• luchta Ewerton Ribeiro
    2021-01-28 15:33:28 -0200 Thumb picture
    Post by luchta: <p>#img#[758171]</p><p>Fiz esse comentário a mais d

    Fiz esse comentário a mais de cinco anos sobre o Sonic de 2006 (e ainda concordo com cada palavra), mas ai vem a Nintendo e faz a mesma coisa com o Mario uns anos depois, com o Super Mario Odyssey e galera Nintendista paga pal. Tá certo que nem da para comparar os dois jogos SMO é bem superior a Sonic 2006, mas ainda acho que essa pegada de realismo funciona ainda menos com Mario. E na moral, isso me levantou uma dúvida, se o Mario está em um local com humanos mais realistas, sendo ele cartunesco,  isso quer dizer que ele não é humano, por que ele é tão diferente das outras pessoas?

    Super Mario Odyssey

    Platform: Nintendo Switch
    903 Players
    240 Check-ins

    5
    • Micro picture
      thekassian · 6 months ago · 1 ponto

      creio eu, que mario conseguiu fazer de maneira tão divertida que essas questões são o de menos importância(minha opinião) , já sonic é uma mistureba total tentando ser legal, ser sombrio, ser pra adulto, ser pra criança, seguir tendência de mercado, ser colorido, ser diferente e o mais importante que é fazer um jogo divertido eles tão bem longe(veja minha foto amo sonic mais que qualquer video game), eu queria saber como seria sonic nas visões de miyamoto..........

      2 replies
  • wildwolf Rafael Trindade
    2017-01-14 13:20:00 -0200 Thumb picture
    12
    • Micro picture
      pauloaquino [Account Suspended] · over 4 years ago · 1 ponto

      Se em vez do 2006 fosse o Sonic Bunda (o do Knuckles bombadão, e da lamentável da tal de Sticks, uma que acredita em teorias de conspiração), a reação do Bowser seria ainda pior, não duvidem.

  • gogobrasil8 Gogobrasil8
    2016-02-17 17:49:21 -0200 Thumb picture

    O Final de Firewatch

    Algumas ideias sobre Firewatch (PC/PS4). Tem:

                                  ###  --- SPOILERS --- ###

    O jogo, pelo menos a primeira metade, é muito envolvente. Só a história da Julia no começo já supera muitas aí fora, em poucos minutos e só em texto. Até o cachorro fica na sua cabeça. Aí de uma história em texto, escalam pra um jogo que (inicialmente) fica MAIS memorável ainda. Os gráficos, sons, ambientação, e até o design dos itens e posters faz você sentir que realmente tá indo morar na floresta com o Harry (e me fez querer fazer isso de verdade um dia). Isso sem falar no ponto alto da experiência, a Delilah. Tal qual Portal, ser guiado por uma voz (curiosamente também feminina) num mundo solitário vinga de novo. A passagem dos dias é muito real,  com as coisas e o tom das conversas mudando (isso é uma coisa que eu fiquei particularmente impressionado), e, por último, a paranoia sobre serem vigiados foi precisamente bem construída, você se vê achando que foram as garotas, ou a Delilah, ou outro guarda; enfim, tem a quantidade certa de suspense.

    Mas depois de tantas bolas dentro seguidas, tudo começa a desmoronar: assim que o Harry acha o garotinho lá. Ali já dá pra adivinhar o que aconteceu. Mas ainda assim, fica naquele suspense até o Ned simplesmente revelar tudo na fita. Todas as horas que você passou com medo de olhar pra trás, preparando pra um jumpscare a qualquer momento, ou prezando pela sua vida, é tudo jogado pela janela por alguns segundos de áudio. E se pelo menos o motivo fosse legal, mas foi basicamente isso: um garoto que caiu da corda, morreu, e aí o pai GÊNIO resolveu não só morar na floresta pra sempre como invadir acampamentos alheios, espionar os guardas e anotar tudo que eles falam também, POR QUE NÃO NÉ?

    Só isso já seria ridículo por si só, mas o jogador precisa sofrer mais aparentemente. A Delilah simplesmente nunca aparece. A única coisa que evoluiu durante a história, a relação com ela, desaparece. Os desenvolvedores citaram numa entrevista com a IGN que teriam que contratar mais alguém, fazer mais modelos, animações, etc, mas o final funcionaria PERFEITAMENTE em texto. Não tem desculpa. O grande mistério era só um velho gagá, a relação murchou, as garotas nem mortas tavam, e você volta pra sua mulher, a quem literalmente nenhum jogador se apegou. 

