You aren't following knuxbbs.

Follow him to keep track of his gaming activities.

Follow

  • luchta Ewerton Ribeiro
    2022-06-21 21:00:16 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Pokémon TCG tem 9.1 bilhões de cartas vendidas ano passado!

    É isso aí, foram divulgadas as vendas de Pokémon TCG entre Março de 2021 e Março de 2022 e o total de cartas vendidas foi de 9,1 bilhões, o que superou e muito as vendas no mesmo período em 2020, que eram 3,7 bilhões. É um novo recorde, um aumento de 246% em vendas. E mesmo com esse aumento absurdo, aliada ao aumento de produção, os produtos estão se esgotando rápido das lojas. Sim, Pokémon TCG é o card game mais vendido do mundo atualmente, e a pandemia fez uma imensa quantidade de novos jogadores entrar para o jogo (eu mesmo fui um deles).

    Bem diferente de outros card games, Pokémon TCG aposta muito mais no colecionismo que no competitivo, com produtos cada vez mais atrativos para o público em geral. E um elogio que eu tenho ao card game, é o cuidado que eles tem nos produtos, com artes lindas, cartas FOIL com um lindo acabamento muitas vezes com relevo, e um grande apelo para crianças e adultos. Muito diferente de outros TCGs, que o grande foco é sempre no competitivo, com barbudos se matando para ter o deck mais forte. É um ambiente bem mais amigável, e olha que eu participo de grupos de outros card games, e posso garantir que a esmagadora maioria do pessoal que joga Pokémon TCG é colecionador e não jogador.

    Na moral. Acho que só o Digimon CG tenta ter esse cuidado no acabamento das cartas (com FOIL que acompanha a arte da carta, relevo, artes alternativas e tals), já que eu não vejo um esforço em outros jogos de cartas como Yu-Gi-Oh! ou mesmo Magic: The Gathering em atrair esse pessoal mais colecionador. Por essas e outras que esses TCGs vem perdendo espaço nesse meio, enquanto Pokémon TCG cresce absurdamente!

    Pokemon Trading Card Game

    Platform: Gameboy Color
    1753 Players
    21 Check-ins

    10
    • Micro picture
      rodolfo6493 · 5 days ago · 1 ponto

      A Pokémon Company bateu o recorde financeiro nesse último ano fiscal, aumento de arrecadação absurdo em todas as áreas.
      Vendas dos jogos no Switch (New Pokémon Snap, Brilliant Diamond/Shining Pearl e Legends Arceus), Pokémon GO e o TCG.
      Excelente momento para ser fã de Pokémon.

      2 replies
  • 2022-06-17 11:50:11 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    ÚLTIMA CHAMADA - Torneio Alvanista #5: Capcom vs. SNK 2

    Amanhã (sábado, 18/06) é dia de torneio! Todos da rede estão convidados a jogarem o clássico Capcom vs. SNK 2 a partir das 20h30! Para participar, basta entrar no nosso Discord e seguir as instruções no canal #anúncios. O torneio é gratuito e feito para todos os membros da rede! Quanto mais gente, melhor!

    NÃO SE SINTAM INTIMIDADOS POR SE TRATAR DE UM JOGO DE LUTA! O objetivo dos torneios é promover a integração entre usuários da Alvanista em uma noite divertida de jogatina. Não importa se nunca jogou um jogo de luta antes ou mesmo se não é muito chegado (ainda) no estilo, venha jogar com a gente, bater um papo e até mesmo aprender! 

    Para saber o quão amistosos são os nossos torneios, dêem uma conferida na postagem de destaques do torneio anterior.

    Para aqueles que se inscreverem, lembrem-se que também será necessário realizar check-in amanhã, entre as 20h e 20h30, para confirmar presença no evento. Para tanto, basta ir no canal #check-in do servidor a partir desse horário e reagir com o sinal que estará indicado.

    As regras e outras informações sobre o torneio podem ser lidas aqui, no canal #regulamento do Discord ou no Challonge.

    Nos vemos no amanhã! E spoiler: após esse torneio, teremos novidade!

    ________________________________________

    Nosso servidor no Discord: https://discord.gg/f2JUz7NezY

    Comunidade no Challonge: https://challonge.com/communities/torneios-alvani...

    Canal no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCI2wmPjtLvmCDDvnR...

    Nosso grupo na Steam: https://steamcommunity.com/groups/torneios_alvanis...

