• 2022-08-09 17:32:13 -0300 Thumb picture
    Post by clubeludum: <p>Hoje temos uma pequena gameplay do gigantesco e

    Hoje temos uma pequena gameplay do gigantesco e porreta Fallout: New Vegas. Muito ôxi!

    Fallout: New Vegas

    Platform: Playstation 3
    654 Players
    55 Check-ins

    6
  • 2022-05-05 13:32:26 -0300 Thumb picture
    Post by clubeludum: <p>Hoje temos um pequeno vídeo de uma das lives fei

    Hoje temos um pequeno vídeo de uma das lives feitas na Twitch. É sabido que a chance de você pegar itens desnecessários em Fallout: New Vegas é alta, sendo assim, vamos dar uma olhada no bolso. Divirtam-se!

    Fallout: New Vegas - Ultimate Edition

    Platform: PC
    213 Players
    41 Check-ins

    3
  • 2021-12-27 15:05:57 -0200 Thumb picture
    Post by clubeludum: <p>Impondo respeito em Goodsprings, morô?</p>

    Medium 803705 3309110367

    Impondo respeito em Goodsprings, morô?

    Fallout: New Vegas

    Platform: PC
    2096 Players
    184 Check-ins

    14
    • Micro picture
      volstag · 11 months ago · 2 pontos

      Caralho, se colocasse um pulover do avô ficaria perfeito, dava até pra mandar a foto pros outros dizendo que é cena de um novo remaster que vem por aí hahaha

  • felipe_turesso Felipe Turesso
    2021-03-02 13:28:44 -0300 Thumb picture

    Quem nunca?

    Medium 764044 3309110367

    Já até cansei de quantas vezes fiz isto no Fallout: New Vegas HAHAHAHA

    Fallout: New Vegas

    Platform: PC
    2096 Players
    184 Check-ins

    8
  • gusgeek Gustavo Francescheto
    2018-02-14 10:46:37 -0200 Thumb picture
  • anduzerandu Anderson Alves
    2017-05-22 19:03:14 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações: Fallout: New Vegas

    Zerado dia 22/05/17

    Cara, que decepção!

    Olha, eu comecei a jogar a série Fallout a pouco tempo atrás com os primeiros de PC e não curti (não é de se espantar o porquê) e a galera aqui do Alva recomendou mesmo foi ignorá-los e ir do três em diante. Pois bem, comprei o 3 e ele ficou na minha prateleira um ano.

    Quando finalmente comecei o jogo, já imaginava que ia odiar, pois além de ser um jogo antigo (e eu ter um pequeno trauma com Morrowind), eu ficava imaginando como Fallout: New Vegas já tinha ido muito além dele.

    Pois bem, joguei e amei o jogo desde o início. Todo modernão, cheio de história e um verdadeiro Skyrim versão Atomic Punk. F3 se tornou um caso de amor pra mim. Pois bem, passou já uns 2 meses e comecei o NV.

    Bom, não sei ele é realmente a concepção que tenho de Fallout.

    O começo é bem curioso, com um cara tentando te matar. A sua "volta a vida" e desejo por vingança e entender o que aconteceu e quem era aquele homem servem como estopim para o início da sua jornada. No 3 você ia atrás de seu pai, aqui atrás de um desconhecido...

    Bom, o jogo começa bem sem graça, sem nada de Vault nem nada. Você numa casa em uma vila sem nenhum outro personagem importante ou interessante. Daí já rola umas quests de tutorial (opcionais) e umas outras de tentar convencer pessoas a ajudar a matar bandidos ou ainda a possibilidade de não ajudar essas pessoas.

    Logo, o jogo te joga para ir de vila em vila perguntando se as pessoas viram o tal cara misterioso. Eu digo vila, porque são cidadelas. Cidade grande como as muito comuns no jogo anterior, quase não existe. Ai invés disso, casas destruídas no meio de desertos que SUPER fazem jus ao nome: DESERTOS. Até os inimigos são incomuns!

    Resumindo boa parte do jogo:  andar e andar em mapas sempre muito marrons e amarelo e vilas com personagens irrelevantes e que muitas vezes nem loja ou médico tem e quando tem, não tem nada de bom pra vender nem dinheiro para comprar o que temos para arrecadar uma graninha.

    A estória mesmo é inexistente por grande parte do jogo e quando você menos espera, temos umas 4 facções grandes com ideais e quests diferentes brigando e te colocando pra fazer missões.

