subzero_amarelo

Primo do Scorpion Azul. Só jogo velharia.

You aren't following subzero_amarelo.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • 2021-07-20 21:39:19 -0300 Thumb picture

    [Off] - Falando sobre séries e sumiço

    E aí galerinha. Ando meio sumido das jogatinas esses dias. Tô com uma rotina meio puxada e tenho menos tempo pra tudo. E ainda nesse meio tempo acabei voltando a reassistir minha série preferida, Sons of Anarchy. Alguém já viu?

    É isso, passando só pra dizer que tô vivo. shaushau

    Em breve volto com os jogos.

    Fiquem aí com 2 músicas da série. Uma do Sons mesmo e outra do spin-off dela, os Mayans. Abraços em geral.

    14
    • Micro picture
      mastershadow · 7 days ago · 2 pontos

      Opa eu vi a uns 2 meses atras pela primeira vez essa série,achei foda demais pqp. mas o final é bad demais haha

      1 reply
  • 2021-06-26 20:56:50 -0300 Thumb picture

    Junho - Jogatinas

    Psychonauts (PS2)

    Star Ocean: First Departure (PSP)

    Golden Axe II (Mega)

    - Não sei se eu tô com algum problema, mas ando meio chato pra jogo viu... Zerei o Sonic Adventure 2 quase à força e agora não tô me divertindo tanto assim com Psychonauts. O jogo é bom, não me entendam mal, mas alguma coisa nele não clicou pra mim. Vou continuar porque adoro platformers, seja 2D ou 3D, mas já foram 3 horinhas nele meio meh.

    - Depois de 130h de Persona, hora de pegar um rpg novo da fila. Star Ocean é uma franquia que sempre fui curioso, e apesar do primeiro jogo ser de Snes, decidi pegar o remake de PSP. Quem sabe eu jogue a versão original no futuro. Por enquanto tô curtindo, ainda tô bem no comecinho do jogo mas já dá pra sacar que é um rpg que envolve viagem no tempo e ficção científica. Achei legal também o sistema de combate mais action, esse parece promissor.

    - Confesso que não gosto muito de Golden Axe. Mas vou dar uma chance e jogar esse II sem compromisso. Espero que eu goste mais que o primeiro.

    Psychonauts

    Platform: Playstation 2
    151 Players
    7 Check-ins

    21
    • Micro picture
      santz · 30 days ago · 2 pontos

      Star Ocean do PSP é maneiro, eu zerei essa versão a uns anos. Tem um sistema de skills que é bem complicado de entender.

      2 replies
    • Micro picture
      cleverizzo · 30 days ago · 2 pontos

      adoro sonic mas tbm to igual vc chato com games e com dó de pegar Sonic Adventure 2 e não me empolgar kkkk

      1 reply
    • Micro picture
      seufi · 30 days ago · 2 pontos

      Star Ocean não envolve viagem no tempo, não. Já ficção científica tem muita, sim. Na verdade, há planetas muitíssimo desenvolvidos, e vários outros em tempos medievais. O que acontece é que por acaso, Roak, o planeta dos Sayaj... Fellpools, acaba sendo atacado por uma praga, e por acaso, os nativos encontram o pessoal do futuro na esperança de ajudar o amigo que foi acometido pela doença. O pessoal mais adiantada tenta ajudar, mas nem a tecnologia deles é capaz de curar o doente, então eles começam, juntos, a procurar a origem, que tudo indica se trata de um ataque biológico de "teste" a este planeta isolado. O jogo segue a partir daí.

      5 replies
  • 2021-06-22 23:43:36 -0300 Thumb picture
    subzero_amarelo checked-in to:
    Post by subzero_amarelo: <p><strong>Finalizado!</strong></p><p>2021 - <stron
    Captain Commando

    Platform: Arcade
    734 Players
    20 Check-ins

    Finalizado!

    2021 - #41

    Só pra deixar registrado mais um zeramento desse briga de rua até bacaninha.

    10
    • Micro picture
      santz · about 1 month ago · 2 pontos

      Mais um jogo que só deve ficar divertido pra valer jogando com coop com 4 colegas.

