• pauloaquino Paulo Aquino
    2019-07-24 02:06:40 -0300 Thumb picture

    Pra galera: qual é a "mocinha-em-apuros" que mais "arma barracas"?

    https://tvtropes.org/pmwiki/pmwiki.php/main/damsel...

    Eu adoro esse traje da princesa Peach de Super Mario Strikers! 

    Qual "donzela em perigo" mexe mais com a nossa imaginação? Qual mocinha-em-apuros atiça mais certos desejos masculinos?

    Alguma vez você já sentiu alguma coisa a mais por, digamos, a Marion de Double Dragon? Ou mesmo a Téa de Yu-Gi-Oh? 

    Vocês devem ter notado que depois de algum tempo desde a primeira vez que eu vi Cavaleiros do Zodíaco, eu vejo a Saori Kido de um jeito bem especial. E falo da moça que mudou o jeito de ser dela depois que descobriu seu destino, passando de uma menina chata e esnobe para praticamente uma fada... 

    Inútil, é (qualquer que seja o caso citado por vocês)?? Mas bem que a "cabeça de baixo" dá aquela reagida legal... Será que é assim que funciona o fanservice? Imaginé só quanto fanservice deve ter da Ashley do Resident Evil... 

    Quero ver o que vocês vão falar!

    21
  • roberto_tio José Roberto Criado
    2018-02-27 21:53:33 -0300 Thumb picture
    Post by roberto_tio: <p>1.500.000 créditos para comprar essa roupa que n

    1.500.000 créditos para comprar essa roupa que não protege nada... 

    Sword Art Online: Fatal Bullet

    Platform: PC
    33 Players
    23 Check-ins

    8
  • 2017-11-04 12:17:34 -0200 Thumb picture
  • rshadowss Ricardo
    2017-05-05 14:05:12 -0300 Thumb picture
    Post by rshadowss: <p>Há um tempo atrás, eu fiz um <a href="http://alv

    Há um tempo atrás, eu fiz um post dizendo que eu queria o Jake e o Ustanak no Marvel vs Capcom Infinite, mas esqueci de mencionar uma personagem muito boa pra um jogo de luta: Nilin do Remember Me!

    Por mais que Remember Me não seja tão famoso, e poucas pessoas se lembram ou se quer sabem da existência dele, Nilin foi feita pra estar num Marvel Vs Capcom, dava pra fazer uns golpes muito bons com a Nilin.

    A Capcom colocou o Frank West no Marvel Vs Capcom 3, podia colocar a Nilin. E se não for pedir muito, o Dante do DmC tambem, por favor-q

    Da parte da Marvel, tanto faz, eu gosto dos X-Men, e não vai ter X-Men, bem provável que tenha só os personagens que estão nos filmes ou séries, ou qualquer outro personagem que não esteja com Sony ou na Fox.

    Agora, pense nisso Capcom, te dei 4 ideias de graça -qqqqqq

    OBS: Bateu vontade de jogar Remember Me de novo.

    Marvel vs. Capcom Infinite

    Platform: Playstation 4
    167 Players
    25 Check-ins

    1
  • 2016-08-12 13:44:32 -0300 Thumb picture

    Criminal girls 2 - Party Favors Bag Edition

    (clique para ampliar)

    Conteúdo:

    - Caixa colecionável

    - Jogo

    - Trilha Sonora em mídia física

    - Artbook com 48 páginas

    - 7 broches

    - 7 impressões de arte

    - Folha de adesivos

    - Bolsinha em micro-fibra (para PS VITA)

    - Paninho em micro-fibra (limpador de tela)

    Plataformas: PS VITA

    Lançamento: 20/09/2016

    Preço de lançamento: U$74,99

    Onde comprarNISA Online Store

    Criminal Girls 2

    Platform: Playstation Vita
    9 Players
    2 Check-ins

    15
  • 2016-02-24 22:02:21 -0300 Thumb picture

    Mahjong Solitaire para tarados?

    Medium 3268438 featured image

    Eu tinha a intenção de minha primeira publicação sobre esse game, logo que o listei no site, seria um vídeo realizado por mim. 

    Bom, finalmente isso aconteceu e estou podendo publicá-lo aqui! 

    Eu havia feito uma gravação de áudio sem muitas dificuldades, ao tentar salvar o pc travou e perdi o arquivo... depois disso o microfone quebrou. Dessa forma depois de várias tentativas com o mic do notebook (que deixa um som esquisito que parece q estou falando dentro de um copo) surgiu esse vídeo resumido. 

