• anduzerandu Anderson Alves
    2021-07-04 21:28:30 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações: Fuser

    Zerado dia 04/07/21

    Fuser é um daqueles jogos que você vê nessas conferências de video games e meio que ignora pois parece que já existem vários outros do tipo por aí. Eu lembro de ter visto seu vídeo de anúncio e não ter entendido bem do que se tratava, inclusive.

    Esse não é o tipo de jogo que eu compraria, para ser sincero: que simula instrumentos musicais e tal, provavelmente cansado até hoje dos anos e mais anos de Guitar Hero e Rock Band, mas o liberaram de graça por uma semana para assinantes do Nintendo Switch Online e eu tive que aproveitar o Trial. IT'S FREE!

    Vou mencionar também que eu não cheguei a jogar DJ Hero, então não posso fazer comparações. Além disso, me sinto na oportunidade de dizer que gosto de música eletrônica, mas não de todos os seus sub-gêneros. Digo isso porque a galera meio que vira a cara quando toco no assunto, mas achar que todo Electro é igual é ser igual aquele povo que acha que todo rock é Thrash Metal. Sem noção!

    Quando eu instalei Fuser eu já tinha noção que se tratava de um jogo de DJ, mas como era isso? Vi no howlongtobeat.com que ele levaria em torno de 8 horas para ser terminado. Ótimo!

    Ao abrir o jogo pela primeira vez, eu tive que criar um personagem. Criei meio que de qualquer forma pois não me importava muito (os modelos parecem um bocado aqueles avatares do Xbox 360). Escolhi gênero, altura, gordura, cor, coloquei barba, depois parti para a parte do vestuário e equipei um boné, uma jaqueta, uns acessórios etc.

    Já na campanha um personagem fala com você e você só assiste em primeira pessoa. O jogo é dublado e os personagens falam com você como se estivessem meio drogados e pagando de descolados com gírias traduzidas ao pé da letra e vozes bestas. Essa parte é meio irritante, mas tem como pular. Eu mesmo assisti todas pois acreditei que o enredo pudesse ficar interessante.

    Vale mencionar também que, embora esses vídeos pareçam pré-renderizados, aparentemente não é o caso! O jogo trava bastante nessas cenas entre as fases e as vezes sequer executa, ficando congelado apenas com as legendas trocando.

    Apenas no final da campanha que pude ter a certeza de que toda aquela aventura servia como um grande tutorial, quase que como um mini curso para você poder arrasar nas festas com seus amigos ou mesmo curtir um pouco de música e cores no seu quarto. Achei até justo.

    Ao selecionar a primeira fase, você tem meia dúzia de músicas obrigatórias no seu set e deve preencher o restante dos espaços vazios. Essa parte é bem curiosa, pois há uma boa variedade de músicas disponíveis e diferentes gêneros, além de mais um bocado para desbloquear com dinheiro do jogo (difícil de ser conseguido para fazer você gastar seu dinheiro de verdade).

    As músicas passam pelo Pop, R&B, Country, Rock, Rap/Hip Hop, Dance etc. Há muitas músicas contemporâneas daquelas que tocam nas rádios e redes sociais (The Weeknd, Dua Lipa, Coldplay)e até algumas meio inusitadas, como Don't Fear the Reaper do Blue Oyster Cult, Killing in the Name of do Rage Against the Machine ou Any Man of Mine da Shania Twain.

    Imagine mixar essas músicas juntas!

    Pois bem, o jogo funciona assim de início: você controla uma retícula na tela e ao passar por cima de uma das capas de músicas do seu set, você pode apertar um dos ABXY para colocá-la para tocar.

    -Y equipa a música no espaço de bateria, deixando apenas essa parte daquela música audível.

    -B inclui o baixo (base) daquela música ao mix.

    -Y inclui instrumentos de melodia como a guitarra e seus riffs.

    -A adiciona a voz daquela música à mixagem.

    O grande lance do jogo é ficar trocando os discos e fazendo diferentes mixagens e, seguindo o tutorial de QUANDO trocar as músicas, fica bem fácil e os resultados são muito bons 95% das vezes. Faz você até querer ser DJ!