    Quanto mais próximo ao jogo, mais completar uma missão resulta em falhar a outra. Um exemplo: alguém te manda destruir um bunker e outro alguém te manda consertar esse bunker. O que você fizer vai resultar em efeitos para ambos os lados. E com tantas facções, fica impossível saber tudo o que aconteceria se você tivesse feito as coisas de outra forma senão jogando New Vegas umas várias vezes. Vale ainda dizer o óbvio: a aventura tem vários finais possíveis, incluindo pequenas mudanças em cada.

    Achei muito legal que os comandos e mecânicas sejam iguais ou muito parecidos, fora o mapeamento igual do jogo anterior, que joguei no PS3.

    Seguindo a mesma lógica do 3, montei um personagem igual, com os mesmo status e perks (habilidades), mas não seis e funcionou direito. Os itens de recuperação de HP são escassos ou recuperam muito pouco, mesmo tendo maximizado a medicina e ter colocado habilidades passivas voltadas a cura. Os muitos tipos de munição também dificultam, fazendo você ter que decorar os nomes de cada tipo de bala antes de comprar ou pegar dos inimigos. Parece besteira, mas isso afetou bastante o meu jogo.

    Além de tudo isso, New Vegas parece dificultar o crescimento aparente do seu personagem. Nunca senti confiança nele, mesmo com muitas armas, Power Suit e muitas quests feitas no final. Apesar de tudo, o jogo foi bem, pelo menso até o final, onde eu morria muito fácil e parecia não tirar muito HP dos inimigos (perks de armas também maximizados).

    No final do jogo, todas as facções jogam mil quests em você, fora as sidequests. E o pior é que você nem sabe o que é importante e o que é ignorável. Não fiz umas quests por serem bem chatas e confusas, e ainda bem que não fiz.

    O jogo parece não focar muito naquela concepção futurista com anos 40, sendo mais "realista" com muitos inimigos humanos, pequenas localidades e um robô aqui e ali.

    Existem ainda aquelas missões de visitar Vaults abandonadas e afins, mas tudo piorado. Eles entregam ambientes colossais com muitas salas iguais e ligações de área pra área como num labirinto para se achar algo que nem sequer está marcado no mapa. Bem chato.

    O pior é que quase nada tem um efeito realmente grande. Você se mata pra fazer uma corrente de missões longas e difíceis, cheias de armadilhas e inimigos que te matam fácil pra receber um "obrigado, agora você pode passar por aquela porta e continuar andando no deserto".

    Resumindo: Fallout: New Vegas foi um banho de água fria pra mim depois de jogar o 3. Não que o jogo seja ruim, ele só é mais voltado para viver naturalmente e fazer as coisas como queremos, inclusive como conduzimos o enredo. Os elementos do jogo passado estão todos aí, mas dá pra entender o porquê de ele ser "New Vegas" ao invés de "4". Me pareceu uma experiência meio diferente feito pela Obsidian.

    De bom: mantiveram vários elementos do jogo anterior, incluindo os companheiros, algo que eu não tinha explorado mas amei usar. Grande gama de armas. Mapa razoavelmente grande. Possibilidade de usar Fast Travel pra agilizar. Possibilidade de conduzir muitas coisas da forma que você quiser. Rádios que ajudam na ambientação de EUA de várias décadas atrás. Ainda amo usar o V.A.T.S para mirar e atirar em partes específicas dos inimigos. Aliás, não só ele como todo o sistema de combate RPG dessa série é muito legal.

    De ruim: jogo super vazio. Não há muitos mantimentos. O jogo parece dificultar mais rápido do que o personagem ganha níveis. Estória meio confusa e praticamente inexistente pela maior parte do jogo. Muitos bugs, incluindo o jogo travar inúmeras vezes enquanto eu estou simplesmente andando, por exemplo (jogando a versão digital de Xbox 360 no XONE). Poucos personagens carismáticos, sendo o robô Yes Man um deles. Quests que te fazem andar ou viajar só pra usar um item e já voltar (sem sequer uma açãozinha). Áreas gigantescas em outras quests que vale mais a pena usar um detonado pra terminar logo. Em algumas partes, NPCs do bem ficavam com raiva sem o menor motivo, ou porque eu abria uma porta que eu não podia abrir mas não havia nenhuma indicação, como ter as letras vermelhas ou estar trancada. Bugs como personagens presos nas paredes. Uma vez fiquei um tempão sem salvar e acostumado com o autosave, entrei numa casa, o jogo se salvou e algo explodiu. Resultado: fiquei num looping infinito de o jogo carregar e eu já explodir.

