2022-06-15 18:17:47 -0300 2022-06-15 18:17:47 -0300
cyberwoo Saulo Vinicius

Não tenho tempo para jogos

Hoje passeando por grupos do WhatsApp eu me deparei com vídeos de pessoas ostentando ter todos os consoles da geração atual,  se gabando por terem investido a maior nota neles. E isso me fez refletir a respeito na forma como uso o meu tempo livre. 

Em tese, deveria ser aquele que eu deveria investir em uma atividade pra espairar um pouco a cabeça, mas na pratica, estou sempre atarefado pensando em formas de aumentar a renda, ser mais produtivo, cuidar da família e ainda cuidar da saúde, afinal, não sou mais um jovem de 20 e poucos anos. Ou seja, me falta tempo para realmente desligar um pouco o cérebro e relaxar.

Mas não consigo deixar de listar títulos de jogos que eu gostaria de comprar ou jogar, mas quando os tenho ou consigo comprá-los, ficam na prateleira por dias, meses e até anos.

Pra me dedicar a um determinado titulo, acabo precisando sacrificar algum tempo que poderia investir com outra atividade mais produtiva, e isso acaba sendo um tanto frustrante as vezes. 

Bem, o intuito desse breve desabafo é buscar saber como outras pessoas tem feito pra seguir com esse hobby tão divertido dentro da rotina da vida adulta, principalmente quando se é pai. 

Conta ai, vocês abdicam de tempo de sono, preciso do cheat code, HAHAHA!

22
  • Micro picture
    eikesaur · 8 months ago · 3 pontos

    Cara, eu me sinto muito assim de vez em quando, e acredito que quase todo gamer se sente assim hoje em dia, mas poucos assumem. A real é que jogar deixou de ser meramente um hobby, e sim uma espécie de segunda profissão. Vejo por mim mesmo, que faço os meus afazeres, e ao final do dia sinto uma vontade de jogar, que mesmo não estando no clima e podendo me dedicar a outras coisas, ainda jogo porque me sinto na obrigação de terminar jogo x ou y, tipo como se eu tivesse um segundo turno de trabalho (até deixava de dormir pra cumprir a "agenda"). Felizmente, nesses últimos meses tenho me dedicado a deixar os jogos um pouco de lado (jogando somente aos fins de semana e feriados) e focado em fazer as minhas atividades diárias, buscando também formas alternativas de lazer, como leitura, conversar mais com meus familiares, brincar com minha cachorrinha e etc. Então, como dica, não se sinta pressionado a jogar o jogo do momento ou ter a plataforma que a galera tá comprando, apenas jogue visando se divertir e aproveitar os games que você comprou como fruto do seu trabalho, e quando você sentir que não está mais se divertindo, quem sabe não seja a hora de largar o controle e ir passear no parque ou dar uma boa cochilada, né não? Um abraço!

    3 replies
  • Micro picture
    saulovyny · 8 months ago · 2 pontos

    Eu sou o contrário, preciso ser mais produtivo, estou com meu TCC parado há 1 ano, a pandemia meio que me desacelerou... Preciso tocar meus projetos também, ser mais ambicioso, melhorar vida sa minha família, ter que sacrificar um pouco as jogatinas kkkk

    1 reply
  • Micro picture
    thecriticgames · 8 months ago · 2 pontos

    Eu te entendo mas o meu ta ruim de produtividade. To mirando a critica n° 600 e nisso to cursando o curso de literatura que deveria ser meu sonho de qualquer jeito to deixando de treinar e de escrever os livros que eu queria escrever. Mas irei me afastar dos games um tempo só pra focar no secundário

    2 replies
  • Micro picture
    ersatzgott · 8 months ago · 2 pontos

    Estou um pouco assim também, tirando a parte da família. E eu não pretendo formar essa preocupação pra mim, se já tá difícil jogar tendo que me preocupar só com pós e trabalho, imagina com filhos. Tá doido...

    1 reply
Keep reading → Collapse ←
Loading...