• nexygames NexyGamesBrasil
    2021-02-23 10:10:18 -0300 Thumb picture

    Remember ME (Projeto)

    Medium 762905 3309110367

    Remember Me é um jogo eletrônico de ação e aventura desenvolvido pelo estúdio francês Dontnod Entertainment e publicado pela Capcom em junho de 2013 para as plataformas PlayStation 3, Xbox 360 e Microsoft Windows.

    Remember Me contém elementos de exploração, plataforma e combate corpo-a-corpo. O jogo introduz a mecânica de 'mistura de memória': entrar e rearranjar a memória de um alvo para o conseguir manipulá-lo. É Os jogadores conseguem o objetivo ao repetir uma memória modificando detalhes para mudar a motivação do alvo.

    O jogo se passa no ano de 2084, nas ruas de neo-Paris, um futuro distópico caracterizado por protestos, guerra civil e um estado de vigilância em massa. O jogador controla Nilin, uma 'caçadora de memórias' que trabalha para os Errorists, um pequeno grupo de ativistas que são contra o SENSEN, o implante cerebral que permite que as pessoas digitalizem suas memórias e as compartilhem com outras pessoas em tempo real. O SENSEN é controlado pela multinacional Memorize, que tem sua sede mundial na Neo-Paris.

    Canal Oficial: https://youtube.com/c/NexyGames

    Live Oficial: https://www.facebook.com/NexyGamesOnline/

    Remember Me

    Platform: PC
    762 Players
    84 Check-ins

    0
  • diogo_paixao Diogo Louzada Paixão
    2020-09-10 11:47:16 -0300 Thumb picture

    93° Platina =D

    Mantendo a minha vibe de reviver as platinas paradas do PS3 de anos atrás, agora o jogo da vez foi Remember Me =)

    Apesar de na minha crítica eu ter sido um pouco rigoroso, muita coisa se mantém, como a beleza gráfica e etc, eu aumentaria só a qualidade da trilha sonora, que é muito boa, a jogabilidade apesar da ideia muito bacana, é facilmente quebrável, mas eu dei um pouco mais de valor a algumas ideias do jogo e a história, isso me faz refletir, devo fazer "atualizações" das críticas? Ou é um "patrimônio histórico" da minha opinião? Enfim hahaha, tem críticas até recentes que eu mudaria, mas enfim, ta ai, fiquei surpreso de não ter pego a tartaruga desse.

    @platinadores

    Remember Me

    Platform: Playstation 3
    1459 Players
    103 Check-ins

    23
  • luchta Ewerton Ribeiro
    2020-05-06 14:03:54 -0300 Thumb picture
    luchta checked-in to:
    Post by luchta: <p>Depois de cinco anos empacado numa parte, eu des
    Remember Me

    Platform: PC
    762 Players
    84 Check-ins

    Depois de cinco anos empacado numa parte, eu descobri como passar, era uma parte que tinha tempo e você tinha que atirar nos guindastes (ou sei lá o que era isso). Tem que bater nos inimigos antes de atirar, para poder carregar a arma nova. E tem tempo, eu sempre deixava ele acabar. Eu podia ter visto como fazer isso no Youtube, mas eu realmente sempre me esqueço desse jogo...

    17
    • Micro picture
      reasel · about 1 year ago · 2 pontos

      eu diria que esse jogo é um filmaço kkk

      1 reply
    • Micro picture
      noblenexus · about 1 year ago · 2 pontos

      'mas eu realmente sempre me esqueço desse jogo...' srsrrsrssrrs boa piada, considerando o nome do jogo srsrsrsrsr

      3 replies
    • Micro picture
      _gustavo · about 1 year ago · 1 ponto

      Esse tá na minha lista de pendências pra terminar várias das vezes que só joguei o começo e ele nem eh tão longo

      3 replies
  • andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos
    2018-07-04 16:51:05 -0300 Thumb picture

    Desafio - Top 20 Músicas de Games

    DIA 2 - trilha de REMEMBER ME (entitulada CHASE THROUGH MONTMARTRE).

    Se desejar ver"in game":

    As regras são as seguintes:

    1 - Poste uma música de um jogo por dia por 20 dias (total de 20 jogos)

    2 - Não pode repetir o jogo

    3 - A música precisa estar no jogo (OF COURSE!)

    4 - Vale versão remix ou música licenciada no jogo

    5 - Marque um abguinho e a persona @desafio

    6 - Não explique nada, só poste

    Finalizo agradecendo quem me desafiou como @gusgeek, @darkhaywired e @marlonildo. Desafio @ricriff (e qualquer outro lendo e interessado em participar.  Favor me mencionar...).