    No geral, NV é um jogo diferente, inclusive da concepção de Fallout que sempre tive. Espero muito que o 4 seja mais como o 3, com missões super legais e que se ligam pra fazer um desfecho genial. Eu esperava que esse aqui fosse além do 3 em várias questões, mas fica pra próxima. Algumas das 15 horas mais sem sal da minha vida.

    Fallout: New Vegas

    Platform: XBOX 360
    680 Players
    32 Check-ins

    6
    • Micro picture
      pauloltl · about 5 years ago · 1 ponto

      Hmm, o que Fallout New Vegas deixa claro é: Você não é especial, faça o que você quiser, alie-se a quem quiser e suas escolhas terão consequências graves. Tem que prestar muita atenção nas quests porque ai você sabe o que deve fazer ou não, sem contar os inúmeros desfechos pra cada situação e tipo de personagem que você montou nos stats...
      Fallout 3, 4 e Skyrim é o seguinte: vá até tal lugar mate os inimigos e volte. Ou, ache esse item ou pessoa e volte.
      Fallout 3 pra mim foi o marco do que a Bethesda Games não sabe mais fazer um RPG e sim um shooter com elementos de rpg o que ficou mais que comprovado no Fallout 4.

      1 reply
  • anduzerandu Anderson Alves
    2017-03-07 15:21:47 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações: Fallout 3

    Zerado dia 06/03/17

    Tenho um amigo que fala muito de Fallout no serviço. Vendeu uma faquinha especial do CS:GO pra comprar o 4 e tudo mais e nunca me deixa esquecer da série. A verdade é que a série sempre me deixou curioso, até porque gosto bastante dos jogos da Bethesda, mesmo tendo jogado ou terminado poucos.

    Há cerca de 2 anos atrás eu resolvi começar a jogar Fallout desde o início, mas os três primeiros títulos, 1, 2 e Tactics, só tinham um início interessante e logo ficavam totalmente sem sentido. Cheguei a ver gameplays e tutoriais na internet pra tentar descobrir o que eu estava fazendo de errado e porque os jogos ficavam tão bizarros logo depois de suas introduções. A verdade é que esses jogos são naturalmente bizarros mesmo e bem longe da vibe Diablo/Diablo 2 que achei que teria. Além disso, a Bethesda só pegou a série do 3 pra frente.

    Por outro lado, um amigo fã de Skyrim odiou Fallout (o 3 ou o New Vegas, não sei qual) e passou eras falando mal do jogo, que comprei por curiosidade mas só comecei agora, semana passada.

    Quando iniciei Fallout 3, eu não tinha nenhum expectativa. Jogo antigo e provavelmente feio e cheio de defeitos. Até a capa do jogo ainda tem aquela primeira logo lateral do Playstation 3.

    De início, e por toda a ventura, é notável como a Bethesda fez um grande trabalho com a mapa e ambientação. É perfeito pra quem gostava dos jogos anteriores, mas também é incrível pra quem iniciou-se na série por esse jogo ou mesmo gosta dos The Elder Scrolls.

    A estória começa com o personagem passando por vários períodos diferentes de sua vida em um curto espaço de tempo e já com o objetivo de te fazer gostar de uma das figuras mais importantes de sua jornada: o seu pai!

    Logo é apresentada a questão de conversação, que usamos bastante para interagir entre os personagens em quests ou fora delas. As falas são bem originais tantos pros muitos personagens secundários quanto para NPCs mais genéricos, como inimigos que encontramos pelos desertos e afins.

    A reação de cada personagem varia bastante de acordo com as opções que você escolhe, o que pode afetar a sua quest, deixando-a mais fácil ou mais difícil.

    As vezes até os inimigos conversam antes de te atacar, dando chances de você não batalhar ou mesmo de você os convencer de não fazer nada, por exemplo. Definitivamente são muitas vertentes interessantes.

    F3 segue bebe também da fonte de jogos como Fable e Star Wars: KOTOR, em que suas ações e escolhas te fazem uma pessoa boa, má ou neutra. Bem legal!

    Achei legal como o enredo se assemelha um pouco com a experiência que tive com o primeiro jogo da série: a busca pela água num mundo devastado onde pessoas vivem em abrigos fortificados em baixo da terra. Muitas dessas pessoas não tem nenhuma noção da existência da vida fora daqueles corredores apertados.

