• felipe_turesso Felipe Turesso
    2021-08-03 14:44:55 -0300 Thumb picture
    Post by felipe_turesso: <p>Code Geass certamente é um anime com diversas co

    Code Geass certamente é um anime com diversas coisas interessantes. Sendo assim, elaborei um vídeo para explanar sobre detalhes que envolvem o Império Sagrado de Britannia, morô? Divirtam-se aí.

    Code Geass: Hangyaku no Lelouch

    Platform: Nintendo DS
    14 Players

    6
    • Micro picture
      jcelove · 10 months ago · 2 pontos

      Grande exemplo de pai na thumb, só perde pra Gin Freecs, Vincent do FF XII, Big Boss e Matsumasa Kido.hehe

  • felipe_turesso Felipe Turesso
    2021-08-03 14:36:50 -0300 Thumb picture

    O Império de Britannia e o Darwinismo Social

    Medium 3876829 featured image

    Certamente Code Geass é um ótimo anime, haja vista seu enredo incrível com várias reflexões e um desenrolar interessantíssimo. Um anime altamente recomendado, afinal ele é não é muito longo (apenas 50 episódios), possui uma estória coesa, não existem fillers, portanto, todo episódio está acontecendo alguma coisa, há bons personagens, dentre outras notáveis características.

    Dentre várias coisas que são espetaculares neste anime, destaca-se o episódio seis da primeira temporada, mais precisamente o final deste no qual demonstra o Imperador Charles zi Britânia discursando no velório de seu filho, Clovis la Britânia. Durante seu pronunciamento, existem várias coisas que são interessantes de serem analisadas.

    Charles inicia seu discurso falando sobre igualdade:

    "Os homens não são criados iguais. Alguns nascem mais rápidos. Alguns são mais bonitos. Alguns nascem de pais pobres, enquanto outros nascem doentes e fracos. No nascimento, na educação e nas habilidades todos os seres humanos são diferentes. Sim. É por isso que as pessoas discriminam umas às outras. E, por isso, elas lutam e sofrem. E, ao fazer isso, elas progridem. A desigualdade não é errada, a igualdade que é!".

    Inicialmente o discurso de Charles é interessante, pois evidentemente todos nós somos criados de forma diferente. Cada ser humano possui suas particularidades, não à toa que existem cientistas, artistas, políticos, juristas, enfim. Cada pessoa possui seus dons, por assim dizer, e os explora, além da nossa personalidade que nos faz diferentes uns dos outros.

    O discurso de Charles vai de encontro com algumas afirmações do filósofo inglês Thomas Hobbes. Em sua famosa obra “Leviatã”, Hobbes explana sobre igualdade, autoritarismo e absolutismo. No Capítulo XIII do livro[1], ele afirma que mesmo que existam pessoas fisicamente mais fortes que outras ou pessoas que sejam mais inteligentes que outras, nenhuma delas está completamente a salvo. Isto não significa que a pessoa fisicamente mais forte ou a mais inteligente seja superior e imune aos demais, pois a pessoa mais fraca consegue matar a mais forte seja de forma furtiva, seja se unindo com outras pessoas para este propósito. Ao contrário do Imperador Charles, Hobbes afirma que todos os humanos são iguais, pois possuem igualdade de capacidade de se ferirem[2]:

    "(...) como é fácil até o mais fraco dos homens matar o mais forte, não há razão para que qualquer homem, confiando em sua própria força, deva se conceber feito por natureza superior a outrem. São iguais aqueles que podem fazer coisas iguais um contra o outro; e aqueles que podem fazer as coisas maiores (a saber: matar) pode fazer coisas iguais. Portanto, todos os homens são naturalmente iguais entre si; a desigualdade que hoje constatamos encontra sua origem na lei civil (Do cidadão, I, § 3, p. 29)".

    Possivelmente estas afirmações de Thomas Hobbes inspiraram o princípio fundador de Britânia, haja vista a ideia do Estado de Natureza. O que é isto? Basicamente seria uma situação que antecede a existência de sociedade civil como conhecemos, sendo assim, os humanos vivem em circunstâncias naturais, são totalmente livres para fazerem o que bem entenderem e estão em constante conflito entre si, haja vista a escassez de recursos, além da vontade das pessoas em satisfazer seus desejos e interesses. Em outras palavras, os humanos buscam sobreviver a qualquer custo e não há uma entidade soberana que garanta a ordem e limite a liberdade das pessoas. O ser humano é uma ameaça para si mesmo e por isto há guerra. Trata-se de uma anarquia e algo similar a vida dos animais na natureza.

