• andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos
    2022-12-04 20:23:53 -0200 Thumb picture

    RESIDÊNCIA MALIGNA 3 REMAKE SEM A TORRE DO RELÓGIO 🏫

    "Opa...acho que aquele policial pode nos ajudar..."

    O POLICIAL...😬

    "WELCOME LEON" 😎

    Aquele clássico corredor sinistro onde tú já espera um zumbi escondidinho pra te atacar...

    LICKERS... sempre assustadores!

    "Não me mate, por favor!" 😬

    TROFÉU CONQUISTADO 🏆: O EXPRESSO CARLOS

    Vai, CARLÃO, mata esses putos!

    Não precisa tanta violência...

    Colocaram um japa aqui pra variar 😎

    Li e ouvi relatos de que RE3 REMAKE foi uma grande decepção. Será? Posso começar dizendo o quão JILL VALENTINE está espetacular...assim como RACOON CITY, mais parecida com uma cidade do que a "favela" do original. . A linearidade aqui permanece mas com áreas muito maiores e um mapa "mais lógico" (mais uma vez, que remete a uma cidade). Eu não senti falta alguma da TORRE DO RELÓGIO, pois temos um combate muito foda com NEMESIS no pátio da TORRE. Por falar em NEMESIS, aqui está muito mais assustador com suas variadas mutações e transformações. Concordo com a REVIEW abaixo e também apreciei bastante a experiência single player.

    Finalizo dizendo que é um game que merece ser jogado e que certamente diverte. Curiosamente joguei e rejoguei mais o RE3 REMAKE do que o RE2 REMAKE (sendo o RE1 REMAKE o que eu mais joguei). As críticas negativas (apesar de válidas) achei extremamente exageradas ("coisinhas" tarjadas como pecado). Pra quem reclama que o game é curto, o original nunca foi extenso:

    Há muitos colecionáveis para procurar e muitos desafios a concluir que lhe concedem pontos a serem gastos "na loja". E é muita coisa bacana para comprar: roupas, armas, itens bônus... além do game em si ser extremamente divertido. Concordo que poderíamos ter as escolhas existentes no original, mas isso atrapalha para uma experiência divertida? Não!

    Resident Evil 3 Remake

    Platform: PC
    160 Players
    46 Check-ins

    23
    • Micro picture
      mrmamoxi · about 19 hours ago · 2 pontos

      Jogue com o Carlos pelado imediatamente

      1 reply
    • Micro picture
      santz · about 4 hours ago · 1 ponto

      Gostei da parte final sobre as críticas. Eu também não consigo imaginar como esse jogo poderia ser ruim. Bom, mas aí eu ainda tenho que jogar os Remakes todos, pois não joguei nenhum até então.

    • Micro picture
      thiones · about 21 hours ago · 1 ponto

      Você já sabe o que eu vou falar, não sabe?

      2 replies
  • andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos
    2022-11-22 08:33:22 -0200 Thumb picture

    RESIDÊNCIA MALIGNA 3 REMAKE SEM A TORRE DO RELÓGIO 🏫

    RACOON CITY parece uma cidade segura...

    ... "Só que não!"

    Ainda bem que tenho o "CARLÃO" pra me ajudar

    "That face" sempre quando vê o "CARLÃO" ❤️

    TROFÉU CONQUISTADO 🏆: FUJA DA CIDADE 

    Sim, às vezes controlamos "CARLÃO". 💪🏻

    TROFÉU CONQUISTADO 🏆: UM FINAL TRISTE 

    Sensacional retornar à DELEGACIA "R.C.P.D." 

    Li e ouvi relatos de que RE3 REMAKE foi uma grande decepção. Será? Posso começar dizendo o quão JILL VALENTINE está espetacular...assim como RACOON CITY, mais parecida com uma cidade do que a "favela" do original. . A linearidade aqui permanece mas com áreas muito maiores e um mapa "mais lógico" (mais uma vez, que remete a uma cidade). Eu não senti falta alguma da TORRE DO RELÓGIO, pois temos um combate muito foda com NEMESIS no pátio da TORRE. Por falar em NEMESIS, aqui está muito mais assustador com suas variadas mutações e transformações. Concordo com a REVIEW abaixo e também apreciei bastante a experiência single player.