    ENFIM, é um jogo chamativo que começa com tudo pra ter um lugar especial na sua memória e termina te tacando da torre. Só não é um daqueles que era melhor nem ter jogado porque a primeira metade vale a pena. Mas e vocês, o que acharam?

    8
    • Micro picture
      otakukun · over 5 years ago · 2 pontos

      Há quem goste de jogos assim

    • Micro picture
      stvixxgamer · about 4 years ago · 1 ponto

      O jogo é interessante, mas o final deixou muito a desejar, tipo deixaram de fazer a Delilah pelo simples motivo de não querem modelar e animar um personagem, porque não precisaria de jeito algum contratar mais alguém, pois já tinha a dubladora para se inspirar.

    • Micro picture
      henrizombie · over 3 years ago · 1 ponto

      Achei exatamente a mesma coisa, um final bem desleixado para um começo com tanto potencial.

  • 2013-12-16 14:58:50 -0200 Thumb picture

    O Angry Video Game Nerd finalmente jogou Sonic '06

    Se você joga video games e usa a internet há mais de três ou quatro anos, você provavelmente conhece o James Rolfe, vulgo Angry Video Game Nerd, um cara que faz vídeos com reviews de jogos ruins desde 2006 quando ele postou um vídeo sobre Castlevania II: Simon's Quest e o mesmo ficou popular antes mesmo que ele pudesse notar.

    O AVGN ficou conhecido então basicamente por isso, jogar jogos ruins e mostrar sua frustração de uma forma bem cômica, em maior parte eram jogos horríveis de NES como Dr. Jekyll & Mr. Hyde, Karate Kid, Dick Tracey, e entre várias outras maravilhas do mundo dos jogos ruins da época da velha guarda dos jogos... Algumas vezes ele mostrava jogos ruins de platformas 16-Bit ou até mais avançadas também, mas geralmente ele faz de jogos ruins do NES.

    Há um bom tempo atrás, ele gravou um vídeo falando sobre Sonic, dizendo que ele gosta pra caramba e é uma das melhores franquias de video games que ele já jogou, detalhe que ele nunca jogou nenhum jogo do Sonic além dos clássicos do Mega Drive, logo ele perdeu muita coisa que andou acontecendo com nosso ouriço virtual favorito, praticamente todo o processo de como eles transformaram Sonic de uma das melhores franquias de jogos pra uma das mais medíocres da atualidade, e ele mesmo diz nesse vídeo que ele recebe muitos pedidos pra jogar jogos 3D do Sonic porque a maioria deles são ruins, e eu mesmo queria ver isso também, pois ele parece bem desatualizado quanto a Sonic.

    Mas então o dia finalmente chegou, James, junto com seu amigo Mike, finalmente jogou o famigerado Sonic the Hedgehog de 2006, considerado quase unanimemente como o pior jogo do Sonic da história e também uma criação pior do que os especiais de fim de ano da Globo. Não poderia ter um jogo ruim do Sonic melhor do que esse pra mostrar ao AVGN como as coisas mudaram com o passar do tempo...

    Bem, ao menos Sonic Colors e Sonic Generations foram bons, mas anyways, segue o vídeo do AVGN jogando esse jogo logo abaixo.

    Mas pra você não ficar muito triste por ter visto alguém se torturando com Sonic '06, aí vai uma música muito boa vinda desse mesmo jogo, do qual a trilha sonora é a única coisa boa.

    Sério, ouça a trilha sonora, mas não perca tempo jogando isso.

    Sonic The Hedgehog (2006)

    Platform: XBOX 360
    240 Players
    6 Check-ins

    9
    • Micro picture
      shucrute · over 7 years ago · 0 pontos

      Essa eu tenho que ver!

    • Micro picture
      angryvgblogger · over 7 years ago · 0 pontos

      Foi quase a mesma coisa quando eu joguei isso pela primeira vez... Só que eu consegui sobreviver até a parte do Sonic correndo automaticamente e morrendo por qualquer coisinha, pra depois ter um Game Over nela.

    • Micro picture
      angryvgblogger · over 7 years ago · 0 pontos

      De certa forma, esse jogo serviu pra Sega se tocar que tava fazendo merda com o Sonic, precisou chegar a esse ponto, ele tinha tudo o que fazia um jogo do Sonic ser ruim, gameplays alternativos, histórias que parecem fanfics, arte exageradamente realística, falhas técnicas até onde não dá mais... Esse jogo é um acidente de trem, mas serviu o propósito de abrir o olho da Sega... Que depois criou o Unleashed que também foi uma bosta e teve gameplays alternativos, mas ele serviu como um alerta final, o Werehog foi mal recebido e as fases de dia foram criticadas por serem lineares, aí sim eles começaram a consertar a série.

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...