Land of Illusion, pois zerei recentemente o Castle of Illusion e não achei lá essas coisas.

      3 replies
    • Micro picture
      thecriticgames · 3 days ago · 2 pontos

      @santz @mateusfv @andre_andricopoulos duas pessoas haviam me pedido pra marca-los neste post quando eu o fizesse e acho que essas duas estão entre vocês três porque eu não lembro kkk

  • thecriticgames Matheus Pontes
    2021-07-20 18:30:57 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Off-Topic - Entrevista comigo sobre o Canções de Bruxas no Instagram.

    Fala pessoas, ESTOU AQUI PRA MENDIGAR LIKES eu fui entrevistado por uma IG Literaria em um video de duas partes (a qualidade do veio não ficou tão boa, mas do conteúdo sim mesmo ela sendo nova nisso) e eu vou deixar o link aqui das duas partes quem puder ao menos entrar correndo só pra clicar no like e fugir da minha cara feia eu agradeço XD (Aos interessados da uns 20 min de entrevistas e não contem spoilers).

    https://www.instagram.com/tv/CRhhwN-iZZG/?utm_medi...

    PARTE 1

    https://www.instagram.com/tv/CRhnBn0CZQq/?utm_medi...

    PARTE 2

    The Witcher 3: Wild Hunt

    Platform: PC
    1222 Players
    699 Check-ins

    30
  • 2021-07-19 16:19:08 -0300 Thumb picture

    Semelhanças entre personagens de franquias diferentes pt. 20

    E pensar que já chegamos até a vigésima análise... Bem, voltando para a apresentação regular: E aí meu povo, tudo blz com vocês? Espero que sim! Hoje, vamos ao vigésimo capítulo das minhas análises malucas de semelhanças entre personagens de diferentes franquias entre jogos, animes, etc etc. E como da última vez em que cheguei a um marco comemorativo (o de 10 análises pra ser mais específico) e hoje vamos ter 2 personagens de jogos, e um de uma light novel que ainda não virou anime (espero que vire): Quan Chi de Mortal Kombat, Manfroy de Fire Emblem 4 e por fim Tokinada Tsunayashiro de Bleach CFYOW. 


    Acho que eu nunca consegui reunir tantos personagens sádicos num lugar só kkkkkkkk. Mas bem, além de todo mundo aí não parecer gente boa (spoiler alert: eles não são) será que eles tem algo em comum? É o que veremos hoje! Marcando as personas @manoelnsn, @caramatur e @lukenakama. Sem mais delongas então, bora lá!

    Em ambas as linhas do tempo de Mortal Kombat, Quan Chi é um dos personagens mais odiados da franquia em decorrência de ele estar por trás de 90% dos acontecimentos mais trágicos da série. Sua atuação começa antes do primeiro MK, onde ele é o responsável por assassinar o clã Shiray Ryu de Scorpion e acusar Sub-Zero de cometer o crime, fazendo com que o primeiro o mate para ter a sua vingança. Quan Chi também é o responsável por reviver Shinnok, o deus caído enquanto as batalhas entre Earthrealm e Outworld estavam ocorrendo. Felizmente Shinnok foi derrotado, e Quan Chi acabou se lascando por contar com Scorpion para matar Kuai Liang (o segundo Sub-Zero) e por cantar vitória antes da hora ele revela a verdade a Scorpion que o carrega junto para o Netherealm (ou o inferno, acho que tanto faz), mas após fugir feito um rato durante alguns anos, Quan Chi consegue escapar de lá e faz a Aliança Mortal com Shang Tsung, uma união tão poderosa que os feiticeiros conseguiram derrotar todos os guerreiros de Earthrealm que os enfrentaram, e no fim até mesmo Raiden tombou. No entanto essa vitória foi pouco aproveitada, já que a ganância por poder tomou conta dos dois e ao se enfrentarem, Quan Chi saiu vitorioso, apenas para contemplar o retorno de Onaga, que mesmo com os esforços de Raiden, Shang Tsung e Quan Chi juntos conseguiu alcançar os dois. Quan Chi e Shang Tsung desapareceram com o ataque suicida de Raiden. Nos eventos de Armaggedon, Quan Chi enfrenta Jax e Kenshi durante a intro, e pelo que é visto em MK9, ele foi morto durante a subida na torre. Na nova linha do tempo, ele obtém controle de quase todos os guerreiros da Terra, que haviam sido mortos e por ele revividos como zumbis. No geral, a história dele permanece a mesma, com exceção de no momento final onde ele iria reviver Shinnok novamente, Scorpion o mata a sangue frio, enfim vingando a sua família e seu clã.