      1 reply
  • 2021-06-21 22:33:47 -0300 Thumb picture
    subzero_amarelo checked-in to:
    Post by subzero_amarelo: <p><strong>Finalizado!</strong></p><p>2021 - <stron
    Sonic Adventure 2: Battle

    Platform: Gamecube
    440 Players
    12 Check-ins

    Finalizado!

    2021 - #40

    Geral - #234

    Não sei pq, mas achei esse jogo tão mais ou menos... a impressão que eu tenho é que gostei mais do primeiro, mas não sei bem o motivo. Acho que é porque achei esse meio sem graça, apesar de ter uma maior variedade na jogabilidade, com fases com o Tails e o Knuckles. Mas as fases do Tails são tão repetitivas e as do Knuckles são um porre de chatas. E como o level design das últimas fases é um saco bicho... a fase que é praticamente um monte de corrimãos (a última do Sonic) é uma verdadeira brincadeira com a cara do jogador. Do nada, você cai no abismo e nem sabe direito o porquê, só sabe que o jogo lhe arremessou no vácuo e p#$ no seu c*.

    Apesar de ter um monte de opções, como modo corrida, modo de 2 players, outra história à parte e o Chao Garden (que eu sinceramente não faço ideia de pra que serve aquilo), ainda assim achei o primeiro melhor, apesar do 1 ser bem mais bugado. Sei lá, acho que me diverti mais. Pra mim a coisa começa a desandar pros Sonics 3D a partir desse aqui. Foi uma jogatina meio sem graça. É um sentimento meio esquisito, porque não achei o jogo de todo tão ruim, mas esse vai passar batido pra mim.

    E a história?? Kkkkkk! Dr Robotnik (Eggman de c* é rola) destruindo a FUCKING LUA  e ameaçando o presidente dos EUA, maluco!! Mano, meteram uma história sem pé nem cabeça e o Sonic como procurado sabe-se lá porque pra dar um ar de mais seriedade na história. Mas nem precisava disso, Sonic é pra jogar, não pra contar história. Sei lá, esse jogo é todo louco. Quem gostar, que bom, mas pra mim esse aí foi meio perda de tempo...

    13
  • 2021-06-17 00:19:23 -0300 Thumb picture
    subzero_amarelo checked-in to:
    Post by subzero_amarelo: <p><strong>Finalizado!</strong></p><p>2021 - <stron
    Shin Megami Tensei: Persona 3

    Platform: Playstation 2
    605 Players
    40 Check-ins

    Finalizado!

    2021 - #39

    Geral - #233

    Depois de tanto tempo jogando, finalmente o check-out! Persona 3 me acompanhou durante muuito tempo. E durante todo esse tempo, fui aprendendo a jogar e a gostar do jogo.

    De início, não curti muito. Achei o jogo muito vazio, com muita mecânica diferente mas que parecia que nada engrenava de verdade. Achei ele uma mistura de Pokémon com card game com jrpg, nada me prendia. Mas à medida que fui avançando no jogo e descobrindo a história, Persona 3 acabou me prendendo. E foi me prendendo cada vez mais, mais precisamente, durante 137 horas! E agora tô aqui, escrevendo esse check-in com uma sensação de saudade dos personagens. Coisa que todo rpg bom me faz ter.

    É preciso ter paciência pra realmente pegar gosto por esse jogo. Mas à medida que se vai jogando e entendendo suas mecânicas, vai ficando mais fácil e prazeroso. O jogo em sua essência é um rpg de ação, com elementos de coleção de monstros, dungeon crawler, e até mesmo um pouquinho de rpg de ação, na interação com os monstros. O jogo conta a história do "protagonista", que vai morar em um dormitório ocupado por estudantes que possuem um poder especial, o de invocar as "personas", criaturas fantásticas capazes de usar diversas habilidades. O próprio protagonista descobre que além de manipular sua persona, ele também pode controlar mais de uma, dando acesso a uma gama de habilidades novas que nenhum outro personagem seria capaz. A trama do jogo gira em torno do Tartarus e da Dark Hour e seus mistérios. O Tartarus é uma torre sombria que aparece durante a meia noite no prédio onde é a escola do pessoal aí, e aparentemente é a fonte da Dark Hour, que corresponde a um período de uma hora todos os dias após a meia noite, onde os usuários de Personas podem entrar na torre e caçar as Shadows, os inimigos do jogo. As shadows são responsáveis por atacar as pessoas na cidade, causando uma doença chamada "Síndrome da Apatia", que rouba a vontade de viver dessas pessoas e as transforma em verdadeiros mortos-vivos.

