• usoppbr João Carlos
    2022-01-09 10:57:12 -0200 Thumb picture

    Meme Gamer: O Que Você Jogou em 2021? [11ª Edição]

    Medium 3895866 featured image

    Fala galera, beleza? Já faz um tempo que não venho mais conseguindo conciliar meu dia-a-dia com o Alvanista, mas quando chega a época do Meme a gente não pode deixar passar. 2021 foi um ano bem difícil pra mim, especialmente pra conseguir um emprego certo, mas entre isso tudo eu consegui terminar uma boa quantidade de jogos - só não tive aquele fôlego extra de vir aqui antes pra compartilhar.

    Como sempre, vou falar das minha experiências mais marcantes, sejam por terem sido positivas ou negativas, e no final vou citar a lista completa do que joguei em 2021 e pretendo continuar jogando em 2022. Vamos lá.

     Assassin's Creed: The Ezio Collection (2016, Xbox One)

    Esse aqui eu comecei a jogar assim que o comprei, em Janeiro de 2019, mas me levou uns bons 2 anos e meio pra aceitar o fato de que ou eu encarava aquela campanha super chata do AC Revelations de uma vez por todas ou ficaria pra sempre com o jogo em aberto. É a campanha mais curta da série e o jogo em si é muito bonito se comparado aos anteriores, mas mesmo assim os objetivos secundários pra conseguir 100% de sincronização acabam estragando a "diversão". No Brotherhood já acontecia um pouco disso, mas em Revelations eles conseguiram deixar isso pior ainda. Ficaram faltando 2 Conquistas das 149 que eu acho que nunca vou pegar, mas o resto do jogo tem Conquistas bem aceitáveis. No geral, é uma coletânea que só vale o preço por vir com 3 jogos e 2 animações em disco, a qualidade geral da própria coletânea deixa um pouco a desejar. Os gráficos são "lisos" e não tem aquela gama de efeitos bonitos de luz e sombra que eles usavamm no Xbox 360/PlayStation 3. Se algum dia o III estiver por uns 50 reais eu penso em jogar, se não, essa foi a minha última interação com a série.

    LEGO Batman: A Trilogia (2008-2014, Xbox 360/One)

    Depois de umas férias cuidando do sobrinho da esposa, voltamos pra casa com uma grande vontade de jogar LEGO. Começamos pelo MARVEL SUPER HEROES mas foi com BATMAN que tivemos as melhores experiências. O primeiro e o segundo jogo são simplesmente sensacionais, mas o terceiro já deixa um pouco a desejar. As fases são muito longas, a história tenta se levar a sério enquanto é cheia de piadinhas sem graça e o que sobra mesmo é uma grande quantidade de tarefas longas e repetitivas pós-game. Aquela essência de jogo simples e divertido que qualquer criança poderia jogar se perdeu com o tempo e talvez esse seja o maior erro aqui. O sobrinho não conseguia terminar os jogos sozinho, apenas o primeiro Batman. E pelo que parece os jogos da série vão ficando mais e mais complexos, é realmente uma pena. São experiências marcantes, mas nem a pau uma criança de 7 anos consegue jogar sozinho mesmo com tudo traduzido e dublado.

    Banjo-Kazooie & Banjo-Tooie (2008-2009, Xbox 360)

    Dava pra escrever um livro sobre a minha experiência conturbada com Banjo-Kazooie no passado, mas em 2021 eu finalmente conseguir colocar um ponto final nela. Joguei a maior parte do jogo sem guia, pois lembrava quase tudo ainda das jogadas passadas mas a última fase é realmente de uma dificuldade um pouco acima do restante do jogo. Já Banjo-Tooie é uma experiência um tanto frustrante porque é um jogo recheado de mapas gigantes, interações com NPCs e tipos de jogabilidades diferente devido as transformações que acontecem durante a jornada mas de certa forma a experiência geral é um pouco abaixo do brilhantismo do primeiro jogo. Não quer dizer que é uma experiência ruim, é só muito trabalhosa pra conseguir se divertir da mesma forma que o primeiro jogo. Cheguei a iniciar o Nuts & Bolts mas não deu tempo de ir muito longe ainda Fica para o próximo Meme (se tudo de certo não der errado.

