• 2016-11-26 11:44:00 -0200 Thumb picture

    Traduzem, logo catalogamos

    Medium 369702 3309110367

    Já faz um tempo que dei continuidade ao ótimo tópico de traduções do Fórum RPG Players e com isso o número de projetos que reunimos já ultrapassa a casa dos 100 RPGs traduzidos/em tradução!

    http://www.rpg-players.com/t942-traducoes-de-rpgs-...

    A última atualização do nosso tópico/planilha foi no dia 24/11 onde incluímos os seguintes jogos:

    *Dual Orb 2 (SNES, imagem)

    *Dragon Ball Z: Super Gokuden - Totsugeki-Hen (SNES)

    *Pokémon Green (Game Boy)

    *Super Robot Wars (Game Boy)

    *Fishing King Adventure: Kite's Adventure (GBC)

    *Sylvanian Families: The Fairyland Pendant (GBC)

    *Wizardry Empire (GBC)

    *Wizardry Gaiden: Suffering of the Queen (Game Boy)

    *Wizardry Gaiden 2: Curse of the Ancient Emperor (Game Boy)

    *Wizardry: Proving Grounds of the Mad Overlord (GBC)

    *Wizardry 2: Knights of Diamonds (GBC)

    *Wizardry 3: Legacy of Llylgamyn (GBC)

    *Heracles no Eikou 4 (SNES)

    *Tenshi no Uta (SNES)

    *Chou Mahou Tairyku Wozz (SNES)

    *Emerald Dragon (SNES)

    Todos que quiserem ajudar podem partilhar traduções que ainda não estejam no tópico ou as que tenham traduções finalizadas para editarmos o status de "incompleta".

    [@jvhazuki | Box art: Mercado Livre

    Dual Orb II

    Platform: SNES
    37 Players

    16
    • Micro picture
      bakujirou · over 5 years ago · 2 pontos

      hm. preciso criar cadastro nesta comunidade dia destes... dai confiro os detalhes melhor.

    • Micro picture
      rax · over 5 years ago · 2 pontos

      alias,fiquei interessado agora nesse Dual orb

    • Micro picture
      santz · over 5 years ago · 2 pontos

      Esse Dual Orb II é um joguinho bem massa.

  • 2016-08-25 23:05:11 -0300 Thumb picture

    Dual Orb II

    Quem nunca ouviu falar sobre Chrono Trigger ou Final Fantasy? Ou quem sabe Dragon Quest, Ys? Grandia? Mas, e se nos aprofundarmos um pouco mais nesse mar de RPGs o que iríamos encontrar?

    Bem, é o que vamos descobrir aqui nessa nova série de posts especiais. Nossos mergulhadores irão se aprofundar até os confins do oceano deste mundo maravilhoso que tanto nos encanta desde dos meados dos anos 80 e quem sabe até desbravar por completo várias dessas joias raras encontradas, que por algum motivo ou outro nunca emergiram na “superfície” maistream do gênero!

    Mas já adianto que tudo não vai dar! Pois a lista é imensa, mas faremos o possível para trazer até vocês as pérolas escondidas de forma mais detalhada e ilustrada possível!

    Vale lembrar que esse trabalho nunca seria possível se não fosse a dedicação e o empenho de diversos grupos de tradutores, que em idos dos anos 2000 e até hoje, fazem a festa e a alegria dos fãs do estilo, sempre trazendo uma outra dessas jóais já devidamente lapidada em um idioma que possamos compreender plenamente!

    RPGs perdidos no Japão ou que quase ninguém conhece!

    Pra começar, vamos falar de um jogo que é pouco conhecido por nós, meros ocidentais que não tivemos a sorte de nascer no arquipélago japonês (ao menos quando se trata de jogos), porém foi uma das mais gratas surpresas que um RPG gamer pode descobrir, graças ao advento da emulação e do romhacking: Dual Orb 2 do Super Famicom (para quem não sabe, o Super Nintendo Japonês)

    Dual Orb II

    Lançado em 1994 pela I’MAX e distrubuído pela propria Nintendo na terra do Sol Nascente, o jogo conta com gráficos e sprites bélissmos para a época e a plataforma, quebrando o paradigma de que só a até então SquareSoft e Enix – e posteriormente também a Tri-Ace sabiam como levar a plataforma ao limite de sua paleta de cores em se tratando de RPGs.

