• 2021-10-23 03:28:20 -0200 Thumb picture
  • denis_lisboadosreis Denis Lisboa Dos Reis
    2021-10-19 22:39:41 -0200 Thumb picture
    denis_lisboadosreis checked-in to:
    Post by denis_lisboadosreis: <p><strong>11° Platina!</strong></p><p><strong>Batm
    Batman: Arkham Origins Blackgate - Deluxe Edition

    Platform: Playstation 3
    89 Players
    36 Check-ins

    11° Platina!

    Batman: Arkham Origins Blackgate - Deluxe Edition


    Dando sequência à Batman: Arkham Origins, que por sua vez é um prequel da série iniciada com Batman: Arkham Asylum lá de 2009, esse "metroidvania" de corredores 2D e mapa 3D esquisito, criado para portátil e rearranjado posteriormente pra sétima geração de consoles, trás controles simplificados, desafios fáceis, e muita andança tediosa nos corredores labirínticos da prisão ficcional de Blackgate.

    Aqui, Batman tem por objetivo investigar uma rebelião no presídio durante uma tempestade pouco depois de prender a Mulher-Gato. Máscara Negra, Pinguim, e o Coringa lideram cada um uma área da prisão rebelada, com o jogador tendo liberdade de escolher em qual ordem explorar o mapa dentro dos limites de seus recursos atuais, enfrentando um sub-chefe e o chefe de cada uma, e sempre podendo voltar pra pegar coisa escondida.  

    As cenas de história são apresentadas num estilo de HQ com um bom visual e dublagem. Os gráficos do jogo são até satisfatórios pra um jogo trazido dos portáteis, apesar de alguns cenários feios. Já a movimentação e controle são bem desengonçados, com muita resposta lenta. As batalhas contra chefes vão de super fáceis à desafios interessantes que dependem da criatividade, com uma exceção, Máscara Negra. O combate contra Máscara Negra é terrível e muito dependente de tentativa e erro num ambiente nada intuitivo e bastante frustrante.

    Assim como o anterior, que não fez tanto sucesso, e do filme de animação do mesmo universo Arkham, esse jogo trás ligações com algum projeto de jogo do Esquadrão Suicida que não tinha ido pra frente.

    Um jogo mediano pra ruim, com troféus fáceis e platina que depende basicamente da paciência de terminar o jogo 3 vezes enfrentando em cada jogada um chefe diferente por último além de coletar todos os baús e evidências secretas espalhados pelo mapa, liberando também cenas extras e trajes especiais do Batman em cada uma.

    E de quebra peguei tartaruga nesse jogo e duas Badges no myPSt, uma do dia do "gamer" e outra do capeta por fazer isso 3 da manhã

    @platinadores

    10
  • renegadoomgames RenegaDoom Games
    2021-10-17 19:02:50 -0200 Thumb picture

    Metro Last Light Redux - #2

    O ano é 2034. Sobre as ruínas da pós-apocalíptica cidade de Moscou, nos túneis do metrô, os sobreviventes da humanidade são cercados por ameaças mortais de fora - e de dentro. Mutantes invadem as catacumbas sobre a superfície desolada, e caçam entre os céus envenenados em cima. Ao invés de se manterem unidos, as estações do metrô estão trancadas numa luta pelo derradeiro poder, um dispositivo do Juízo Final saído dos cofres militares do D6. Uma Guerra Civil está prestes a acontecer que pode erradicar para sempre a humanidade da face da Terra. #MetroLastLight#DeepSilver#Shooter

    Broadcasted live on Twitch -- Watch live at https://www.twitch.tv/renegadoomgames

    Metro: Last Light

    Platform: PC
    692 Players
    36 Check-ins

    0
  • denis_lisboadosreis Denis Lisboa Dos Reis
    2021-09-17 20:46:15 -0300 Thumb picture
    denis_lisboadosreis checked-in to:
    Post by denis_lisboadosreis: <p><strong>Call of Juarez: Bound in Blood </strong>
    Call of Juarez: Bound in Blood

    Platform: Playstation 3
    235 Players
    15 Check-ins

    Call of Juarez: Bound in Blood finalizado!

    Pré-sequencia do jogo original de PC e XBOX (que não joguei), esse FPS Western conta a origem dos irmãos McCall, desde seu início na deserção da guerra civil americana (do lado sulista racista), até o fim trágico, como pistoleiros procurados buscando pelo tesouro amaldiçoado de Juarez que os levará à situação em que inicia Call of Juarez posteriormente.