    O seu objetivo, como dito já no início do jogo, é ir atrás de seu pai, que saiu da colônia aparentemente sem motivo e desapareceu. Nessa jornada você passa em muitos lugares, conhecendo cidades completamente destruídas e cheias de inimigos, sejam humanos, sejam monstros, vilas com algumas pessoas e sem mantimentos, lugares bem diferentes habitados por pessoas ricas e muitas coisas inesperadas. 

    Até agora estou de cara como esse jogo é muito mais completo e bem feito do que eu imaginava!

    Os objetivos são sempre marcados no mapa, o que é bem legal. É fácil também pegar uma sidequest ou outra aqui e ali sem querer, mas não é algo colossal como em Skyrim. Ou seja, dá até pra fazer tudo numa boa.

    A maior dificuldade de Fallout 3 se encontra nas primeiras horas, quando devemos andar grandes distâncias de uma cidade a outra (até descobrirmos uma nova localização e usar Fast Travel, pelo menos). Isso acontece porque, alem do mapa ser bem grande, você pode se deparar com inimigos bem fortes ou grandes batalhas que acabam te puxando e te matando em tempos que você mal conhece o funcionamento do jogo e não está preparado com armas decentes. Muitas das cidades em ruínas são grandes e tem várias barreiras também pelas ruas que te deixam como uma barata tonta até conseguir sair.

    Eu morri muito assim no espírito de me vingar e pegar as armas fortes da galera que me matava mas acabava só perdendo tempo. Curiosamente, morrer não me deixava com raiva ou com vontade de desistir em momento algum.

    As missões principais em si são bem tranquilas, mesmo tendo um desafio aqui e ali. Sempre marcam tudo e te suprem com o necessário. A maior dificuldade, entretanto, é a pouca quantidade de munição deixada pelos mapas ou inimigos, resultando na sua falta com constância. O "segredo" do jogo é catar tudo que for possível e voltar pras cidades pacíficas e vender pra fazer dinheiro. O dinheiro, aqui como tampas de garrafa, é super importante, pois até pra dormir e recuperar vida pode ser caro quando o jogador não tem experiência com o jogo (joguei várias partes com cerca de 1/3 de vida por não ter onde dormir ou itens que recuperassem uma boa quantidade de HP).

    Já de facilidade, as missões podem ser cumpridas de várias formas e de acordo com um pouco da aleatoriedade do que acontece as vezes, como nos jogos GTA

    Houve uma missão que eu tinha basicamente duas opções, que envolviam usar Inteligência ou Habilidade, algo assim, cada. Como eu não pus pontos nesses "perks", não pude fazer nenhum nem outro para libertar os escravos de suas prisões. Resultado? Tive que matar todos os 20 e alguns bandidos de um vila e resgatar os prisioneiros, o que também não foi fácil.

    A jogabilidade se parece muito com Skyrim, claro, mas depende bastante de armas de longa distância, já que os inimigos te matam com alguma facilidade caso você resolva chegar perto e atacar com marretas e afins.

    Tem uma "habilidade" básica que usa seus pontos de V.A.T.S para você escolher em qual parte do inimigo atirar, e varia a quantidade de ataques de arma pra arma e o quanto a sua barrinha de V.A.T.S estiver cheia. Atirar na cabeça resulta as vezes em explodi-las, atirar no braço pode fazer com que o inimigo derrube a arma e atirar nas pernas o deixa lento e tudo isso e mais acontece em câmera lenta! Esses pontos variam muito de inimigo pra inimigo e acertá-los depende da sua distância mais o tamanho da parte mais as suas habilidades com aquele tipo de arma. Esse esquema de ataque é simplesmente genial! Uma das coisas mais interessantes do jogo e que o configura como RPG e não FPS ou afins. 

    Resumindo: Fallout 3 me surpreendeu muito! Virei super fã do jogo e mal consigo acreditar na possibilidade dos seguintes serem melhores. São muitos equipamentos, armas, personagem e quests que se ligam de uma forma muito interessante. Personagens que você resgatou reaparecem pra retribuir, eventos aleatórios acontecem durante suas andanças, várias formas de se cumprir uma missão ou de definir o desfecho da mais simples conversa até o destino de um personagem deixam a aventura muito completa e incrível! A jornada durou 20 e poucas horas pra mim, mas confesso que esse jogo me deixou com vontade de platina-lo.