    Sobre a sua personalidade, acho que a sua história, mesmo extremamente resumida já diz muita coisa. O feiticeiro é um sádico que não tem pudores e nem um tipo de código de ética, e faz tudo o que for necessário para alcançar o seu objetivo. Mesmo não sendo o vilão principal, ou o mais memorável, ele é um dos personagens mais cruéis e um dos que mais causou um estrago para os heróis.

    Ah Manfroy... É um pouco difícil falar sobre tudo o que ele fez sem tocar em Thracia 766, mas só pelos seus atos em Genealogy of the Holy War já dá pra falar muita coisa. Sendo um dos membros fanáticos da igreja de Loptyr, Manfroy conseguiu reunir outros membros dessa igreja/ceita/sei lá para manipular todo o continente de Judgral. Ele foi responsável pela guerra de Verdane, pelo desastre de Augustria, e conseguiu manipular Arvis para não só faze-lo ter um filho que pudesse herdar o poder de Loptyr, como matar Sigurd e os seus aliados. Ele também foi o responsável por matar Lewyn com as suas próprias mãos. Alguns anos após o nascimento do filho de Arvis Julius, Manfroy o entregou o livro de Loptyr, que consumiu a alma do garoto, tornando ele um demônio que reencarnou o próprio Loptyr. Com isso, a igreja de Loptyr saiu das sombras e conseguiu dominar quase toda Judgral. Mesmo Arvis não conseguiu fazer nada para impedir isso, e a sua figura de imperador não passava de um título sem poder. No entanto com o avanço das forças de Seliph, Manfroy subestimou demais o filho de Sigurd, que estava ao lado dos filhos e filhas de outros guerreiros que haviam tombado por conta de seus atos. Manfroy tentou manipular Julia para usar ela como uma arma contra Seliph e Cia, no entanto o seu plano fracassou ao ser confrontado e consequentemente, morto em batalha. Irônicamente, a mesma ganancia que o fez conseguir manipular todo o continente, foi a que levou ao seu inevitável fim.

    Sobre a sua personalidade, Manfroy era um lunático, no entanto, um lunático inteligente. Tão inteligente que foi capaz de usar de todos os sentimentos e desejos pessoais de suas vítimas para faze-los caírem em sua armadilha e morrerem um a um enquanto ele arquitetava um plano maior. Manfroy sempre foi cruel, frio e impiedoso com todos ao seu redor. O único que ele respeitava era Julius, o próprio Loptyr reencarnado, a quem ele serviu até morrer.