                                                                        O Tartarus

    Tudo isso é apenas a ponta do iceberg da história, que é cheia de plot twists, personagens novos aparecendo a todo momento e até mesmo morte de pessoas próximas aos personagens. E é na interação com esses personagens que o protagonista aumenta os poderes de suas personas, desencadeando mais habilidades e mais possibilidades. O jogo também tem uma espécie de "life simulator", onde se deve ir à escola, fazer provas (sim, literalmente fazer provas escolares! E se não prestar atenção nas aulas, leva bomba) e resolver pequenas quests e interagir com as pessoas.

    Esse eu indico forte pra quem quer começar na série Persona e não sabe por onde. A minha experiência com o primeiro jogo da série foi horrível, mas com o 3 foi muito melhor. É preciso ter uma experiência com rpgs, devido à variedade de mecânicas do jogo, principalmente o sistema de fusão de personas e as habilidades, que aqui têm nomes bem estranhos e difíceis de acostumar.

    No mais, quem tiver procurando um desafio ou um rpg diferente, ou mesmo quiser começar na série persona antes de jogar o famoso Persona 5, recomendo o 3 fortemente. Agora, vou dar uma olhada na minha lista de rpgs e pegar o próximo, pq ela já deve ter juntado até poeira nesse tempão.

    Vai deixar saudade, Persona 3. E que venham os próximos!

    17
  • 2021-06-10 22:16:46 -0300 Thumb picture
    subzero_amarelo checked-in to:
    Post by subzero_amarelo: <p><strong>Finalizado!</strong></p><p>2021 - <stron
    Super Ghouls 'N Ghosts

    Platform: SNES
    1483 Players
    38 Check-ins

    Finalizado!

    2021 - #38

    Geral - #232

    Mais um Ghouls n Ghosts e de novo toda aquela ladainha da princesa sequestrada, cavaleiro de cueca e zerar duas vezes... Na boa, é uma franquia interessante, curto mais pela ambientação e pelo tema medieval/gótico, mas convenhamos: Ghouls n Ghosts é um troço muito repetitivo. Jogabilidade travada, dificuldade altíssima e pouquíssima coisa varia de um jogo pra outro. Nesse, por exemplo, um pulo duplo é adicionado. E só.

    Depois de ter zerado os 3 primeiros jogos da franquia, dá uma sensação de ter jogado o mesmo jogo três vezes. Se não fosse o salto de geração do primeiro para os de 16 bits, eu não saberia diferenciar cada jogo. E na moral, esse lance de ter que zerar o jogo duas vezes irrita muito. O de Mega foi o primeiro que zerei na vida, acho que por isso é meu preferido até agora. Mas essa série vem caindo bastante no meu conceito. Vou continuar jogando por ser uma franquia bem clássica da Capcom e por adorar jogos de plataforma, mas já tô ficando sem saco pro cavaleiro de ceroulas aí...

    9
    • Micro picture
      santz · about 2 months ago · 2 pontos

      De fato, se for ver a série em sequência, não dá para ver quase nenhuma diferença, especialmente desse Super para o anterior.

      1 reply
  • 2021-06-09 22:07:29 -0300 Thumb picture
    subzero_amarelo checked-in to:
    Post by subzero_amarelo: <p><strong>Finalizado!</strong></p><p>2021 -<strong
    Tatsunoko vs. Capcom: Ultimate All-Stars

    Platform: Nintendo Wii
    1253 Players
    71 Check-ins

    Finalizado!

