• luchta Ewerton Ribeiro
    2021-04-21 11:56:52 -0300 Thumb picture

    Digimon Tamers|SLASH!! [Studio aLf]

    Uma das melhores músicas de toda a franquia Digimon sem sombra de dúvidas é Slash, aquela música de Digimon Tamers, que toca quando eles usam as cartas para melhorar ou evoluir os Digimons parceiros. Essa versão é interpretada pela cantora aLf.

    Digimon Tamers: Digimon Medley

    Platform: WonderSwan Color
    2 Players

    2
    • Micro picture
      ersatzgott · about 1 year ago · 1 ponto

      Acho uma das piores, que coisa

  • anduzerandu Anderson Alves
    2015-05-12 18:31:36 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações - Bayonetta 2

    Zerado dia 12/05/15

    Não sou muito fã de Hack 'n' Slash, mas jogo casualmente. Mas se tem um jogo desse gênero que tem um lugar no coração, é Bayonetta, que joguei há uns 2 anos no meu antigo Xbox 360 e amei!

    Muita gente se desesperou atrás de Bayo 2, assim que anunciado como exclusivo para o Wii U. Talvez por ser da Platinum Games, talvez só por ser exclusivo. Agora que o terminei, acho que posso afirmar que as minhas suspeitas eram reais: é apenas mais um Hack 'n' Slash (muito bacana), mas não é "O" jogo (que muita gente queria que vendesse Wii Us).

    Quem conhece esse tipo de jogo, já sabe como é: lutas contra vários inimigos de uma vez, usando várias armas e combos. Bayonetta nesse quesito se aproxima um pouco mais da série Devil May Cry do que de outras semelhantes. Matar anjos e demônios, mil combos, várias armas e power-ups, humor e habilidades. Um jogo bem mais frenético que God of War, por exemplo.

    Algumas das características do título incluem muita sensualidade tanto da protagonista como de outros personagens e o Witch Time, uma habilidade em que, se o jogador esquiva de qualquer ataque logo antes de ser acertado, o tempo desacelera por alguns segundos para os inimigos e possibilita que vários golpes sejam deferidos.

    Conforme golpes são acertados, uma barra enche e Bayonetta pode executar um ataque especial.

    O segundo título da série traz de volta todos os personagens de interesse de seu antecessor, alguns como uma certa "repaginada", incluindo a nossa bruxa protagonista, que agora usa um corte de cabelo curto e roupas pouco menos extravagantes.

    Aliás, um dos poucos defeitos do jogo, ao meu ver, é a certa mudança de personalidade da moça, que antes era mais sexy e irônica/sarcástica em suas falas, passando para um perfil mais "heroína" e sentimental em alguns partes. O jogo ficou um pouco mais sério. Talvez essas mudanças tenham sido feitas com base na exclusividade para o console da Nintendo e seu público mais "família".

    Outro detalhe, é a trilha sonora, que ao meu ver, era superior no primeiro Bayonetta. Não que esteja ruim, mas a anterior era bem característica.

    Fora esses detalhes, é o mesmo jogo, porém, mais bonito. Foi difícil ver um serrilhado ou queda de frames.Os modelos ficaram incrivelmente bem feitos. Em algumas cenas em que o rosto da protagonista é aproximado, o Wii U mostra do que é capaz: uma animação bonita e bem feita. Cabelos muito bem construídos, olhos bem reais. Brilhos e efeitos de luz dos personagens e cenários (luz solar ou efeitos de água) não deixam nada a desejar.

    Outra amostra de que colocaram bastante esforço no jogo, são as roupas extras tematizadas de personagens clássicos da Nintendo (Peach, Link, Samus Aran, Fox McCloud). As roupas caem bem, não são apenas skins ou cores diferentes para a roupa normal dela. Usando a do Fox, além da roupa e capacete com orelhinhas do líder do Star Fox, as armas se transformam em Arwings que atiram os mesmos lasers e com mesmo efeito sonoro vistos em Star Fox 64. Em uma certa fase, onde eu controlaria um jato, usando essa roupa o veículo se tornou uma Arwing, fazia barrel rolls, soltava a bomba clássica da série, segurava o tiro e dava lock-on nos inimigos. Deu até pra sentir um gostinho do que poderá vir para o Wii U mais tarde.

    Resumindo, eu não diria que Bayonetta 2 é um must-play, mas é um excelente título exclusivo do Wii U. Quem jogou o primeiro e gostou, deve dar uma chance para sua continuação, que ao meu ver não melhora e nem piora em relação ao jogo original para Xbox 360 e PS3.

    Achei o jogo um pouco curto, mais do que o anterior, talvez seja porque o vício e sua qualidade me prenderam bastante, mas enfim, comecei ontem e terminei já hoje. Os capítulos são curtos e alguns são apenas um boss. Junte isso a pouca penalização ao morrer, checkpoints no meio de lutas maiores e que depois de pegar o jeito, você fica craque nos Witch Time, e terá uma aventura bem rápida (porém mega tensa para quem gosta de completar troféu de platina em cada fase).

    Em alguns quesitos prefiro Bayonetta 1: roupa, música, estória, diversificação nas fases, humor, personagem com mais personalidade, gameplay talvez mais longo. O 2º vence em gráfico, novas mecânicas e habilidades (como virar serpente na água), além de manter quase todos os elementos da série.

    O legal de comprar Bayonetta 2, é ganhar o 1 junto no Wii U, então tá valendo. Uma série muito legal e recomendada para quem curte o gênero ou ver mulheres em poses sexys (hahaha) - menos no Playstation 3, onde dizem que seu framerate é porco!

    Bayonetta 2

    Platform: Wii U
    1054 Players
    222 Check-ins

    6
  • usoppbr João Carlos
    2013-11-20 10:49:50 -0200 Thumb picture

Load more updates

Keep reading → Collapse ←
Loading...