raccoon

Rocky burst in and grinning a grin He said: Danny boy, this is a showdown!

You aren't following raccoon.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • raccoon Ronaldo D'Arcadia
    2021-05-01 13:04:54 -0300 Thumb picture
    Post by raccoon: <p>Os caras criaram um jogo inteiro não jogável do

    Os caras criaram um jogo inteiro não jogável do Rick and Morty. É o layout perfeito pra um jogo de verdade. Sensacional. Enjoy! 

    Ricky and Morty: Virtual Rick-ality

    Platform: Playstation 4
    1 Players

    26
    • Micro picture
      carlospenajr · about 2 months ago · 2 pontos

      Eu nem curto esse desenho, mas juro que se eles lançassem um jogo disso, eu jogava, a arte ta foda O.O

    • Micro picture
      kess · about 2 months ago · 2 pontos

      Que lancem de uma vez! Muita sensação de Scott Pilgrim! Quero !

      2 replies
  • raccoon Ronaldo D'Arcadia
    2021-04-29 11:41:57 -0300 Thumb picture
    raccoon checked-in to:
    Post by raccoon: <p><strong><em>Finalizado</em></strong><strong><em>
    Immortals Fenyx Rising

    Platform: PC
    4 Players
    1 Check-in

    Finalizado. Foram mais de 60 horas investidas em Immortals Fenyx Rising, e ainda  sobrou muita coisa pra ser feita. Achei o jogo incrível. Muita gente fala das influências óbvias, como Zelda e AC, mas percebi também muitos elementos do novo e excelente indie The Pathless, com os puzzles de tochas e tudo mais, a Ubisoft se inspirou nele sem vergonha nenhuma. Junte a isso um layout de menus hipnotizantes de jogo de celular, com todos os elementos visuais viciantes de loot boxes rs. Todos mesmo. Sério, esse jogo mexeu com meu transtorno compulsivo pela quantidade imensa de coisas pra se fazer no mapa. 

    Eu basicamente limpei por completo as três sessões  principais do enorme mapa, mas confesso que na última área, da montanha gelada, acabei deixando coisas pra trás, uma porque eu já tinha feito upgrade de simplesmente tudo, e também porque eu já estava cansado... é realmente muita coisa. 

    E exatamente quando estava batendo essa fadiga, os criadores tiveram uma ótima sacada de fazer no último ato, exatamente na montanha gelada, algo mais linear, usando limitações de mobilidade no local, como o gelo que tira suas habilidades de planar/escalar, pra construir uma grande e diferenciada missão linear. Como disse, foi uma ótima sacada mesmo, algo que perfeitamente se amarrou ao último vault do vilão Typhon, com um desfecho excelente.

    Eu adorei os diferentes designs dos puzzles e vaults espalhados por toda parte, o sistema de combate é perfeito, a navegação é melhor ainda, os upgrades são altamente incentivadores, muitas roupas e diferentes Phosphors pra te acompanhar, o visual é muito bonito mesmo, ótima trilha sonora e história cativante. A pegada da história mitológica grega é de abordagem juvenil e, apesar de não ser perfeita na minha opinião, consegue prender muito bem sua atenção e oferecer "novas personalidades contemporâneas" pra personagens míticos famosos. Estou lendo a Odisseia de Homero, e é interessante ver estes mesmos personagens e elementos da mitologia, como a fortalecedora ambrosia ou os inúmeros ciclopes, sendo adaptados de forma tão diferenciada.  

    Enfim, um jogo excepcional que nos apresenta uma nova e épica heroína, a cativante Fenyx. A Ubisoft acertou em cheio nesse.

    28
  • raccoon Ronaldo D'Arcadia
    2021-04-25 23:06:56 -0300 Thumb picture
    raccoon checked-in to:
    Post by raccoon: <p><strong><em>Finalizado.</em></strong> O grande d
    LUNA The Shadow Dust

    Platform: PC
    8 Players
    1 Check-in

    Finalizado. O grande destaque de Luna - The Shadow Dust é sem dúvida sua força narrativa surpreendente. O jogo consegue, em mais ou menos duas horas, criar um elo muito forte entre o jogador e os dois protagonistas, sendo o desfecho realmente emocionante. As ilustrações e cutscenes são muito legais, o gameplay point and click consegue inovar dentro do gênero oferecendo simplicidade e exigindo atenção, a trilha sonora é magnífica, sendo também um dos pontos mais fortes de toda a produção. Vejo muito do Studio Ghibli e jogos do estúdio Amanita Games em Luna, é uma mistura de influências asiáticas e europeias, de animes e games, convergindo numa obra de arte única, honesta e memorável.  

