• niemann Luciano Niemann
    2021-11-16 00:52:19 -0200 Thumb picture

    RETROSPECTIVA PARTE 11 (Final)

    A retrospectiva mesmo chegou ao fim já na parte dez, aqui deixo uma conclusão, uns pensamentos...

    Os videogames clássicos pra mim além de serem mais divertidos, me trazem um saudosismo enorme, pelo fato de as coisas terem mudado muito na minha vida. Nem eu nem o Jackson temos algum console que ganhamos naquela época, só mesmo o PS2 que é bem mais recente. O console mais nostálgico é claro o Mega Drive, jogava muito com o Jackson, depois vem o Playstation jogado tanto na minha avó quanto no Jackson. O incrível era a magia que existia antigamente, na infância, um sentimento único, não tem como explicar. O que mais me marca nos jogos clássicos é a trilha sonora, posso até dizer que música de vídeo game (chiptune) é meu tipo de música favorito. Até tentei tocar uns temas de games na guitarra anos atrás. Sou muito feliz por ter jogado a velha guarda dos games e valorizar o criativo e o divertido, devido as limitações da época. Foi um prazer contar a minha história com games, relembra-las e registrá-las. Sou grato por ter tido uma infância linda, bons amigos, e uma família maravilhosa!

    4
    • Micro picture
      mastershadow · about 1 year ago · 2 pontos

      Muito bom mano, vou ler todos seus posts com tempo.Concordo com vc, Mega Drive e PS1 são meus consoles favoritos e os mais nostálgicos também,as boas lembranças são eternas!

      1 reply
  • niemann Luciano Niemann
    2021-11-15 04:40:13 -0200 Thumb picture

    RETROSPECTIVA PARTE 10 (Fragmentos)

    A parte dez terá uma ordem cronológica mais bagunçada dos acontecimentos, mas vamos lá. Vou citar algumas pessoas e lugares que joguei em menor escala, e na maioria das vezes, com jogos que já conhecia.

    Primeiro, vou voltar um pouco no tempo, e quem sabe, seja esse meu primeiro contato com o mundo dos videogames, mas, ainda acho que foi mesmo o Mega Drive com o Sonic 1. Também foi lá pra 2001, meu primeiro contato com computador, na antiga casa do meu tio Beto, no computador dele e da minha tia Marta (em memória). Era um Windows 98, com mouse de bolinha, monitor de tubo branco e gabinete branco, os clássicos mesmo. Lembro de eles me ensinando a usar o mouse, falar de como mexer a setinha, etc. Agora, sobre games, lá tinha um emulador de Atari 2600, colocado pelo meu primo, sobrinho dos meus tios, que era vizinho, o Fábio, ele tinha formação em TI naquela época. Joguei o Pitfall, na realidade joguei outros, mas não vou lembrar. A mãe desse meu primo, a Nelsi, também foi alguém que me ensinou a usar computador. Cheguei até a jogar alguma coisa na casa dela e do meu tio Cau, mas lá era só jogo de cartas. Lembro do jogo mau mau, que já procurei pela internet mas não achei. Voltando pro meu tio, um tempo depois, do emulador de Atari, joguei o Gens, emulador de Mega Drive, que tinha uma porrada de jogos, mas diferente dos que já jogava em casa e no Jackson, não lembro de mais nenhum. E um tempo depois, comecei a jogar jogos em Flash Player, daqueles que vinham em CD de revista. Desses, não lembro de nenhum nome, mas tinha um de luta livre engraçado, e cara, não consigo lembrar de mais nenhum. Como disse, essa parte dez será apenas uns fragmentos de memória.

    No Jefferson, lembro de jogar Doom com ele, pouquíssimas vezes, mas sim, conheci por ele jogando na casa dele, ele tinha PC.

    Teve um outro amigo de infância e vizinho que teve uma educação mais rígida quando criança, o Felipe, ele tinha um Mega Drive também, mas nunca nos frequentávamos muito, pra falar a verdade, só lembro de jogar no Mega dele, o Show do Milhão uma vez. Fiz mais amizade com ele quando a avó dele faleceu e a mãe começou a morar na casa, daí ele já era pré-adolescente pra adolescente, daí sim, comecei a frequentar a casa e ser mais próximo. Nesse período de maior proximidade, só lembro de jogar CS, Guitar Hero 3 e Resident Evil 4, mas, tenho quase certeza que Half-Life foi apresentado por ele. Preciso deixar claro que Resident Evil 4 foi apresentado por ele!