    Charles prossegue com seu discurso:

    "E quanto à EU, que fez da igualdade um direito? Isso leva à anarquia para melhorar a própria reputação deles.

    E a Federação Chinesa que igualou a distribuição de riqueza? Virou uma nação de tolos preguiçosos!".

    Ressaltando-se que EU se refere à Europia United, que pode ser traduzido como Europia Unida.

    Nesta parte, Charles critica os sistemas que estes países adotaram. Ao que tudo indica, esta Europia é um Estado democrático e possivelmente estabelece em sua constituição que todas as pessoas são iguais perante a lei, assim como a Constituição Brasileira determina em seu Artigo 5º que "Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, (...)".

    A Federação Chinesa aparentemente respeita mais os direitos humanos do que Britânia, embora também seja uma monarquia absoluta.

    Por outro lado, o Império Sagrado de Britânia é uma monarquia absolutista e certamente não possui qualquer legislação que estabeleça a igualdade entre as pessoas, pois na Área 11 se vislumbra que há uma superioridade dos cidadãos de Britânia em relação aos cidadãos japoneses, agora denominados simplesmente como Elevens ou Onze, apesar de ser possível um Eleven se tornar um cidadão honorário de Britânia.

    E o Imperador continua:

    "Mas não nossa amada Britânia! Nós lutamos e competimos. Continuamos evoluindo constantemente.

    Somente Britânia segue em frente, avançando para o futuro! E assim continua, mesmo com a morte do meu filho Clovis. Essa é a prova de que Britânia continuará evoluindo.

    Lutem! Compitam, roubem, conquistem e dominem!

    E, no final, o futuro será nosso!

    Todos saúdam Britânia!".

    Nesta parte final, identifica-se um importante valor para Britânia: evolução. Enquanto os britânianos continuarem lutando, competindo, conquistando e dominando, eles estarão evoluindo. Percebe-se que há a ideia de que Britânia é superior e que os demais países do mundo são inferiores. Claramente isto está relacionado ao Darwinismo Social, mas o que é isto? De acordo com Maria Augusta Bolsanello[3]:

    "O darwinismo social pode ser definido como a aplicação das leis da teoria da seleção natural de Darwin na vida e na sociedade humanas. Seu grande mentor foi o filósofo inglês Herbert Spencer (1820-1903), que inclusive criou a expressão "sobrevivência dos mais aptos", que mais tarde também seria utilizada por Darwin. O darwinismo social considera que os seres humanos são, por natureza, desiguais, ou seja, dotados de diversas aptidões inatas, algumas superiores, outras inferiores. A vida na sociedade humana é uma luta "natural" pela vida, portanto é normal que os mais aptos a vençam, ou seja, tenha sucesso, fiquem ricos, tenham acesso ao poder social, econômico e político; da mesma forma, é normal que os menos aptos fracassem, não fiquem ricos, não tenham acesso a qualquer forma de poder."

    Diante disto e de acordo com o Darwinismo Social, há uma segregação humana onde os humanos superiores sobrevivem e os humanos inferiores são eliminados. Isto é exatamente o que o Imperador Charles busca demonstrar em seu discurso. Ele quer deixar claro que a morte de seu filho, um príncipe imperial, não afeta ele e muito menos a nação britâniana. É como se ele fosse um ser menos apto, portanto, fracassou. Além disto, Charles zomba das outras potências mundiais e, claramente, o Império de Britânia despreza os povos de outros países.

    Apenas para se ter noção do quão insana são as ideias do Darwinismo Social, ressalta-se que o Nazismo possui semelhanças, pois de acordo com Gabriel Saldanha Lula de Medeiros[4],:

    "(...) [a] ideologia racial do nacional-socialismo, portanto, é uma combinação entre pseudociência racista, darwinismo social, antissemitismo e paganismo nórdico, uma vez que algumas alas do Partido Nazista acreditavam que os arianos seriam descendentes dos deuses nórdicos da era pré-cristã".

    A ideia de que Britânia se considera uma nação com humanos pertencentes a uma raça superior se vislumbra em seu próprio hino nacional:

    (...)

