2022-03-20 19:27:50 -0300 2022-03-20 19:27:50 -0300
rafaelurameshi Rafael Machado Alves
Post by rafaelurameshi: <p>Impressão Minha – Children of Morta</p><p>#img#

Impressão Minha – Children of Morta

A família Bergson carrega a missão de zelar pela ordem e pela harmonia de sua terra há gerações. Sua residência fica praticamente aos pés do Monte Morta, lar de Ou: o Deus-Montanha, e sua vigília constante tem por objetivo proteger os habitantes daquele local e de outras cidades e vilarejos pelo mundo.

Margaret, a avó Bergson e detentora de grande conhecimento místico devido aos seus anos de serviço, percebe que há algo errado com o Monte durante uma de suas vigílias. Por algum motivo a corrupção está avançando e tentando dominar tudo o que encontra em seu caminho. Este avanço se dá por uma energia sombria que faz surgir inúmeros monstros e criaturas malignas. Como defensores, os Bergson precisam agir urgentemente para descobrir o que há de errado com a Montanha e restaurar a ordem em sua terra.

Para isso, esta família de guerreiros dispõe de conhecimentos e habilidades místicas que os possibilitam combater as hordas inimigas: runas garantem mais força ou resistência, poções recuperam sua vitalidade, sem contar as poderosas armas mágicas como a espada e o escudo de John, o pai do Bergson e filho de Margaret, que foram passados a ele pelo seu próprio pai, e o arco e flecha de Linda, a filha mais velha de John.

O estilo de jogo de Children of Morta é bastante inspirado em jogos como Diablo e Gauntlet Legends, onde o jogador avança por um cenário em visão isométrica combatendo hordas de inimigos. Cada um dos Bergson possui um estilo de combate único, dando assim a possibilidade de escolha daquele que melhor se adequa ao jogador. Porém, existem habilidades que vão sendo evoluídas e compartilhadas entre os membros da família, e que precisam ser desbloqueadas com cada um deles, estimulando assim a experimentação de todos os Bergson.

Conforme o jogo avança, habilidades e golpes vão sendo aprimorados através da árvore de habilidade e são muito bem-vindos pois a dificuldade do jogo vai aumentando de forma gradativa. Além disso o jogador pode encontrar aliados como o mercador, que vende runas e relíquias que causam diversos efeitos como recuperar a energia ou invocar um totem que causa danos em área, por exemplo.

As Dungeons (calabouços ou masmorras) do jogo são geradas de modo procedural. Ou seja, o jogador vai encontrar a Dungeon 1/3 - Cavernas de Seda - com uma arquitetura diferente a cada vez que for acessá-la: caminhos, salas e baús mudam suas posições, e eventos de missões secundárias podem ou não aparecer durante a partida. Se o jogador quiser completar algumas missões secundárias, vai precisar revisitar áreas que já passou algumas vezes para que o evento aleatório específico ocorra. Contudo, isto não é um problema pois, mesmo que a dungeon não seja completada, todo o seu avanço fica registrado: a quantidade de Morv (o dinheiro do jogo) coletada, itens de missão e experiência do personagem. Desta forma, a sensação de progresso no jogo é constante e nunca causa frustração.

É preciso ressaltar o ponto onde Children of Morta brilha: sua história, aliada a maravilhosa arte em pixels (Pixel Art), fazem a narrativa ser envolvente e cativante. Mesmo sem conseguir distinguir com precisão o rosto dos personagens, o sentimento que eles estão tentando passar ao jogador é facilmente compreendido graças à direção de arte extremamente competente. É impossível passar alguns minutos observando a casa dos Bergson, que é o hub de acesso às missões e onde upgrades são feitos, e não querer reparar em cada detalhe nos móveis dos quartos de cada um deles, na biblioteca e no quintal. Sua paleta de cores é um colírio para os olhos também.

Mesmo com uma duração relativamente curta, o jogo apresenta um mundo rico com seu panteão próprio e o passado da família Bergson, que vão sendo apresentados gradativamente ao jogador no decorrer da aventura através de cutscenes ou pergaminhos com conteúdo em texto. O narrador deixa o jogo com ainda mais personalidade, prendendo a atenção do jogador com sua voz potente enquanto conta histórias e narra acontecimentos.

O jogo recebeu atualizações e conteúdos adicionais (DLC). Agora é possível jogar em modo cooperativo online, o que torna o jogo ainda mais divertido. Um personagem extra foi acrescentado ao jogo e o DLC Paws & Claws, que traz um sistema de abrigo de animais na residência dos Bergson, tem toda a sua arrecadação revertida para a causa de proteção dos animais aqui no mundo real.

Children of Morta apresenta arte e trilha sonora cheias de personalidade, gameplay viciante e uma mensagem sobre os valores familiares, que elevam o jogo ao status de obra de arte. É impossível jogá-lo sem se envolver com sua trama e sem ficar preocupado com os eventos do jogo e o destino dos personagens. Ele foi uma grande surpresa e é facilmente um dos melhores jogos lançados em 2021.

Children of Morta

Platform: Nintendo Switch
14 Players
1 Check-in

12
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...