• 2021-07-14 11:32:07 -0300 Thumb picture

    Grindingcast 042 - The Legend of Heroes: Trails in the Sky

    Sejam bem vindos a mais um Grindingcast! Nesse programa damos nosso primeiro passo na serie Trails, começando obviamente por Trails in the Sky, onde ajudamos Estelle e Joshua a desvendar os mistérios do Black Orbment e descobrir quantas pessoas conhecem o pai deles.

    Link: https://bit.ly/3eefQU

    The Legend of Heroes: Trails in the Sky

    Platform: PC
    97 Players
    43 Check-ins

    15
    • Micro picture
      santz · about 2 months ago · 1 ponto

      Mais um cast excelente. Essa é uma série que quero muito conhecer. Por enquanto, só joguei os dois primeiros Dragon Slayers lá dos anos 80 e é muito legal ver que a série está viva até hoje.
      Enquanto vocês falavam, achei que o jogo não tinha nada de bom para oferecer. Mesmo os personagens, que parecia ser algo legal do jogo, vocês meteram o pau. Estava dando até dó do jogo. No geral, pelo que vocês falaram, é um jogo bem medíocre, mas ainda sim, tenho vontade de experimentar, pois ele parece muito carismático.
      O lance da câmera giratória que desorienta me lembrou muito minha experiência com Grandia. É algo legal, mas deixa a gente perdidinho.
      Outra coisa que me dá um desânimo é a quantidade de horas e as paredes de texto, que parece desanimar tanto que agente nem quer mais conversar com as pessoas pela cidade.

    • Micro picture
      querempaz · 2 months ago · 1 ponto

      Aff tá em jogo da Falcom

  • 2021-06-08 22:34:33 -0300 Thumb picture

    Grindingcast 041 - Shin Megami Tensei: Devil Survivor


    Sejam bem vindos a mais um Grindingcast! E nesse episódio tratamos sobre as complexas relações humanas em momentos de crise! Lockdown? Desespero? Catástrofe? Temos de sobreviver! A eterna luta entre a luz e trevas, lei e caos em uma das diversas sub-séries Shin Megami Tensei que merecia muito mais atenção, amor e carinho! Estamos falando de Devil Survivor!

    Link do ep: https://bit.ly/352CA5a
    Shin Megami Tensei: Devil Survivor Overclocked

    Platform: Nintendo 3DS
    405 Players
    49 Check-ins

    16
    • Micro picture
      artoriasblack · 4 months ago · 2 pontos

      O que posso dizer da experiência extremamente desagrádavel que tive desse jogo, após passar praticamente 1 ANO E MEIO jogando é que a série Shin Megami Tensei não foi feita para jogo tático. devo dizer que só de ouvir a musica de abertura do game no começo do cast., já me deu um asco de tão enjoada, além de doer nos ouvidos.

      Tirando o enredo que não dei muita importância. Há um lockdown em Tokyo. Demônios, Anjos, Deuses e Criaturas fantásticas invadem a cidade, as pessoas entram em desespero e o protagonista que tem o visual quase chupinhado do Minato do Persona 3 e seus amigos vão se envolver numa aventura para salvar a cidade..... tanto faz. Mas a minha reclamação principal é o sistema de grinding de jogo, onde não há muitos locais para ganhar experiência, era muito comum, por exemplo, nos dias que eu estava lutando contra inimigos no LV 20, minha Party estando no LV 30 e os inimigos da próxima parte da História serem de LV 45.E mesmo pondo os inimigos no Hard, não dava experiência o suficiente para todos. A solução? fazer apenas um membro da party ser invocado em batalha e esse sozinho e tive de rezar para Thor, Odin, Susano, Lord Gwyn, Veditta, Kuririm, Yancha e outros para esse conseguir sair vivo da luta. eu não sei o quanto vocês grindaram de cada membro do grupo, mas eu passava em média 6 FUCKING HORAS para evoluir ao menos 3 LEVELS cada um POR DIA de tão lento, chato e tedioso que é o sistema de evolução do game. Conforme os dias passavam, tinha uma 2 ou 3 arenas com monstros e ainda sim, com o level muito mais baixo que a minha equipe.

