• 2022-05-07 10:27:09 -0300 Thumb picture

    Meu primeiro jogo: Salavar

    Olá, eu sou o Victor Sette e faço jogos indie!

    Eu quero usar esta persona para blogar sobre o desenvolvimento dos meus jogos indie atuais. Mas antes de falar sobre o que estou fazendo agora, decidi falar um pouco da minha jornada primeiro.

    Eu comecei em 2014 com um projeto de faculdade chamado "Salavar: A Desolação de Nododac". Primeiro jogo, cheio de bugs, colisão zoada e etc, mas eu já estava fazendo o que eu queria: plataforma inspirado em Mega Man, minha maior inspiração.

    Nele eu conceituei o jogo e programei. Meu amigo Diogo fez a arte e nossa amiga Wanessa fez a interface (menus e hud).

    Ele foi inspirado fortemente no lore de um RPG de mesa que outros amigos nossos criaram (chamado Salavar RPG) e é basicamente uma pequena crônica desse lore onde um herói da resistência enfrenta um exército do lado opressor em uma batalha pelo povo dele.

    O jogo, apesar de ter só uma fase, tem dois finais diferentes. Em um deles você descobre que as máquinas que estava destruindo eram controladas pelo seu povo (hipnotizados magicamente ou algo assim) e no outro você deve escolher uma arma bem ruim e apenas desativá-los ao invés de destruí-los. É praticamente um modo Hard.

    Eu que escrevi esse parágrafo e nem sei como hahahaha edgy demais.

    Existe uma dica no jogo para você descobrir que é errado destruir os inimigos, mas a única forma de descobri-la é usando a arma que destrói e mata, ou seja, você fica preso num paradoxo ou reinicia o jogo.

    A ideia era confrontar os clichês de jogos de ação que te recompensam por matar e destruir tudo. E apesar de eu ainda gostar da história e da ambição, o jogo é cheio de glitches visuais, bugs, controles meio ruins e uma colisão terrível.

    Mas foi minha primeira tentativa. Se tiver alguma curiosidade mórbida, você pode checar eu jogando e comentando mais sobre esse projeto neste video:

    Ou pode até tentar jogar você mesmo, óbvio que o jogo é de graça haha:

    https://se77e.itch.io/salavar-a-desolacao-de-nodod...

    E sim, a trilha sonora foi roubada de Mega Man X :P

    33
    • Micro picture
      ramonplayerone · 10 days ago · 3 pontos

      Pô, achei irado o conceito do game.
      Quem sabe um dia vc não faz um remake para corrigir esses problemas? Com o tempo a experiência de desenvolvimento vem e vc conseguirá executar o que planejou com perfeição. Sucesso, mano!

      1 reply
  • 2022-04-20 12:40:36 -0300 Thumb picture

    Olá!

    Para quem não me conhece (99% dos jogadores por enquanto), sou victor sette games, um desenvolvedor indie trabalhando duro todos os dias pra desenvolver joguinhos legais que sempre quis produzir.

    Eu já tenho alguns publicados, uns completos e outros não.

    Meu primeiro lançamento foi Relic Guardians: Complete Edition.

    Ele foi um jogo bem experimental. Se você gosta de visual novel e/ou de batalhas por turno, talvez você goste. As batalhas pegam inspiração do clássico pedra-papel-tesoura e possuem uma certa profundidade. Para quem não gosta de texto, o modo Arcade é composto apenas por batalhas. E para quem gosta, o modo História é carregado de uma história que, apesar de ter um começo difícil (eu admito), se torna uma narrativa bem empolgante e até emotiva, na minha opinião.

    Você pode encontrar ele na SteamItchGame Jolt e uma versão inferior do modo Arcade no Newgrounds.

    E atualmente estou trabalhando (ainda) no Gyro Gear Tournament!

    Esse é uma mistura de Super Smash Bros. (platform fighters no geral) com BeyBlade, além de uma inspiração em Ninjago e no Link do TP.

    Esse eu carrego muito mais orgulho e estou trabalhando ainda para chegar na versão que envisionei. Atualmente você pode jogá-lo no ItchGame JoltNewgrounds. A versão atual possui um modo Arcade e VS (contra player 2 localmente e contra o CPU).

    Obrigado pelo seu tempo e pela sua atenção. Espero que se divirta caso resolva dar uma chance para um desses jogos!

    E agora usarei esta persona para publicar updates e devlogs do andamento dos meus jogos :)

    37
    • Micro picture
      xch_choram · 27 days ago · 2 pontos

      Cadastra eles aqui no alva pra facilitar :D

      3 replies
    • Micro picture
      kzerosix · 27 days ago · 2 pontos

      Interessante... bem diferentão os seus jogos. Dei uma jogada no Gyro Gear no Newgrounds agora. Gostaria vê-lo finalizado, sempre bom ver jogos brasileiros na steam.