    Remember Me

    Platform: Playstation 3
    1459 Players
    103 Check-ins

    34
    • Micro picture
      zandryx · about 3 years ago · 2 pontos

      Caramba, tinha esquecido como a trilha desse jogo é foda, passei tempos com ela no meu celular kkk

      1 reply
    • Micro picture
      reasel · about 3 years ago · 2 pontos

      Melhor filme :d

      1 reply
    • Micro picture
      ricriff · about 3 years ago · 2 pontos

      Vou soltar os meus synthwave...rsrs

      1 reply
  • andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos
    2018-07-02 18:11:26 -0300 Thumb picture

    Desafio - Top 20 Músicas de Games

    DIA 1 - trilha de ALONE IN THE DARK (entitulada WHO AM I?).

    Se desejar ver"in game" inicia-se à partir de 5:46 (porém é válido ver como todo o game possui trilhas espetaculares):

    As regras são as seguintes:

    1 - Poste uma música de um jogo por dia por 20 dias (total de 20 jogos)

    2 - Não pode repetir o jogo

    3 - A música precisa estar no jogo (OF COURSE!)

    4 - Vale versão remix ou música licenciada no jogo

    5 - Marque um abguinho e a persona @desafio

    6 - Não explique nada, só poste

    Finalizo agradecendo quem me desafiou como @gusgeek, @darkhaywired e @marlonildo. Desafio @herics (e qualquer outro lendo e interessado em participar. Pode dizer que eu o desafiei...).

    Alone in the Dark: Inferno

    Platform: Playstation 3
    204 Players
    7 Check-ins

    32
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · about 3 years ago · 2 pontos

      Inevitavelmente preciso fazer breves comentários, como o quanto amo de paixão o compositor OLIVIÉR DERIVIÉRE com suas incríveis músicas. Para a trilha do game em questão, chamou o grupo de coral feminino THE MISTERY OF BULGARIAN VOICES. Esse compositor também é famoso por suas trilhas em REMEMBER ME.
      ---
      Vejo que trilhas são papel fundamental para "criar o clima"... e aqui em questão foi feito com maestria...afinal, estamos num tema onde LÚCIFER está querendo dominar a TERRA. Essa fuga de carro com as manifestações do demônio + a trilha ficou genial (independente da polêmica acerca do game).
      ---
      Curiosidade: Em se tratando de ALONE IN THE DARK, a versão INFERNO do PS3 é a melhor de todas... com menos bugs e adi~ções extras comparadas aos lançamentos das outras versões...
      ---
      Falei pra carai, SORRY!

    • Micro picture
      gusgeek · about 3 years ago · 2 pontos

      YEAH!!!!

    • Micro picture
      herics · about 3 years ago · 2 pontos

      To voltando aos poucos a ter tempo, em breve farei, obrigado por me marcar

      1 reply
  • yuu1 Yuu
    2018-02-19 23:58:36 -0300 Thumb picture

    Vendo The Witcher 2 e Outros Jogos (Xbox 360)

    Caixas e discos (No caso do The Witcher 2, 2 discos do game e 1 da trilha sonora) em perfeito estado, sem riscos ou avarias. Não possuem manual ou panfletos.

    Valores:

    The Witcher 2: 120,00

     Rise of The Tomb Raider:  55,00 

    Remember Me: 40,00 

    Tomb Raider: 45,00 

    @trocavenda

    The Witcher 2: Assassins of Kings

    Platform: XBOX 360
    1029 Players
    135 Check-ins

    6
  • rshadowss Ricardo
    2017-05-31 20:03:18 -0300 Thumb picture
  • krower Lucas Machado
    2016-03-25 15:56:28 -0300 Thumb picture
    krower checked-in to:
    Post by krower: <p><strong><em>Check-out!</em></strong> <strong>Rem
    Remember Me

    Platform: PC
    762 Players
    84 Check-ins

    Check-out! Remember Me é um jogo bom, mas poderia ser melhor. Vou explicar o porque... 

    A história começa com a protagonista Nilin toda perdida dentro de um lugar que ela não sabe qual é, do nada surge alguém dando umas orientações pra ela sair daquele lugar que ela acaba descobrindo que la as pessoas tinham suas memórias tiradas de si, no começo Nilin sai de la com o objetivo de recuperar suas memórias e descobrir quem ela é, e depois ela quer acabar com toda essa putaria de mexer com a memória das pessoas, e ela obviamente consegue. Entende? A história é interessante e diferente, mas o desenrolar dela é muito clichê.