      E para completar a desgraça que é esse jogo, o sistema para fazer os finais, achei confuso e nada intuitivo resultando em ter pego o final da Yuzu, menina covarde que não presta para nada (nem para pensar nela numa noite solitária e fria de sábado ela presta, Jesus amado), que faz ter o pior final do jogo. E não tem um New Game + ao fazer esse desfecho. até pensei em começar o game novamente, mas não faço a menor questão de upar a Yuzu, garota escrota de @#@$#% que só faz chorar e covarde ainda por cima. Io Nitta de Devil Survivor 2 é uma personagem muito melhor. Esse era um cast que fazia muita questão do Manoel estar presente, só para descer o sarrafo e pauladas, pois esse jogo não merece nem metade dos elogios ditos no cast.

      Enfim, eu espero que vocês falem algum dia de Devil Survivor 2 que é um game MUITO superior ao anterior em todos os aspectos e conseguir realizar o melhor final nele é muito mais simples de entender do que fazer do que o Devil Survivor. 1.

    • Micro picture
      noyluiz · 4 months ago · 2 pontos

      Eu ainda tô batendo cabeça nele

    • Micro picture
      noyluiz · 4 months ago · 2 pontos

      Acabei de episódio... Melhor Episódio hein karalhou Astuto
      Sobre grinding... Então no original, 2 free battle tempo passa ou seja não tem grinding tem Git Godo.
      E no original holy dance e build física é quase inútil...

      1 reply
  • 2021-05-04 20:53:39 -0300 Thumb picture

    Grindingcast 040 - Darkest Dungeon

    Sejam bem vindos a mais um Grindingcast! No programa de hoje vamos falar do infame Darkest Dungeon, um jogo por turnos, que promete tirar a sua sanidade e exigir que o jogador domine as suas mecânicas, para vencer? Não, não, para sofrer menos!

    Link para download: https://bit.ly/3h2gE1i

    Darkest Dungeon

    Platform: PC
    220 Players
    99 Check-ins

    15
    • Micro picture
      onai_onai · 5 months ago · 2 pontos

      Esse jogo é foda, mas estressa demais! Haha...

      2 replies
    • Micro picture
      querempaz · 5 months ago · 2 pontos

      Aff tá em rogue like

    • Micro picture
      santz · 4 months ago · 2 pontos

      Meus amigos, que jogo complexo. Nunca joguei, mas conforme fui escutando a galera comentar sobre as dinâmicas do jogo, parecia que vocês estavam explicando as regras de um jogo de cartas. Cada movimento tem que ser previamente calculado e a estratégia tem que beirar a perfeição para se dar bem. Parece que tem uma caralhada de coisas para ferrar com jogador, como veneno, sangramento e o tal do estresse. Além disso, tem que prestar atenção nas torchas, comprar itens de cura e descobrir o que cada classe pode fazer. Me parece que são tantas possibilidades que o fator RPG se perde no meio, parece um jogo puramente de estratégia. Eu não tenho moral de encarar esse jogo, especialmente por causa do permadeath. Enfim, parabéns por mais um ótimo cast de qualidade, falow seus loucos.

  • 2021-05-03 12:48:38 -0300 Thumb picture

    Jogos vencedores para 2022

    Lembrando que o AQNDSN está aqui pagando a promessa que ele seria o podcast 50

    Chrono Cross

    Platform: Playstation
    5433 Players
    156 Check-ins

    20
    • Micro picture
      noyluiz · 5 months ago · 6 pontos

      Só jogo bom hein (e witcher, mass effect 2, fable tbm)

    • Micro picture
      santz · 5 months ago · 3 pontos

      Cara, que foda. Tem 2 jogos aí que já joguei. Chrono Cross e Bavely Default (dois jogos que serão trucidados pela galera do cast). Pretendo jogar o Dark Souls e o The Witcher esse ano ainda para conseguir acompanhar legal os programas.