    Mas antes dele, me permitam um pouco de informação prévia...

    Pretty Girls Mahjong Solitaire é um jogo para computadores lançado em agosto de 2015, desenvolvido e publicado pela Zoo Corporation, utilizando como base o clássico jogo chinês Mahjong Soliter para computadores.

    O porquê desse título na matéria? Pretty Girls Mahjong Solitaire, como o nome sugere, usa ilustrações de belas garotas ao estilo anime, mas.. elas não ficam só alí bonitinhas paradinhas em seu quimono, acontece algo bem básico de fanservice e minha opinião sobre isso expresso no vídeo, que se segue!

    Pretty Girls Mahjong Solitaire

    Platform: PC
    9 Players

    22
    • Micro picture
      lima · over 5 years ago · 3 pontos

      O som ficou abafado :x
      Tirando isso o resto ficou batuta.
      Sobre o jogo em si... bah. xD

      4 replies
    • Micro picture
      seufi · over 5 years ago · 2 pontos

      um"pouquinho" de fan service...
      ps. Achei sua voz meio baixa no video ^~^

      3 replies
    • Micro picture
      burningorpheus · over 5 years ago · 2 pontos

      Essa menina me lembrou a Haruhi

      1 reply
  • rafaelseiji rafael
    2016-01-07 06:18:26 -0200 Thumb picture
    Post by rafaelseiji: <p>Valkyrie Drive - Bhikkhuni Gameplay Trailer</p><

    Valkyrie Drive - Bhikkhuni Gameplay Trailer

    Valkirye Drive - Bhikkhuni

    Platform: Playstation Vita
    8 Players
    1 Check-in

    2
  • heavenhitman Luiz Henrique Barcelos
    2015-08-26 13:04:17 -0300 Thumb picture

    Fanservice: até onde vai?

    Medium 3120700 featured image

    Algo que vem tomando muito espaço em jogos ultimamente, as vezes até demais. Antes de tudo, vamos ao que significa fanservice.

    Fanservice: é um termo de definição de certo modo vago, utilizados nas mídias visuais, particularmente por fãs de mangá e anime, referindo-se a elementos supérfluos à história principal, mas incluídos para divertir, entreter ou atrair a audiência. Muitas vezes incluem situações de forte conotação sexual ou erótica.

    Algo que vem tomando destaque muito grande na mídia dos jogos, com alguns tendo medidas certas, cenas legais e sem exagerar no apelo enquanto alguns usam de maneira totalmente desnecessária.

    Dead or Alive

    Um jogo de luta, lotado de skins e coisas apelativas demais. O criador da série declarou: "Todos somos um pouco pervertidos, eu sou um pouco. Foi por essa razão que criei Dead or alive Xtreme; para ir ao encontro das pessoas que queriam algo mais casual e sensual mas ao mesmo tempo mantinha esse tom separado do jogo de luta que é DOA. Agora, DOA está um desastre."

    Code of Princess

    Uma princesa que que sai de roupa íntima pra batalha. Faz sentido. Afinal, mostrar os peitos vai fazer os guerreiros errarem todos os golpes.

    Bayonetta

    Uma bruxa que usa o cabelo para fazer golpes poderosos. Viajado? Okay, mas o exagero é praticamente tudo que ele faz ter conotação sexual, inclusive nos golpes que ela realiza no jogo. Um jogo muito bom, mas convenhamos que é exagerado.

    Poderia ainda listar vários jogos, porém prefiro não detalhar essa parte.  Será realmente necessário colocar umas mulheres praticamente nuas para aumentar a venda de um jogo? Ou simplesmente bolar um jogo divertido já não daria o efeito desejado? Eu sinceramente evito ao máximo jogos assim. Em resumo: desnecessário. Deixem sua opinião!

    7
    • Micro picture
      fredson · about 6 years ago · 6 pontos

      Só li bullshit, hehehehehehe.

    • Micro picture
      montanaro · about 6 years ago · 2 pontos

      Cara, não sei... sinceramente, não tenho uma opinião muito definitiva sobre o assunto. O que me preocupa não é o fan service porn (porque há outros tipos de fan service, só que chamados de easter eggs para diferenciar dos de cunho sexual). O que me preocupa mesmo é a desvalorização da mulher, é o desrespeito ao feminino, é a materialização do corpo... Não tenho problemas com algo sensual. Porque afinal a sexualidade faz parte da natureza humana. O problema é tornar o sexo algo como objeto, uma mulher nua como um produto. Mas aí, antes de jogos que usam da sensualidade, primeiro haveria uma taxação sobre a pornografia em vídeos e revistas, dos mais softs aos hardcore, já que eles elevam esse elemento ao extremo da animalização da mulher.

