• anduzerandu Anderson Alves
    2021-09-04 18:09:03 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações: Mario Tennis Open

    Zerado dia 04/09/21

    Nos primeiros tempos do Nintendo 3DS, fazíamos encontros quase que mensais e por muito tempo só dava Mario Kart 7 no quesito multiplayer enquanto jogávamos o mesmo online quando sozinhos em casa, além de um Resident Evil Revelations aqui, um Theatrhythm Final Fantasy ali e um Spirit Camera acolá. Quem sabe um Pushmo ou Mighty Switch Force? Alguns corajosos se arriscavam em território pouco popular com Street Fighter IV 3D, Ridge Racer ou Splinter Cell.

    Com os multiplayers a conta-gotas e não veríamos Pokémon ou Smash Bros. tão cedo no portátil, ficamos muito ansiosos ao ver a mais nova aposta da Nintendo: Mario Tennis Open!

    OPA! Um multiplayer para até 4 pessoas numa única partida e com o selo de qualidade dos jogos do Mario? Legal! Mais um para os concorridos campeonatos que fazíamos.

    Lançado e com vários entusiastas com eles em mãos, pudemos conferir do que se tratava: mais um Mario Tennis. Eu não manjava quase nada da série nesse época. Havia jogado e amado o jogo do GBA e curtia muito as festas com a versão de Wii, mas será que valia mesmo a pena gastar os R$150 na época nesse de 3DS?

    Quer dizer, o jogo era lindo e tudo, mas bem menos pessoas o compraram em relação do que eu esperava. Sim, eu esperava algo para no mínimo bater de frente com o já manjado Mario Kart, mas não chegou nem perto (na verdade o MK bizarramente rendeu jogatina a geração inteira).

    Além de menos amigos o terem adquirido e a febre ter logo passado, o jogo tinha umas mecânicas que não me agradavam tanto (mal sabia eu que seria ainda pior com os jogos posteriores).

    Agora estou aqui, quase 10 anos depois (mal dá para acreditar que já faz tanto tempo), terminando um jogo que foi notório na minha vida de jogador.

    Ao iniciar o jogo, você verá diversos modos na tela inicial, muitos até inúteis hoje em dia. A "campanha" do jogo é o modo de torneios, e eu ponho entre aspas porque esses torneios são meio que genéricos: termine um e abra o próximo. Não há um enredo nem interação fora das quadras, como era no meu amado Mario Tennis de GBA, coisa que muitas pessoas passaram anos e anos pedindo que voltasse.

    Há um modo estilo Free Play, a opção de jogar multiplayer (não sei se apenas Versus, pois no modo torneio há a opção de jogar em duplas, então é lógico que exista essa opção cooperativa). Há ainda um modo de jogo online, provavelmente completamente vazio hoje em dia. Tem também um modo de minigames bacana.

    Pra fechar, há um menu de customização, onde você pode acessar uma loja e comprar itens cosméticos que são desbloqueados conforme você joga e os equipar no seu Mii, que pode ser usado em jogo.

    Já no modo torneios, há várias "copas", assim como no Mario Kart, mas você deve as jogar de forma linear, terminando a única disponível e desbloqueando a próxima.

    Cada torneio representa um nível de dificuldade e apenas 3 partidas, que também crescem em dificuldade de uma para a próxima.

    O primeiro torneio é o do cogumelo (Mushroom) e a minha primeira partida foi contra o Luigi, mas aparentemente é sempre aleatório. Eu joguei com o Mario o jogo inteiro e nem sequer cheguei a testar meu Mii (não curto as vozinhas no MK, haha).

    Para quem não manja nada de tênis ou não se lembra, funciona mais ou menos assim: você pontua e ganha 15 pontos. Mais uma vez e fica com 30. Na próxima, 40. Pontue mais uma vez e você vence um Game. Vença dois Games e você vence um Set, basicamente. Vença dois Sets e você vence a partida.

    O lance é que a regra do jogo te obriga a ter uma certa vantagem para pontuar. Por exemplo: se eu tenho 40 pontos e meu oponente também faz os 40, ficamos empatados e quem pontuar NÃO vence, mas sim ganha uma vantagem (Advance) e agora sim se fizer um ponto, ganha. Mas se o oponente pontuar novamente, ficamos empatados novamente. Isso vale para cada Game e até Sets. Se empatarmos muitas vezes, a regra do jogo muda para quem fizer 7 pontos primeiro (pontuar 7 vezes).

