2019-02-07 21:21:00 -0200 2019-02-07 21:21:00 -0200
luidao Max Wilson

sobre meu artigo

Quando eu escrevi esse artigo, eu queria desabafar sobre esse problema, porque ele tava me incomodando bastante e ainda me incomoda.

Lendo ele novamente, eu penso que ele poderia ser bem maior, já que é um assunto muito complexo e envolve bastante coisa.

O artigo em si é simples, mas acho que a galera entendeu a mensagem, principalmente os homens aqui da alvanista

Nos comentários muita gente ou praticamente todos mostraram seu ponto de vista sobre o assunto com respeito e educação, eu fico impressionado com tamanha discussão saudável que houve nesse artigo, já que é muito raro isso acontecer no Twitter por exemplo, principalmente que teria muitos perfis problematizando tal assunto sério sem debater realmente o problema em si, é por isso que eu amo a Alvanista, aqui as pessoas realmente discutem com bastante civilidade e respeito.

Se eu tivesse postado esse artigo em 2018 em outra rede social como o facebook, com certeza teria muita gente (direita e esquerda) brigando um com outro falando que é mimimi que isso acontece e as pessoas tem que engolir, mas nunca tratando de forma civilizada e querendo de fato resolver esse problema.

por isso decidir revisitar ele novamente, porque eu vejo que a polarização ficou tão grande que muita gente veria esse artigo hoje e trataria ele como a favor do feminismo ou algo do tipo (esquerdista), sendo que o objetivo do artigo que eu fiz era discutir sobre esse problema que as garotas gamers sofrem e tentar achar uma solução para diminuir, sem envolver politica, era mais uma questão puramente do comportamentos que nós jogadores temos sobre mulheres que gostam de videogame e achar uma forma disso acabar (não definitivamente, esse foi um erro do artigo, porque isso dificilmente iria acontecer), no final teve uma boa discussão e todos mostraram seu ponto de vista com respeito e dando suas opiniões, tanto mulheres quanto homens.

Eu fico realmente triste que só aqui eu vi esse exemplo de discussão saudável sobre esse assunto sério, porque nas outras redes sociais, isso seria tratado como algo bastante politizado, muita gente iria defender que mulheres tem que engolir isso porque é frescura por parte delas, e outros dizendo que isso deveria ser crime, nunca havendo uma conclusão real de como resolver esse problema da melhor forma possível, porque irá envolver briga politica, sendo que é o problema exclusivos dos game da natureza humana, não tem nada haver com politica.

Nesse tempo que fiquei fora da alvanista eu aprendi muitas coisas, principalmente nas eleições, hoje tento sempre fazer boas discussões, nunca atacando pessoas por pensarem diferentes, eu acho que as pessoas deviam pensar muito além do preto no branco, o mundo e o ser humano não podem ser resumido as duas palavras, somos bem mais complexos e racionais.

Então a mensagem que quero passar aqui é: Garotas que amam games não devem ser tratadas com banalidades, elas amam games, jogam muitos games, curtem bastante falar sobre games, mas elas não querem ser tratadas com arrogância e preconceito, elas querem curtir seus hobbies tranquilamente, sem precisar se estressar por causa de assedio vindo de gamers babacas, uma solução para esse problema existe, vamos discutir ele com educação, homens e mulheres podem amar games igualmente, sem envolver assedio de nenhuma parte, gosto muito de videogames, só quero que mais garotas gostem também, porque é sempre bom que mais pessoas curtem esse hobbie tão maravilhoso.

Eu tenho esperança que isso diminua, ainda bem que isso está acontecendo, mais garotas estão entrando nos videogames e sendo tratadas com respeito pelos garotos, isso é bom, mostra que evoluímos como pessoas, ainda vai existir pessoas babacas, mas esses estão cada vez mais sendo minoria e são bastantes ignorados, felizmente uma luz no fim do túnel está se abrindo.

Eu sou o Luidão, amo jogos e quero que mais pessoas também gostem!

38
  • Micro picture
    lipherusyt · over 3 years ago · 3 pontos

    Ler isso me faz lembrar da razão pelo qual nunca abandonei a Alvanista: os usuários. É triste perceber o quão óbvio seria o tratamento que as pessoas em outras redes sociais dariam pra este artigo, mas a Alvanista é e (se Deus quiser) sempre será melhor do que isso. Também noto que esse preconceito com as garotas gamers felizmente vem decaindo e se continuarmos fazendo nossa parte no que diz respeito a isso (leia-se: denunciar gente sem noção nas devidas plataformas/games) quem sabe esse problema desapareça?

  • Micro picture
    andre_andricopoulos · over 3 years ago · 2 pontos

    Carai mano, que susto. Pensei que revelaria:
    "Eu sou o Luidão, amo jogos e sou uma gamer Girl"🤗
    ...
    Zueiras à parte, concordo com todo o texto. Independente do gênero, a motivação e paixão é a mesma entre os gêneros.
    ...
    Respeito sempre!

  • Micro picture
    marcelokiss487 · over 3 years ago · 2 pontos

    Pow cara, que maravilha de artigo, assino embaixo com caneta marca texto ainda ahaha, a sua felicidade de ver cada vez mais as minas entrarem no mundo dos games, é a minha também, acho muito fodaaaa e só agrega, no Alva realmente as discussões funcionam muito melhores que em outras redes sociais, parabéns pelo artigo mano =D

  • Micro picture
    fagnerale · over 3 years ago · 2 pontos

    Tem coisa mais bonita que uma mulher que gosta de jogar, gamer é gamer, em vários jogos elas prestam bem mais atençâo aos detalhes, se é homem ou mulher não importa tem que incentivar a jogar

Keep reading → Collapse ←
Loading...