    • Micro picture
      querempaz · 5 months ago · 2 pontos

      Dark Solas era inevitável mas nao vou com a cara do Mass Effect

  • 2021-05-02 20:02:08 -0300 Thumb picture
  • 2021-04-01 23:45:22 -0300 Thumb picture

    Grindingcast 039 - Final Fantasy IX

    Sejam bem vindos a mais um Grindingcast! E nesse episódio temos um dos RPGs clássicos da era do Playstation. Um jogo que apesar de ter saído no final da vida do console conseguiu chamar atenção pelo seu belo visual e intenção de uma retomada às origens de sua franquia, fazendo uma homenagem aos primeiros jogos da série. Estamos falando de Final Fantasy IX.

    Link: https://bit.ly/2Psi4GP

    Final Fantasy IX

    Platform: Playstation
    5790 Players
    156 Check-ins

    25
    • Micro picture
      kalini · 6 months ago · 4 pontos

      Hilario como todas as criticas qure voces fizeram a esse game (exceto no sistema de batalha e necron) se encaixam mais ao Final Fantasy VII.

    • Micro picture
      cypher · 6 months ago · 2 pontos

      Faz parte do quarteto de ouro dos FFs na minha opinião 6/7/8/9

      2 replies
    • Micro picture
      wcleyton · 6 months ago · 2 pontos

      Melhor ff do ps1

  • 2021-02-28 17:04:20 -0300 Thumb picture

    Grindingcast 038 - Shadowrun Returns


    Sejam bem vindos a mais um Grindingcast! E nesse episódio iremos falar de um RPG que traz uma proposta de adaptação de um sistema de RPG de mesa e que só fui possível graças a uma campanha bem sucedida de financiamento coletivo. E graças ao sucesso deste primeiro jogo, conseguiu lançar mais 2 jogos desta franquia! Estamos falando de Shadowrun Returns.

    Escute aqui: https://geekquest.org/2021/02/28/grindingcast-038-shadowrun-returns/


    Gostou do podcast? Tem duvidas e Sugestões?

    Deixe sua opinião aqui nos comentários

    Shadowrun Returns

    Platform: PC
    351 Players
    45 Check-ins

    17
    • Micro picture
      artoriasblack · 7 months ago · 3 pontos

      Gostei de saber que o game tem poucas horas de duração, motiva mais a pessoa pegar o game e termina-lo ,para variar de Jrpgs de 100 horas de jogo

      1 reply
    • Micro picture
      santz · 7 months ago · 2 pontos

      Esse jogo eu nunca joguei, mas pelo nome, achei que seria algo parecido com o Shadowrun do Super Nintendo. Conforme vocês começaram a explicar as mecânicas de classe e combate, percebi que era muito parecido com o jogo que estou jogando atualmente com meu irmão, o Divinity: Original Sin. Caras, como esse tipo de jogo é confuso. As possibilidades para resolver os puzzles num de magia e fantasia já é difícil, nem consigo imaginar como é num jogo futurista com cenário cyberpunk. Mas o cast ficou bem da hora e parabéns por mais um ótimo trabalho. Vocês são foda.

  • 2021-02-14 19:50:18 -0200 Thumb picture

    Grindingcast 037 - 2 anos de RPGs

    Sejam bem vindos a mais um Grindingcast! E nesse episódio iremos comemorar a marca de DOIS ANOS DE VIDA DO GRINDINGCAST! E para comemorar este momento emocionante, vamos apresentar o primeiro PRÊMIO MULETA DE OURO!

    Escutem em nosso site: https://geekquest.org/2021/02/14/grindingcast-037-2-anos-de-rpgs/

    22
    • Micro picture
      manoelnsn · 7 months ago · 3 pontos

      Pior que, agora que estou usando muleta, ela é realmente bem útil, viu... ahuahauhaua

    • Micro picture
      kalini · 7 months ago · 3 pontos

      Preferir Bianca a Celes pra best waifu é muita sacanagem, hahahha

    • Micro picture
      wiegraf_folles_ · 7 months ago · 3 pontos

      Parabéns manos.

      To pra corrigir meu fone pra ouvir vocês.

  • 2021-01-01 00:12:06 -0200 Thumb picture

    Grindingcast 036 - Pokémon Yellow

    Sejam bem vindos a mais um Grindingcast! E nesse episódio iremos tratar o começo de uma das maiores febres do mundo dos jogos! Apresentaremos o nosso jeito de viver, pois ninguém nunca foi igual! Peguem suas pokébolas pois são mais de 150! Estamos falando da primeira geração de Pokémon!