    Essa primeira partida contra o Luigi só requeria que alguém ganhasse um Set. Ou seja, pontue 4 vezes para ganhar um Game, o jogo troca os personagens de lado da quadra, pontue mais 4 vezes e você terá um Set, significando vitória!

    No início os oponentes são bestas e rapidamente eu vencia cada torneio e suas três partidas. Acho que menos de 10 minutos.

    Conforme você avança num torneio, a pontuação mínima necessária para a vitória aumenta e os bots ficam mais espertos. Logo você vai ter que fazer 2 sets e isso se torna o novo normal.

    Após terminar as 4 copas do modo Singles (1x1), Mushroom, Green Shell, Fire Flower e Banana, achei que teria acabado o jogo, mas logo se abriu o modo Star e 4 novas copas diferentes, ainda mais difíceis e com diferentes quadras.

    Quem joga a série já sabe que diferentes quadras tem efeitos diferentes na jogabilidade, embora eu quase não perceba. Aparentemente isso afeta principalmente a bola, sua velocidade, como ela quica etc.

    Eu sofri demais principalmente na última quadra da campanha, que ficava mudando e afetando a bola. Acho que passei rápido demais das demais copas para perceber, mas no final foi sofrível: quadras que escorregavam, que a bola quicava para fora como se fosse um trampolim e uma maldita quadra de buraco negro. Meus deus, esse buraco negro! Basicamente é como se houvesse um vórtice no meio da quadra e depois que a bola quicava uma vez, ela era jogada para o lado menos esperado, totalmente bizarro.

    O grande macete do jogo é se posicionar dentro dos círculos coloridos na quadra e apertar o botão correspondente, como B no azul, A no vermelho, Y no roxo etc. Quando jogar, memorize isso (ou aperte o comando na tela de toque)! Isso fará com que o efeito seja muito ampliado e a bola faça a ação com muita velocidade. Nem isso ajudava no vórtice, até porque nas últimas fases os círculos coloridos não aparecem tanto assim.

    Bom, não sou muito fã dessas frescuras, mas ao menos não bagunçam tanto assim o jogo e ele continua bem estratégico. Fato comprovado no final da campanha contra IA bem difícil em partidas bem longas e que necessitavam de vários Sets para serem vencidas.

    Ruim mesmo foi o que veio nos jogos seguintes, com itens bagunçados, ficar gigante, salvar a bola como o The Flash, tiros fortíssimos que quebram raquetes etc.

    Não ter itens e especiais já é algo bem bacana e cada personagem tem especialidades próprias, o que já configura um bom jogo.

    Então eu tenho que dizer que Mario Tennis Open é bacana, mas essa campanha é como um longo tutorial. É divertido? É sim, mas sem enredo e nada além de partida atrás de partida, o objetivo aqui parece ser mesmo te deixar bom. Conseguiu terminar todas as copas? Legal, agora você pode jogar contra jogadores de verdade que tenham um 3DS!

    Resumindo: Mario Tennis Open é um bom jogo e bastou algumas horinhas quase sempre tranquilas para o terminar, mas a sensação foi de que joguei algo bem arcade, em busca de melhorar minhas habilidades ou ganhar pontos. Tudo bem que desbloqueei um bocado de cosméticos e a campanha me treinou bem, mas para quem está jogando com atraso, parece que todo o esforço foi em vão. O foco ficou até demais no multiplayer, mas quem jogaria isso hoje em dia, ainda mais que a franquia ganha um novo título a cada nova plataforma?

    De bom: bons visuais. Gameplay estratégico e não zoado. Campanha com boa dificuldade. Inclui uns modos extras e muita coisa para desbloquear e comprar. Campanha Single e Duos que possibilitam muitas horas sozinho, apesar de sempre mais do mesmo. Personagens e quadras desbloqueáveis. Legal que na época permitisse até jogar online.