    Our Emperor stands astride this world

    He'll vanquish every foe!

    His truth and justice shine so bright

    All hail his brilliant light!

    Never will he be overthrown

    Like mountains and sea

    His bloodline immortal and pure

    All Hail Britannia

    (...)

    Nosso imperador está montado neste mundo

    Ele vai vencer todos os inimigos!

    Sua verdade e justiça brilham tanto

    Todos saúdam a sua luz brilhante!

    Nunca ele vai ser derrubado

    Como as montanhas e o mar

    Sua linhagem sanguínea imortal e pura

    Todos saúdam Britânia!

    Além de outras questões e o discurso do Imperador Charles, o trecho destacado no hino é a maior evidência de que provavelmente o Darwinismo Social está presente no Império Sagrado de Britânia há um certo tempo ou nos primórdios da fundação desta nação.

    Sendo assim, juntando a ideia do Estado de Natureza de Hobbes e o Darwinismo Social se vislumbra que Britânia prega a sobrevivência do mais apto. Esta ideia é o princípio fundador de Britânia enquanto para outros países pode ser a liberdade, a democracia ou a igualdade. Se no início de Britânia este não era seu princípio fundador, tornou-se após um tempo.

    Para Britânia, o princípio que norteia e molda o povo britâniano é a constante luta pela sobrevivência dos mais aptos e, consequentemente, superiores, portanto, dos britânianos. Isto se vislumbra na existência da facção dos puros-sangues liderada por Jeremiah Gottwald, ou seja, britânianos que pregam a abolição do sistema de cidadania honorária e que apenas britânianos podem integrar as forças armadas e a sociedade, caso contrário, Britânia seria maculada por estrangeiros.

    Apesar disto, pode ser que nem todos os britânianos se considerem seres superiores. Aparentemente a ideia de competição e conflito gerar evolução foi bem aceita pelo povo britâniano. Em outras palavras, com a adoção do Darwinismo Social, Britânia se baseou na meritocracia, sendo assim, qualquer um pode evoluir na sociedade britâniana desde que se esforce e obtenha seus méritos. Aquele que for apto o suficiente sobreviverá e evoluirá. Tornar-se-á um indivíduo digno, por assim dizer.

    Isto se vislumbra com o fato de que o próprio Kururugi Suzaku se tornou um britâniano honorário e obteve privilégios que outros Onze não possuem. Obviamente que para pessoas que são Números, ou seja, pessoas que pertencem à países que foram dominados por Britânia, existem critérios que precisam ser cumpridos para obter este estado de cidadão honorário.

    Dito isto, embora existam britânianos que tenham desdém contra aqueles que não são britânianos, como a facção dos puros-sangues, ao que tudo indica a sociedade de Britânia não encara isto de uma forma tão radical, haja vista a existência deste sistema de cidadania honorária e que os ideais desta facção não são compartilhados tão absolutamente, pelo menos não na Área 11.

    De qualquer forma, a ideia do Darwinismo Social combinada com o Estado de Natureza certamente é um princípio fundador do Império Sagrado de Britânia e que influencia demasiadamente o povo desta nação, isto é, o etos. Aliás, o próprio nome do Imperador Charles possivelmente adveio de Charles Darwin.

    Talvez tudo isto possa ser óbvio para alguns, entretanto são detalhes que existem no anime de Code Geass que valem a pena serem ditos e eventualmente estudados.

    Referências:

    [1] HOBBES, Thomas. Leviatã ou Matéria, Forma e Poder de um Estado Eclesiástico e Civil. Tradução de Eleonora Magalhães de Gusmão, Clube de Autores, 2020. – p. 80-82.

    [2] FREITAS, Willam Gerson de. Hobbes: Igualdade e diferença entre os indivíduos. Pensando – Revista de Filosofia. Vol. 3, Nº 5, p. 228-237, 2012. Visto em 30/03/2021. Disponível em <https://revistas.ufpi.br/index.php/pensando/article/view/595>.

    [3] BOLSANELLO, Maria Augusta. Darwinismo social, eugenia e racismo "científico": sua repercussão na sociedade e na educação brasileira. Educ. rev., Curitiba , n. 12, p. 153-165, Dec. 1996 . Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40601996000100014&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 18/04/2021.