    Forza Horizon 2 (2014, Xbox One)

    Esse aqui foi outro caso de jogo que levei alguns anos pra encarar de vez e terminar. Mas o que fez a experiência ser um tanto "vazia" é o fato de que o jogo sem as DLCs parece um tanto vazio e repetitivo demais. Assim como todos os jogos da Microsoft na plataforma, a dificuldade das Conquistas é insana, então se estiver procurando aumentar o Gamer Score é melhor deixar passar mesmo com as DLCs. Esse é daqueles jogos que você precisa terminar mais de uma vez até desbloquear tudo (pelo menos 2x pra garantir a vitória definitiva do torneio, 15x pra pear as Conquistas completas). Acho que em caso de jogos como esse, que o licenciamento foi encerrado e o conteúdo adicional não pode mais ser vendido, eles deveriam atualizar pra remover as propagandas desses conteúdos. Pelo menos você não ficaria sabendo quais partes do jogo estaria perdendo assim.

    Oceanhorn: Monster of Uncharted Seas (2015, Xbox One)

    Quando saiu o anúncio que Oceanhorn 2 estaria chegando à consoles, aquela pequena chama no meu coração acendeu novamente. Tanto que eu comprei Oceanhorn novamente, agora no Xbox One, pelo preço completo só pra repetir a excelente experiência que já havia tido com ele nos PCs. Essa é uma daquelas experiências simples e satisfatórias baseadas em franquias de sucesso que duram pouco mais de 20h caso você queira completar todas as Conquistas que vale a pena cada minuto investido. Que venha o 2 que me parece estar muito melhor que esse.

    LEGO City Undercover (2015, Xbox One)

    Como não podia deixar de fazer, acabei comprando esse jogo original LEGO ainda antes de terminar o BATMAN 3 e tive uma experiência parecida... É um jogo que apoia na história pra mostrar essa grande cidade que pode ser explorada a medida que você vai chegando perto de capturar o "cara mau" mas ao mesmo não dá pra levar nada a sério e os personagens não são muito legais - isso sem citar a gama de referências à filmes dos anos 1980 e piadinhas super sem graça que completam a experiência mediana. O problema é que esses jogos são ótimos de jogar, mas eles não decidem se o público alvo é infantil ou adulto - e acaba falhando em agradar ambos porque o jogo é difícil demais pra uma criança e fácil demais pra um adulto.

    Flashback: The Quest for Identity (2020, Xbox One)

    O meu jogo favorito de todos os tempos. Isso sozinho é razão pra eu procurar esse jogo em todas as plataformas que já tive acesso nessa vida, mas a razão da vez é que a Microids, empresa responsável por essa versão "2020" vai produzir uma continuação 2D em 2022 que substitui FADE TO BLACK na continuidade da "série". Tudo que já joguei da empresa achei legal, inclusive esse port que mistura o melhor das versões PC que eu joguei muito pouco com algumas modernices que acho cafona e são totalmente opcionais. Que a continuação siga o mesmo caminho e será sucesso garantido.

    Outros jogos que terminei em 2021: LEGO Marvel Super Heroes, Zup! F, Zup! Z, Zup! XS, Zup! 9, Grand Theft Auto IV, Monument Valley+.

    Ficou pra 2022: Mass Effect 3, Banjo-Kazooie: Nuts & Bolt, Life is Strange 2, Hitman! Go, LEGO Star Wars: The Complete Saga, Doom 64.