    Finalizo dizendo que é um game que merece ser jogado e que certamente diverte. Curiosamente joguei e rejoguei mais o RE3 REMAKE do que o RE2 REMAKE (sendo o RE1 REMAKE o que eu mais joguei). As críticas negativas (apesar de válidas) achei extremamente exageradas ("coisinhas" tarjadas como pecado). Pra quem reclama que o game é curto, o original nunca foi extenso:

    Há muitos colecionáveis para procurar e muitos desafios a concluir que lhe concedem pontos a serem gastos "na loja". E é muita coisa bacana para comprar: roupas, armas, itens bônus... além do game em si ser extremamente divertido. Concordo que poderíamos ter as escolhas existentes no original, mas isso atrapalha para uma experiência divertida? Não!

    Resident Evil 3 Remake

    Platform: PC
    160 Players
    46 Check-ins

    29
    • Micro picture
      zefie · 13 days ago · 2 pontos

      Eu só não pego esse agora porque to apanhando pra terminar o RE2R, mas esse tá na lista pra vir também.

      1 reply
    • Micro picture
      thiones · 13 days ago · 1 ponto

      Você sabia que o RE2R tem uma torre do relógio acessível e com puzzles?

      1 reply
  • anduzerandu Anderson Alves
    2022-11-21 18:15:22 -0200 Thumb picture

    Registro de finalizações: Magic Sword

    Zerado dia 21/11/22

    Você já terminou um jogo meio que "sem querer"? Foi o que aconteceu comigo hoje quando terminei Magic Sword, um jogo que até a manhã eu nunca nem tinha ouvido falar!

    A história é a seguinte: eu tive que dar boot no Windows mais uma vez depois de séculos de Linux (tinha voltado recentemente para jogar o The Simpsons: Hit & Run) com o objetivo de piratear um jogo que bizarramente não saiu no Switch e que no PS4 está sempre caro. Consegui instalar e tudo, como esperado, porem jogar qualquer coisa no teclado é cansativo para mim e eu resolvi plugar um controle USB barato que comprei há uns anos (o bichinho é simples e nem tem analógicos), Não queria perder a sincronização dos demais controles com os consoles, além de que parecia uma boa ideia dar uma ressuscitada nesse controle esquecido.

    Não parecia ter erro o uso do tal controle, mas em uma das primeiras telas de ação eu simplesmente não conseguia mais pular o diálogo. Resolvi ir nas opções configurar os botões mas não tinha como! Basicamente eu pedia para trocar o primeiro e ele já configurava como "botão 8". Ao tentar configurar o botão de baixo ele automaticamente já colocava "botão 8" também, como se alguma das teclas estivesse dando mal contato e apertando infinitamente.

    Achei estranho pois o controle está bem conservado e já cheguei a o usar algumas vezes no passado. Mas por ser barato, talvez tivesse estragado com o tempo, sei lá.

    Resolvi então testá-lo em algum outro lugar onde eu pudesse trocar os botões e a escolha foi simples: sites de emuladores online! Procurei emulador de SNES online e fui no primeiro link que apareceu. Não tinha nenhum jogo em mente e os jogos da primeira página eram bizarrices. Cliquei na letra "M". Mais bizarrices desinteressantes, então fui descendo e vi esse tal de Magic Sword. A imagem prometia um jogo decente o bastante para os testes.

    Configurei as teclas e comecei a jogar. E não é que estava até legal? Quando fui ver tinha jogado umas fases e já que estava sem nada para fazer e parecia ser bem fácil, fui dando continuidade.

    Inicialmente o meu cérebro ignorou a logo da CAPCOM na abertura, mas depois caiu a ficha que talvez fosse o tipo de coisa que valia a pena dar alguma atenção, apesar do nome super genérico.

    Não que o gameplay seja muito diferente. Na verdade se trata de um desses beat'em up/hack 'n' slash em duas dimensões, estilo os Tartarugas Ninjas de Game Boy que joguei recentemente: você anda, vem um inimigo, você mata, anda e assim por diante.

    A temática em si é uma mistureba de jogos tipo Actraiser ou até aquele Link: Faces of Evil com um pouco de Castlevania (inclusive na trilha sonora) mais outras fórmulas da própria CAPCOM, como Knights of the Round (inclusive você ganha uma arma melhor ao derrotar os chefes).

    Dito isso, ande, mate o inimigo que vier, tente não encostar neles ou em seus golpes, quebre baús, colete itens que só Deus sabe o que fazem e, com bastante sorte, consiga algo que cura um tiquinho do seu HP.

    Uma mecânica curiosa são os parceiros que você encontra pelas fases. São muitos diferentes e muitas oportunidades de os encontrar em cada estágio. Dificilmente você estará sozinho!