    Frequentava uma lan house do bairro, aquela do torneio de CS, aquela de onde saí e sofri o acidente, e, bom, era basicamente apenas o Counter Strike que jogava lá mesmo. Outra lan house que frequentei um pouco antes foi uma do centro, fui lá algumas vezes com o Jefferson enquanto ele ainda morava aqui, lá jogava MU Master, Worms Armageddon e GTA San Andreas, mas não foi nessa lan house que joguei o San Andreas pela primeira vez, foi em outra. Depois comecei a ir nela sozinho e com o Felipe, até que, então, abriu a do bairro e comecei a ir nela.

    Tive um amigo de escola, o Michael Klinsmann (ou Mikael) que tinha um PS1, até cheguei o pegar seu PS1, iria comprá-lo, mas algo deu errado, não lembro o que foi e devolvi pra ele. Frequentei sua casa várias vezes e me dava bem com ele, até que de repente ele sumiu, não foi mais pra escola, se mudou. Tentei procurá-lo anos depois nas redes sociais e, nada! O cara é um fantasma, parece até que ele foi um amigo imaginário, mas tenho testemunhas! XD

    Uma citação honrosa é onde conheci o PS2, provavelmente foi no Luís, mas não tem nenhum jogo que me marcou lá, isso de PS2, porque de PC teve dois, o Raibow Six e sua expansão Eagle Watch. Apesar de não citar o Luís nos games, ele ainda mantem contato e estudou comigo desde a pré-escola! As lembranças com ele não são muito dos games.

    Lembro de jogar PS1 com o Léo, colega de escola e amigo de infância, mas não aquela infância dos cinco ou seis anos, era aquela mais tarde, perto dos 10, e quando somos crianças, cinco anos parecem uma eternidade, pelo menos, foi a minha sensação. Com o Léo, jogava de tudo um pouco.

    Joguei até que bastante PS2 no Fernando, como disse, frequentei muito a casa em um período da vida. Lá jogavamos basicamente GTA San Andreas, só não lembro se chegamos a terminar a história.

    Na Rosa, minha tia e vizinha, joguei muito, mas muito jogos em Flash, ela tinha uns 2 cds, era um PC antigo, com windows 98. Ainda lá, voltei a jogar o NES via polystation, e conheci alguns jogos de NES que preciso citar, Baseball (da nintendo), Jaws, Magic Jewelry, um Mortal Kombat zuado e não licenciado, Road Fighter, Spider-Man: Return of the Sinister Six, Bugs Bunny in Crazy Castle, Yie Ar Kung-Fu. Desses que citei, preciso dar uma moral maior pra Bugs Bunny Crazy Castle (trilha sonora magnífica) e Road Fighter. Os dois eu jogava com minha tia e prima Letícia, o Road Fighter jogava mais com meu tio Cézar. Já Jaws e Spider-Man jogava sozinho.

    https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEgp...(img)

    https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEjT...(img)

    O último console que tive e que foi ganhado, foi o PS2, e só lembro de jogar nele God of War 1, God of War 2 e Shadow of the Colossus (muito recentemente aliás).

    https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEjw...(img)

    https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEhw...(img)

    https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEj_...(img)