    @mandaloriano_95

    Capcom vs. SNK 2: Mark of the Millennium 2001

    Platform: Arcade
    91 Players
    2 Check-ins

    29
  • 2022-06-09 20:39:16 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Videogames ainda são divertidos como antes?

    Por que tantas pessoas se sentem culpadas por jogar videogame? Jogos não são mais divertidos como eram antes? Nesse vídeo, exponho uma pesquisa de hábitos de jogadores que venho fazendo há muito tempo e tento encontrar rumos que tornem os games mais saudáveis, resgatando a alegria que muitos perderam com o tempo

    29
    • Micro picture
      ivanstefani · 15 days ago · 3 pontos

      Cara, sério... estávamos durante o jantar assistindo ao vídeo e minha esposa ficou me cutucando e perguntando... Esse vídeo não é pra você não?
      É bom ouvir algo assim de vez em quando para dar aquela acordada pra vida.
      Sou fã do seu canal!!

    • Micro picture
      supernova · 17 days ago · 2 pontos

      Muito interessante o tema amanhã verei o video vou ate wardar para ver , no meu caso n acho interessante e meu tempo que tenho diariamente para jogar ! Ter so 40 minutos ou 1 hora por dia dependendo do jogo voce nem se empolga , hoje em dia por ex n conseguiria jogar the witcher 3 com minha saga de 720 horas para fazer tudo do game na dificuldade maxima rs

  • 2022-02-25 17:14:05 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    gicba checked-in to:
    Post by gicba: <p>Tava enrolando esse faz um tempo, desanimei pois
    Ganbare Goemon 3: Shishi Juroku Hyoe no Karakuri Manji Katame!

    Platform: SNES
    72 Players
    2 Check-ins

    Tava enrolando esse faz um tempo, desanimei pois tinha perdido o save na metade mais ou menos (quando eles vão pro futuro), no notebook velho.

    Lembro que enquanto esperava o NEO TWEWY baixar eu acabei rejogando até onde tava no PC novo, para passar o tempo, mas larguei e não voltei. Agora resolvi pegar e meter o braço até zerar logo, mesmo particularmente não me divertindo tanto.

    É um pouco difícil dizer o que eu acho do jogo como um todo pois minhas memórias da primeira metade são meio bagunçadas, mas julgando pela segunda metade, eu gostei menos que o 2, mas longe de ter simplesmente me odiado enquanto jogava igual foi com o 1.

    Esse terceiro jogo trás de volta o overworld navegável entre as fases sidescroller, mas diferente do 1, onde era bem inconsequente, aqui você tem NPCs, umas sidequest (tem uma que não é bem side, mas só precisa realmente fazer no finalzinho do jogo), segredos, não tão diferente de Zelda.

    Eu acho que não funciona muito bem pois o jogo não tem um mapa, as áreas são meio confusas e você não tem muita opção de navegar rápido fora um quick travel entre as cidades que você já visitou. O conceito é legal, mas acho que foi executado de forma um pouco fraca.

    As fases sidescroller são divertidinhas e tomam mais um formato de "dungeon", de novo provavelmente influenciada por Zelda e afins. Tem chaves, e alguns puzzles, e o jogo tem um mapa para te ajudar a navegar elas, ainda bem.

    Acho que a coisa que mais achei insuportável foi a curva de dificuldade. Ela é só uma sugestão pra Konami pelo jeito, e embora, de novo, não tenha sido a ponto de querer me fazer arrancar os cabelos igual no 1, tem muito chefe com mecânica meme chata, que te faz ficar esperando e esperando para poder dar dano neles...

    As fases também tem uma curva estranha, a dificuldade de uma das fases do meio do jogo é insuportável, com salas verticais enormes e inimigos que te acertam e te dão knockback, te derrubando lá pra baixo e fazendo repetir tudo de novo. Pior ainda que umas salas tem uma labareda de fogo acertando o centro da tela, e toda vez que ela aparece, o SNES começa a querer morrer e o jogo dá uma enlerdada desgraçada. E não para por aí. As fases do meio do jogo são longas, mas a ultima fase?

    Sim, é sério, são só 2 salas...

    Não sei se algo aconteceu e planejavam que o jogo fosse maior também, visto que você precisa coletar 8 placas, e no final do jogo você só tem 5, faz uma sequência de trocas para dar um pepino pra um Kappa, e aí ele te dá os outros 3, te dando acesso a fase final.