    A jogabilidade é composta por elementos de plataforma com combate corpo-a-corpo, o diferencial é que você pode montar seus próprios combos com funções diversas, o problema é que só há 4 tipos de funções para golpes pra você colocar no combo sendo que uma delas só serve pra duplicar o efeito de outra função, fora que os botões utilizados para cada um dos 4 combos disponíveis para você personalizar são definidos pelo próprio jogo. Novamente o jogo apresentando idéias legais, mas limitando elas. Além disso, Nilin vai adquirindo algumas habilidades especiais para complementar o combate e a exploração do jogo.

    Os gráficos são um pouco ultrapassados para um jogo de 2013, ano em que foram lançados Bioshock Infinite, The Last Of Us e GTA V. Mas a ambientação do jogo é muito boa, o jogo se situa em 2084 numa versão futurística de Paris, mas fora todo o futurismo também há lugares no jogo que estão destruídos devido a guerra civil que está acontecendo.

    A trilha sonora é bem legal, fui ler sobre ela e descobri que originalmente a trilha do jogo era uma orquestra e foi adaptada para o jogo a qual acabou virando uma espécie de "música eletrônica orquestral". É legal que pelo tema do jogo envolver esse negócio de perder suas memórias, às vezes a trilha da uma bugada e faz você pensar que o bug é no jogo quando na verdade é na própria música, e combina!

    Screenshots:

    15
  • anduzerandu Anderson Alves
    2015-12-15 02:46:55 -0200 Thumb picture

    Registro de finalizações - Life is Strange

    Zerado dia 15/12/15

    (Primeiro eu tenho que dizer que essa capa não traduz exatamente a essência do jogo ou da personagem, sei lá).

    Mas...PQP! Que jogo é esse!? Incrível! Uma das melhores experiências que tive em um videogame dos últimos tempos e já entrou para os meus prediletos. Confesso que a imagem acima em si tinha criado uma imagem bem mais ou menos sobre o jogo na minha cabeça e que eu só fui me interessando conforme mais e mais pessoas postavam de estar jogando. Uma colega do trabalho estava assistindo um gameplay dele há umas semanas e acabei vendo cerca de 1 minuto do que estaria dentro da primeira hora de jogo. Daí apareceu no Video Game Awards e graças a isso, numa promoção linda na PSN. Não teve escapatória.

    Como eu venho jogando uns jogos mais tensos e queria algo que achei que seria mais curto e tranquilo de jogar e relaxar, entrei nele enquanto não comprava meu Xenoblade Chronicles X. Acabei pegando o colossal da Monolithsoft e fiquei uns dias sem jogar PS3, mas hoje maratonei tanto ele, que acabei voltando pro Life is Strange para ver se terminava. Resultado? Outra maratona desde umas 17:00 até agora, 2 da matina.

    Como é o jogo? Perfeito pra mim. Primeiro porquê ele me lembrou muito o clima e puzzles dos jogos da CING, famosa por títulos como Hotel Dusk (DS) e Another Code (Wii). É muito legal ter uma certa liberdade de ir e vir como nesses jogos, e tomar decisões que podem afetar seus diálogos e seu futuro (no caso do LiS, até o passado e presente).

    O gameplay me lembra um pouco Beyond: Two Souls do PS3. Em terceira pessoa e mais voltado para andar e interagir com os objetos próximos. A climatização do jogo é super "Juno", aquele filme com a Ellen Page. Exatamente isso: adolescentes e seus problemas, um bocado de músicas a base de violão etc. Bom, ao menos nos primeiros capítulos.

    Mas no geral mesmo, esse jogo é exatamente como o filme "Efeito Borboleta". Aqui você volta ao passado quando quiser e suas escolhas mudam tudo de uma forma ou de outra. Ação e reação.

    No início você aprende a usar seus poderes para coisas simples, como quando o professor te pergunta a resposta de uma pergunta e você não sabe. Ele revela, você volta no tempo e responde corretamente, ganhando o respeito dele e da turma. Conforme o jogo prossegue, o uso fica bem mais estratégico dentro de inúmeras opções dadas e o timing certo, já que o poder não volta tanto assim também.

    O jogo é dividido em cinco capítulos, que foram lançados periodicamente. Cada um chega a ter cerca de 2h30min de duração. Bastante! E cada um ainda contém várias escolhas importantes, além das dos puzzles. Essas escolhas principais são bem destacadas na aventura e deixam bem claro que terão efeitos pesados na estória. O bom é que você sempre pode voltar e ver no que daria a outra resposta antes de continuar o jogo.