      Mas não vejo o cabelo da Bayonetta como um problema, sinceramente. Até porque é sugestivo, nunca exposto. Do mesmo jeito que a roupa da Chun-Li desde os tempos de SFIITurbo. DoA fica no limite entre o mal-gosto e o desrespeito, de fato. Afinal, o jogo está lá para peitos balançarem, não pela luta em si. Aí é uma inversão de valores. Em Bayonetta, acho, a sensualidade faz parte da personalidade dela.

      Armaduras mínimas? Bem... aí vai da percepção de cada um. Kratos tbm luta contra o Olimpo inteiro só com uns panos amarrados na cintura. O problema de GoW está muito mais nos minigames sexuais que mostram o cara como um pegador e que as mulheres servem a ele do que ele estar pelado.

      Enfim, nem sei se isso chega a ser um argumento... como eu disse, tudo é confuso pra mim.

      2 replies
    • Micro picture
      folha · about 6 years ago · 1 ponto

      existem pessoas que so compram esse tipo de games, então é necessário pra cobrir esse nicho...
      e bayonetta não seria bayonetta sem esse exagero xD

      2 replies
  • anduzerandu Anderson Alves
    2015-06-24 20:36:43 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações - Namco X Capcom

    Zerado dia 24/06/15

    CARACA! Parabéns pra mim pois eu consegui! Fico imaginando quantas pessoas tiveram a paciência pra terminar esse jogo e quantos zerariam hoje em dia. Comecei isso a meses, parei, voltei, vi quantas fases tinham e meio que desisti. Acabei insistindo e segui uma rigorosa rotina pra conseguir terminá-lo.

    Nem lembro exatamente como descobri Namco X Capcom, mas deve ter sido lendo sobre Project X Zone ou hidden gems do PS2. Lembro que vi o nome e a capa e me perguntei: "Um jogo de luta entre a Namco e a Capcom? Como eu nunca ouvi falar dele?". A verdade é que ele nunca saiu fora do Japão (mas ganhou tradução por fãs). Além disso, não é um jogo de luta.

    NXC é exatamente como os seus sucessores: um estágio dividido em quadrados estilo tactics, onde você escolhe por onde cada unidade anda e a quem ataca.

    O jogo mistura personagens de ambas as empresas num crossover mega fanservice onde os vários universos de cada série se juntam numa desculpa esfarrapada. O objetivo dessa galera é derrotar as forças do mal que estão afetando seus mundos e voltar para seus respectivos lares.

    Aqui você vê vários e vários jogos, dos clássicos super conhecidos até alguns mais obscuros (muitos de Arcade antigos e que não saíram do Japão). Você tem cerca de 45 unidades, sendo a maioria formada por duplas. Você tem facilmente uns 60 personagens.

    Lista de personagens principais do jogo.

    É legal ver o Ryu dando uns sopapos no Devil Kazuya, o Megaman matando o M. Bison e etc, mas pra mim o mais legal foi conhecer vários personagens que eu nunca tinha ouvido falar e seus jogos, como o Burning Force, que terminei um dia desses, Tower of Druaga, que aparentemente era muito popular na terra do sol nascente e deu origem a jogos como The Legend of Zelda, Xenosaga, que eu já pensava em jogar e agora vou adiantar, Bravoman, que saiu até no VC do Wii, e por aí vai.

    É muita gente!

    Os inimigos também são desses jogos, a maioria fracotes que você encontra nos primeiros minutos de cada uma dessa séries. Eu demorei um pouco pra perceber isso, pois os inimigos de Klonoa, Dig Dug e os dinossauros de Dino Crisis, por exemplo, parecem super genéricos. Horas depois eu notei que eu os conhecia de algum lugar. Já os vilões de verdade, são figuras bastante conhecidas e mais trabalhadas, como o Armor King do Tekken e Megaman Juno, de Megaman Legends, entre outros muitos.

    O sistema de batalha é bem simples e fácil de pegar: cada fase se inicia com os heróis andando primeiro em ordem de velocidade. Depois os inimigos. A partir de então a ordem de ação se dá pelo AP, pontos que você junta ou gasta conforme age (anda, ataca, fica parado, usa itens, usa skills).