    Esses parceiros você liberta ao abrir portas trancadas no plano de fundo ao acioná-las apertando para cima no d-pad tendo a chave indicada em seu inventário, o que nunca é problema visto que só existem uns 3 tipos de chaves e você acha muitas de cada uma delas.

    Abrir essas grades geralmente ainda concede itens (geralmente os itens tem poderes passivos, como aumento de ataque, pelo o que eu entendi) e alguns ainda podem libertar inimigos comuns para encher o saco e dar aquela sensação de chave desperdiçada.

    Mas a pior ameaça em abrir uma cela a meu ver é vir um parceiro ruim e substituir um bom e que já ganhou níveis com você. E trocar de parceiro é muito fácil: basta encostar no outro que fica parado e se a troca for feita, não há como desfazer senão torcer para encontrar outro daquele que você prefere.

    A maior diferença entre cada tipo de companheiro é a forma como atacam. Eles geralmente atacam assim que você ativa o seu golpe, mas alguns tem um cooldown entre golpes, outros tem padrões de ataque melhores ou piores. Os meus prediletos eram aqueles que atacavam com velocidade de longe e em linha reta ou em três direções simultaneamente pois você pode destruir a galera de longe numa boa.

    Outro diferencial desse jogo é que ele se passa numa espécie de Torre de Babel e cada estágio é um andar dessa torre, que na verdade tem 50 deles!

    Inicialmente pareceu muito, mas cada fase é ridiculamente pequena, sendo que algumas levam literalmente poucos segundos. Algumas são longas e você pode explorar ou já entrar na porta desde o início. Algumas valem a pena ir a fundo atrás de itens de cura e parceiros, outras apenas dão itens que concedem... Pontos.

    Alguns poucos casos são mais longos e desafiantes, incluindo partes de plataforma e inimigos bem chatos.

    Porém os maiores desafios ficam por conta dos andares de chefes. A maioria é até fácil, mas tem barras de vida bem grande e demoram muito para cair e eu ficava ansioso e me lascava todo querendo dar mil e um hits numa abertura entre os golpes.

    As vezes tudo parece bem fácil também e você acaba não ligando para a possibilidade de tomar dano e se dar mal. E lá se foi uma vida. E outra vida. E a última vida. Continue?

    Há apenas 2 Continues e eu realmente não sabia o que aconteceria quando eles acabassem. A verdade é que perder a última vida e usar um Continue te faz continuar exatamente de onde morreu e como o jogo é amigável e há uma tela mostrando seu desempenho a cada 5 andares ou algo assim, imaginei que ou eu voltaria para o início do andar ou para o primeiro andar depois da última tela de desempenho, mas quando dei Game Over o jogo me jogou de volta à tela inicial!

    Quando isso aconteceu eu fiquei bem decepcionado. Estava jogando por jogar, apesar de estar curtindo, e não queria ter que fazer tudo novamente. Acho que morri no andar 17.

    Resolvi então pesquisar e ver de qual era a desse tal de Magic Sword. Descobri então que ele era originalmente um jogo de Arcade (inclusive muitas imagens aqui são as daquela versão) A La Ghosts 'n' Goblins e ganhou esse port pro SNES e saiu em coletâneas da CAPCOM desde o PS2 até nas plataformas mais modernas. Ele ainda ganhou meio que uma sequência espiritual chamada Black Tiger.

    Fui então nas opções para ver o que eu poderia fazer e a única solução era jogar no Easy. Mas poxa, eu teria que jogar tudo novamente e não havia a menor garantia que eu conseguiria terminar mesmo assim. Tenha em mente que, jogando em navegador, eu nem me dou ao trabalho de ver como funciona a questão de savestate, fora que em jogos assim de tanto dano pequeno aqui e ali eu teria que salvar o tempo todo ou chegar no final com poucos recursos. Complicado.

    Foi aí que eu achei um código de trapaça que me permitiu não apenas continuar da fase que morri como aumentar o número mínimo de vidas por Continue de 3 para 9!

    Eu imagino que alguns dos leitores tenham se interessado pelo jogo, sua premissa e visuais, mas eu tenho que dizer: não vale a pena. Pelo menos não a versão de SNES, mas chuto que a de Arcade também não seja muito diferente e faça sentido esse jogo ser esquecido pela humanidade.

    O motivo para não valer a pena é que o jogo é super-superficial. Muito besta! Repetitivo para caramba!