    [4] MEDEIROS, Gabriel Saldanha Lula de. A mentalidade hitlerista: como se formou o ideário político nazista. Id on Line Revista Multidisciplinar e de Psicologia. Vol. 14, N. 49, p. 615-633, Fevereiro/2020. Disponível em <https://idonline.emnuvens.com.br/id/article/view/2355>. Acesso em 18/04/2021.

    Code Geass: Hangyaku no Lelouch

    Platform: Nintendo DS
    14 Players

    5
  • felipe_turesso Felipe Turesso
    2021-04-19 20:34:52 -0300 Thumb picture

    O fim de Code Geass

    Certamente Code Geass é um dos meus animes favoritos. Aqueles que não conhecem, recomendo totalmente que assistam, pois é muito bom. Possui apenas 50 episódios, uma narrativa incrível e disponível na Netflix.


    De qualquer forma, eu desenvolvi uma teoria que envolve o final do anime e elaborei um vídeo para falar mais sobre isto. Já faz um tempo que fiz este vídeo, mas divulgar sempre é bom. Espero que gostem :D

    Code Geass: Hangyaku no Lelouch

    Platform: Nintendo DS
    14 Players

    7
  • 2020-11-11 19:29:17 -0200 Thumb picture

    Code Geass

    Ano - 2006

    Número de episódios - 50

    Disponível em Netflix - Sim

    Disponível em Amazon Video - Não 

    Disponível em Crunchyroll - Não 

    Sinopse: No ano de 2010 o império mundial de Britannia invadiu o território japonês. Após pouco tempo de conflito, o governo nipônico se rendeu, mesmo que ainda tivesse condições de manter o conflito, e com isso vários grupos revolucionários descontentes com a situação surgiram. Um deles, denominado de Cavaleiros Negros, consegue chamar atenção do público, devido aos possíveis milagres táticos que seu líder, Zero, conseguia realizar. Mal sabem que a real identidade desse indivíduo é a de Lelouch Lamperouge, um dos filhos do Imperador, que foi expulso da família real e jurou vingança por ele e por sua irmã cega e paralítica. 

    ___________________________________________________________________

    Code Geass é um dos animes os quais pensei várias vezes antes de recomendar aqui no Arco, já que ele tem alguns problemas bem zoadinhos em sua execução. Porém, depois de muuuito pensar e refletir, decidi trazer ele aqui na persona, já que no fim das contas seus pontos positivos acabam prevalecendo, então vamos dar uma olhada nele! 

    A trama do anime é protagonizada por Lelouch Lamperouge, um cara que teve sua mãe morta e com isso foi chutado da família imperial pelo seu pai, o Imperador, tendo que ir morar escondido no Japão junto com sua irmãzinha inválida, Nunally. Por dentro o cara sempre quis vingança por causa disso, e viu sua chance aparecer quando ganhou um estranho poder mágico dado a ele por uma dona bonitona de cabelos verdes chamada CC: o Geass. 

    Com o Geass, Lelouch podia dar ordens inquestionáveis para qualquer um que lhe olhasse nos olhos, e por ser deveras inteligente, usou um grupinho mequetrefe de revolucionários japas como peões, fundando assim a Ordem dos Cavaleiros Negros, sempre aparecendo mascarado em público e com a alcunha de Zero.

    Porém nem tudo são flores pro cara, e seu melhor amigo, Suzaku, virou um cavaleiro fodão imperial, controlando um robô branco destruidor de exércitos chamado Lancelot. E por ser bem puritano feito um paladino mesmo, vive interferindo nos planos de Zero, sem saber quem ele é e tudo o mais. 

    Em resumo a trama gira em torno desse conflito moral entre maquiavelismo e moralismo, além de também tocar em pontos muito interessantes sobre meritocracia e tudo o mais. O anime possui um cast gigantesco, mas Lelouch ganha disparado o destaque, ainda mais que ele foi diretamente baseado em um dos protagonistas de Legend of The Galactic Heroes, o Reinhard Von Loengrann, então não tinha como dar errado, hauhaua

    O anime foi um verdadeiro estrondo, isso porque usou e abusou de vários elementos de sucesso na época, como mechas, harem, character design de Takahiro Kimura (o cara de Godannar e Gun x Sword) e do CLAMP (as donas criadoras de MKR e Chobits), além de uma boa animação por parte do estúdio Sunrise. Infelizmente tudo isso também acabou atrapalhando muito a série, já que o sucesso foi tamanho que fizeram a segunda temporada com 1 ano de diferença da primeira e o resultado não ficou tão boa assim... Felizmente o final da história é show e acaba compensando os deslizes, mas com certeza a obra poderia ter alçado voos bem maiores se a tivessem feito com mais paciência e tudo o mais...