    Os controles funcionam, e pelo que lembro, diferente do 1 e 2, nesse jogo os personagens correm mais rápido (e consequentemente pulam mais longe) se você segurar o botão de atacar. O estranho é que tipo 90% dos pulos PRECISAM que você esteja correndo para não cair em buraco, então qual o ponto de ter isso? Não é tão gracioso quanto o botão de correr do Mario também, visto que toda vez que tu vai correr, o personagem tem que tocar a animação de ataque dele primeiro, é incômodo.

    Destaque foram as lutas de robô como sempre, uma das minhas coisas favoritas da série. Não lembro bem das do 2, mas acho que tive mais dificuldade nelas, a única luta do Impact que morri aqui foi a do final boss.

    É legal ver algumas coisas que eu conheço dos Goemon de 64 e tiveram origens aqui porém, tipo o capeta dançarino e as magias (embora só as do Ebisumaru e da Yae sejam necessárias para zerar).

    Bem, o 4 parece mais promissor visto que ele se parece com o 2 (sendo um platformer puro e simples), então acho que vou curtir ele mais.

    22
    • Micro picture
      vante · 4 months ago · 1 ponto

      Coragem recomeçar depois de perder o save

      1 reply
  • carlospenajr Carlos Pena
    2022-06-03 00:40:17 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Suplex...

    Medium 825593 3309110367

    no trem numa arte antiga japa XD
    Confeso que ri dessa porra, mas a arte ta bem legal vai XD

    Final Fantasy VI

    Platform: Playstation
    807 Players
    28 Check-ins

    20
    • Micro picture
      manoelnsn · 24 days ago · 1 ponto

      foda, ahauhauahuhaua

  • gusgeek Gustavo Francescheto
    2019-04-18 22:51:10 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    gusgeek checked-in to:
    Post by gusgeek: <p>#img#[631498]</p><p><strong>Super Mario Land 2 D
    Super Mario Land 2

    Platform: Gameboy
    752 Players
    27 Check-ins

    Super Mario Land 2 DX finalizado!!

    Mais um jogo do Mario terminado, e todo mundo sabe como é um jogo do Mario, tipo não tem muito o que dizer, é Mario, simples assim!! XD

    Essa versão colorida com certeza deixa o jogo bem mais bonito..

    E esse jogo igualmente ao seu antecessor tem vários inimigos e chefões bem diferentões e não muito convencionais pra um jogo do Mario, que nem esse Rato?!

    Ou os 3 porquinhos?! o_O

    Ele também tem coisas meio creepy, tipo esse boneco do Mario?! O_O

    kkkkkkkkkk

    Mas pelo menos introduziu aquele que é na minha opinião o melhor Vilão da franquia Mario, o Wario (que pelo visual deve ter cheirado Cocaína)!! XD

    Bônus

    25
    • Micro picture
      thecriticgames · about 3 years ago · 2 pontos

      Esse jogo é estranho (ele e seu predecessor) mas o acho bem legal até, só queria ter zerado a cores como você.

      2 replies
  • dantlast Danilo Oliveira
    2022-05-04 12:26:03 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Jogo finalizado #141 - E.V.O. The Search for Eden

    Finalizado em 27/04/2022 (5° de 2022 @desafioanual )

    Esse jogo é uma verdadeira relíquia escondida. É até estranho ver como esse jogo é tão pouco comentado quando se fala do SNES. Estava procurado algo novo que fugisse um pouco dos jogos que já estava jogando e eis que vejo alguém recomendando essa verdadeira obra-prima que mistura RPG com plataforma de maneira verdadeiramente fantástica. Os inimigos são criaturas que você mata e elas dropas um pedaço de carne, que por sua vez é consumido por nós e nos da pontos, que funciona como EXP para gastarmos "comprando" novos atributos para nossa criatura, sejam mandíbulas mais fortes, asas, nadadeiras, couraças, chifres, e etc.

    O jogo usa a premissa de que fomos enviados por Gaia, para a terra e assim devemos evoluir ao longo das eras, desde os primeiro micro-organismos na terra, até o surgimento da raça humana, porém, com algumas diferenças da realidade para deixar o jogo mais interessante, com criaturas evoluídas de outros seres, como pássaros, répteis e por ai a fora.