    Gosto da temática de velho oeste dos filmes clássicos, e esse jogo trás toda essa atmosfera com longos tiroteios com hordas de bandidos, duelos pomposos no fim das fases, e um sistema de tiro rápido pra dar cabo de vários inimigos de uma só vez. Tudo isso com música típica de filmes de Sergio Leone misturada e alternada com rock acelerado de ação que fica muito bem no jogo. Dois, dos três irmãos são jogáveis, com diferenças na jogabilidade de cada um, com Ray, o irmão mais velho e retardado sendo bom em enfrentar oponentes de forma mais direta e agressiva com duas pistolas e explosivos, e Thomas, o irmão do meio, sendo o mais ágil, silencioso e preciso com melhor mira à distância, usa  flechas e arremessa facas. No inicio de cada fase é preciso selecionar dentre qual dos dois jogar, quando isso já não é pré-determinado pela história. O terceiro irmão não é jogável, é inútil e bastante irritante com moralismo religiosos do mais tosco (mas isso é intencional)

    Nem tudo são flores, os gráficos de objetos e de alguns cenários são bem feios, um tanto quadrados e mal texturizados. E bugs nos salvamentos me fizeram perder todo o progresso do jogo, voltando ao início. Ainda existe servidor online pra partidas clássicas multiplayer, com diferentes classes e armas, mas nunca aparece alguém pra entrar nas partidas.

    Não é nenhuma obra-prima, ainda é um jogo interessante e divertido, de dificuldade mediana, história cliché, personagens estereotipados, mas  com o clima de "relaxe e atire" (se o jogo não travar).

    6
  • 2021-09-12 00:03:11 -0300 Thumb picture
  • denis_lisboadosreis Denis Lisboa Dos Reis
    2021-08-26 21:16:43 -0300 Thumb picture
    denis_lisboadosreis checked-in to:
    Post by denis_lisboadosreis: <p><strong>God of War III</strong> finalizado!!!</p
    God of War III

    Platform: Playstation 3
    18971 Players
    346 Check-ins

    God of War III finalizado!!!

    Dando sequência óbvia a God of War II, que não encerrava a história de vingança raivosa de Kratos, esse jogo apresenta melhorias significativas em relação ao jogo anterior, que já era bom, e não só pela mudança de geração do console mas no capricho dos detalhes, como manter os movimentos de GoW II antes de Kratos "cair" outra vez.

    Logo de cara fui surpreendido pela qualidade visual, tanto gráfica quanto de escolha de fotografia e iluminação. O jogo é muito bonito, e é tão fluído que me confundiu no início, o que me fez apanhar bastante por eu não acertar o tempo de esquiva e defesas com a movimentação independente dos inimigos do comecinho.

    Toda a montagem desse jogo também é mais redondinha e bem estruturada, com cenários revisitados em diferentes momentos, referências a todos os jogos anteriores, a participação dos itens e poderes nos momentos certos, e bastante liberdade nos combates sendo possível usar praticamente todas as diferentes armas num único combo. Depois de acostumado o jogo se torna até um pouco mais fácil que os anteriores. As batalhas contra os deuses são ainda mais grandiosas, e cada uma com direito a um "Fatality" bem violento.

     A história segue a mesma fórmula, Kratos traído por todos e pela própria raiva, buscando vingança e atropelando tudo no caminho enquanto adquire ou recupera poderes pra encarar inimigos cada vez mais fortes e chegar em Zeus pra trucidá-lo. Aqui, o conceito de épico é elevado ao máximo, cumprindo todos os elementos típicos das tragédias gregas, com deuses e heróis mesquinhos e imorais, tarefas absurdamente grandiosas, violência, e profecias catastróficas concluídas de maneira não esperada, com desfecho inescapável onde a culpa é de todo mundo. 

    Uma coisa que muda sutilmente é a disposição pra raiva de Kratos, ele vai aos poucos ficando um pouco menos impulsivo, ao ponto de se segurar em alguns momentos, chegando a tentar diálogos e até mudar de postura no final, o que tinha ouvido como uma reclamação por parte de outros jogadores, reclamação sem fundamento. Essa mudança não só casa bem com a temática e resolução da vingança e do luto, mas dá base ao que é apresentado no jogo seguinte, e mesmo que não existisse uma sequência esse seria um final digno pra trilogia. 

    Todo mundo que já cuidou de criança birrenta sabe, uma hora a fúria acaba e sobra cansaço e aceitação. 

    8
    • Micro picture
      vinicios_santana · about 2 months ago · 2 pontos

      Pois é, o Kratos ser mais maduro não é um ponto negativo.