    De bom: tudo o que eu disse acima. Inteligência artificial muito boa. Coisas do passado que não são esquecidas. Mapa bem grande. Muitas opções de armas e roupas durante a aventura. Opção de criar equipamentos e ter companheiros (que infelizmente não consegui fazer nenhum dos dois). Combate nota mil em criatividade e diversão com o esquema dos V.A.T.S. Enredo muuuito legal, que deixa o jogo ainda mais viciante e você louco pra que cada um dos curtos loadings durem ainda menos e você volte a jogar logo. Lá pro nível 15, com a famosa Power Armor e etc, você fica confiante a matar de tudo e fazer de tudo. Muitas habilidades e uma ótima construção de personagem com base no que você quiser. Quests bem diferentes e interessantes. MESMO!

    De ruim: começo meio estranho com muitos inimigos e poucas armas e munições, fora as cidades destruídas no meio do seu caminho que são cheias de barreiras e inimigos chatos. Paciência e bastante replay nesse início de aventura é necessário (mas não muita). Senti falta de um veículo pra ajudar nos grandes percursos, sendo que até a água de lagos e afins é radioativa e te faz dar voltas ainda maiores. Achei que os equipamentos são danificados muito rápido e são caros para reparar.

    No geral, amei o jogo e vou tentar começar o New Vegas em breve porque já deu saudade!

    Fallout 3

    Platform: Playstation 3
    1097 Players
    44 Check-ins

    10
    • Micro picture
      ggwingert · over 5 years ago · 2 pontos

      Que texto bem escrito! Curti muito essa publicação. E parabéns por vencer os pré-conceitos!
      Estou com o Fallout 4 engatilhado pra jogar no One. meu medo é justamente ele me prender como o Skyrim fez...

    • Micro picture
      kevinryman · over 5 years ago · 2 pontos

      Jogou os DLCs, mano? Caso tenha jogado, sabe dizer se elas são essenciais pra se entender a história ou dá pra entender só com o jogo base? Agradeço desde já!

      1 reply
  • grey_hawk Gabriel Bean
    2016-04-02 22:24:42 -0300 Thumb picture

    Bottle Caps - Valores e Origem

    Medium 3294915 featured image

    Como simples tampas de garrafa viraram a moeda corrente do mundo de Fallout? E quanto elas valem em relação as outras moedas do universo do jogo?

    Origem


    Na região da Nova California,comerciantes da região conhecida como The Hub, começaram a usar tampas de garrafa como moeda em meados do século 22 (Fallout 1). Lastreado no valor da água potável,foi aceito pois a tecnologia de fabricação e produção de novas caps foi quase totalmente perdida após a Great War, limitando as falsificações.

    Isso e a escassa quantidade de caps preservava até certo ponto a inflação dessa "moeda". A partir da metade do século 23 (Fallout 2), as caps foram substituidas pelo NCR Dollar, lastreado em ouro. As caps voltaram a ser usadas como moeda após a desvalorização dos NCR Dollars (causada pela destruição das reservas de ouro da NCR pela Brotherhood of Steel).

    Pelo final do século 23, o forte controle da NCR sobre a Nova California, o surgimento da Legion e o baixo valor dos NCR Dollars (agora lastreados em água potável), fez as caps re-emergirem como moeda na região do Mojave em 2281 (New Vegas). Os NCR Dollars e o dinheiro da Legion são também considerados válidos nos cassinos e por várias caravanas de comércio na região. Isso também levou a aceitação de outras versões das caps (como as de Sunset Sarsaparilla).

    Valores


    Mas quanto vale as caps em relação ao NCR Dollars? e das moedas da Legion? Baseado nos valores mais recentes (New Vegas) e usando como base as fichas dos cassinos, temos os seguintes valores:

    A taxa de câmbio de Caps para Denarius é de 4 caps para 1 Denarius.

    A taxa de câmbio de Caps para Aureus é de 100 Caps para 1 Aureus

    A taxa de Caps para NCR Dollars só pode ser medida no Fallout New Vegas,pois eles substituem as Caps em Fallout 2.

    A taxa de conversão em 2281 é de 1 Cap para cada 2,5 NCR Dollars,com o último sendo achado em notas de $5, $20 e $100.

    Fallout

    Platform: PC
    987 Players
    63 Check-ins

    2
  • shucrute Cleidson Ferreira
    2015-06-02 21:56:57 -0300 Thumb picture
  • vitortaranto Vítor Taranto
    2014-11-07 08:40:34 -0200 Thumb picture

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...