    LEGO Batman: The Videogame

    Platform: XBOX 360
    621 Players
    76 Check-ins

    15
    • Micro picture
      marvox · 6 months ago · 2 pontos

      Muito legal mesmo carinha! Da sua lista os Banjos, FH2 e Oceanhorn me trouxeram boas lembranças de quando conheci esses jogos, inclusive você mesmo que me indicou Oceanhorn, e que venha a continuação porque tá amarrado faz um tempo. Seus jogos de 2022 quero ver o carinha zerando Doom 64. LiS2 ainda chegarei nele \o/

      1 reply
    • Micro picture
      rafaelssn · 6 months ago · 2 pontos

      Acho que é isso que me desanimou nos LEGOS de uns tempos pra cá, a complexidade deles, isso que eu já não tinha gostado muito do LEGO Batman 2, o 1 é perfeito mesmo.

      1 reply
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 5 months ago · 2 pontos

      Mano...eu adoro as piadinhas sem graça dos LEGO...e esse LEGO CITY achei o melhor de todos os LEGOS que já joguei...

      4 replies
  • denis_lisboadosreis Denis Lisboa Dos Reis
    2021-07-19 22:58:13 -0300 Thumb picture

    Bolsonaro perde apoio entre gamers.

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!

    Matéria da folha sobre a perda de apoio.

    Versão sem paywall.

    Ilustração de Luciano Veronezi

    A galera gamer lixo pulando fora do barco furado. Não faltaram avisos  de que era péssima ideia esse bostão presidindo o país, mas os ancap gamer do "imposto é roubo" queriam joguinhos e bugigangas mais baratos à qualquer custo. Custou muito caro, e nem receberam.

    E o pior é que não aprendem, vão pro colo do primeiro idiota que vier com o mesmo discurso neoliberal e tendências fascistas, desde que não fale cuspindo. 

    Conker's Bad Fur Day

    Platform: N64
    2272 Players
    51 Check-ins

    24
    • Micro picture
      thiones · 11 months ago · 4 pontos

      Tava na hora dessa mulecada acordar pra cuspir e sair do Fantástico mundo de Bobby.

      1 reply
    • Micro picture
      vante · 11 months ago · 3 pontos

      Perdeu tarde esse apoio.

    • Micro picture
      igor_park · 11 months ago · 2 pontos

      Corta imposto e os preços continuam iguais, pois o dólar está lá nas alturas. E quando vamos falar mal do tal indivíduo em qualquer página de jogos. Brota gente de tudo que é canto para defender 😂😂😂

      1 reply
  • barboza012 Daniel Barboza
    2021-02-22 21:19:18 -0300 Thumb picture

    Gameplay - Canal Nostalgia Gamer

    Início da série de gameplay do jogo,mostrando no detalhe todos os recursos e habilidades para conseguir ganhar os duelos mais difíceis com um deck contendo somente cartas de fusão e rituais.

    Yu-Gi-Oh! Forbidden Memories

    Platform: Playstation
    8139 Players
    87 Check-ins

    1
  • andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos
    2021-01-19 12:30:49 -0200 Thumb picture
  • usoppbr João Carlos
    2021-01-11 20:51:50 -0200 Thumb picture

    Meme Gamer: O Que Você Jogou em 2020? [10ª Edição]

    Medium 3846805 featured image

    Fala ai pessoal. Mais um ano se passou e o Meme continua firme e forme. Infelizmente não participei das duas últimas edições por puro desleixo, mas estamos voltando ai aos poucos. Em 2020 tivemos a pandemia ai pra atrapalhar as nossas vidas, e se não fosse em parte pelos jogos, eu acho que teria sido muito mais difícil aguentar isso tudo.

    Alguns desses jogos eu ganhei e outros eu comprei há bastante tempo e finalmente criei coragem pra terminar. No geral, eu diria que foi um grande ano pra mim. Só deixei de jogar um jogo mesmo que eu queria porque eu tive que ficar 30 dias fora do apartamento que eu moro e só voltamos a programação no dia 15.

    Sem mais delongas, tá ai os principais jogos que eu terminai em 2020.