    Eu estava achando legal, mas antes da metade da aventura já estava cansado daquelas fases curtas, batendo nos mesmos inimigos que só iam trocando de cor, pegando itens que eu nem sabia o que fazia, nenhuma recompensa pelo progresso. E saber que o andar final era o 50 parecia coisa de louco quando eu cheguei lá pela fase 32.

    Mais e mais e mais do mesmo. Poxa, até os chefes se repetem para caramba. O jogo parece não chegar à lugar nenhum! Acaba que suas 2 horas de duração, que anteriormente pareciam não ser nada, são bem chatinhas.

    Resumindo: Magic Sword é a maior definição de jogo genérico que existe, desde o seu nome até seu gameplay que não traz nada de muito relevante e se resume a andar a bater em inimigos à sua frente sem parar por 50 andares. Começa interessante, mas realmente fica chato demais! Para quem quiser o jogar, recomendo acionar o macete das 9 vidas por Continue desde o início. Você não precisará de mais nada, nem mesmo de por no Easy.

    De bom: visuais ok. Algumas músicas são boas. Sistema de companheiros com ataques diferentes é legal. Felizmente tem códigos para salvar aqueles que não gostarem dele o bastante para aguentar os 50 andares sem savestate nem nada.

    De ruim: muito repetitivo e simplório. Inimigos sendo reciclados com color swap o tempo todo, incluindo chefes. As músicas são bem 8 ou 80 e as que são ruins são na verdade péssimas. Perder a sua arma sempre tomar um hit e te fazer ir buscar até dentro da lava é um saco. Achei um pouco longo demais para o que ele oferece.

    No geral, não dá para odiar o jogo nem para dizer que é uma ótima experiência. Eu diria que é o tipo de jogo que é melhor deixar sendo esquecido pela humanidade mesmo. Fraco!

    Magic Sword

    Platform: SNES
    199 Players
    10 Check-ins

    15
    • Micro picture
      lgd · 14 days ago · 2 pontos

      Parabéns! Acho que zerei o de arcade, mas este do Super Nintendo é difícil pelos continues limitados

      1 reply
  • andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos
    2022-11-05 18:22:57 -0200 Thumb picture

    RESIDÊNCIA MALIGNA 3 REMAKE SEM A TORRE DO RELÓGIO 🏫

    PISTOLA G19 adquirida. Nem na foto está mas pelo menos tem a Jill sensualizando olhares...

    Mas o que importa daqui em diante são os projéteis EXPLOSIVOS, FOGO, ÁCIDO ou MINAS.

    "UMBRELLA encerrou as pesquisas com o GAMA. Antes do descarte, conseguimos tirar espécimes de potencial particularmente alto do laboratório. O DR. LOGAN está mais decidido que nunca a aperfeiçoar a linha GAMA..."

    Dá uma certa"dó " em tentar matá-los e eles sobreviverem todos queimadinhos....tadinhos 😞

    esse ae a gente trabalha só "na força do ódio". Não dá peninha não 😬

    Assustador NEMESIS queimando tudo...

    Mesmo que extremamente linear, gostei bastante da "cena do prédio em chamas"....

    ... culminando num divertido e tenso combate no telhado com o "bonitão".

    Muito bonito o contraste da escuridão da noite e do telhado com o forte efeito de fogo. Dá até pra sentir o calor...😰

    TROFÉU CONQUISTADO 🏆: NEMESIS ABATIDO?

    Li e ouvi relatos de que RE3 REMAKE foi uma grande decepção. Será? Posso começar dizendo o quão JILL VALENTINE está espetacular...assim como RACOON CITY, mais parecida com uma cidade do que a "favela" do original. . A linearidade aqui permanece mas com áreas muito maiores e um mapa "mais lógico" (mais uma vez, que remete a uma cidade). Eu não senti falta alguma da TORRE DO RELÓGIO, pois temos um combate muito foda com NEMESIS no pátio da TORRE. Por falar em NEMESIS, aqui está muito mais assustador com suas variadas mutações e transformações. Concordo com a REVIEW abaixo e também apreciei bastante a experiência single player.

    Finalizo dizendo que é um game que merece ser jogado e que certamente diverte. Curiosamente joguei e rejoguei mais o RE3 REMAKE do que o RE2 REMAKE (sendo o RE1 REMAKE o que eu mais joguei). As críticas negativas (apesar de válidas) achei extremamente exageradas ("coisinhas" tarjadas como pecado). Pra quem reclama que o game é curto, o original nunca foi extenso:

    Há muitos colecionáveis para procurar e muitos desafios a concluir que lhe concedem pontos a serem gastos "na loja". E é muita coisa bacana para comprar: roupas, armas, itens bônus... além do game em si ser extremamente divertido. Concordo que poderíamos ter as escolhas existentes no original, mas isso atrapalha para uma experiência divertida? Não!

