• anduzerandu Anderson Alves
    2020-11-17 23:53:19 -0200 Thumb picture

    Registro de finalizações: Part Time UFO

    Zerado dia 17/11/20

    Em algum momento da minha vida eu descobri que Part Time UFO existia, um jogo da HAL Laboratories (de Kirby, por exemplo) e que me soava como mais uma das várias adições que a Nintendo tem feito em abordar o mercado de jogos mobile. Lembro que vi uns vídeos, achei legal mas por nunca nem ter ouvido falar no jogo, acabei deixando de lado e esquecendo.

    Esqueci até num dos últimos vídeos de parceiros que a Nintendo tem feito quase que mensalmente quando o jogo do simpático OVNI deu as caras, vindo para o Switch. Fiquei bem interessado!

    Sabendo que era um jogo de celular, fiquei na expectativa e olhando um site de consulta de preços de títulos digitais da plataforma até que PTU finalmente revelou seu preço, mais de R$40. Meh. Fui de Android mesmo (1/3 desse preço).

    Logo em seguida um dos 3 ou 4 youtubers que curto assistir os vídeos (ou simplesmente ficam passando seus vídeos só para fazer barulho no quarto) começou a jogar PTU e me segurei para assistir. Odeio ver gameplays de títulos que ainda não joguei! Acho que sou do time #nospoiler.

    Uns dias depois, quando eu percebi estava passando o vídeo dele jogando o jogo. Acabei meio que assistindo umas partes enquanto jogava alguma coisa no 3DS ou Switch (Yo-kai Watch 2?) e acabei curtindo ver ele tentando passar das fases, fazendo piadas e, sem querer, me apresentando o lado criativo de PTU.

    Eu sempre preciso me preparar psicologicamente para jogatinas em certas plataformas (celular sendo uma das mais notáveis), mas eu curti tanto o que vi, e era o quarto vídeo, parte final, de uma série de jogatinas curtas, que acabei começando logo a minha própria aventura.

    Para quem já ao menos viu o trailer do jogo, dá para ter uma boa noção da experiência. Nesse jogo você controla um OVNI com uma garra que deve pegar determinados elementos e ou levá-los para determinados pontos do cenário ou empilhá-los até certa altura (ou juntar todos sem que caiam).

    Acho que comparar PTU com aquelas máquinas de garra de shopping é uma das melhores formas de imaginar mais ou menos como funciona a coisa toda. Claro que naquelas máquinas você posiciona a garra em determinado lugar e depois basicamente torce pela sorte enquanto aqui você tem liberdade de movimento, pode usar o seu gancho a vontade e tem que usar mais os neurônios para manter o balanço ao empilhar cheerleaders ou como posicionar os itens que fases mais voltadas ao puzzle.

    Por fim, física é um dos elementos mais importantes do jogo, e um dos seus maiores rivais.

    Jogando pela primeira vez, PTU é de se apaixonar. O visual lembra muito o óbvio: Kirby, e muitos outros jogos de GBA e até DS. Não tem como não amar o pixel art, as cores, as animações e os sons, tanto dos personagens e menus quanto a trilha sonora.

    Já na parte da jogabilidade, bom, é um pouco decepcionante no celular. Quer dizer, é simples e funciona muito bem, mas cansa depois de um tempo, apesar da campanha durar cerca de 1 hora (minha mão estava doendo nas fases finais). Também não a a opção de mudar a orientação da tela para horizontal e você é obrigado a jogar no "modo retrato" o tempo inteiro. 

    As opções de controle incluem jogar com um joystick virtual e um botão que serve para agarrar os objetos ou no modo mais livre (e pior) que deixa você passar o dedo na tela para se movimentar e usar um único toque para fazer ações. Por essas e outras, se ambas as versões do jogo fosse gratuitas, eu diria que a versão do Switch é a melhor disparada, mas o preço para um jogo tão simples não é nada convidativo.

    As primeiras fases são mais simples e servem para você pegar o jeito. Empilhe coisas de qualquer forma nessa área demarcada, pesque um certo número de peixes e os jogue no barco, prepare uma salada pegando os ingredientes da esteira e os pondo no prato. É tranquilo.

    Porém há um desafio que é relativamente opcional desde o início: fazer os 3 objetivos de cada estágio. Agora o empilhar de qualquer jeito vai pedir que você inclua na pilha algo que está escondido na fase, ponha algo obrigatoriamente em cima do outro e termine antes do tempo acabar. Já a pescaria vai te pedir para pegar algo que normalmente você não acha e pegue um peixe de cada tipo e assim por diante.