    =====================================================

    Watch_Dogs 2 (Xbox One)

    A Ubisoft tem uma sina com o número 2. Quando a continuação não dá uma aula de como é que o primeiro jogo deveria ter sido, ela acaba mostrando que o jogo não deveria ter tido uma continuação em primeiro lugar. Watch_Dogs 2 me passa um misto de ambos esses sentimentos, visto que a experiência dele é melhor que a original mas os seus personagens e histórias são bem fracos.

    Na minha opinião, os personagens do jogo sem zero ou nenhum carisma e a história é tão rasa quanto uma poça de cuspe, mas as mecânicas do jogo estão muito melhores do que a original e andar por São Francisco fazendo missões secundárias é bem divertido e intuitivo. É só uma pena que o roteiro seja tão ruim mesmo... Terminei o jogo e nem me lembro o que fiz durante ele.

    Recomendado apenas para pessoas não recomendáveis.

    Mass Effect 1 & 2 (Xbox 360)

    Apesar da pandemia ter encurtado os nossos bolsos, eu acabei tendo uma enorme surpresa no meio do ano: uma amiga minha estava se "livrando" do Xbox 360 dela por não estar mais jogando e ela perguntou se eu não queria ficar com ele sem pagar nada. É claro que aceitei e quando peguei ele me espantei com a quantidade de jogos bons que ela tinha no meio, um deles sendo a série Mass Effect completa - um antigo desejo meu que nunca havia jogado.

    Depois de terminar Mass Effect 1 e 2, posso dizer que os dois jogos tem experiências bastante diferentes mas que de certa forma sem o ritmo mais lento e explorativo do primeiro a história complexa e cheia de ação do 2 ficaria muito mais confusa de entender. Mass Effect por si só é uma aula de como se fazer um universo rico e repleto de coisas diferentes para se fazer.

    Eu só não joguei o 3 ainda porque no momento não estamos na nossa casa, mas assim que voltar, aposto que ele também estará no próximo Meme pra completar a história.

    Duke Nukem 3D: 20th Anniversary World Tour (Xbox One)

    Comprei este aqui numa promoção de Páscoa por um valor bem baixo (6 reais) só para poder finalmente jogar ele da forma devida. Alguns anos atrás comprei ele para jogar no meu Notebook, mas como não tenho uma placa de vídeo dedicada eu não pude observar os novos efeitos em sua plenitude enquanto jogava. E também queria ver se dá pra jogar esses FPS clássicos de forma satisfatória num controle.

    O jogo em si é excelente. Duke Nukem 3D já era uma experiência sólida 25 anos atrás e continua até hoje. O novo capítulo trás uma nova vida ao jogo com inimigos, armas e situações novas no mesmo nível das antigas, mas depois de jogá-lo eu realmente cheguei a conclusão que não consigo jogar nenhum FPS muito bem no controle. E infelizmente a 3D Realms ainda não colocou suporte para teclado & mouse na plataforma.

    Como sempre tem barato pra comprar em promoções, recomendo fortemente que você jogue pelo menos uma vez nessa vida e entenda porque o jogo causou tanto alvoroço quando foi lançado nos anos 1990. Só faça um favor à si mesmo e jogue com as vozes clássicas porque o Tio John tá com voz de chaminé velha entupida.

    Fallout 4: GOTY (Xbox One)

    Eis aqui a minha maior decepção do ano. Acabei juntando dinheiro pra comprar esse jogo em 2019 quando ainda não estávamos numa pandemia, esperando que fosse reviver a excelente experiência que eu tive com Fallout 3 no Xbox One mas o que eu vivenciei foi algo completamente oposto.

    Eu sei que Fallout 3 não é nenhuma referência da série, por ser muito mais simples do que os anteriores, mas o que eu joguei dele não tenho absolutamente nada à reclamar. Já em Fallout 4 a Bethesda inflou o jogo com missões que tem tempo de duração para serem feitas ou então você perde o acesso à mesma e a brincadeira de montar uma base sólida em vários pontos do mapa para aumentar a população e o acesso à recursos é complicada de entender para uma pessoa que não tenha no mínimo jogado um bom RTS antes.