    A ordem fica clara pelos números acima de cada unidade, e conforme você executa ações no seu turno, o número aumenta. Normalmente um personagem que anda e ataca, cai lá pras vigésimas. O tenso é que conforme outras unidades executam ações, elas podem "cortar fila", agindo bem mais cedo. As vezes um personagem que ficou com pouco AP por suas ações, demora séculos para agir novamente, enquanto alguns parecem agir constantemente.

    Claro que o uso do AP sempre fica bem claro. Usar skills para aumentar ataque e defesa ou suar um contra-ataque quando um oponente tenta te bater, gastam bastante dos seus pontos, e você acaba pagando por não receber dano. É bom suar esses recursos quando o oponente for forte ou houver a possibilidade de perder a unidade.

    Por outro lado, quando alguém é atacado, em vez de apenas assistir seu personagem ser atacado, aparecem QTEs para apertar com o direcional que conforme juntam acertos, podem te render até dois AP (dependendo da unidade, ele pode ir da 12ª posição á 1ª de imediato, por exemplo! As vezes mais ou menos). Um exemplo bem tenso foi o último chefe, que a cada um ou dois ataques, já atacava novamente.

    Atacar e ser atacado também rende experiência (não precisa matar o inimigo para upar) assim como enche a sua barra de especial, que podem dando deferir ataques e combos bacanudos quando servir como contra-ataque, de acordo com o personagem e suas habilidades.

    Além disso, executar uma linha de golpes completa (O, O←, O→, O↓ e O↑, em qualquer ordem) resulta em uma boa recuperação de HP ou Mana. O triângulo usa o especial quando a barra estiver cheia.

    Existem também os "Multiple Assault", que aparecem como opção quando você atacar alguém se você alcançar certos requisitos. Quase sempre é estar perto de outra unidade, como o Ken perto do Ryu. Eles atacam juntos com um especial legal e fraco.

    Bom, a maioria dos oponentes morrer com apenas um combo (os vários ataques que você dá no turno da unidade), ou fica nas últimas, o que dificilmente vai fazer você se preocupar em morrer ou recuperar HP (até porque o pouco que você perde, se recupera atacando). Sim, esse jogo é mega fácil! No final a galera dá um pouco mais de trabalho com chefes mais fortes ou um zilhão de inimigos no mapa, mas nada preocupante.

    O mais desafiador do jogo fica por conta das fases  com condições diferentes (normalmente você só perde se todo o time morrer, algo impossível de acontecer). Algumas dessas condições são tipo "Morrigan Aensland morrer", ou seja, se essa sua unidade morrer, Game Over (porque ela com certeza vai fazer algo importante naquela fase em algum ponto). Cheguei a perder ama única vez em NXC numa missão que não podia deixar os monstros subirem a bordo da nave, e um subiu por um penhasco que achei que não fosse possível.

    A pior parte? A duração das fases. Você mata mil monstros fáceis, sem estratégia nenhuma, chega mais um monte, mata metade, "estou detectando forças chegando", mais um monte mais chefes e etc. As primeiras fases duram 1 hora, logo 1h30 minutos. Com 2/3 do jogo, 2 horas. A última + zeramento = 3 FUCKEN horas!

    É super chato e repetitivo. E com um total de 45 fases, você fica louco! No décimo estágio eu já não aguentava mais, de verdade.

    O pior são chefes que você mata e ele "ah, vou fugir". Duas fases depois, volta. E esse processo se repete dezenas de vezes com muitos deles, até que morrem de verdade nas últimas 5 fases, ou por aí.

    O troféu vai para a Saya, personagem original do jogo, que devo ter derrotado umas 22 vezes e sempre com essa desculpa de "ah, estou ficando cansada, nos vemos depois":

    Resumindo: Namco X Capcom é um jogo bem "meh" que vai testar muito a sua paciência conforme mais e mais grupos de inimigos aparecem no mapa, mesmo quando parece que acabou. É normal começar a jogar com o sol lá em cima e acabar uma fase ou outra e já ter anoitecido.

    Repetitivo em suas lutas e inimigos a todo tempo e sem enredo nenhum. Gráficos legaizinhos, sprites simples e bem feitos, mas que ficam pra trás quando comparamos com versões mais atuais, como Super Robot Taisen OG Saga Endless Frontier e Project X Zone.

    Batalhas longas e sem estratégia. Você não vai aguentar chegar nem na metade.