    Esses objetivos opcionais estão disponíveis o tempo inteiro e você pode fazer um, dois, todos os três ou mesmo nenhum cada vez que jogar a fase (não só não é obrigado a fazer nenhum como também não precisa fazer os três de uma vez).

    Por outro lado, as fases são dividas em páginas, como se fossem mundos. Cada página tem três estágios e você pode os jogar na ordem desejada. Para desbloquear a próxima página, você deve ter ao menos 5 medalhas sendo que cada objetivo opcional feito te dá uma. Como são 3 fases e cada uma com 3 objetivos = 9 possibilidades de conseguir medalhas por mundo.

    Como o que importa é o seu número total de medalhas, se você jogar bem e coletar várias, poderá desbloquear mais páginas e suas fases antes mesmo de ter avançado muito na campanha e isso também te dará mais liberdade de jogar sem se preocupar com isso lá na frente.

    Para ser sincero, a dificuldade do jogo basicamente não aumenta, apenas os desafios que ficam diferentes. A questão das medalhas chegou a ser um problema no início, quando jogava sem me preocupar muito com isso, mas depois foi bem natural e acaba que fiz mais fases 100% mais pra frente do que nas primeiras páginas. Bem, na pior das hipóteses, basta voltar e rejogar alguns estágios e posso garantir que são justamente essas missões que dão graça ao jogo e que passar de qualquer jeito nem vale a pena.

    Conforme você posiciona os objetos certinho e termina as fases com bons tempos, sua pontuação será maior e, com isso, ganhará mais dinheiro também.

    O dinheiro pode ser usado na loja no menu principal (pra onde o jogo sempre me mandava sempre que terminava uma fase, infelizmente). 

    Nessa loja há um monte de chapéus e itens a serem desbloqueados e equipados, e cada um ainda garante habilidades passivas bem bacanas ao nosso protagonista, como se movimentar mais rapidamente ou automaticamente voar para cima sempre que coletar algum item, entre muitos outros. Particularmente eu não quis sair muito do personagem original (e até me esqueci de experimentar mais) e estava achando o jogo bem tranquilo sem nenhuma adição, mas tenho certeza que vários deles podem ajudar com desafios específicos.

    O replay do curto jogo fica por conta de fazer 100% nas fases, o que é bem legal, na verdade e comprar tudo na loja. A versão do Switch ainda vence por incluir modo cooperativo para dois jogadores, outro de empilhar infinitamente (que muito me lembrou Tricky Towers), além de mais conteúdo adicional.

    Resumindo: Part Time UFO é melhor do que eu esperava e muito divertido, mesmo com as deficiências de se jogar no touchscreen do celular. Há um carisma e um desafio bem feito e a jogabilidade simplificada é um exemplo do tipo de jogo que deve ser feito para mobile. Por outro lado a experiência é bem breve e espere dores nas mãos após uma única sentada. Diria que é o tipo de jogo para aqueles que não tem tempo senão algum ali, dentro do metrô ou do ônibus e não querem nada muito elaborado.

    De bom: visuais e animações lindos. Trilha sonora bacana que, apesar de ser sempre a mesma música, muda de tom para combinar com as temáticas dos cenários. Jogabilidade simples. Replay bacana para fazer 100% em todos os desafios. Bastante conteúdo desbloqueável. Duração boa da campanha. Humor gráfico que remete um pouco ao da série Rhythm Heaven. Tem um chefão no final, o que eu não esperava e que me lembra também o inesperado chefe no final de Kirby's Dream Course.

    De ruim: talvez um pouco fácil demais e achei que poderiam ter mais fases opcionais no post-game para quem percebeu que o jogo tem potencial de entregar mais. Dores nas mãos garantidas graças à típica jogabilidade no touchscreen. A versão de celular fica bem atrás da versão do Switch, fora o preço e a versatilidade do Android.

    No geral, vale a pena a jogatina principalmente se você quer um jogo bem bonito e casual. Estou cogitando ainda comprá-lo no Switch numa boa promoção no futuro. Uma ótima opção de jogo de celular, sem dúvidas. Aliás, uma das melhores!

    Part Time UFO

    Platform: Android
    4 Players
    1 Check-in

    16

Load more updates

Keep reading → Collapse ←
Loading...