    2
  • niemann Luciano Niemann
    2021-11-15 03:31:56 -0200 Thumb picture

    RETROSPECTIVA PARTE 9

    Quando eu falei das memórias mais vívidas, aqui seria o mais certo. Essa parte nove será exclusiva do PC. Essa parte, fica fácil de lembrar o tempo devido a um acidente que sofri e ele ser o motivo de eu ganhar meu primeiro computador. Esse acidente que sofri, foi voltando de uma lan house, depois da escola, na parte da manhã. Eu vinha correndo de bicicleta, muito rápido, bom, exatamente o que aconteceu não sei, porque não lembro, mas provavelmente vinha pedalando de pé, tropecei e bati a cabeça no poste ou meio fio. No hospital, fizeram tomografia e estava com coágulo no crânio, precisando de duas cirurgias pra estancar o sangue. Fiquei na UTI em dois dias de coma induzido para os procedimentos médicos. Meu estado era grave. O acidente em agosto de 2006, tinha doze anos. Apesar de tudo, me recuperei bem, sem sequelas. Meu pai fez uma promessa, que se eu me safasse, ele iria comprar um computador pra mim, então, no mesmo ano, época de natal, ganhei meu primeiro computador. Era um computador da Positivo, terrível! Com 512 de RAM, processador Celeron e 80GB de HD, mas serviu bem. No começo, não tinha internet, pegava os jogos por aí, e até dava pra jogar, mas foi quando, provavelmente no outro ano, ganhei uma placa de vídeo, aí sim ficou show! 

    Lembro bem que, um ano depois, em 2007, alguém que foi muito falado até agora, o meu amigo de infância Jackson, que considerava um irmão, se mudou pra um bairro perto do centro, e a partir daí, nunca mais fomos os mesmos, fomos nos afastando cada vez mais, e mais. Até frequentei a casa nova dele algumas vezes, mas ele não fazia questão de manter contato mais constante, e hoje, nem nos falamos mais. Convidei ele pra vir aqui, jogar e relembrar os velhos tempos algumas vezes, mas vinha e ficava só umas horinhas, meio que não ligava pra amizade antiga, e desde a última vez que veio, não entrei mais em contato, e não falei mais com ele desde então, isso faz mais de um ano.

    Desse período com meus PC's em diante, joguei sozinho o tempo todo, salvo algumas poucas vezes que citarei na próxima parte. Os jogos? Foram os mais diversos, desde nativos pra PC até emuladores, não dá pra falar todos, e também que, apenas vou citar alguns jogados dos primeiros anos com meu PC, porque dalí em diante, ou não são lembranças emocionantes pra mim que valem ser lembradas, ou porque também o Alvanista começou a ser usado pra registrar as jogadas, até chegarmos nos dias atuais, onde tenho, na data de hoje, 15/11/21, vinte e sete anos. Bora citar os jogos de PC dos primeiros anos? Primeiramente, a era 3D dos GTA's, GTA III, Vice City e San Andreas, bixo, joguei horrores! Apesar de que, meu primeiro contato com o San Andreas e Vice City tenha sido em uma lan house do centro, com o Jackson. Lembro que, não tinha nada parecido com aquilo na época. O primeiro que joguei foi San Andreas, e cara, parecia MUITO realista e imersivo. Mais próximo disso que conhecia era Driver 2, então, imagina como foi a minha cabeça estando naquilo naquela época. Sobre lan houses, comento mais na próxima parte. Voltando para os games nos meus primeiros anos de PC, cito dois, Resident Evil 4 e Max Payne 1, todos os outros, e são vários, não são relevantes, semelhante como disse logo acima. Somente um jogo faz juz ser citado anos depois de ter meu primeiro PC, provavelmente já tinha meu segundo, que foi, The Elder Scrolls: Skyrim, gente, que jogo é esse! Que lore! Com certeza a mais complexa do mundo dos games.

    2
  • niemann Luciano Niemann
    2021-10-28 01:55:41 -0200 Thumb picture

    RETROSPECTIVA PARTE 8

    Super Nintendo, chegou sua vez. Meu primeiro contato deve ter sido logo depois de eu ter o Mega Drive, no meu vizinho Ricardo, um pouco mais velho que eu. Estava jogando com a irmã dele, a Roberta, algum Donkey Kong Country, só não sei qual dos três, mas lembro que era muito divertido! Não sei se fui lá mais alguma vez, porque não tinha muita intimidade com eles.