    Encontro cósmico de dois amigos

    25
  • _gustavo Luis Gustavo Da Luz
    2021-04-22 13:35:30 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Grátis na Epic - 22/04 até 29/04

    Alien Isolation

    Hand of Fate 2

    Semana que vem : Personagens para o Idle Champions

    Quem quiser que eu marque pra avisar só comentar aí o/

    @noblenexus, @legendoflisboa, @santosmurilo, @denis_lisboadosreis, @cukierti @dlima @vicente_gabriel

    Alien: Isolation

    Platform: PC
    432 Players
    155 Check-ins

    39
    • Micro picture
      xch_choram · about 2 months ago · 2 pontos

      Personagens para o Idle Champions..., pelo menos Hands of Fate 2 eu tava querendo jogar faz tempo :D

      1 reply
  • raccoon Ronaldo D'Arcadia
    2021-04-08 12:18:21 -0300 Thumb picture
    raccoon checked-in to:
    Post by raccoon: <p><strong><em>Finalizado.</em></strong> Desde seu
    Far: Lone Sails

    Platform: PC
    10 Players
    3 Check-ins

    Finalizado. Desde seu lançamento tinha este jogo no meu radar. Far: Lone Sails é sem dúvida um trabalho genial do estúdio Okomotive, lembrando que este é o primeiro projeto deles. No game você controla um veículo único, um barco a vela motorizado com rodas, uma mistura automotiva que demonstra a engenharia moderna de um futuro distópico e falido. 

    A trilha sonora é excelente, o visual de tons monocromáticos é belíssimo, e o gameplay é de alto engajamento. Ainda assim, este é um jogo lento, contemplativo e tem uma vibe meio mórbida, de títulos como Inside e Little Nightmares, mas também me lembrou o excelente The Final Station. Enfim, um jogo curto mas definitivamente memorável.

    21
    • Micro picture
      santz · 2 months ago · 2 pontos

      Que jogo esquisito.

  • raccoon Ronaldo D'Arcadia
    2021-04-04 19:06:17 -0300 Thumb picture
    raccoon checked-in to:
    Post by raccoon: <p><strong><em>Finalizado.</em></strong> Com alma d
    Röki

    Platform: PC
    1 Players
    1 Check-in

    Finalizado. Com alma de point and click, este adventure Röki é realmente excepcional em tudo que se propõe, desde do visual carregado de personalidade, até sua mítica narrativa nórdica que utiliza deuses Jötunn da floresta como coadjuvantes. Na história acompanhamos a epopeia da menina Tove, "a menina mais poderosa que existe", como ela mesmo se descreve em determinado momento. Sua missão é salvar seu irmão menor Lars, que está sequestrado e perdido entre o espaço e tempo desses universos metafísicos. 

    O game pode parecer de aspecto juvenil, mas definitivamente não é. A história fala, entre outras coisas, de traumas causados por perdas de entes queridos e como isso pode afetar a memória de uma criança. Achei o gameplay impecável, e como falei, ele tem uma dinâmica de point and click, ou seja, exige muita exploração, raciocínio e paciência. Enfim, tudo muito redondo, ótima trilha sonora, ótimos personagens, desfecho memorável. Um gigante pequeno indie.

    O jogo oferece um visual incrível

    28
  • raccoon Ronaldo D'Arcadia
    2021-03-31 15:25:02 -0300 Thumb picture
    Post by raccoon: <p>Gostei bastante deste documentário que estreou n

    Gostei bastante deste documentário que estreou na Netflix chamado Not a Game. Ele investiga de maneira profunda, sóbria e imparcial os impactos dos jogos eletrônicos em nossa sociedade, discutindo seus dilemas, como vício e sexismo por exemplo, e também suas qualidades, que literalmente salvam vidas em muitos casos.   

    NOT A HERO

    Platform: PC
    41 Players
    9 Check-ins

    26
    • Micro picture
      onai_onai · 3 months ago · 2 pontos

      Curioso!

    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 3 months ago · 2 pontos

      Graças a Deus sempre tive o controle e nunca fui imbecil como os casos mostrados.

      Ou seja...eu jogo...mas também trabalho, estudo, malho, trepo...vou pra praia, passeio com os cães

      Vício em qualquer coisa é muito ruim...😬

  • raccoon Ronaldo D'Arcadia
    2021-03-20 15:48:42 -0300 Thumb picture
  • raccoon Ronaldo D'Arcadia
    2021-03-18 14:43:54 -0300 Thumb picture
    raccoon checked-in to:
    Post by raccoon: <p><strong><em>Finalizado</em></strong>. Recentemen
    Tell Me Why

    Platform: PC
    34 Players
    7 Check-ins

    Finalizado. Recentemente terminei Twin Mirror, jogo do estúdio Dontnod que achei bem irregular no geral, o que foi estranho, levando em consideração que o estúdio é responsável pelo primeiro Life is Strange, o que significa basicamente o desenvolvimento de sua incrível engine. Bem, para minha grata surpresa, Tell Me Why, também do Dontnod, é mil anos luz superior ao Twin Mirror, o que demonstra que quando eles se focam de verdade em algo o resultado é memorável. 