    Dual Orb 2, pode ser um RPG simples e arcaico mas que possui todas as características que estamos acostumados nos RPGs de grande renome, como Final Fantasy, Chrono Trigger e Dragon Quest! Não que isso seja um defeito! De forma alguma, isso somente facilita a interação do jogador com o jogo.

    Ao começar o jogo, você assistirá a uma breve animação animação (não, nada de CGs pré rendirazadas, é tudo pixel mesmo, vamos lembrar que ainda estamos no Super Nintendo). Nela você verá dois jovens salvam a humanidade de um dragão através do Orb! E mais nenhum detalhe é revelado. Alguns séculos depois o High Priest do reino de Garade encontra um bebê abandonado na neve, em uma cadeia de montanhas proxima a região. Ele por sua vez leva o bebê até ao castelo aonde o rei decide adotálo e tomálo como um morador real criado pelo sacerdote.

    O muleque então cresce ao lado de Lagnus o herdeiro de Garade, que é um tanto obcecado por aventuras e poder. Quando ambos atingem quase a fase adulta, uma nova ameaça surge no mundo! Uma ameaça do passado… E é ai que nosso jogo realmente começa!

    Seguindo este contexto você, Lagnus e várias outras companhia partem nesta incrível jornada onde seu objetivo principal é deter o reino de Kardosa que almeja destruir o mundo (pra variar, o mundo dos RPGs realmente devem ser lugarem bem inóspitos para se viver, pois sempre tem alguém querendo destruí-los) com sua tecnologia avançada guiado pelo professor Hardwick! Para evitar isso somente reunindo as três Gemas e invocando o Orb, para impedir o fim da humanidade!

    A jogabilidade do game é realmente simples e eficaz! Basicamente você irá mover-se e explorar o ambiente, o que não será tarefa árdua para qualquer jogador inciante. Basta andar de lá para cá, examinar algumas estantes em busca de itens e falar com todo mundo diversas vezes (básico em qualquer RPG, examine tudo, fale com todos e lute bastante).

    Quanto as armas há algo realmente de inovador aqui (ao menos para sua época!) O Blacksmith, o ferreiro aonde é possível pagar para dar um “empurrãozinho” em suas arma e torná-la cada vez mais eficiente, até que se torne poderosa o bastante para os desafios que hão de surgir! Toda arma tem 20 níveis de força, contando o zero e esquecendo das amaldiçoadas que têm o -1! Inicialmente o preço é 200, depois 400, depois 800 e assim progressivamente, pouquinho né? Mas dependendo da arma no final cada upgrade poderá custar cerca de 100.000 Gold! Uma verdadeira facada no peito! Isso é legal por um lado, pois não tem que comprar a cada cidade nova novos equipamentos, porém é ruim porque muitas vezes você consegue uma espada e apesar dela estar mais fraca quando consegui-la, após ser evoluída poderá se tornar muito mais forte que uma Long Sword inicial, ou até mesmo se tornar uma arma bem acima da média!

    Na parte sonora o jogo deixa um pouquinho a desejar, apesar de conter algumas faixas até que divertidas e coerentes, ao menos eu não me lembro de nenhuma musica realmente memorável de sua trilha sonora, apesar de nunca ter terminado o jogo propriamente dito! Talvez esteja mais do que na hora de dar aquela jogadinha esperta e conduzi-lo até o seu desfecho, o que acham?

    Perdidos no Japão é uma série especial, aonde iremos abordar a maioria dos J-RPGs que nunca foram lançados oficialmente no ocidente, mas que tiveram sua devida localização realizada por fãs, fica aqui uma homenagem aos romhackings, que por muitos e muitos anos, dedicaram boa parte de seu tempo e esforços, para trazer a nós ocidentais verdadeira pérolas do arquipélago japonês!

    ► Matéria by Richeter Belmont

    Dual Orb II

    Platform: SNES
    37 Players

    4
    • Micro picture
      santz · almost 6 years ago · 2 pontos

      Esse jogo é bacaninha, mas tem 2 partes nele que são uma desgraça: o maldito puzzle do navio com os barris. E a pior de todas, o chefe numa caverna lá, difícil pra poha!

      8 replies

Load more updates

Keep reading → Collapse ←
Loading...