  • 2021-08-14 01:09:05 -0300 Thumb picture
  • denis_lisboadosreis Denis Lisboa Dos Reis
    2021-06-16 20:15:07 -0300 Thumb picture
    denis_lisboadosreis checked-in to:
    Post by denis_lisboadosreis: <p>E então, jogando no capítulo IX e durante um aut
    Call of Juarez: Bound in Blood

    Platform: Playstation 3
    235 Players
    15 Check-ins

    E então, jogando no capítulo IX e durante um autosave esse jogo de gráficos feios e IA questionável trava, e como resultado perco o save e tudo que tinha feito nele tendo que voltar a jogar do comecinho.

    Só me restaram os troféus já conquistados, mas toda a contagem pros troféus, arquivos secretos, dinheiro, armas compradas e seleção de capítulo foram pro beleléu. 

    Devia ter ido jogar Sunset Riders.

    8
    • Micro picture
      santz · 4 months ago · 1 ponto

      Vai começar de novo?

      1 reply
    • Micro picture
      msvalle · 4 months ago · 1 ponto

      Caramba, que azar! Aconteceu algo semelhante comigo com o jogo Amazing Spider-Man, e eu comecei a salvar no pendrive como garantia.

  • diogo_paixao Diogo Louzada Paixão
    2021-06-03 20:19:20 -0300 Thumb picture

    Top 5: Jogos (RE) Jogados Por Mim em 2020!

    Acabei me enrolando pra postar este TOP antes do fim de 2020, e claramente enrolei MUITO para cumprir este auto @desafio hahaha

    Em 2020 rejoguei tantos jogos, principalmente no PS3, que eu achei injusto colocar eles no mesmo top 10 de jogados em 2020 (seria bem diferente meu top 10 se eu fosse incluir esses no meio), mas enfim, vamos lá!

    5 - Crash The Bandicoot: N. Sane Trilogy (PS4)

    Pelo HYPE do anúncio do 4° jogo peguei para terminar de fazer 100% no Crash 1 e 2, e como ambos são maravilhosos, sem muito o que dizer, apenas, Crash <3

    4 - Asura's Wrath (PS3)

    ANOS atrás quando joguei, amei o jogo e queria platina-lo, na animação da época já aproveitei e comprei a expansão/final verdadeiro do jogo, um dos 1°s jogos que decidi rejogar ao religar o PS3 foi ele, e como foi gostoso joga-lo (algumas vezes, já que pra platinar precisa terminar de várias maneiras), um jogo super exagerado e muito divertido a "expansão/final" do jogo é maravilhosa e realmente foi uma perda não estar no jogo base, Asura's Wrath tem um lugar guardado sempre hahaha

    3 - Castlevania: Lords of Shadow 2 (PS3)

    Eu amo o 1° e está no meu top10 do PS3, CONTUDO, no hype gigante que criei no 2°, tive uma decepção muito grande com ele, principalmente pelo final broxante dele, tão broxante, que mesmo já tendo comprado a DLC, não joguei mais o jogo.

    No finzinho de 2020, decidi rejoga-lo, inclusive ele nem tava na lista quando eu deixei salvo o rascunho aqui no Alva, mas demorei tanto pra escreve que bem... =P

    E olha, absorvendo o jogo de mente mais aberta... que jogo incrível, momentos e frases maravilhosas, um combate MUITO superior ao 1°, gráficos de fim de geração, realmente foi ótimo ter dado um tempo para retornar a ele e fazer 100%, fez um bem gigantesco ao jogo para mim (joguei no Prince of Darkness e joguei a DLC do Alucard).

    O ruim do jogo ainda é o final, e alguns designs meio genéricos/meh (ex: Castlevania City/Drácula Stealth Rato, etc), mas vários conceitos explorados nesse jogo são muito bons, apesar dele ter pontos muito superiores ao 1°, ele também tem pontos muito inferiores, o 1° é uma experiência mais equilibrada.

    Mas sério, é um jogo MUITO bom, pena que a saga Lords of Shadow acabou =(

    2 - Dark Souls II - Scholar of The First Sin (PS4 & PS3)

    Apesar desse ser um híbrido de "rejogar" (pois joguei o original sem as expansões) e "novo" pois ele tem algumas modificações na progressão, optei por coloca-lo nessa lista, após jogar em 2016 se não me engano, a versão Vanila no PS3 (obrigado @juninhonash), não pude deixar de conferir a "edição definitiva" do jogo no PS4, apesar de achar algumas modificações para elevar a dificuldade um pouco "artificiais", no geral é uma experiência extremamente agradável, dou meu foco às expansões que finalmente pude jogar, e ai que estão as joias deste jogo, que expansões maravilhosas, vejo muitas ideias que foram reutilizadas em Dark Souls 3 saindo destas expansões, minha batalha favorita de longe foi a contra o Midir Sinh, The Slumbering Dragon (Crown of the Sunken King), e a com o Ivory King (Crown of the Ivory King), com ambientações EXCELENTES (sim a expansão que menos gostei foi a do Old Iron King).