    E chegamos no último vilão de Bleach: Tokinada. Já se perguntaram se em Bleach havia alguém causando o caos toda hora por trás dos panos? Se sim, está aí a sua resposta. Tokinada Tsunayashiro foi o responsável pelo assassinato da amiga de Kaname Tousen e pelo massacre dos Fullbringers. E sim, a amiga de Kaname era a esposa de Tokinada, que a matou por simples prazer . Felizmente ele não saiu ileso desse crime, já que o seu """"""colega"""""" de classe na época Shunsui Kyoraku identificou a sua má índole, e por esse crime ele foi expulso da academia dos shinigamis. Mesmo assim ele não foi punido devidamente em decorrência de seu status como membro de uma das famílias nobres. Nos eventos que antecedem Can't Fear Your Own World Tokinada consegue reunir um fragmento do rei das almas, e com fragmentos de outros seres do universo ele criou Hikone, uma criança com poderes absurdos que englobavam todas as raças, e ele contratou assassinos para matarem a sua própria família para assumir o título de vez. Ao assumir o título ele tem uma conversa com Shunsui que é o atual Comandante das 13 divisões e... por pouco a discussão não virou porradaria. Mas Tokinada já estava colocando o seu plano em ação que consistia em usar Hikone para substituir o rei espiritual após manipular o garoto para ser o seu servo eterno. Seu plano estava em perfeito andamento, mas como esperado ele foi confrontado pelos shinigamis liderados por Shunsui Kyoraku. No combate ele revelou que o poder da sua zampakutou era de copiar todas as outras, e foi quase tarde demais o momento em que Shunsui percebeu que ele estava utilizando a Kyouka Suigetsu de Aizen durante a luta com esse poder. Com a maioria dos adversários derrotados, Tokinada enfrentou Hisagi Shuurei, que havia sido informado por Shusui sobre a habilidade de Tokinada, então o enfrentou de olhos fechados, e mesmo cego ele conseguiu deixar Tokinada em um posição precária, e no exato momento em que ele baixou a guarda por Hisagi ter aberto os olhos, ele teve o seu braço decepado em decorrência da Shikai de Shinji ter evitado o contato visual de Shuurei com a Zampakutou de Tokinada. Nesse momento ele foi atravessado por Ginjou e escapou pro seu palácio onde Urahara o confrontou, novamente o obrigando a escapar dessa vez para a sua casa, e como azar é pouco numa hora dessas lá ele se encontrou com Mayuri, que após uma troca de palavras revelou que não verificou se havia fechado a porta da casa, e nesse momento Tokinada é empalado novamente, dessa vez por uma shinigami qualquer a quem ele havia causado mal no passado. Tokinada ao perceber isso teve uma crise de risos por não estar sendo morto por aqueles que mais queriam a sua cabeça. Urahara, Kyoraku ou mesmo o falecido Ukitake teriam a cabeça dele como o seu troféu, e assim ele morreu engasgado com o seu próprio sangue.

    Tokinada é um sujeito que desde sempre foi um sádico psicopata. Ele tinha conhecimento de todos os crimes que a Soul Society havia cometido no passado, e tentou por diversas vezes tomar posse do rei das almas, embora nunca tenha atuado diretamente na série, ele sempre fez as coisas por debaixo dos panos, e se aproveitava de seu status para sair ileso das suas ações maléficas, embora nem sempre tenha dado certo. Uma coisa interessante sobre ele, é que além de tudo isso, a sua Zampakutou sagrada tem o poder de imitar todas as shikais do universo, porém ao troco de sua própria vida que vai sendo consumida gradativamente pela espada, e Tokinada não dá a mínima pra se sacrificar pelo seu plano que consiste em causar o caos no mundo. Sinceramente a minha maior dificuldade no planejamento desse post era de deixar esse personagem ao lado de outros loucos como o Coringa ou o Monokuma, mas esses dois já vão dar muito o que falar por si só no dia que ganharem uma análise aqui.

    Bem, depois de escrever isso tudo acho que já dá pra ter conhecimento sobre a característica mais marcante de todos eles: o sadismo. Daí nenhum dele possui bom senso, um código de ética ou alguma coisa assim. Todos ele conseguiram, ou chegaram bem perto de alcançar o seu objetivo, e pra isso usaram de manipulação, mentiras e crueldades sem o menor pudor, e o estrago que isso causou nos seus respectivos universos foi de uma relevância tão grande que causou uma guerra de proporções gigantescas nestes.

    No entanto, além das características já citadas o que mais chama atenção em todos os casos, é como ele conseguiram fazer tudo por baixo dos panos. Quan Chi parecia morto antes do primeiro torneio, e em ambas as linhas do tempo ele conseguiu reviver Shinnok e tirar proveito da distração dos protagonistas, Manfroy tirou proveito da ganancia de vários líderes de Judgrall, dando início a várias guerras que culminaram na ressurreição de Loptyr no corpo de Julius, e Tokinada viveu realizando ações para interesse próprio e desviando a sua culpa para os outros, criando vilões como Kaname Tousen e Ginjou Kugo no caminho.  O quase sucesso de todos eles se dá pelo fato de não serem os vilões principais, logo não eram o centro das atenções, sem os holofotes neles, eles conseguiram tirar proveito das várias oportunidades que apareceram e assim eles foram capazes de causar estragos quase incuráveis em seus respectivos universos.