    A história parecia interessante o bastante e os personagens bem interessantes, mas com essas mecânicas chatas de gerenciamento de tempo e local acabou estragando a experiência pra mim. Não sei se vou terminar o jogo à essa altura.

    Voyage: A Sorceress' Vacation (Master System)

    Esse aqui pra mim foi a grande surpresa que joguei no ano. Quando você ouve que algum jogo está sendo feito com as mesmas ferramentas de outro jogo você geralmente espera que eles tenham alguma coisa em comum, mas em Voyage a experiência recriada com os mesmos elementos de Alex Kidd in Miracle World é totalmente diferente, cheia de efeitos legais no Master System.

    Por ser uma experiência mais longa do que difícil, Voyage também ganha pontos por trazer cenários bem diferentes porém eu achei que apenas 3 power-ups e a limitação de dinheiro para fazer o final verdadeiro acabam limitando um pouco a experiência. Mesmo assim, não teve um momento do jogo que eu achei chato, tedioso ou longo demais, é tudo na medida certa do início ao fim.

    Inclusive, escrevi uma análise do jogo para uma possível revista que será publicada em 2021, então ficaremos de olho em possíveis jogos do mesmo desenvolvedor esse ano.

    Menção Honrosa: LEGO Marvel Super Heroes (Xbox 360/One)

    Lembram do Xbox 360 que eu ganhei da minha amiga? Não faria muito sentido manter ele aqui em casa porque já temos a retrocompatibilidade do Xbox One com grande parte dos jogos dele que já queríamos aproveitar de qualquer forma, então acabamos dando o console para o nosso sobrinho que estava sem nenhum videogame pra poder brincar nessa pandemia e ele acabou amando.

    Um dos jogos que levamos pra ele foi justamente esse Lego MSH e ele ficou completamente doido pelo jogo. Completamos as missões, habilitamos quase todos os personagens (ainda estamos jogando) e ainda falta bastante coisa pra fazer em Nova Iorque. A quantidade de coisa pra fazer é gigante, e eu acabamos gostando tanto que compramos a série pra jogar no Xbox One quando voltar pra casa.

    No final das contas, acabou saindo melhor que a encomenda. E estamos com tantos jogos pra jogar em 2021 que duvido que teremos tempos de jogar todos que pegamos. Mas nunca diga nunca, não é mesmo?

    Watch Dogs 2

    Platform: Xbox One
    182 Players
    63 Check-ins

    18
    • Micro picture
      marvox · over 1 year ago · 3 pontos

      Excelente carinha, curti demais que você participou! Vamos ver quais novelas acontecerão neste 2021 dos games... quantas piadinhas veremos esse ano, espero que a maioria venha em promoções de preferência. Mano, tamo junto!

    • Micro picture
      gamercaduco · over 1 year ago · 1 ponto

      Vc achou que ia escapar do meu comentário grande com traduções ridículas só pq postou no Alvanista, né? Pensou errado!
      Cá estou eu lendo e comentando, acessando a rede depois de sei lá quantos anos ausente... huahuahua!
      Bom, vamos lá, jogo a jogo:
      - Relógio Canino 2: "a experiência dele é melhor que a original mas os seus personagens e histórias são bem fracos"... tem certeza que vc não tá falando de Assassin's Creed? Foi mal, prefiro o Altair do que o Ézio! uhahuahu
      - Efeito Macarrônico 1, 2 & Knuckles: tenho uma curiosidade enorme de jogar, o que me mata é que cada um deles é longo o suficiente pra me fazer pensar bastante se começo ou não. Mas que legal que vc teve a oportunidade, muito bom mesmo!
      - Antes Tarde Duke Nukem em 3D: este é sensacional. Apesar que eu joguei só a versão clássica e não fui até o fim, mas vou pensar em jogar algum dia, se a motion sickness não vencer. Não sei como são as vozes novas (nem sabia que tinha), mas as originais são demais mesmo.
      - Cai Fora 4 - A Gota: putz, vou passar longe, dado o seu relato. Não sei se este tipo de coisa me interessa também, gerenciamento de tempo e tal.
      - Aquele Carro da Volkswagen nas Férias: vou esperar a sua análise, mas pareceu interessante pra conhecer.
      - "LËRIGOU" Marvel Sonic Heroes: jogos LEGO em multiplayer realmente são divertidos, imagino que ainda mais com um sobrinho. Vcs ainda vão se divertir a beça pelo visto!
      Bom, torcendo aqui pra que vcs consigam jogar bastante coisa em 2021!
      No mais, curti bastante a lista. Vou tentar dar uma olhada no Voyage.
      Valeu!