    Meu contato mais intenso com o SNES, foi no meu vizinho Fernando, um pouco mais novo que eu. Cito o Super Nintendo só agora porque, quando comecei a frequentar a casa dele eu já era mais velho, perto dos dez anos, e já tinha o Mega Drive e o PS1. O jogo mais marcante de todos foi o Super Mario World, clichê pra caralho! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    O videogame era da irmã dele, Francine, aquela que ganhou um cartucho do Flintstones de Mega Drive por engano, já contei isso. Ela as vezes jogava Super Mario World e também ensinava algumas saídas secretas pra nós. Além do Super Mario World, jogamos o Futebol Brasileiro 96 (hack do International Superstar Soccer Deluxe), Aladdin, Mortal Kombat 3, Barbie Super Model, Top Gear, Spider-Man - X-Men: Arcade's Revenge,...

    4
    • Micro picture
      vante · over 1 year ago · 2 pontos

      Super Mario World ainda é o meu jogo favorito do SNES! Faço questão de finalizar ele uma vez por ano kkkkkkkkk.

      Mortal Kombat 3 também é um clássico!

  • niemann Luciano Niemann
    2021-10-27 13:48:09 -0200 Thumb picture

    RETROSPECTIVA PARTE 7

    Em algum momento, o Jackson ganhou seu PlayStation, também era o PSONE. Dessa parte um pouco mais avançado da minha vida, tenho lembranças mais vívidas. Um tempo depois, também ganhei o meu PSONE, e era semelhante como no Mega Drive, compartilhávamos jogos, jogávamos juntos, que saudade! Se não me engano, o Jefferson ficou muito pouco tempo sendo vizinho na nossa era de PS1, ele se mudou... :( 

    Vale falar uma coisa, o Jefferson até gostava de jogar videogame, mas as lembranças com ele, são mais de coisas de moleque, como andar de bike, subir em árvore, jogar Yu-Gi-Oh, Beyblade, essas coisas, por isso ele é pouco citado em games. Algumas dessas coisas eu até fazia com o Jackson, como andar de bike e subir em árvore, mas conforme fomos crescendo, eu e o Jackson fomos deixando a rua e ficávamos mais em casa jogando, e fora que, como citado, o Jefferson foi embora meio cedo.

    Jogos aqui que devem ser citados que foram jogados nesse período com o Jackson e sozinho: Driver 2, Medal Of Honor, Medal Of Honor Underground, Nascar Rumble, Resident Evil 3, Winning Eleven, GTA 2, Vigilante 8 2nd Offense,...

    Dois jogos que marcaram e devem ser citados à parte: Tenchu - Stealth Assassins e Spider Man 2 - Enter Electro. Curiosamente, o Tenchu 1, conheci pelo Jefferson. Joguei muito pouco com ele, mais foi sozinho. O Spider Man 2 jogava sozinho, ganhei o CD de um colega de trabalho da minha mãe. Esse CD marcou bastante, além do jogo, a tela de seleção de região (Pal,Ntsc) que tocava um chiptune de Amiga, era a música Necroscope do Mantronix, mas essa história já contei anos atrás, só procurar pela tag retro.

    5
  • niemann Luciano Niemann
    2021-10-23 00:07:53 -0200 Thumb picture

    ​RETROSPECTIVA PARTE 6

    Depois de anos sem fazer a retrospectiva, resolvi continuar, porque o tempo passa, e eu já estou esquecendo algumas coisas. :|

    Nessa sexta parte, vem o meu primeiro contato com o PlayStation 1, sim! A vez desse importantíssimo console iria chegar!

    O PlayStation eu joguei a primeira vez provavelmente no meu primo de segunda geração Andrei, num PSONE, o PS1 "Slim". Na época o Andrei era vizinho da minha avó Tereza, hoje falecida. O Andrei era sobrinho dela e moravam em Corupá, bairro Poço D'anta. Minha avó morou lá muitos anos, mas depois que se separou do segundo marido, não parou mais em lugar nenhum. Minha avó também está encruzilhada na minha história com jogos, espera só pra ver!!

    Provavelmete o primeiro jogo que joguei de PS1 foi Mortal Kombat 4! KKKKKKKKKKK o odiado da maioria, eu AMO esse game! Lembro bem de descer o cacete em todo mundo no dia que joguei o MK4 e o PS1 pela primeira vez, o Andrei ficou até surpreso de eu jogar bem, ria e fazia graça, foi um lindo dia, pena não lembrar mais nada além disso. Não lembro em que ano foi isso, se já tinha meu primeiro console, o polystation, ou foi depois.