    Com o passar das fases você vai aprender muito mais coisas com os demais botões tanto do controle quantos os disponíveis digitalmente na sua mesa de mixagem: há a possibilidade de silenciar um dos quatro discos, de tocar apenas aquele disco até quando você desejar trazer os demais de volta, de tirar um disco, de fade-in e fade-out com os controladores de volume, há a possibilidade de alterar o tom, mudar a velocidade de reprodução, fazer várias músicas serem tocadas ao mesmo tempo substituindo o mix atual, efeitos de som, instrumentos que você mesmo toca e assim por diante.

    O interessante é que essas novidades aparecem até o final da campanha, o que me ajudou bastante a suportar o jogo pois depois de um tempo ouvindo a minha limitada coleção de músicas, você começar a ouvir algumas delas um pouco demais. Outra coisa legal é que mesmo no final do jogo e com tantas possibilidades, nunca pareceu coisa demais pra lembrar!

    Na verdade o maior desafio mesmo é tentar ser criativo. Dá para jogar ou mesmo animar uma festinha de amigos com conhecimentos basicamente nulos? Tranquilamente! Mas acredito que alguém que entenda melhor do assunto ou já tenha experiência com o jogo consiga fazer algo ainda mais legal.

    Mas afinal, há algum desafio? Claro!

    O grande desafio é cumprir as missões que aparecem na tela. Em parte as fases tem missões fixas que sempre aparecerão quando você as jogar. Essas missões são do tipo: adicione uma música específica, retire um disco, adicione tal cor de disco, adicione tantas discos da mesma cor específica, adicione um efeito qualquer ou específico em uma música qualquer ou específica e muito mais.

    Já da outra parte, a plateia pede músicas. Geralmente são faixas específicas ou pedem por um gênero, uma década ou um instrumento musical.

    Sendo assim durante uma partida você fica o tempo todo olhando as missões na tela, tentando as cumprir antes do tempo acabar, tentando encaixar as novas adições no tempo certo para não perder "HP" e ainda correndo contra o curto tempo de pedidos da plateia. Imagine uma missão que pede que você deixe tocando duas músicas do gênero Dance ao mesmo tempo por um tempo enquanto outra dessas missões exige que uma música vermelha tenha efeito. Já a plateia está pedindo a adição de uma nova faixa de voz e uma música da década de 1980. E você trocando músicas no tempo certo, esperando o marcador chegar na posição correta e fazendo coisas extras para ganhar seu "HP" que fica constantemente acabando.

    Cuidado para não substituir uma música de outra missão antes que ela seja cumprida, cuidado para não perder o timing, cuidado para não ficar sem HP nem confundir os botões e comandos!

    E assim que você terminar essas missões, logo entram novas. Pode ser estressante! 

    Ao terminar uma fase (set), você ganha experiência (ao passar de nível você ganha 300 de dinheiro e cada música custa 200) e prêmios cosméticos de acordo com a sua pontuação, que basicamente exige fazer muita coisa no seu set e cumprir as missões todas. Os cosméticos exigem 3 e 5 estrelas para cada parte em cada fase.

    Depois disso há mais história e uma nova fase é aberta.

    A campanha é dividida em 6 capítulos, sendo a maioria deles com 6 sets cada. Cada capítulo ainda apresenta um novo personagem que fica enchendo seu saco e uma nova fase, mas todas são bem psicodélicas bem ao estilo Tomorrowland e não há quase nenhuma sensação de progresso.

    Cada set demora uns bons minutos e fazer uma fase as vezes é meio chato, não dá pra mentir.

    Resumindo: Fuser é um jogo legal  que funciona muito bem. Dá pra jogar casualmente e fazer grandes sons e dá pra levar a sério e criar um mega mix maneiro. Dá pra imaginar algum tipo de coisa profissional envolvendo o jogo. Dá também pra se divertir um bocado em festas com amigos por conta do fator "freestyle" de mixar como quiser, e as possibilidades são muuuuitas, mesmo querendo que tivesse ainda mais músicas. A campanha é um grande tutorial e os personagens são genéricos e horríveis, mas o foco aqui deve ser definitivamente o gameplay.