    Eu gostei muito de Tell Me Why. Primeiramente ele é tecnicamente excelente, belíssimo em termos visuais, ótimo level design, trilha sonora altamente melancólica e tocante, enfim, basicamente impecável do início ao fim dos três episódios. O gameplay também se destaca e apesar de aparentemente simples ele contém excelentes ideias para jogos deste gênero "adventure narrativo de escolhas".

    Mas definitivamente o melhor de Tell My Why é sua história e personagens. Não vou entrar em detalhes sobre a trama, digo apenas que ela gira em torno dos irmãos gêmeos Alyson e Tyler, que passaram na infância por uma situação extremamente traumática e, depois de adultos, lutam para tentar entender o que realmente aconteceu, como e porque. O jogo fala sobre como funciona nossa memória quando falamos de traumas, e elabora uma discussão muito interessante e dramática sobre isso, inserindo elementos lúdicos e fantásticos na mistura, como o fato dos irmãos possuírem alguns poderes telepáticos. Algo próximo de Life is Strange.

    Um elemento de destaque do roteiro é o fato dele se aprofundar de maneira auspiciosa e realista  no tema de pessoas transgénero e não binárias, que é o caso do personagem Tyler. Acredito que esse seja o primeiro jogo em que vejo o assunto sendo abordado de forma tão natural e humana, e isso sem dúvida é uma vitória para a comunidade LGBTQ+ e também uma vitória para a comunidade gamer, mesmo que ela continue em sua maioria, infelizmente, impregnada por preconceitos de todos os tipos. 

    Enfim, Tell Me Why é um jogo feito com atenção aos detalhes, com responsabilidades pontuais, que fala de traumas infantis, identidade, existencialismo... é algo definitivamente autêntico. E o resultado, na minha opinião, é excelente!  

    Os cenários deste jogo são tão bonitos e realistas que me deram nostalgia da vida real. Já estou isolado há tanto tempo que os jogos acabam por me lembrar a sensação de visitar lugares diferentes.

    23
  • raccoon Ronaldo D'Arcadia
    2021-03-08 16:26:13 -0300 Thumb picture
    raccoon checked-in to:
    Post by raccoon: <p><strong><em>Finalizado</em></strong>. Depois de
    Death Stranding

    Platform: PC
    48 Players
    8 Check-ins

    Finalizado. Depois de 56 horas investidas, chego ao final da história de Sam Porter Bridges. Eu sinceramente achei este jogo genial. Acredito que seja importante frisar que a dinâmica do game exige, além de paixão por exploração de mapas, muita paciência, muita preparação e também extrema precisão em determinados momentos, elementos estes que pra muitos não são tão populares assim, talvez por isso rolou muita falação em torno do seu lançamento.

    Primeiramente achei o jogo um RPG incomparável. Os inusitados protocolos que você tem de cumprir para entregar correspondências e também ligar instalações remotas a rede Chiral da organização UCA são diferentes e instigantes. O gameplay é igualmente inovador, com suas mecânicas de capacidade de peso e equilíbrio, tudo isso apoiado por uma física muito realista. Sem esquecer obviamente do incrível mapa que você decora como a palma de sua mão e o visual belíssimo, com cutscenes hipnotizantes. Junte a isso uma trilha sonora linda e melancólica e tudo fica melhor ainda.

    Temos também presente o humor sem noção de altíssima qualidade de Hideo Kojima,  que vai desde bombas feitas a base de urina e fezes (ou seja, ambos os filhos do Bolsonaro), todo o layout do jogo que lembra o Facebook, também coletáveis metalinguísticos,  e a participação de diversas celebridades em papéis de personagens principais e coadjuvantes.

    Por fim o melhor de tudo, a incrível mitologia fantasmagórica e metafísica que permeia as diferentes dimensões da história, algo que mistura Metal Gear com American Gods, tudo ao melhor estilo contemplativo, fragmentado e meio que surreal do Kojima. Enfim, um jogo sem dúvida único em todas as frentes, que oferece novas ideias pra tudo que se propõe a fazer. Um clássico instantâneo e sensacional.

    Esse jogo tem pelo menos uns seis finais falsos xD

    26
    • Micro picture
      santosmurilo · 3 months ago · 3 pontos

      Eu tbm amei qnd joguei. Ainda que o PS4 parecesse um avião a jato

    • Micro picture
      ralfrisi · 3 months ago · 2 pontos

      Tamo junto!!!!!

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...