• 2020-11-16 23:32:59 -0200 Thumb picture

    Games DECEPCIONANTES de ÓTIMAS Franquias #2

    Há um tempinho atrás fiz um vídeo sobre os Games Decepcionantes de Ótimas Franquias, onde listei alguns daqueles jogos que realmente não me desceram…! Hoje trago um segundo Episódio desse tema, com alguns outros que acabaram não satisfazendo minhas expectativas. Lembrando: esse Canal tem como um de seus principais objetivos se tornar uma Comunidade, um espaço onde todos possam discutir e expor suas opiniões com outros jogadores! :) Portanto, fica a vontade pra deixar aí seu ponto de vista, mesmo que não concorde com os Games presentes no vídeo! Tudo de forma civilizada, é claro! Paz Gamers! Uma ótima semana a todos e até o próximo vídeo! o/ INSCREVA-SE! ;)

    Metal Gear Survive

    Platform: Xbox One
    12 Players
    2 Check-ins

    4
  • zombie Thor Sessa
    2013-12-22 12:23:49 -0200 Thumb picture

    As 10 maiores decepções de 2013 - Segundo o Kotaku

    Todo ano é a mesma coisa. Parte dos jogos que nós esperamos com ansiedade acabam realmente sendo bons e alegrando nossos corações por algumas semaninhas. Outros… bem, os outros vêm parar na lista de maiores decepções do ano.

    Durante este ano, não faltou material para rechear nossa lista. As decepções foram grandes e bastante inesperadas. Venha com a gente, então, e prepare-se para encher o seu coração de amargura enquanto relembra aquilo que gostaria de esquecer.

    E se sua decepção em particular ficou de fora, basta chorar as pitangas na sessão de comentários.

    The Bureau: XCOM Declassified

    Esse entra na categoria de decepções já aguardadas. Depois de toda a bagunça na produção do XCOM shooter, era de se esperar que o resultado não fosse muito positivo.

    E não foi mesmo. Fique no Enemy Unknown que você ganha mais.

    Gears of War: Judgement

    “Lança aí uma prequel sem propósito com subtítulo genérico que não adiciona nada à franquia, para distrair os fãs e ganhar uns trocadinhos enquanto nosso console de nova geração não é lançado e não podemos lançar Gears of War 4“, disse a Microsoft.

    God of War: Ascencion

    “Lança aí uma prequel sem propósito com subtítulo genérico que não adiciona nada à franquia, para distrair os fãs e ganhar uns trocadinhos enquanto nosso console de nova geração não é lançado e não podemos lançar God of War 4“, disse a Sony.

    Dead Space 3

    Como os gigantes podem cair. Dead Space é um dos melhores jogos de terror da geração que passou. Dead Space 2 traz uma excelente mistura entre terror e ação que conseguia agradar ambos os públicos.

    Dead Space 3 vendia armas dentro do jogo com dinheiro de verdade e te colocava em tiroteios contra outros humanos. Podemos bater os últimos pregos no caixão da franquia, e mandar um forte abraço para a Electronic Arts. Valeu mesmo, caras.

    Beyond: Two Souls

    Convenhamos que, se você estava esperando por Beyond, provavelmente estava na expectativa por um jogo melhor e mais interessante do que Heavy Rain. Infelizmente, apesar de todas as estrelas envolvidas no projeto (e fazendo bons trabalhos, diga-se de passagem), Beyond acabou se preocupando demais em contar a própria história para ser um bom jogo.

    Heavy Rain aproxima a linguagem cinematográfica da interativa de maneira incrível, se nunca tirar o controle das mãos do jogador. Beyond, infelizmente, poderia muito bem ser apenas um filme.

    Sonic: Lost World

    Quando achavamos que o Sonic finalmente conseguiria emergir de vez da fossa que foi cavando para si mesmo ao longo das últimas décadas…surge Lost World. Um jogo que tinha tudo para dar certo, mas acabou sofrendo de todos os mesmos problemas que afetam o ouriço azul desde que ele decidiu fazer sua conversão para o mundo 3D.

    Infelizmente, meus amigos, o ciclo do Sonic se completa novamente.

    Batman: Arkham Origins

    Um belo exemplo da praga que é tentar ordenhar uma franquia até a última gota, sem nenhum apoio de novas mecânicas ou boas ideias. Origins é, quase literalmente, uma cópia de seu antecessor em todos os sentidos. Inclusive nos cenários, diga-se de passagem.

    Você pode entender melhor o drama no nosso review do jogo

    Remember Me

    Remember Me não é ruim. Ele só é… meh. Sem graça, sem alma, sem nada de novo para atiçar o nosso interesse. Por mais bem intencionado que seja, o game não consegue superar as barreiras padrões do gênero em que se colocou, e acabou fedendo nem cheirando.

    SimCity

    O novo SimCity poderia ter sido um jogo maravilhoso. Poderia, mas servidores lotados e uma obrigatoriedade forçada por online, aliado a outras dezenas de pequenos problemas, propagandas baratas enfiadas pelo jogo e uma sensação de que a EA nos odeia conseguiram estragar o que deveria ter sido um retorno glorioso à brincadeira de ser prefeito de uma cidade.

    Aliens: Colonial Marines

    Esse jogo é o exemplo máximo de decepção do ano de 2013, e talvez de toda a geração que está acabando. É uma sinfonia nojenta de fracassos durante a produção, mentiras por parte dos desenvolvedores e falta de respeito com uma franquia tão incrível como Alien.

    Tudo isso culminou em uma porcaria quase impossível de se jogar, e mais que impossível de se curtir. Parabéns, Gearbox, por matar os nossos sonhos.

    8
    • Micro picture
      sephiroth95 · over 7 years ago · 0 pontos

      Sacanagem essa do Batman né. Não gosto dessa história de "se não inova não é bom". Melhor continuar do jeito que já é bom do que "inovar" e acabar matando a franquia como aconteceu em Resident Evil e Dino Crisis.. : (

    • Micro picture
      slashgoodboy · over 7 years ago · 0 pontos

      Se não inovar = Falta de inovação/Mais do mesmo
      Se inovar = Desvia das origens, acaba a franquia.

      Hoje o pessoal não sabe simplesmente "jogar" e ver o que ele tem de bom.

    • Micro picture
      frankpsn · over 7 years ago · 0 pontos

      Não devia por o GoW ai. Porque todo mundo sabia que seria uma merda. :)

Load more updates

Keep reading → Collapse ←
Loading...