    De bom: eu fiz muitos mixes bem bacanas e entendi bem melhor a lógica por trás de ser um DJ e como pode ser legal! O jogo conseguiu incorporar muito bem os comandos de uma mesa de remix dessas. Músicas dos mais variados gêneros! Possibilidade de jogar free play, multiplayer e até tocar online! Jogo totalmente em PT-Br.

    De ruim: personagens e enredo terríveis. O jogo tem problemas de desempenho demais no Switch, mas felizmente fora da área de gameplay. Fuser chegou a travar e fechar várias vezes durante a campanha e muitas vezes do meio pro final de uma fase, o que me fez concluir que, apesar de ter me divertido, no Switch seria uma péssima escolha. Imagine jogar para os outros e o jogo fechar do nada! Achei que poderia ter mais músicas e grande parte das que tem demoram demais para conseguir desbloquear (faltou um monte pra mim, fora as de DLC). Odeio a estética Tomorrowland.

    No geral o jogo funciona muito bem e definitivamente os desenvolvedores fizeram um belo trabalho, e ainda vou além dizendo que a comunidade no PC provavelmente vai fazer esse jogo bem mais completo no futuro com mods e afins. Se você é do público de DJs e música eletrônica, é um jogo bem legal e eu recomendo. Se você não curte, a ideia ainda é boa e tal, mas as músicas vão cansar rapidamente.

    FUSER

    Platform: Nintendo Switch
    5 Players

    8
  • marcelolima Marcelo Lima
    2018-08-03 11:49:10 -0300 Thumb picture
  • 2015-10-22 17:53:16 -0200 Thumb picture
  • vaojogar Vão Jogar!
    2015-08-24 13:07:14 -0300 Thumb picture

    Todos os instrumentos compatíveis com Rock Band 4...

    ... mas os periféricos do X360 precisarão de um adaptador wireless de £20 (cerca de R$110).

    Harmonix, desenvolvedora de Rock Band 4, e a fabricante dos periféricos, Mad Catz, detalharam os instrumentos existentes que serão compatíveis com o revival da série.

    Um gráfico com detalhes de guitarra, baixo, bateria e microfones foi publicado - veja abaixo. Ele detalha todos os periféricos com compatibilidade confirmada até o momento, no entanto, novos itens podem ser adicionados à lista à medida que a data de lançamento se aproxima, 6 de Outubro.

    Rock Band 4 custará £49.99 (R$279) para PlayStation 4 sem instrumentos.

    No Xbox One, haverá um bundle de £69.99 (R$390) incluindo um Legacy Game Controller Adapter para usar as guitarras e baterias wireless do Xbox 360.

    Rock Band 4 será lançado com mais de 60 faixas, e acesso a uma biblioteca de cerca de mais 1500. Aerosmith, Avenged Sevenfold, The Black Keys, Elvis Presley, Foo Fighters e Van Halen estão todos na lista.

    10 novas músicas a serem confirmadas incluem:

    • 38 Special - "Caught Up In You"
    • Arctic Monkeys - "Arabella"
    • The Both - "Milwaukee"
    • Cake - "Short Skirt/Long Jacket"
    • Little Big Town - "Little White Church"
    • Lucius - "Turn It Around"
    • The Mighty Mighty Bosstones - "The Impression That I Get"
    • The Protomen - "Light Up The Night"
    • Soundgarden - "Superunknown"
    • Tijuana Sweetheart - "Pistol Whipped"

    Fonte: Eurogamer

    Rock Band

    Platform: Playstation 3
    185 Players
    5 Check-ins

    10
    • Micro picture
      heliodscarvalho · about 6 years ago · 2 pontos

      ótima notícia! Queria saber a data de lançamento. Também queria saber onde vão vender o adaptador, pois quero a versão digital do jogo

      1 reply
    • Micro picture
      _gustavo · about 6 years ago · 2 pontos

      E no caso eu tenho a Fender oficial do Rock Band com fio, será que ela funcioará no 4 de boa ?