    Escute: https://geekquest.org/2021/01/01/grindingcast-036...
    Gostou do podcast? Tem duvidas e Sugestões? Deixe sua opinião aqui nos comentários ou deixe seu feedback
    Pokemon Yellow Version: Special Pikachu Edition

    Platform: Gameboy Color
    915 Players
    82 Check-ins

    30
    • Micro picture
      rax · 9 months ago · 3 pontos

      Feliz Ano Novo o/

    • Micro picture
      jcelove · 9 months ago · 3 pontos

      Não sou muito fã de pokémon mas acertaram justamente na nostalgia já que o Yellow pra mim era como jogar a história do Ash.

      O jogo realmente não deixava claro o quao porfundo o sistema de batalha e tipos de monstros era profundo, talvez pelo foco ser nas crianças permitia mesmo jogar a campanha com um pokemon só tankando tudo. A primeira vez que terminei foi dugtrio, pikachu e charizard detonando todo mundo até entrar no hall da fama.Da uma boa ilusão de que se esforçando qq pokemon pode ser OP que lembr a pegada do Ash mesmo, ai qdo ia pro competitivo era humilhação XD

      Nunca tive coragem de colocar o Pikachu no PC, a cara triste dele tinha efeito do olhar do gato do Shrek.

      Não entendo a paciência de quem grinda honestamente no jogo, no post game to a anos tentando conseguir o dragonite e ainda faltam 20 niveis. Demora demais pra evoluir depois do 40.hehe

      Eu só zerei mesmo qdo peguei a versão lançada na Eshop do 3ds, que por sinal tinha como maior destaque a possibilidade de trocar pokemons com outros 3ds (mas apenas localmente) e mandar pro Poken Sun/Moon via pokebank. Como não tenho amigos e ninguém com 3ds aqui acabei continuando forever alone do mesmo jeito, mas era um atrativo legal pra desenbolsar os caros 16 reais em um jogo digital de GB.

      Uma coisa chata é que tiraram o glitch do Missigno no veio do começo do jogo, como só fui tentar fazer depois de zerar não tinha mais nenhum treinador pra me abordar e fiquei sem chance de duplicar itens (rara candy era minha esperança pra ter o dragonite U_U)

      Outra coisa que não sei se é exclusiva do port do 3ds é que da pra jogar o minigame do Pikachu surfista mesmo sem ter surf no Pikachu, só entrar na casa perto da praia e iniciar o game. É basicament eum excitebike do Nes na água.