    E.V.O. foi uma descoberta extremamente gostosa e um jogo muito agradável de se jogar. Eu terminei o game como um humano e é muito interessante ver como cada escolha afeta a evolução e tudo mais. Só uma pequena observação...Que Final Boss insuportável. Em certos momentos minhas vontade era só desistir...Mas bem, continuei e finalmente terminei mais um.

    E.V.O. Search for Eden

    Platform: SNES
    210 Players
    21 Check-ins

    22
    • Micro picture
      jcelove · about 2 months ago · 2 pontos

      O conceito de EVO é legal mas o gameplay me cansa, só comer bicho e os bosses exigem um grind pq podem te matar rapidinho. Nunca sai da fase dos répteis.hehe

      3 replies
    • Micro picture
      santz · about 2 months ago · 2 pontos

      Conseguiu virar humano? Que massa.

      2 replies
  • supermarkosbros マルコス・アントニオ
    2022-04-27 14:54:11 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    16
    • Micro picture
      mastershadow · 2 months ago · 3 pontos

      HAUuuhua chorem seus pobres,já comprei duas!

      (Mentira) kkkkkk

    • Micro picture
      thiones · 2 months ago · 2 pontos

      Da prá comprar 5 celta pica, sair cada dia da semana com um deles e portar no insta "o pai tá de celta".

      Celoko.

      3 replies
  • anduzerandu Anderson Alves
    2022-04-27 19:38:16 -0300 Thumb picture
    Thumb picture

    Registro de finalizações: Crash Bandicoot: The Wrath of Cortex

    Zerado dia 27/04/22

    Cara, se tem um jogo que eu gostava na época do PS1 era Crash Bandicoot, sobretudo o Warped. Sempre que ia na locadora, eu tinha que jogar Crash. Era massa demais! Nunca zerava, justamente por nunca ter comprado o consoles (demorei muito para ter interesse no que não era Nintendo), mas isso também nunca importou. Mais tarde vários membros da família adquiriram o console e eu me matava de jogar. Chegava sempre longe, mas eram tantas coisas para jogar!

    Já na época do PS2 eu me distanciei um pouco dos jogos mas sabia da má fama dos jogos da franquia naquela geração. Lembro ainda de ver os jogos do Crash saindo em diversas plataformas fora da Sony, o que era bem estranho. Nunca joguei nada, mas realmente a fama deles era bem ruim.

    Ainda assim sempre curti demais o que eu conhecia e há alguns anos fui atrás de terminar a trilogia original e o de corrida, todos originais do primeiro Playstation. Mais recentemente cheguei a jogar os remakes na coletânea N'Sane Trilogy que um aluno me emprestou. Legal demais.

    Mas não vou mentir que os demais títulos, não criados pela Naughty Dog continuavam me deixando com a pulga atrás da orelha. Poderiam ser tão ruins assim? Por outro lado, outros jogos na mesma vibe do PS2 envelheceram um bocado quando os joguei há bastante tempo, mesmo eu tendo curtido Sly Cooper e Ratchet & Clank (mas não muito Jak and Daxter). Se eu ainda jogaria esses Crashs era um mistério. Provavelmente não, mas com aquela chance à curiosidade.

    Como cheguei ao Wrath of Cortex? UM amigo (o mesmo que gostou muito de Oxenfree) vivia falando nele e como adorava o jogar em sua infância. E foi agora, de volta ao mundo dos consoles pelo Switch e jogando o N'Sane Trilogy que ele me disse como aqueles jogos lembravam demais o WoC e como eu deveria jogar, mesmo eu insistindo que as críticas a ele não são nada boas. E não é que um dia ele me recebeu com um emulador de PS2 instalado com o jogo?

    Sem muito ânimo, dei uma chance e...puts! WoC é uma cópia descarada do Crash Warped! Desde os menus, o hub que acessamos as fases, a trilha sonora, como os vilões falam com a gente nas telas de carregamento e os próprios estágios, que muitas vezes são bem parecidos (apesar de haverem sim estágios originais).

    Perceba que nos jogos do Crash Bandicoot sempre houveram inspirações nos jogos anteriores e a volta de mecânicas e até inimigos e desafios, mas nenhum pareceu tanto um hack feito por fãs. E é tudo tão bizarramente genérico!

    Mas não se engane. O jogo não é ruim. É legal, ainda mais se você não conheceu o Warped ou mesmo começou a jogar a franquia por ele. Tá tudo bem.