    2021 - #37

    Geral - #231

    Tava vendo a lista de jogos do Wii e vi esse, que aparentemente é exclusivo do console. Sendo da Capcom e parecendo interessante, peguei pra ver.

    O jogo segue bem o esquema dos Vs da Capcom, dá pra pegar dois bonecos e alternar entre eles nas lutas. Joguei com a dupla Ryu e Morrigan, meus preferidos da empresa. E daqui só conheço os personagens da Capcom mesmo, pois não conheço nadinha dessa Tatsunoko...

    Achei o jogo bem fácil, tanto na execução dos comandos quanto na dificuldade das lutas mesmo. Devo ter morrido com cada personagem só umas duas vezes, de resto foi um passeio. O legal é que algumas lutas são contra personagens gigantes, que têm apenas uma barra de hp e aparentemente causam mais dano. Porém, não é nada que dificulte mais a parada. O final boss mesmo são 3 lutas contra 3 personagens desses grandões, mas no final das contas foi tão fácil que eu fiquei esperando uma luta final de verdade.

    O jogo é bem competente pro Wii, que tem uma carência (pelo menos na minha opinião) de jogos bons mesmo. O jogo deu uns engasgos, não sei se é coisa do emulador ou se ele é assim mesmo, mas nada que atrapalhasse tanto assim a experiência. Também tem um monte de coisa pra liberar e uma lojinha pra gastar o "dinheiro" ganho com as lutas. E é bem curto, zerei em 20 minutos, dá pra jogar bastante e aproveitar várias duplas.

    Acho uma boa opção pra quem tem Wii, é um jogo de luta decente pro console. E dá pra usar o controle de Game Cube, que pra mim é bem melhor que o Wii remote. Bom jogo, deu pra passar um tempo.

    12
    • Micro picture
      onai_onai · about 2 months ago · 2 pontos

      Olha aí, baixei esse jogo nesse final de semana e também só conheço os personagens da Capcom! Haha...

      1 reply
  • 2021-06-08 22:24:53 -0300 Thumb picture
    subzero_amarelo checked-in to:
    Post by subzero_amarelo: <p><strong>Finalizado!</strong></p><p>2021 - <stron
    Battletoads in Battlemaniacs

    Platform: SNES
    1569 Players
    46 Check-ins

    Finalizado!

    2021 - #36

    Geral - #230

    Esse era uma pendência antiga, já tentei várias vezes zerar mas nunca passava da maldita fase "Clinger Winger" dessa versão. Dessa vez, foi! Finalmente.

    Adoro o Battletoads do nintendinho. É difícil, injusto e tudo mais. Mas sei lá, eu ainda gosto de jogar ele. Apesar da raiva eu me divirto, e aos poucos vou pegando o jeito de jogar sem morrer muito. Mas esse aqui de Snes é uma verdadeira pedra no meu sapato...

    Pra começar, as fases são praticamente iguais ao original. Tem o Turbo Tunnel, a Rat Race e o desgracento do Clinger Winger. Parece mais um remake com gráficos e música aprimorada, o problema é que aqui tem menos fases. Enquanto no Nes tinha fases no gelo, na água, em encanamentos, floresta e tudo mais, aqui só tem umas 5, sem contar os bônus. Poxa, uma continuação ter menos conteúdo do que o anterior é meio incomum.

    E apesar dos gráficos melhores e da trilha sonora animal, o jogo parece meio sem inspiração, sabe. Sei lá, parece que foi feito meio às pressas, sem um cuidado. Ainda meteram duas fases bônus e reduziram a quantidade de chefes. Pra mim, ele fica com aquela sensação de que falta algo pra ser realmente bom. E esse jogo ainda tem um pesadelo pra mim: a fase dos "Tracktors", onde você tem que fazer curvas perfeitas e ainda desviar de obstáculos pra não ser fatiado por um rato. Clinger Winger é um inferno de difícil no original, mas essa aqui pra mim foi mais.