      5 replies
    • Micro picture
      vinicios_santana · 8 months ago · 3 pontos

      Conheci Pokemon no GBC de um amigo, jogando o Silver, mas nunca fui muito longe, tempos depois, com o advento dos emuladores, joguei praticamente todos, mas novamente, nunca terminei nenhum.
      Anos depois, eu já era um rapaz em idade propícia para o serviço militar obrigatório e fui selecionado junto de outros 99 guerreirinhos nascidos no anos de 1991.
      Foram 10 meses difíceis.
      Perto do fim do período de serviço, um amigo me emprestou um GBA SP e com ele Pokemon Esmerald. Ruby era meu favorito da época dos emuladores e jogar o Esmerald foi como reviver aquela época.
      Eu jogava quase sempre nos meus períodos de ronda, entrava num matinho e ficava fazendo golpes giratórios do Zanguieff enquanto olhava fixamente para a frente, ao entrar numa batalha, A,A,A,A, corre, corre, corre, A,A,A,A.
      Todo item que melhorava atributos eu adicionei no meu Blaziken Jojo e ele atropelou toda a elite dos 4, com Quick attack, Blaze kick e High Jump Kick. Além da mega velocidade e habilidade de ficar com 1 de HP em vez de morrer.
      Blaziken é até hoje meu pokemon favorito, cheguei a comprar o Pokemon Y do 3DS e logicamente usei a galinha lutadora, uooou, o Blaziken é um galo de briga, agora que caiu a ficha. Enfim, reprisei a estratégia que usara anos antes nas frias guaritas do quartel.
      Nunca tive muita paciência pra ficar treinando o pai, depois o filho, pra no futuro ter um pokemon de terceira ou quarta geração com os atributos perfeitos.
      Jogava até acabar o modo história e partia pra outro.
      Voltando um pouco no tempo, nessa mesma época do serviço militar, eu estudava de manhã e trabalhava em meio período numa loja de Magic e Pokemon TCG.
      conheci o jogo de cartas com um amigo da escola e apresentei aos outros amigos em comum e acabei conseguindo esse trabalho.
      Participávamos de torneios, tinha insígnias e tudo mais.
      Nessa época recebi o apelido de Professor Elm, logicamente só por eu usar óculos e ter o cabelo curto no padrão militar.kkkk
      No TCG montei alguns decks e fiz um, adivinhem, deck de Blaziken tunado, que nos pequenos torneios que realizávamos, consegui derrotar um deck de água/lutador de Poliwrath.
      Guardo com carinho meus decks até hoje, mas desisti do competitivo pelo alto investimento que era necessário, em um dia você ganhava de uma pessoa, no outro dia ela estava com um deck novo com as cartas mais raras e poderosas. Isso é legal, mas só para quem tem acesso.
      Curioso é que tenho amigos que jogam até hoje, mas migraram completamente para a versão digital.
      Abaixo mando uma foto de meu deck, além do playmat improvisado que usava na época.
      https://drive.google.com/file/d/0ByPNlLsjOJA-OGZoWEZ6VlpQaFE/view?usp=sharing
      Uma última coisa a se citar, pois esse feedback ficou gigante, escutar o cast me deu muita vontade de reviver esse mundo Pokemon, mas não animo embarcar nessa jornada de 60 horas, então eu comecei a ler os mangás, que aliás não foram citados no cast e são contemporâneos aos jogos, no Japão, e complementam e muito a história.

      3 replies
  • 2020-12-23 01:48:42 -0200 Thumb picture

    Grindingcast 035 - Planescape: Torment


    E aqui estamos com mais um Grindingcast! Desta vez trazendo mais um WRPG, um título bem querido e adorado por muitas pessoas, sendo uma aventura protagonizada por um silencioso protagonista em busca de sua real identidade, enquanto é acompanhado por vários companheiros bem peculiares: Planescape Torment!

    Venha dar uma conferida e não deixe de nos dizer a sua opinião e de contar a sua experiência com o jogo!

    Link:
    https://bit.ly/2WH2kjj

    Planescape: Torment

    Platform: PC
    148 Players
    18 Check-ins

    20
    • Micro picture
      jcelove · 9 months ago · 2 pontos

      A intro foi perfeita, bem na pegada do jogo.hehe
      Manoel pra variar implicando com o gênero CRPG, tsc tsc.

      Eu fui um dos que largaram o jogo no cmeço por não curtir o ritmo. Na real é dificil a estética ocidental isométrica point n click em rpg dificilmente me prende. Fui seco nele pq todos falavam que era a melhor história ever mas não tive paci~encia pra acompanhar. Ainda quero um dia voltar, só sai do mortuario la do começo, frustrado por não conseguir evitar todos os combates. Qeuro fazer um build pra passar o jogo qse todos só na labia.

      Septerra Core, que foi citado de forma embolada nos jogos lançados no memso ano já foi um jogo ocidental que me atraiu mais, principalmente por tentar ser algo na pegada de FF7 com Cgs abundantes e sistema por turnos muito inpirado em FF (só que mais lerdo), mas mesmo assim nunca fui longe nele tbm.

      13 replies
    • Micro picture
      rax · 9 months ago · 2 pontos

      Vou escutar esse episódio...

      1 reply
    • Micro picture
      santz · 9 months ago · 2 pontos

      Mais um ótimo cast falando de um grande clássico de um dos mais respeitados WRPG de todos os tempos. Fiquei bem interessado enquanto ouvia vocês falando do jogo, com personagens interessantes e um toque humorístico que me pareceu bem divertido, mas encarar um jogo que é praticamente só texto e tudo em inglês me afasta um bocado de tentar. Um dia eu ainda pego pra jogar, quem sabe... Jogar não né, ler.

      1 reply

Load more updates

Keep reading → Collapse ←
Loading...