    Agora, entra minha avó na história. Esse PS1 do Andrei foi comprado pela minha avó! Daí já se imagina o que acontece na sequência... Joguei horrores, ia lá na vó quase todo fim de semana pra jogar. Nem eu, nem a vó, tínhamos grandes habilidades jogando, como jogar pra zerar e tal, mas nos divertíamos muito! Ah, os jogos? Cito alguns, mas os que realmente marcaram MESMO de jogar na casa dela, e com ela: Crash Bandicoot (TODOS eles, Crash 1,2,3 e o "de corrida"), 102 Dálmatas, Hércules, Tarzan, Tomba, Fighting Force 2,... O Crash que ela tinha, era um CD com os três jogos o 1,2 e 3. Levou um tempo pra descobrir que tinha que apertar pra baixo pra escolher os outros dois, kkkkkk. Lembro que, o Mortal Kombat 4, o mesmo CD do Andrei, era o primeiro que jogava quando chegava na casa dela, era o jogo de abertura. Acredito que de todos que joguei com ela, os Crash's foram os mais marcantes. Saudades desse tempo com a minha avó, que a vó esteja bem, onde estiver...

    http://media.alvanista.com/uploads/timeline_image/20...(img)

    14
    • Micro picture
      vante · over 1 year ago · 2 pontos

      MK4 realmente não é lá um dos mais amados kkkkkkkkkkkk

    • Micro picture
      mastershadow · over 1 year ago · 2 pontos

      Kkkkkkk eu tinha esse "Crash Collection" piratinha prensado tbm,foda que depois de um tempo o o Crash 1 dele travava

    • Micro picture
      andre_andricopoulos · over 1 year ago · 2 pontos

      Como eu gostava desse jogo do TARZAN...

  • niemann Luciano Niemann
    2014-03-10 17:30:11 -0300 Thumb picture

    RETROSPECTIVA PARTE 5

    Como eu estava sem nenhum console por ter queimado a fonte do Polystation e eu era um bom aluno, meu pai me levou à loja do centro "Mundo dos Brinquedos" pra eu ganhar o tão desejado Mega Drive. Chegando lá, a atendente falou pra eu pensar melhor e me apresentou três opções, PlayStation, Super Nintendo e Genesis 3. Ela disse pra mim que o Genesis 3 era o Mega Drive só que diferente, até porque não adiantava me explicar que ele era importado e era uma versão americana, hehe. Eu naquela época não conhecia ainda o PS1 e o SNES, então não pensei duas vezes, Mega Drive na veia, ou melhor, Genesis 3 na veia! Lembro de ter levado fitas de brinde, o Alien 3 que já conhecia, aff, como fui burro! e o Sunset Riders. O Sunset Riders nós também jogamos bastante em multiplayer.
    Depois tive o Street Fighter 2 Champion Edition, Ultimate Mortal Kombat 3, Teenage Mutant Ninja Turtles: Tournament Fighters, The Amazing Spider-Man vs. The Kingpin, Hercules (hack do Dahna Megami Tanjou). As fitas minhas e as do Jackson eram todas compartilhadas, como se fossem todas nossas, éramos como irmãos, eu acho que considerava ele assim por ser filho único. Tínhamos o costume imbecil de tirar a placa do cartucho e deixar só na placa mesmo!kkkk.
    A minha memória é fraca, mas tenho certeza que alguns jogos que eu tinha eu ganhei depois do Jackson ter ganhado o PS1 dele, quando ele não jogava Mega Drive mais.

    4
    • Micro picture
      taironecass · almost 9 years ago · 1 ponto

      Bacana essas histórias! Eu infelizmente não tive consoles quando criança. Minhas jogatinas foram todas em locadoras ou em casas de amigos. Só vim ter meu primeiro SNES quando já adolescente.

    • Micro picture
      niemann · almost 9 years ago · 0 pontos

      O importante era a magia que existia antigamente, não tem como explicar.