    Resident Evil 3 Remake

    Platform: PC
    160 Players
    46 Check-ins

    22
    • Micro picture
      thiones · 30 days ago · 1 ponto

      Já te disse que até o Resident Evil 2 Remake tem uma torre do relógio e esse não tem?

      1 reply
    • Micro picture
      bazinh0 · 30 days ago · 1 ponto

      Dps q eu vi que esse jogo reaproveitou quase tudo do RE 2 remake eu nem tive vontade de jogar.

      1 reply
  • riihpeter Richard Rodrigo
    2022-11-01 03:35:11 -0200 Thumb picture

    Melhor canal de jogos de luta br

    O Adriano tem um conhecimento vasto em jogos de luta e edita muito bem os vídeos, bem MESMO! Dá pra ver que ele faz com carinho.

    Me espanta esse cara não ter mais público. Se curtirem jogos de luta deem uma olhada lá.

    The King of Fighters '97

    Platform: Neo Geo
    2267 Players
    21 Check-ins

    5
  • andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos
    2022-10-21 11:39:53 -0200 Thumb picture

    RESIDÊNCIA MALIGNA 3 REMAKE SEM A TORRE DO RELÓGIO 🏫

    JILL VALENTINE "chapada". Provavelmente tem relação com o troféu conquistado...

    TROFÉU CONQUISTADO 🏆: PEDRAS DO PODER 

    Clássicas e nostálgicas referências...❤️

    TROFÉU CONQUISTADO 🏆 : PROMOÇÃO DOIS POR UM

    "O que está pegando, Murphy Seeker?"

    Ah entendi...o doguinho está com fome!

    "Me pego lembrando do dia que vocês chocaram...seus apetites vorazes e insaciáveis. Com vocês, nasceu o ápice da série CAÇADOR."

    "Vamos provar a UMBRELLA que vocês, meus amados CAÇADORES GAMA, são superiores"

    "Devido a sua baixa resistência a calor e mandíbulas delicadas expostas enquanto comem, ordenaram sua destruição."

    Seguindo matando monstrinhos, ganhando pontos e curtindo essas pré produções do game. Acho um trabalho fascinante (dar início às idéias do game)

    Li e ouvi relatos de que RE3 REMAKE foi uma grande decepção. Será? Posso começar dizendo o quão JILL VALENTINE está espetacular...assim como RACOON CITY, mais parecida com uma cidade do que a "favela" do original. . A linearidade aqui permanece mas com áreas muito maiores e um mapa "mais lógico" (mais uma vez, que remete a uma cidade). Eu não senti falta alguma da TORRE DO RELÓGIO, pois temos um combate muito foda com NEMESIS no pátio da TORRE. Por falar em NEMESIS, aqui está muito mais assustador com suas variadas mutações e transformações. Concordo com a REVIEW abaixo e também apreciei bastante a experiência single player.

    Finalizo dizendo que é um game que merece ser jogado e que certamente diverte. Curiosamente joguei e rejoguei mais o RE3 REMAKE do que o RE2 REMAKE (sendo o RE1 REMAKE o que eu mais joguei). As críticas negativas (apesar de válidas) achei extremamente exageradas ("coisinhas" tarjadas como pecado). Pra quem reclama que o game é curto, o original nunca foi extenso:

    Há muitos colecionáveis para procurar e muitos desafios a concluir que lhe concedem pontos a serem gastos "na loja". E é muita coisa bacana para comprar: roupas, armas, itens bônus... além do game em si ser extremamente divertido. Concordo que poderíamos ter as escolhas existentes no original, mas isso atrapalha para uma experiência divertida? Não!

    Resident Evil 3 Remake

    Platform: Playstation 4
    217 Players
    82 Check-ins

    25
    • Micro picture
      thiones · about 2 months ago · 1 ponto

      Até o RE2R tem uma torre do relógio 🧐

      2 replies
  • renegadoomgames RenegaDoom Games
    2022-10-10 10:10:56 -0300 Thumb picture
  • andre_andricopoulos André Zanetti Andricopoulos
    2022-09-25 09:59:52 -0300 Thumb picture

    RESIDÊNCIA MALIGNA 3 REMAKE SEM A TORRE DO RELÓGIO 🏫

    Voltando com os check ins dessa galera linda...🧟

    JILL já preparada para enfrentá-los 💪🏻

    TROFÉU CONQUISTADO 🏆: ORGANIZA-SE

    Esse corredor está bem "SILENT HILL"...😈👹

    As coisas estão ficando estranhas....