    E falando em final, também existe uma trilogia de filmes (lançada a partir de 2017) que fazem um resumo da série de TV. Porém não é recomendado optar por eles, já que muita coisa foi compactada (e um evento EXTREMAMENTE IMPORTANTE sequer acontece) e lançaram recentemente até um 4º filme, que conta o que aconteceu após o término da história, sendo esse uma continuação desnecessária e terrivelmente mal feita. Então é melhor esquecer que essas coisas existem mesmo e ficar apenas com os 50 episódios do anime.

    Enfim, após dito isso, fica a recomendação de Code Geass que, apesar de tudo, é um anime bem peculiar com um dos melhores protagonistas dos últimos anos, e certamente é algo que vale a pena dar uma conferida, com a Velha, que foi quem criou o primeiro Geass no mundo, assinando embaixo!

    Link para uma planilha com todos os posts do Arco aqui XD

    Code Geass: Lost Colors

    Platform: PSP
    9 Players
    2 Check-ins

    33
    • Micro picture
      jcelove · over 1 year ago · 4 pontos

      Eu ignorei Code Geass ppr anos, so fui ver a serio meses atras qdo vi ma netflix e virou um dos animes favoritos. Lelouch é sinistro, muito mais genio q o Light, com a diferença de nao ser um psicopata com ego infado. Ele é arrogante e calculista mas tem um objetivo claro e sente o peso das atrocidades q comete.

      O ultimo ova realmente forpa a barra, a serie ja fecha de forma perfeita MAS confesso que curti o fanservice de rever a galera e vale pela parte em q o Lelouch ajusta o plano on the fly enquanto descobre a habilidade da vilã e usa contra ela.hehe

      De anime recente so fui ver algo parecido em nivel de estrategia com a garotada de promissed neverland. Norman, Ray e Emma sao bins protagonistas nessa pegada.

      10 replies
    • Micro picture
      rax · over 1 year ago · 2 pontos

      Caralho já tem 14 anos Code Geass...

      13 replies
    • Micro picture
      lukenakama · over 1 year ago · 2 pontos

      Qual evento importante não acontece nos filmes de recap?

      7 replies
  • mateusfv Mateus Vailate
    2017-12-11 23:14:07 -0200 Thumb picture

    [meio off topic] Tem algum anime/mangá que vocês queriam ver um jogo?

    Tipo eu estava de boa aqui na rede, quando hoje mais cedo li que o Jun Fukuyama ia dublar o Joker na nova animação do Persona 5, e o Jun Fukuyama dubla o meu personagem favorito, do meu anime favorito, Lelouch Lamperouge o gênio revolucionário de Code Geass, e me lembrei que até hoje espero um jogo de estratégia baseado no anime, pq afinal tem tudo a ver com o mesmo, eu sei q existem uns jogos de batalha de mecha pro PSP e um Visual Novel pro PSP e PS2, mais todos são em japonês uhsahusahuas, inclusive se saísse um jogo de mecha baseado no anime pro PS4 n seria nada mal XD.

    Mais a questão é tem algum anime que vocês queriam ver um jogo de um gênero especifico?

    E qual o anime favorito de vcs?

    A aqui tá o link do texto pra quem tiver interessado:

    http://alvanista.com/l_am_thou/posts/3574974-trans...

    Inclusive vlw glr do I_am_thou por espalhar a noticia XD

    19
    • Micro picture
      manoelnsn · over 4 years ago · 4 pontos

      Mahoujin Guruguru, que está passando na temporada atual. Ele até tem 2 jogos pra snes, mas saíram somente no Japão e não tiveram patch de tradução...