      1 reply
  • andre_luiz André Luiz Alvares
    2022-02-19 23:27:17 -0200 Thumb picture

    Terceira versão "0" da minha biblioteca de jogos está lançada :3

    Nene, em referência a uma personagem de anime que aprende a programar jogos do zero, é uma biblioteca de jogos 2D, super simples, que nem dá pra programar shaders hehe.

    Agora é atualizar os jogos que já fiz nele, e continuar o meu jogo, que foi o que me motivou atualizá-lo, visto que certos aspectos do nene estavam sendo bem chatos de se lidar (caso alguém esteja curioso, esta é a vantagem de criar a própria ferramenta de jogos: ao invés de xingar a ferramenta, você se xinga no lugar).

    22
    • Micro picture
      zefie · 3 months ago · 2 pontos

      Já ia dar a vida antes, aí o nome ainda é referência à New Game, merecia mais um caminhão de vidas ahuahuahuahua

    • Micro picture
      tiagotrigger · 3 months ago · 2 pontos

      O xingamento nunca para, a vantagem é que você pode corrigir (se tiver tempo) xD

  • andre_luiz André Luiz Alvares
    2022-02-06 14:01:49 -0200 Thumb picture

    O jogo que não fiz e os jogos que fiz.

    Agora com a rede voltando, resolvi olhar meus posts antigos, e notei um post de dois anos atrás de um personagem cujo qual criaria um jogo, caso contrário eu ficaria frustrado.

    Uau, nem pareceram dois anos, que coisa.

    Pois bem, geralmente eu publico aqui sobre desenvolvimento de jogos justamente porque pretendo trabalhar com isso.

    Criar jogos é difícil né? A questão é, como eu não sou um gênio (e na verdade menos esperto que a média), criar um projeto sozinho é impossível.

    Acabei pegando um outro emprego (ainda em desenvolvimento), e acabei por me frustrar ainda mais.

    Enfim, no final, irei tentar mais uma vez a trabalhar com isso, não só tentando a lançar um projeto (que dessa vez estou fazendo com um amigo meu, e já até lançamos um projeto juntos anos atrás), como também consegui passar pra dar aulas pra um curso de desenvolvimento de jogos (e torço muito para que dê tudo certo, é um público um pouco mais novo que espero conseguir lidar bem e não ser aquele prof chato e entediante [embora eu ache que eu seja pessoalmente]).

    Enfim, há dois anos atrás me frustrei, e ano passado ainda mais, espero não repetir nesse 2022 maluco.

    Mas enquanto isso, fica aqui uns joguinhos que fiz junto com outros amigos meus (todos são gratuitos, e boa parte roda no navegador, clique na imagem para abrir):

    Nhóm Nhóm (Dec/2020)

    Nhóm Nhóm foi um caso muito legal, ele foi meu projeto de finalização da faculdade (não é pra este curso que darei aula aliás rs), o mais legal desse projeto é que, não só saiu bom e completinho, como não tivemos que correr atrás do tempo, finalizamos com três dias de antecedência se não me engano.

    Castle Escape (jul/2020, atualizado em ago/2020)

    Minha segunda experiência criando um jogo na pura programação, na jam saiu todo bugado, mas depois fiz umas correções e hoje é um jogo que me orgulho de ter feito. A pixel art foi feita pelo meu amigo Leonardo.

    Feito com Nelua e Raylib.

    On Rails (jan/2021)

    Feito no Unity, a pixel arte foi feita pelo Leonardo e a modelagem pelo Gilliady. Eu diria que é um dos jogos mais interessantes que fizemos, e dá pra notar a diferença entre usar um motor de jogos extenso como a Unity em comparação com ferramenta própria como o nene.

    Além disso, 3D low-poly é a nova pixel art, e ao contrário do 3D tradicional, é muito mais de boa de se lidar em muitos aspectos.

    Alpinist VS The Alien Invasion in Mount Roraima (mar/2021)

    Mais um jogo feito não só na puramente pela programação, mas usando um arcabouço próprio que fiz chamado nene. O motivo de ter feito o nene é que o Castle Escape foi feito em Raylib, que embora possa ser usado para fins comerciais, ele foi a princípio pensado como um arcabouço educacional (funcionou rs), mas pra algo de produção, resolvi criar o meu (o que no geral é uma péssima ideia, mas a curiosidade me venceu). Pixel art também do Leonardo.

    Micro Quest! (jan/2022)

    Esse jogo foi interessante, neste caso foi solo, o desafio aqui foi criar este jogo no WASM-4 , que é um console fantasia que permite criar um jogo em estilo de desenvolvimento de jogos retrô, com várias limitações, entre elas, o fato que o jogo só pode ter 4 cores simultâneas ao máximo e que o jogo tem que ter menos de 64KB de peso e uso de RAM (não sei da RAM exatamente (embora seja < 64kb), mas o jogo acabou com apenas 18KB de peso no final).

    Essas limitações foram divertidas de se lidar.

    Totally Not Sumo (jan/2022)

    Também feito no WASM-4, pixel arte feita pelo Leonardo.


    Outros

    Existem alguns jogos, incluindo alguns antes de 2020, eles estarão listados no meu README, que inclusive notei que não lista alguns jogos que listei aqui, preciso atualizar.