      1 reply
    • Micro picture
      sergiotecnico · about 6 years ago · 2 pontos

      Que merda... e eu achando que ia pegar o jogo no lançamento e sair jogando com a minha guitarrinha...

      3 replies
  • 2015-03-23 22:06:36 -0300 Thumb picture
    Post by musicas: <p>Um dos compositores dos estúdios Harmonix que fa

    Um dos compositores dos estúdios Harmonix que fazem musicas como as da franquia  “RockBand”, fez remix com varios classicos de Zelda., como pode ser conferido acima. Outras musicas pdoem ser baixadas no site na descrição do video. 

    Rock Band: Country Track Pack 2

    Platform: Playstation 3
    3 Players

    1
  • claudiouai Cláudio Emmanuel
    2015-03-12 11:10:56 -0300 Thumb picture

    Diga a Harmonix que Artista e Canção Você Quer ver no Novo Rock Band 4

    Rock Band 4 foi finalmente revelado ao mundo depois de muita especulação e provocações ao longo dos últimos anos e dias, junto veio a notícia de que as DLC's seriam carregadas de alguma forma para a nova versão.

    Junto com esta notícia da revelação oficial da Harmonix, eles trouxeram de volta seu website "Song Request" para que vocês ajudem a moldar a trilha sonora e as DLC's para Rock Band 4

    O comunicado foi feito através do Twitter com a seguinte mensagem, que também incluiu o link para pedir a musica:

    "Que músicas você quer ver no Rock Band 4? Deixe-nos saber sobre o novíssimo em folha página do pedido!

    http://www.harmonixmusic.com/games/rock-band/reque..."

    O formulário para preencher a solicitação é extremamente simples, uma vez que só pede o nome da música e do artista. Naturalmente, há um aviso de que nem todo pedido irá torná-lo para o jogo, mas isso é bastante óbvio, em primeiro lugar.

    É isso ai meus amigos, vamos pedir nossas músicas, chegou a hora !

    22
    • Micro picture
      jornalistazeke · over 6 years ago · 2 pontos

      I Miss You - Blink 182

    • Micro picture
      alitsame · over 6 years ago · 2 pontos

      Iron Maiden - Fear of the Dark :V

    • Micro picture
      andrexdl23 · over 6 years ago · 1 ponto

      Spanish Castle Magic!! É tudo que mais queria!!

  • 2015-03-06 11:40:21 -0300 Thumb picture

    Rock Band 4 é confirmado e será lançado ainda em 2015

    Medium 3015035 featured image

    Depois de diversos rumores afirmando que a era dos instrumentos de plástico estava voltando, enfim temos a confirmação. Rock Band 4 foi oficialmente anunciado pela Harmonix e será lançado ainda em 2015.

    A nova versão do game pretende trazer compatibilidade com a grande maioria das músicas lançadas para a série – então, caso você tenha gasto uma pequena fortuna com DLCs, fique tranquilo -, além da possibilidade de funcionar com os instrumentos antigos.

    De acordo com a Harmonix, no PlayStation 4 as coisas são mais simples já que a comunicação com os periféricos do PlayStation 3 está praticamente solucionada. O problema fica com o Xbox One, mas estão trabalhando duro junto à MadCatz para resolver a situação.

    Apesar dos esforços em colocar instrumentos mais parecidos com os reais em Rock Band 3, o estúdio afirma que irão se distanciar da simulação de agora em diante. Segundo Alex Rigopulos, co-fundador da Harmonix e chefe criativo da empresa, o objetivo é oferecer a maior diversão possível aos jogadores, tanto para os que se importam com a pontuação, quanto para os que só querem fazer bagunça com os amigos na sala de casa.

    Novos instrumentos serão lançados – caso você tenha se desfeito dos seus, como eu -, com edições especiais para pré-venda.