    De ruim: sem enredo ou possibilidade de andar e interagir como em jogos anteriores da série. Desabilite o controle de movimento, pois jogar com o console em pé deixa o jogo numa perspectiva meio que por cima do ombro do personagem, mais imersiva e difícil de enxergar a quadra, enquanto o video game mais deitado mostra uma visão aérea (desligado o motion, fica apenas a câmera normal). Mesmo jogando várias copas eu não ganhei nenhuma moeda para usar na loja e até onde sei, a forma de as conseguir é ficar jogando indefinidamente os (poucos) minigames. Achei o jogo muito superficial para quem vai jogar só.

    No geral, foi uma experiência ok, mas nada caprichada para um modo solo. É legal que finalmente tenha jogado um jogo que quis na época e que nunca me esqueci, mas sinto que ele não adicionou e nada aos meus jogos. Recomendo se você tem com quem jogar, pois é bem legal e melhor que outros da franquia, mas em caso negativo e tendo apenas um console para jogar com amigos, há Mario Tennis melhores. Jogo ok.

    Mario Tennis Open

    Platform: Nintendo 3DS
    956 Players
    70 Check-ins

    12
    • Micro picture
      bobramber · about 1 year ago · 2 pontos

      Parece bem meia boca mesmo pela tua descrição...

  • angelkenede Angel Kenede
    2015-01-14 07:13:19 -0200 Thumb picture
    angelkenede checked-in to:
    Post by angelkenede: <p>Com mais de 34 horas de Gameplay registradas, fi
    Mario Tennis Open

    Platform: Nintendo 3DS
    956 Players
    70 Check-ins

    Com mais de 34 horas de Gameplay registradas, finalmente terminei a Final Cup com o Mario, após muita enrolação. -q

    https://miiverse.nintendo.net/posts/AYMHAAACAAADVHiPBRTQGw

    E... essa última quadra do game, pensei que jamais odiaria algo inspirado em Mario Galaxy, mas ela conseguiu meu ódio.~

    Ela é simplesmente roubada e zoada demais, pois funciona com uma mudança de campos, que uma hora vira um buraco negro e começa a jogar a bolinha em direções randomicas... você sofre com isso, mas seu oponente? Há, ele sabe exatamente aonde vai cair e marcar ponto. -q fiquei mais de meia hora nisso, só para vencer esse último torneio, e não foi reiniciando e sim que ele demorou uma hora pela dificuldade lol

    Nway, terminando as 4 Copas comuns e as 4 Hards, finalmente posso dizer que "Zerei" o game, já que as Double não são obrigatórias. felizmente

    Enquanto os demais chars... já terminei as quatro primeiras copas com todos, e sim... você precisa jogar todas com cada um.~

    4
  • deletado999999 Farei uma nova ou não.
    2013-08-16 14:27:50 -0300 Thumb picture

    Beta aberta será lançada na próxima semana.

    A beta aberta de Killzone Mercenary estará disponível para ser baixada para os assinantes Plus americanos no dia 20 de agosto (após a atualização da PlayStation Store). Assinantes Plus europeus terão acesso no dia 21 de agosto.

    No dia 27 de agosto ela estará disponível para todos os usuários da PSN. E, no dia 3 de setembro, ela será encerrada.

    Fonte: PS3Brasil

    LiSTA-PSViTA
    @bionemesis @crosslie @dawsontorta @drodro @edureptilia @gan0nd0rf @harrylee @ichigo @jeffersonjns @kawens @lica @lucasassuncao @lukebont @matttttt @metapodagitado @nanahcc @niveabarbosa @romeuzitto @saraiva @sikora @steffle @taina2rj @tony56 @tsutomu @ucosta @vax @viata @walterlimjr @wllianunes

    *Quem quiser o nome removido ou adicionado a lista avise nos comentários...

    Killzone Mercenary

    Platform: Playstation Vita
    621 Players
    64 Check-ins

    32
    • Micro picture
      lica · about 9 years ago · 0 pontos

      Aê! \o/ Animada com esse jogo. Espero não me decepcionar. ;)

    • Micro picture
      vinicard1 · about 9 years ago · 0 pontos

      contando os dias ;....

    • Micro picture
      paulothegazette4ever · about 9 years ago · 0 pontos

      pode me marcar !

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...