    O que salva na inovação são personagens que aparecem bem depois, como o Megaman Volnutt e Strider Hiryu, que não deram as caras até metade do jogo. Além disso, alguns vilões passam pro seu time também, como é o caso da Lilith, de Darkstalkers, e Judas, de Tales of Destiny. Além disso, os cenários de cada fase sempre são clássicos de cada franquia, bacaninha.

    Se você me perguntar, depois de quase 70 horas de jogo, eu diria que não o recomendo pra ninguém, a não ser que você seja um super fã da Namco E da Capcom, ou desse tipo de fanservice MASSANTE. São muitas horas "desperdiçadas" e é muito melhor ficar apenas em seus sucessores.

    Namco X Capcom

    Platform: Playstation 2
    220 Players
    9 Check-ins

    10
    • Micro picture
      bakujirou · over 6 years ago · 3 pontos

      Opa, sempre tive curiosidade de saber como era este game que iniciou o PXZ do 3DS. Also, invoco a persona de srpg too junto. @enemyturn

      1 reply
    • Micro picture
      game_zone · over 6 years ago · 2 pontos

      tower of druaga tenho do GAME BOY CLASSIC !!

      2 replies
    • Micro picture
      mastershadow · over 6 years ago · 2 pontos

      HUahuaauahu esse game é longo mesmo, zerei ano passado e tennho vontade de jogar denovo um dia....

      1 reply
  • djcoston Eric Alcantara
    2015-06-23 21:40:19 -0300 Thumb picture
    djcoston checked-in to:
    Post by djcoston: <p>#img#[140208]&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp;&nbsp
    Shining Resonance

    Platform: Playstation 3
    45 Players
    2 Check-ins

                                                  01. Shining Resonance

                                                      ★★★★★★★☆☆☆

    Resolvi atualizar o Alvanista, fazendo check-in de todos os que zerei em 2015, então se preparem para o flood.  ( ͡° ͜ʖ ͡°)

    Shining Resonance foi o primeiro RPG e jogo que zerei no ano. Ele possui um excelente e rápido sistema de batalha que acontece na mesma tela quando se encontra com um inimigo, e diferente do seu "irmão de lançamento", o Tales of Zestiria , ele não sofre de problemas com a câmera te atrapalhando em ambientes fechados e a parte técnica é bem superior se comparado ao mesmo . Mas nem tudo são flores,  os personagens possuem pouca variedade de ataques tornando o jogo bastante repetitivo e cansativo, ainda mais pelo fato de você ter que percorrer todo o caminho entre cidade e "dungeon" toda hora porque  ele não possui um sistema de transporte e existe somente uma cidade o jogo todo (Fora que a maioria das interações e até progressão na história são feitas nessa cidade).  


    Sobre a dificuldade, Resonance possui um bom desafio e os chefes realmente te dão um certo trabalho, mas existe uma possibilidade de quebrar o jogo fazendo algumas combinações de habilidades (ou personalidades), deixando QUALQUER inimigo sem reação, vocês podem conferir esse esquema nesse vídeo:

    Também posso adicionar que uma das partes do jogo podem fazer travar os jogadores por te obrigar a jogar com dois dos personagens, que se acaso tiverem com o level muito abaixo do seu principal será impossível progredir no jogo sem ter que grindar com eles, pois o level dos inimigos se escala  com o mais alto do seu grupo .

    Quanto a Trilha Sonora, o jogo é bastante competente e possui um ótimo repertório tanto de músicas orquestradas, quanto a algumas cantadas (não é a toa, já que o jogo é baseado em música) . Pena que não se encontra elas no Youtube, então vou deixar um dos temas do "campo":

    Enfim, muita gente tem vontade de jogar ele por possuir os gráficos bastante atraentes, etc, mas não sei se é um jogo recomendável para qualquer jogador. Talvez deva valer mais para fãs hardcore do gênero RPG, principalmente para os que gostam do tão falado "fanservice".

    Ainda pretendo platinar ele pois não falta muita coisa, mas não sei se farei esse ano.


    Fica aqui uma imagem em especial para o @zir0 que fica postando imagens de "menininhas" com pouca roupa por aqui no Alvanista :v

    5
    • Micro picture
      zir0 · over 6 years ago · 1 ponto

      so no jap mesmo esse jogo ? gostei do fanservice o/

      2 replies
    • Micro picture
      fonsaca · about 6 years ago · 1 ponto

      Jogou em japa mesmo ou já saiu uma versão em inglês?

      2 replies

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...