  • niemann Luciano Niemann
    2014-03-10 15:23:55 -0300 Thumb picture

    RETROSPECTIVA PARTE 4

    Mesmo tendo o Polystation, as jogatinas de Mega Drive não cessaram. O Jackson adorava ter companhia pra jogar o Golden Axe e principalmente Streets of Rage, Sunset Riders veio depois pra nós jogarmos. Com o tempo ele teve outros jogos de Mega Drive como Alien 3, Caesars Palace e The Flintstones. 

    Lembro do Alien 3 e Caesars Palace fazerem parte de um cartucho pirata que o Jackson ganhou contendo quatro jogos, ele foi achado por um conhecido dele, o Beto se não me engano. Dois jogos nós já tínhamos, o Sonic the Hedgehog e Streets of Rage. O Sonic era hackeado, tinha umas quarenta e tantas vidas, hehe. Pra mudar de jogo tinha que apertar reset, WTF!?

    O Flintstones foi dado pela nossa vizinha Francine, que ganhou por engano um cartucho de Mega Drive sendo que ela tinha um Super Nintendo.

    1
  • niemann Luciano Niemann
    2014-03-10 13:06:50 -0300 Thumb picture

    RETROSPECTIVA PARTE 3

    Talvez depois de mais ou menos um ano ganhei da minha mãe o meu primeiro console, o Polystation, ele era no modelo fat, parecido com o da imagem. Foi comprado no bazar "Pequeno Príncipe" aqui no meu bairro que ainda moro. Eu tinha visto ele na vitrine provavelmente quando voltava da escola, parecia ser "aquele videogame de CD" (não sabia o que era PlayStation ainda). A dona e atendente Elaine antes de vender já me avisou que não era de CD, mas não me importava, tudo era 10. Não lembro quando descobri que ele era um clone do NES.
    Ele veio com jogos na memória, e lembro que a tela de seleção mostrava uma floresta e um animal parecia estar preso em uma pedra e ficava se batendo. :(
    Que me lembre, o Polystation eu jogava sozinho em casa, não sei se porque o Jackson não gostava, enfim. Já o Jefferson teve um clone de NES também, um pouco depois de mim, só não lembro qual era o clone. Eu até joguei algumas vezes com ele, mas foi pouco porque ambos tinham.

    No Polystation eu jogava Super Mario Bros, Hyper Olympic (jogo das olimpíadas), Battle City, Duck Hunt, Circus Charlie, Dr.Mario, ... O Polystation foi um videogame que durou pouco, logo queimou por negligência da minha mãe que mudou a chave para 110v. 

    2
  • niemann Luciano Niemann
    2014-01-13 18:04:39 -0200 Thumb picture

    RETROSPECTIVA PARTE 2

    Depois do Sonic 1, fui jogando os jogos contidos no Sega Top 10 como Golden Axe, Streets of Rage, Super Hang-on, The Revenge of Shinobi,... outro grande amigo de infância e ex-vizinho que participava das jogatinas foi o Jefferson.

    Quão memoráveis são as trilhas desse cartucho. Por começar pela música que tocava na tela de seleção dos jogos, a música Atropos do Columns.  
    Sonic the Hedgehog: Green Hill, Marble Zone, Spring Yard Zone, Labyrinth Zone, Star Light Zone, Scrap Brain Zone, Créditos,... 
    Golden Axe: Wilderness, Battlefield, Fiend's Path, Showdown, Créditos,...
    Super Hang-on: Outride A Crisis, Hard Road
    Sega Soccer: BGM 2 e BGM3
    Super Monaco GP: Exhaust Fumes, Concentration, Hold In Check,...
    California Games: Tema, BMX, Skating,...
    Flicky: Nada, jogo chato! kkkk
    The Revenge of Shinobi: São muitas, Abertura, Long Distance, The Shinobi, Sunrise Boulevard, Like a Wind, Run or Die, Chinatown, Over the Bay, Terrible Beat,...
    Streets of Rage: O favorito fica pro final, amo todas!

                                                  Seguindo a lista da seleção de jogos:

    https://1.bp.blogspot.com/-7Ea7ANvmY7o/Xr8cngxchjI/A...(img)

    Sega Top Ten

    Platform: Genesis
    87 Players
    1 Check-in

    1

Load more updates

Keep reading → Collapse ←
Loading...