      1 reply
    • Micro picture
      noyluiz · over 4 years ago · 3 pontos

      Eu ia querer um aquaplazza dos ecchis(exemplos:to love-ru,highschool dxd,rosario,kanokon,omamori himari ,etc)

      1 reply
    • Micro picture
      edufigueiredos · over 4 years ago · 3 pontos

      Eu queria que Sword Art Online fosse um jogo, igual o anime mesmo, mas sem chances de morrer de verdade kkkk

      2 replies
  • 2015-09-29 18:32:16 -0300 Thumb picture

    C.C - Code Geass

    Personagem em questão: 

    Cosplayer: 紅月司 (Akatsuki Tsukasa)

    Interessado em ver um bom cosplay do seu jogo/personagem favorito? Mande uma mensagem dizendo qual o jogo/personagem e me esforçarei para atendê-los \o/

    C/c @katyzinhaz, @unidospelosgames_upg, @cosplayshd, @cosplay@alvanime2, @danilojoker, @ralphdro, @maria_luiza, @rodrigoansem@vantore, @anne, @lleogame, @bruhnobody

    Gostaria de ser marcado para receber sempre as atualizações? Deixe seu nome nos comentários o/

    Code Geass: Lost Colors

    Platform: PSP
    9 Players
    2 Check-ins

    57
    • Micro picture
      maria_luiza · over 6 years ago · 5 pontos

      Aeee Code Geass *--*

    • Micro picture
      ccm437 · over 6 years ago · 2 pontos

      s2

    • Micro picture
      wex · over 6 years ago · 2 pontos

      Waw, que maravilha!!!

  • carlos_gamer115 Carlos Henrique Guglhilhermi de Carvalho
    2015-06-06 19:58:34 -0300 Thumb picture

    Code Geass

    Medium 3086552 featured image

    Finalmente,depois de muito tempo,tomei vergonha na cara e vou fazer esse artigo!

    (Acredito que não tenha spoiler)

     Lelouch Lamperouge,um jovem príncipe que ainda pequeno viu o pior horror que alguém poderia pensar: Sua mãe sem vida afogada em seu próprio sangue e sua irmã sem os movimentos das pernas e sem visão,isso tudo fruto de um atentado.

    Graças a isso ele se muda para a Área 11(um Japão dominado pelo Império de Britannia),lá ele conhece uma mulher misteriosa que lhe dá o Geass,um poder acionado através do contato ocular(no caso de Lelouch,esse poder faz com que os outros obedeçam as suas ordens sem questionar),do qual ele pretende usar para tentar,nas suas próprias palavras:

    -"Destruir o mundo e depois reconstruí-lo".

    1- Assim como em Death Note,os duelos mentais se fazem presentes,porém ao contrário do equilíbrio entre Light e L,aqui o Lelouch passa o rodo em todo mundo.

    2- Não sou uma pessoa que da muita atenção para trilha sonora enquanto assiste ou joga algo(geralmente ouço em separado),porém quero dar parabéns ao trabalho feito em Code Geass!

    3- O desenrolar do enredo,cheio de drama e reviravoltas.

    4- O protagonista,esse é um dos raros casos onde eu prefiro o protagonista no quesito de carisma,ele é super-estrategista,enganando até mesmo o publico.

    5- O final. (Final maravilhoso!)

    1- Meio desnecessário o evento dos Ep's 22-23(odeio sentir vergonha alheia).

    Code Geass é um anime que você DEVE assistir,com um enredo bem elaborado,cheio de reviravoltas,filosofias e um final que vai deixa-lo boquiaberto.



    Próxima parada,Upotte!(Só eu pra querer ver isso)

    16
    • Micro picture
      colt47 · almost 7 years ago · 2 pontos

      Otimo texto, agora vou fazer uma versão mais completa da analis de gatchaman crowds

      5 replies
  • spes Alan Peralta
    2014-11-17 08:40:18 -0200 Thumb picture

    Actions Figures

    2 novos integrantes, quero muito ver se acabo a coleção do Pokémon D-Arts/SH Figuarts @.@

    Pokemon Red Version

    Platform: Gameboy
    6466 Players
    134 Check-ins

    14
  • 2014-10-23 18:05:43 -0200 Thumb picture

    Top Animes Mecha

    Aí galera! Fizemos uma seleção dos melhores animes Mecha pra você conhecer e assistir.

    Se liga aí no vídeo e acesse nosso blog pra conhecer um pouco sobre eles.

    Stiprites

    Att. @kalormano

    Gundam Assault Survive

    Platform: PSP
    11 Players

    0
  • 2014-06-24 17:17:13 -0300 Thumb picture
    14

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...