    Ufa! Essa análise foi bem maior do que eu esperva! Mas acho que valeu a pena, já que eu me atrasei pra fazer o post, então espero que tenham gostado! Vou ficando por aqui, comentem aí o que acharam, um grande abraço e até a próxima! Flwwww!

    Mortal Kombat: Armageddon

    Platform: Playstation 2
    4727 Players
    39 Check-ins

    14
    • Micro picture
      caramatur · 7 days ago · 2 pontos

      Dá pra sentir a maldade saindo pela tela através desse post! kk
      Bom paralelo, como sempre! o/

      1 reply
    • Micro picture
      manoelnsn · 8 days ago · 1 ponto

      Tirando o cara de MK (que só conheço de nome e por causa do desenho antigo), nunca vi nenhum dos outros dois, ahuahaua

      Mas são bem parecidos mesmo

      3 replies
  • manoelnsn Manoel Nogueira
    2021-07-18 00:40:25 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    Post by manoelnsn: <p>Bem por aí, huahua&nbsp;</p>

    Medium 783816 3309110367

    Bem por aí, huahua 

    Tales of Xillia

    Platform: Playstation 3
    730 Players
    201 Check-ins

    22
  • 2021-07-15 08:48:26 -0300 Thumb picture

    Animação de Nuzlocke

    Uma das coisas que eu mais gosto nesse desafio é a forma como ocorrem os relatos dos eventos, é sempre bem divertido ver alguém falando sobre.

    Pokemon FireRed Version

    Platform: Gameboy Advance
    9642 Players
    473 Check-ins

    7
  • thecriticgames Matheus Pontes
    2021-07-13 18:05:38 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    Post by thecriticgames: <p>Um dos ultimos jogos do MS e uma grata surpresa

    Um dos ultimos jogos do MS e uma grata surpresa pra mim porque achei que ia ser um jogo xexelenta meio ruim que ninguém liga, minha surpresa ver que ele é bom, e que inclusive ele tem boas avaliações e um numero grande de criticas aqui no alva.

    Agora só restam mais dois jogos de Master System e nada bons, então se prepara que vai ser chutação de cachorro morto.

    Dinos jurássicos em 8-bits.

    Review by: @thecriticgames

    Jurassic Park foi uma sensação na época de seu lançamento nos cinemas, foi e pra algumas pessoas sempre será. A franquia de din...

    Keep Reading →
    23
    • Micro picture
      onai_onai · 13 days ago · 2 pontos

      Muito bom, um dos meus favoritos do Master System, mas acho esse jogo bem fácil na verdade, até pra ver o final bom acho moleza.

      2 replies
    • Micro picture
      mateusfv · 12 days ago · 2 pontos

      Do primeiro JP, eu joguei o do SNES e o do Mega, inclusive a do SNES é relativamente nostálgica pra mim, principalmente pelas partes em FPS que me lembro de ter ficado de cara quando joguei, pena que n tem save nem password kk

      2 replies
  • 2021-07-12 22:17:19 -0300 Thumb picture

    Mais um bocado de avanço!

    Eu já disse que eu acho esse o jogo mais difícil da franquia até agora? 

    Mas bem, deu pra dar um bom avanço, agora só faltam 2 ginásios pra conseguir as 8 insígnias! E bem, na tentativa de ir fazendo um time diferente dessa vez, além do Reshiram no final do jogo que eu pegar no final. E bem... Até que tá dando certo, mas... Eu tive que pegar o Fraxure pq eu sou gado de dragões. Me julguem kkkkkkkkkk, E bem, metade do meu time eu usei em outras runs então... É.

    É... Essa metade eu já usei kkkkkkkkk. Mas bem:

    Sim, eu estou usando o problemon sorvete kkkkkkkkkkk. E ele é melhor do que eu pensava! E bem, tomara não demorar tanto nesse jogo, e ele continua bem divertido, só que eu percebi que eu exagero um poquinho no grind... Hahaha.
    Pokemon Black Version

    Platform: Nintendo DS
    3450 Players
    236 Check-ins

    9
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...