    E cada vez mais estranhas...😬

    Parece um CARRAPATO essa praga...🤢

    Te pegam de surpresa!

    Só eu achei sensual esse "beijo"?

    YOU DIED! ☠️💀

    TROFÉU CONQUISTADO 🏆: NEMESIS ABATIDO

    Li e ouvi relatos de que RE3 REMAKE foi uma grande decepção. Será? Posso começar dizendo o quão JILL VALENTINE está espetacular...assim como RACOON CITY, mais parecida com uma cidade do que a "favela" do original. . A linearidade aqui permanece mas com áreas muito maiores e um mapa "mais lógico" (mais uma vez, que remete a uma cidade). Eu não senti falta alguma da TORRE DO RELÓGIO, pois temos um combate muito foda com NEMESIS no pátio da TORRE. Por falar em NEMESIS, aqui está muito mais assustador com suas variadas mutações e transformações. Concordo com a REVIEW abaixo e também apreciei bastante a experiência single player.

    Finalizo dizendo que é um game que merece ser jogado e que certamente diverte. Curiosamente joguei e rejoguei mais o RE3 REMAKE do que o RE2 REMAKE (sendo o RE1 REMAKE o que eu mais joguei). As críticas negativas (apesar de válidas) achei extremamente exageradas ("coisinhas" tarjadas como pecado). Pra quem reclama que o game é curto, o original nunca foi extenso:

    Há muitos colecionáveis para procurar e muitos desafios a concluir que lhe concedem pontos a serem gastos "na loja". E é muita coisa bacana para comprar: roupas, armas, itens bônus... além do game em si ser extremamente divertido. Concordo que poderíamos ter as escolhas existentes no original, mas isso atrapalha para uma experiência divertida? Não!

    Resident Evil 3 Remake

    Platform: Playstation 4
    217 Players
    82 Check-ins

    34
    • Micro picture
      jesspras · 2 months ago · 3 pontos

      Residência maligna 🤣

      1 reply
    • Micro picture
      volstag · 2 months ago · 2 pontos

      Esse eu joguei só a demo, achei bacana pra caramba, mas sei lá, só vou dizer algo sobre ele quando jogar a versão completa né, enfim, mas me parece da hora sim.

      4 replies
    • Micro picture
      zefie · 2 months ago · 2 pontos

      Eu comecei a jogar o 2 Remake ontem, admito que tomei uns sustos auhahuahuhuauha.

      2 replies
  • denis_lisboadosreis Denis Lisboa Dos Reis
    2022-09-24 20:29:19 -0300 Thumb picture
    denis_lisboadosreis checked-in to:
    Post by denis_lisboadosreis: <p>Ainda no <strong style="background-color: initia
    Marvel vs. Capcom Origins

    Platform: Playstation 3
    194 Players
    14 Check-ins

    Ainda no Museu do Videogame Itinerante, joguei de forma mais completa o Marvel vs. Capcom Origins de PlayStation 3, que fora uma versão demo limitada pra quem baixou, ou pra quem comprou o jogo completo no passado alguma vez, não existe mais na PSN. Então quis jogar esse jogo "raro e antigo" de uma geração nem tão velha de dois velhos clássicos de Arcade.

    Marvel Super Heroes

    E Marvel Vs. Capcom

    O que muda são a possibilidade de jogar online e a lista de tarefas e conquistas durante as lutas. 

    Uma pena o jogo ter evaporado. Mas pelo menos temos esses bem acessíveis pra emulação.

    14
    • Micro picture
      volstag · 2 months ago · 2 pontos

      Tenho piratão no meu PS3, realmente é muito gratificante pelo menos de maneira alternativa poder jogar, já que não existe mais pra comprar.

      1 reply
    • Micro picture
      santz · 2 months ago · 2 pontos

      Que jogo paia para escolherem mostrar o PS3 no Museu. Não pelo jogo em sim, claro, pois esses games são incríveis, mas ele não grita PS3.

      1 reply
  • renegadoomgames RenegaDoom Games
    2022-09-23 10:54:07 -0300 Thumb picture
    4
    • Micro picture
      saulovyny · 2 months ago · 1 ponto

      Minha lembrança é ter jogado primeiro o 2, e quando fui jogar o 1 eu passei mau de tão difícil que é kkk

      1 reply

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...