    1 - Tales of Xillia (PS3)

    Ahhh Tales of Xillia, o 1° Tales que joguei e até hoje meu favorito, havia jogado ele a ANOS (2014), e amado (inclusive tem muitos check-ins meus da época aqui no alva), um jogo que começa inocente e só vai crescendo e cada vez ficando melhor e melhor.

    Havia jogado a campanha da Millia na época, fiz tudo que eu poderia na campanha dela (como fiz sem usar nada, perdi algumas sub quests, mas tipo, BEM poucas, quase pego o troféu sem ajuda), na promessa de um dia rejogar pelo ponto de vista do Jude e platinar o jogo, decidi fazer isso em 2020, bom, como foi MARAVILHOSO rejogar ele anos depois, amadurecer ideias, se distanciar da história, foi como literalmente jogar outro jogo, uma nova experiência, hoje podendo entender melhor algumas coisas e vendo a campanha do Jude que complementa MUITO varias coisas, o jogo cresceu muito no meu conceito (e ele já era grande), provavelmente está hoje no meu Top 10 do PS3 sem sombra de dúvidas.

    Menções Honrosas:

    - Rayman Legends (PS4 & PS3)

    Comecei no PS4 e decidi que iria platina-lo no mesmo, na mesma vibe, peguei no PS3 e terminei a platina também =P (sim, eu jogava os desafios nos 2 hahaha, em casa, jogava no ps4, na casa da namorada, o do ps3).

    - Remember Me (PS3)

    Um dos jogos que disse para mim que rejogaria para fazer 100% e reabsorver a história... e bem, eu o fiz hahaha minha opinião sobre o jogo está na crítica que tenho aqui no Alva (inclusive, até pensei em atualiza-la).

    - The Last of Us (PS4 & PS3)

    No óbvio hype do 2° jogo, decidi rejogar ele no PS4 como um esquenta, não preciso dizer muito sobre ele né?

    - Diablo III - Eternal Collection (PS4)

    Esse entra em um híbrido igual o Dark Souls 2, joguei à exaustão este jogo no PS3, mas no PS4, tendo a versão com o Necromante e algumas adições, aproveitei para rejoga-lo com a nova classe =)

    - Jogos de Luta (PS4)

    Sempre coloco os gloriosos jogos de luta de alguma maneira nos meus TOP's, eu ainda estou na odisseia de tentar voltar a jogar de maneira descente os jogos de luta no geral, esse ano dou destaque a Street Fighter 5 Champion Edition & Ultimate Marvel Vs. Capcom 3, que foram os que eu QUASE voltei a jogar de verdade, mas ainda o que eu mais tenho vontade de levar a sério é o Mortal Kombat 11 e o Dragon Ball Fighterz!

    Tales of Xillia

    Platform: Playstation 3
    733 Players
    201 Check-ins

    21
    • Micro picture
      ztrevolz · 5 months ago · 2 pontos

      Brabo, fiz hj o DS2 no ps3, realmente muito bom

      1 reply
    • Micro picture
      juninhonash · 5 months ago · 2 pontos

      Tales of Xillia zerei 3 vezes, platinei e me apaixonei, só não é melhor que o Abyss dos que joguei. Porque é um jogo com um puta enredo.

      1 reply
    • Micro picture
      santz · 5 months ago · 2 pontos

      A única pessoa da Terra que gosta do Lords of Shadow 2.

      2 replies
  • luchta Ewerton Ribeiro
    2021-05-17 02:38:36 -0300 Thumb picture
    Post by luchta: <p><strong></strong><strong>Mortal Kombat Komplete

    Mortal Kombat Komplete Edition foi removido de todas as lojas a mais de um ano, nimguém sabe o por que (teorizam ser pelo Freddy Kruger) e até hoje não voltou a loja. E pelo jeito não vai voltar...

    Mortal Kombat Komplete Edition

    Platform: PC
    1549 Players
    93 Check-ins

    8
    • Micro picture
      santz · 5 months ago · 1 ponto

      Esse é o mal de todo jogo com algum conteúdo licenciado.

      1 reply
    • Micro picture
      gradash · 5 months ago · 1 ponto

      O mesmo vai rolar com o MKX e eventualmente com o 11

      É um dos motivos dos Souls Calibur nunca serem relançados, o único que teve foi o 1, e é o único sem estas merdas de personagens convidados.

      1 reply

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...