    Fonte: Save Game

    5
  • claudiouai Cláudio Emmanuel
    2015-03-05 11:26:39 -0300 Thumb picture

    Rock Band 4 Oficialmente Revelado para PS4 e Xbox One

    É isso mesmo galera, a Harmonix revelou oficialmente a existência de Rock Band 4, que será lançado no PS4 e Xbox One ainda este ano. A notícia vem depois de muitos boatos e muita especulação devido a várias ações por parte da Harmonix. Estes jogos de música com este estilo teve muita popularidade durante anos antes de cair devido a saturação do mercado. Esta será a primeira nova entrada na série desde 2010 do Rock Band 3.

    Os detalhes oficiais até agora: "Rock Band 4 traz a franquia aclamada pela crítica para a nova geração de consoles, com foco nas características e jogabilidade que as pessoas amam, e expandindo a franquia de formas inovadoras que foram informados pela forma de como os fãs de jogar e como eles querem. "

    Falando sobre o próximo título o CEO da Harmonix Steve Janiak disse: "Com o Rock Band 4, nós estamos dobrando a energia e emoção de tocar música ao vivo com seus amigos. Concentrando na experiência do núcleo que os nossos fãs nos disseram que nos permite evoluir o gameplay de maneira significativa e queremos compartilhar com todo mundo ainda este ano.

    Os instrumentos para o jogo será criado por Mad Catz, cujo presidente e CEO Darren Richardson disse: "Nós não poderíamos estar mais felizes por trabalhar com a Harmonix e ajudar a trazer a banda de volta juntos para o lançamento de Rock Band 4. Harmonix possui paixão incomparável e visão para os jogos de música e não podemos esperar para apresentar a plataforma de música da próxima geração de gamers apaixonados. "

    Seguindo a tradição da série, Rock Band 4 vai apoiar não apenas as novas músicas do disco, mas também mais de 2000 músicas que foram feitas anteriormente disponível como DLC. No entanto, a Harmonix está insegura sobre multi-plataforma de transferência de DLC.

    Outra coisa que Harmonix está insegura é sobre os acessórios funcionariam com Rock Band 4. Os fãs do gênero de música provavelmente tem pilhas e mais pilhas de Instrumentos de plástico antigos, que com toda certeza gostariam de reutiliza-los, em vez de comprar todos os novos instrumentos. Harmonix disse: "Nós já estamos trabalhando com a colaboração de Mad Catz, Sony e Microsoft para soluções que permitem você utilizar os acessórios em novos consoles."

    E ae amigo o que acham desta "bomba"? Comentem !

    18
    • Micro picture
      dbcdavid · over 6 years ago · 2 pontos

      Eu espero que isso diminua o preço do rock band 3.

      1 reply
    • Micro picture
      zuppao · over 6 years ago · 1 ponto

      joguei mto guitar hero..... nao acompanhei o Rock Band..... mas nao me agrada um game desse tipo sair so pras novas gerações...

  • mrsancini Geovane Sancini
    2015-03-02 14:24:00 -0300 Thumb picture

    Novo Trailer de Amplitude

    A Harmonix liberou nesta segunda-feira, o novo trailer de Amplitude, que é o "pai espiritual" de Guitar Hero.

    O Amplitude original foi lançado em 2003 e é uma sequência de Frequency, outro jogo da Harmonix para o PS2. 

    O Reboot/Remake de Amplitude foi financiado pelos fãs e conseguiu bater a meta do Kickstarter no final do financiamento. O jogo deverá chegar ao PS3 e PS4 no meio do ano.

    Amplitude

    Platform: Playstation 2
    20 Players
    5 Check-ins

    3
  • 2014-08-29 17:03:52 -0300 Thumb picture

    Harmonix vai lançar jogo de tiro musical

    A City Sleeps é o nome do novo game musical da produtora de Dance Central, a Harmonix. Só que desta vez ao invés de um jogo de dança, eles resolveram partir para um lado mais conhecido: shoot 'em up (jogo de tiro com naves).

    Veja o teaser trailer

    3

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...