    Apesar de gostar muito da franquia, esse Battletoads de Snes pra mim é o mais fraco até agora. Meio sem carisma e mais curto do que o anterior, mas que pelo menos agora está devidamente zerado. Agora, seguindo na franquia acho que o próximo é o de Arcade. Esse sim é bom! Esse de Snes é esquecível.

    15
    • Micro picture
      santz · about 2 months ago · 2 pontos

      Essa fase da corrida de fazer curvas perfeitas me deixou putão na época. Eu nem sabia como controlar o treco e morria nos primeiros segundos da fase. E que fase é essa do Clinger Winger?

      1 reply
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · about 2 months ago · 2 pontos

      Amo esses chutes...😂

  • 2021-06-07 22:33:23 -0300 Thumb picture
    subzero_amarelo checked-in to:
    Post by subzero_amarelo: <p><strong>Finalizado!</strong></p><p>2021 - <stron
    Gunstar Heroes

    Platform: Genesis
    817 Players
    39 Check-ins

    Finalizado!

    2021 - #35

    Já zerei e fiz check-in há muuito tempo atrás. Só pra deixar registrado mais uma zerada desse jogo incrível de lindo. Meu jogo preferido do meguinha, sempre uma satisfação jogar.

    15
  • 2021-06-04 22:25:22 -0300 Thumb picture
    subzero_amarelo checked-in to:
    Post by subzero_amarelo: <p><strong>Finalizado!</strong></p><p>2021 - <stron
    Mickey Mania: The Timeless Adventures of Mickey Mouse

    Platform: SNES
    1302 Players
    7 Check-ins

    Finalizado!

    2021 - #34

    Geral - #229

    Gosto bastante dos jogos do Mickey nos 16 bits: Magical Quest, Castle of Illusion... mas Mickey Mania eu devo ter jogado umas 2 ou 3 vezes e nunca fui muito longe, apesar de ser um jogo de plataforma (que eu adoro) e um jogo 16 bits do rato.

    Depois de ter jogado Aladdin do Meguinha, Mickey Mania é outro jogo artisticamente impressionante. O jogo passa por animações clássicas do camundongo, como o "Steamboat Willie" e "Mickey and the Beanstalk", tendo gráficos artisticamente semelhantes aos desenhos, variando para cada época. Isso é simplesmente maravilhoso, dava pra ter feito vários jogos naquela época usando essa ideia. Além disso, as animações dos sprites também são no mesmo estilo cartunesco da época, coisa de gênio mesmo. Tudo isso com uma trilha sonora muito boa, remetendo também às animações.

    Na parte técnica é que o jogo dá uma escorregada. Mickey Mania é o clássico platformer de pular na cabeça dos inimigos. Além disso, o jogo também lhe dá bolinhas de gude, que servem como projéteis e alguns inimigos só morrem com elas. O problema é que o rato é meio lerdo, não tem um botão de correr, e as hitboxes aqui são meio sacanas. Às vezes você claramente pisa num inimigo, mas toma dano sabe-se lá por que. As plataformas também são meio misturadas com o cenário, e é meio difícil alcançar algumas pra progredir. É uma pena, pois os gráficos são tão bonitos... chegar a atrapalhar o gameplay é meio chato.

    Não é o melhor jogo de plataforma do Mickey, mas certamente é o mais impressionante. A ideia do jogo é muito boa e visualmente ele é um espetáculo. O jogo é tão absurdo que tem até load, no Super Nintendo! Acho que vale a jogatina pra quem quer conhecer e jogar um jogo realmente original do Mickey, mas pode ir se preparando: apesar de ser joguinho de desenho animado, o jogo é casca grossa.

    11
    • Micro picture
      topogigio999 · about 2 months ago · 2 pontos

      Cara esse jogo a versão de Psone já zerei, tentei jogar a de snes, mas achei impossível a parte de correr do alce... oO

      2 replies
    • Micro picture
      santz · about 2 months ago · 2 pontos

      Me lembro da parte do elevador da segunda fase. Tenso demais rapaz, sempre morria lá.

      2 replies
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...