    • Micro picture
      giovanidactar · over 1 year ago · 1 ponto

      Grata surpresa este Voyage: A Sorceress' Vacation. Achei o estilo cúbico das fases bem bonitinho. Valeu!

  • luchta Ewerton Ribeiro
    2020-12-22 18:47:44 -0200 Thumb picture

    Eu antes, eu hoje...

    Basicamente estou que nem Eren, antes ansioso pelo futuro, agora com vontade de tocar o p*teiro na p*rra toda. A indústria atual de jogos é um lixo. Cyberpunk 2077 foi a gota d'agua. Já perdi a esperança nela, aliás quem dera isso se resumisse só aos jogos...

    Cyberpunk 2077

    Platform: PC
    265 Players
    59 Check-ins

    11
    • Micro picture
      s4nn1n · over 1 year ago · 2 pontos

      Pelo menos tô gostando das E-Girls, tá melhor que ver Hentai.

      5 replies
    • Micro picture
      hardy · over 1 year ago · 2 pontos

      E-girl é um projeto do governo pra economizar água.

    • Micro picture
      zim · over 1 year ago · 2 pontos

      Ainda tenho esperanças na indústria indie

  • andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos
    2020-10-01 17:56:24 -0300 Thumb picture

    Não cresceu (off Topic)...

    Oi, meu nome é André (foto tá horrível mas usei porque é dessa semana mesmo), tenho 40 anos, amo minhas tetas...

    ...mas ainda tenho aquela alma de criança (não mais que 10 anos). Hoje na rua comprei uma fronha do SONIC 😂 (fiquei com preguiça de tirar fotos melhores, sorry)

    Agora vai fazer companhia pro Alex Kid...

    Meu Mario...

    GTA V, GENESIS, TETRIS, DUFF, PLAYSTATION...

    MADONNA...

    E também meu M.BISON que dizem parecer o Silvestre Stalonne

    O que estou de olho (pra pendurar na parede):

    Será que a medida que envelhecemos... mais infantil ficamos? 🤔

    P.s.: PlayStation é melhor do que XBOX...

    Old Man's Journey

    Platform: PC
    31 Players
    9 Check-ins

    56
    • Micro picture
      ersatzgott · over 1 year ago · 4 pontos

      O Bison parece o Stallone mesmo HUAHUHAUHAUHA

      2 replies
    • Micro picture
      miss_dani · over 1 year ago · 3 pontos

      Que almofadas lindas! E você também está muito bonito rapaz, hihihi! 😅

      2 replies
    • Micro picture
      fredson · over 1 year ago · 3 pontos

      Felizes somos nós que não abandonamos nossa infância totalmente...

      Onde tem essa máscara pra vender?

      2 replies
  • salvianosilva Salviano Silva
    2020-08-29 10:35:31 -0300 Thumb picture
    49
  • mrmamoxi Mamo
    2020-06-08 17:21:32 -0300 Thumb picture

    Desafio "Çetúpi" humilde

    Não fui desafiado, mas ultimamente tenho comprado coisas pra arrumar meu quarto e sinto que devo mostrar neste @desafio de exibir seu local de jogatina gamer.

    REGRAS

    - Postar uma foto do seu "Çetúpi" humilde ( que basicamente consiste no seu cantinho de jogos).