    2022

    Para 2022, de planos é: dar as aulas e avaliar se sigo essa carreira, em paralelo criar os projetos e lançá-los comercialmente, e solidificar as minhas ferramentas, como o nene.

    Espero que tudo dê certo :s

    31
  • toy Edward Facundo
    2021-11-18 16:55:45 -0200 Thumb picture

    Ludoravia #07 - Indiegentes & Indie Games

    Você sabe o que são "Indie Games"? Ou nunca viu, nem comeu, só ouve falar? Neste episódio temos uma boa definição e introdução sobre o assunto com desdobramentos bem interessantes e bastante recomendação! Contamos com a presença do Gabriel Luís (Gabas) que desenvolve o jogo Roadout na Rastro Labs e faz o marketing do Cupi Simulator, da Supernova Games.

    Edição - André Mesquita


    https://open.spotify.com/show/0KmcEKamituwAn4g8NQrEW

    0
  • andre_luiz André Luiz Alvares
    2021-08-22 00:20:18 -0300 Thumb picture

    Sobre os joguinhos que estou fazendo...

    Opa a quanto tempo rs,

    Vou voltar a postar aqui, no caso será meus devlogs.

    Por hora, fica aqui meu Twitter e meu Mastodon de devlogs dos jogos que estou fazendo (ambos em inglês, em português vou postar aqui)

    Twitter: @andre_la_devlog
    Mastodon (instância gamedev place): : @Andre_LA

    A propósito, eu já tenho um jogo novo feito, é gratuito  e roda no navegador, tem uns bugs, mas tenho refatorado meu motorzinho de jogo pra resolvê-los nesses últimos meses, cuidado que o som tá muito alto):

    (JOGAR)

    Ah, os sprites foram feitos por um amigo meu, fiz apenas a programação mesmo.

    29
    • Micro picture
      cacotives · 9 months ago · 2 pontos

      Gostei do trabalho, continue que isso vai dar muito bom.

    • Micro picture
      tiagotrigger · 9 months ago · 2 pontos

      Legal, Monte Roraima invadido por alienígenas, hehe.

  • andre_luiz André Luiz Alvares
    2020-03-23 18:18:44 -0300 Thumb picture

    Este é o por quê de terminar um jogo é tão difícil

    Isso resume boa parte do meu drama em terminar meu jogo, a maior parte do tempo eu demorei mais com a GUI e balanceamento do jogo que da programação (que tive muito problema pela inexperiência).

    @alvadevs

    Game Dev Tycoon

    Platform: PC
    826 Players
    73 Check-ins

    20
    • Micro picture
      seufi · about 2 years ago · 2 pontos

      "Ás vezes, pra terminar um quadro, é preciso estragá-lo um pouco." Delacroix

    • Micro picture
      tiagotrigger · about 2 years ago · 2 pontos

      Tem hora que você só tem que aceitar que se ficar adicionando coisas demais, nunca vai acabar. xD

      1 reply
  • andre_luiz André Luiz Alvares
    2020-03-17 17:56:57 -0300 Thumb picture

    Por trás do jogo: o que faz um programador de engine?

    Link: https://thaisweiller.blogosfera.uol.com.br/2020/03...

    "Depois da apresentação das áreas de desenvolvimento de jogos, eu convidei diferentes profissionais para falarem da sua área diretamente aqui no Blog. Quem assume a tarefa hoje é Felipe Lira, um programador gráfico especializado no desenvolvimento de Engines Gráficas (motores gráficos). Ele atualmente trabalha na Unity como líder do desenvolvimento do Universal Render Pipeline. Previamente ele trabalhou na Tectoy Mobile desenvolvendo jogos e engine para o Zeebo, na Samsung (SIDIA) na produção de jogos para realidade virtual e dentre outras empresas de desenvolvimento de jogos."

    28
    • Micro picture
      anikabonny · about 2 years ago · 3 pontos

      Bem interessante a matéria.

      Mês passado eu tinha começado a escrever sobre a indústria de jogos, mas pela visão de quem produz. A minha intenção é fazer textos de coisas que eu trabalho e sei como funcionam ao invés de convidar pessoas de diferentes áreas.
      Fico feliz por saber que conteúdos desse tipo tem sido produzido, isso ajuda a área de desenvolvimento de jogos a ser menos "informal" - principalmente para quem quer começar e não está dentro de uma grande empresa, e não tem a mínima de ideia de como os processos funcionam.

      2 replies
    • Micro picture
      msvalle · about 2 years ago · 2 pontos
  • andre_luiz André Luiz Alvares
    2020-03-06 22:22:13 -0300 Thumb picture

    Criei um canalzinho na Twitch

    Farei transmissões ao vivo programando uns jojinhos de vez em quando, nada super sério:

    https://twitch.tv/andre__la

    Arquivo de uma transmissão que fiz de teste (eu n conseguir terminar o pong a tempo aliás kk):

    21
  • 2019-09-14 10:23:30 -0300 Thumb picture

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...