    Em alguns casos, dependendo das opções que você seguir numa conversa, algo que você nem imaginava pode acontecer! Só percebi isso n fim dos capítulos, onde é mostrado um gráfico com as porcentagens das escolhas feitas pelos personagens. Em uma, por exemplo, tive que discutir com um cara e ele sempre terminava nos matando. Daí fui escolhendo as opções tentando mudar isso e acabou que as personagens saíram ilesas e ele baleado na perna. Tentei outra coisa e deu na mesma. No final descobri que ele poderia ter sido morto ali mesmo.

    É muito bizarro que eu poderia ter evitado coisas grandes de acontecerem na história, que pareciam ser inevitáveis. Incluindo NPCs que aparecem até o final que poderiam ter sido mortos. Fico imaginando como ficaria.

    Louco mesmo é o poder aumentado da protagonista, Max, em ação em certas partes da aventura, onde ela volta dias ou anos na raíz de um problema para tentar evitá-lo e... as consequências são estrondosas! Muitos mind-blowns! Nesse quesito, eu repito, é bem "Efeito Borboleta" MESMO.

    Aliás, o jogo todo é bem montado. Começa bem adolescente e tal. Mas nos dois últimos capítulos já surgem vários mistérios e a trama fica da melhor qualidade possível. Será que daria certo um filme desse jogo? Infelizmente parece que não foi legendado em português, ou recomendaria pra alguns amigos que não conhecem a língua muito bem.

    Não nego que em algumas partes, normalmente nos fins de um capítulo ou outro e no zeramento, tive que segurar uma lágrima. Você fica torcendo para tudo ser consertado.

    Pra quem gosta da temática "tempo e espaço", é um prato cheio! Tem umas partes que quebra a realidade ou mostra universos paralelos. Muito louco!

    Resumindo: Life is Strange é um obra prima. De verdade. Não dava muito quando conheci ou comecei a jogar. Mas é incrível! No início a coisa não é muito diferente, mas em breve se expande e você joga de queixo caído!

    Voltar no tempo para completar puzzles ou corrigir falhas é bem divertido e criativo. São muitas variações que podem acontecer em várias partes e múltiplas escolhas importantes para o andamento da estória. Em várias partes fica a dúvida do quê resultaria melhor lá na frente. Bem no estilo dos jogos da Telltale.

    De bom? Quase tudo. Enredo pra ninguém botar defeito. Complexo. Gráficos cartunizados um tanto realistas. Vários caminhos e escolhas interessantes no jogo. Vários itens para interagir nos cenários. Vários personagens secundários com características próprias e interessantes, que você acaba conhecendo por nome e por aí vai. Mistérios intrigantes. Muito imersivo, por conta da sonoplastia, músicas, ângulos de câmera bem cinematográficos.

    De ruim? Difícil. De início achei os gráficos meio estranhos (os modelos dos personagens e rostos), mas logo me acostumei. Acho um pouco estranho você voltar o tempo mas continuar na mesma posição enquanto executa a ação. Ninguém percebe que você "teletransportou"? Em uma parte eu deveria quebrar uma porta, vasculhar um quarto e pegar um celular. Fiz isso, mas fiquei com medo de o responsável pelo quarto perceber a porta quebrada e isso afetar a coisa toda, então ao sair, voltei até a hora que quebrei (mantem-se os itens adquiridos). Mesmo assim, ao falar com a minha parceira que estava a espera, ela mandou um "nossa, você demorou muito", sendo que no tempo dela foi tipo uns 3 segundos. Enfim, besteira.

    É definitivamente um excelente jogo e que faz jus a todo o alarde dos últimos tempos. Fico muito feliz de ter conhecido e experimentado uma estória tão original, bem montada e marcante. Ainda mais pelos R$15 que paguei nessa promoção. Um jogaço que todo mundo deveria experimentar (requer bastante leitura também).

    Life Is Strange

    Platform: Playstation 3
    248 Players
    164 Check-ins

    4
  • rafael_mingato Rafael Mingato
    2015-02-12 21:31:18 -0200 Thumb picture
    rafael_mingato checked-in to:
    Post by rafael_mingato: <p>Hora de começar a lembrar...</p><p>#img#[70070]<
    Remember Me

    Platform: XBOX 360
    567 Players
    46 Check-ins

    Hora de começar a lembrar...

    10

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...