    - Marcar alguns amigos a fazerem o mesmo (opcional)

    - Contar um pouco sobre o seu cantinho pra gente saber sobre ele.

    Essa é a mesa/estante principal onde fica a TV, Notebook, PS3 e... tudo.
    Comprei ela faz pouco tempo, eu não tinha móvel nenhum no meu quarto porque todos quebraram nas mil mudanças, então construí meu quarto do zero comprando cama, essa mesa, cômoda etc. Ali atrás tem posteres do Girls' Generation e são apenas 10 na parede (de tanto colar e tirar alguns rasgaram e perderam a cor na frente), embora eu tenho mais uns 40 guardados (no meu apartamento antigo minha parede era assim) algum dia pretendo emoldurar eles pra ficar melhor visualmente, mas moldura é caaaaaaro.

    PS3 ligado com meu tema lindo maravilhoso das Sailors e uma fita de LED que comprei mês passado pois dá um ar extremamente gamer e quando todas as luzes tão apagadas e só ela tá acesa cria uma luz ambiente legal.

    Meu notebook com sua capa de collage que fiz ante-ontem com um bando de adesivos que tinha guardado.

    Logo ao lado fica meu Mew de pelúcia e essa pokébola que não é apenas uma pokébola mas sim um Power Bank, usava bastante até comprar um Xiaomi e não precisar mais carregar tanto o celular quando to fora de casa, agora fica de enfeite, meus fones de ouvido também.

    Mais ao lado alguns mangos, alguns no plástico ainda porque comprei mês passado e ainda não li. Meu 3DS, o PSVita da minha amiga que tá comigo já vai fazer um ano, meu Kindle, e uma Sakura que era um chaveiro, tirei o chaveiro e fiz um suporte pra ela ficar em pé sozinha.

    A prateleira que fica em cima da mesa bem em cima da minha cabeça, com vários mangos, livros, HQ's, um CD, caixas de eletrônicos e bonecos, vários bonecos, tem minhas Figuarts de Sailor Moon (que @fabiorsodre pediu pra eu mostrar), vários Pokémons, Mario, Luigi e Yoshi do MCDonalds.

    Minha outra prateleira onde ficam CD's, DVD's e os Jogos, tem mais CD's coreanos e Japoneses que tudo.

    Não sou muito de comprar jogos, então tenho poucos, e ainda tem esses minigames do Crash que vieram de brinde do MCDonalds há muitos anos atrás. Tem também esses ímãs do Shun e Hyoga que ficam na parte de metal da prateleira. Mario Kart DS solto porque veio junto com o 3DS quando comprei, queria arranjar uma capa pra ele mas não acho capa de DS vazia barata.

    Tem também esse balde de pipoca e copos de Street Fighter V que comprei mês passado junto com os mangás, foram apenas 10 reais esse combo lol.

    E acho que é isto, ultimamente tenho gasto bastante meu dinheiro incrementando meu quarto e foi o que fiz nos últimos meses de quarentena, comprando vários móveis e coisas aqui e ali, tem vários ítens de organização de cabos e essas coisas pra chegar, pra terem noção, meio que tô conciliando ser um adulto comprando coisas como móveis e meu lado gamer com a decoração, algum dia pretendo pintar a parede maior, só ela, mas não sei como realizar ainda.

    Ando a fim de comprar alguns jogos também então tô de olho em alguns anúncios pra aumentar a coleção.

    Acho que é isto.

    Bishoujo Senshi Sailor Moon

    Platform: SNES
    246 Players
    12 Check-ins

    25
  • jduartesn Jéssica Duarte
    2020-04-01 15:13:14 -0300 Thumb picture

    Como matar a Senhora Borboleta | Sekiro

    Boa tarde! Tudo bem?  A Senhora Borboleta está de dando canseira? Eu tenho a solução no vídeo! Espero que vocês gostem! 😊❤️😁

    Sekiro: Shadows Die Twice

    Platform: Playstation 4
    290 Players
    176 Check-ins

    2

Load more updates

Keep reading → Collapse ←
Loading...