    Duas coisas negativas que percebi de cara são:

    -Os visuais que são mega simples para um jogo de Playstation 2 e menos charmosos que os títulos de PS1. Como eu disse, é tudo bem genérico;

    -O level design é muito fraco. Pegaram a fórmula e fizeram estágios sem graça e sem o menor carisma. Há exceções, entretanto, que me lembraram o quão legal pode ser Crash.

    As semelhanças com os jogos passados são terríveis e muitas vezes são partes iguais às que já conhecemos mas com pequenas diferenças. Sabe aquelas fases que fugíamos de uma pedra rolante gigante ou um dinossauro? Aqui ao invés de correr, você foge dirigindo. E sabe aquelas fases aquáticas que tínhamos uma espécie de jetski? Aqui é um mini submarino.

    Os desafios nos cenários são esquisitos e muitas vezes injustos e demandam bastante tentativa e erro para saber que uma caixa de TNT vai aparecer na sua frente enquanto estiver fugindo em direção à câmera. Sei que a franquia sempre teve um pouco disso, só que aqui o tempo de reação é mínimo já que parece que sua visão é sempre tão limitada independentemente do tipo de fase e desafio.

    E sabe aquela lógica de boas fases de seguir itens coletáveis ou mesmo a lógica de certo cenário? Aqui isso quase não existe e o resultado são muitas mortes gratuitas e um pouco de frustração.

    Para completar a dificuldade, o hitbox nesse jogo é sofrível. Geralmente não chega a ser um problema, mas quando é, prepare a paciência! É você se explodindo em caixas de NITRO que não encostou e inimigos que você calculou o movimento para poder pular e mesmo assim considerou como dano.

    Meu amigo e eu jogamos apenas um dia. Acho que ele percebeu que WoC é realmente fraco e pouco original. Voltei lá algumas vezes depois e priorizamos outras coisas e até cheguei a tentar voltara  jogar com ele, mas foi ele mesmo quem desanimou. Acredito até que tenha desinstalado o emulador. Uma pena.

    Já eu tinha jogado o bastante para adicioná-lo a lista de jogos iniciados. E ele ficou aqui por bastante tempo esperando a oportunidade de jogá-lo. Há uns meses atrás desbloqueei meu PS2 para jogar via pendrive mas WoC não coube no meu dispositivo de apenas 4GB (tenho que arranjar um maior pois quase nenhum jogo cabe nesse espaço). E assim ficou até eu ter a ideia de tentar emular PS2 aqui no notebook. Baixei, instalei, baixei bios (já fico preocupado com configurações desse tipo) e olha só: rodou! Que loucura! Embora prefira jogar direto no console, estou cogitando até tentar jogar umas coisas mais tranquilas nesse emulador depois, como Xenosaga.

    Depois percebi o quão burro eu sou em ter esquecido que o jogo é multiplataforma e que eu poderia ter jogado a versão de GC no Wii. Enfim...

    Eras depois, de volta à esse Crash. Obviamente tive que recomeçar a aventura do zero. E olha, eu curti bem mais jogando sozinho tranquilamente. Me estressei um pouco com umas coisas quebradas, ainda acho que o jogo chupe muito do Warped e fique devendo na originalidade. E embora tenha valorizado mais, ainda é um jogo meio fraco e, como disse anteriormente, teria dado mais certo se eu não tivesse jogado os Crashs anteriores.

    Depois de mais de um ano sem jogar isso, me surpreendi em como ele tenta diversificar o gameplay como os anteriores faziam. Isso ajuda muito! Mas uma coisa estranha é como as fases são completamente desconexas, embora cada mundo meio que tenha uma temática. Mas isso é ok considerando ser um Crash. Mas a longevidade e dificuldade desses estágios é completamente diferente um do outro. Tem fases na medida certa, tem fases que duram menos de 2 minutos e tem fase que se arrasta DEMAIS, incluindo o que parece ser uma dezena de checkpoints distantes uns dos outros.

    Fiquei também decepcionado ao ver que em algumas situações a irmã do Crash, a Coco, toma controle da fase (assim como era no Warped), mas não tem estágios legais. Ou seja, as fases dela não tem nada de diferente e poderiam muito bem ser jogadas com o protagonista. Diria até ser pior já que o Crash vai aprendendo habilidades conforme derrotamos os chefes de cada mundo (como pulo duplo) e quando jogamos com a Coco temos que ter em mente que a jogabilidade dela será limitada.

    Outro vacilo aqui é que há aquela máscara do mal como vilão que controla tudo e que põe o doutor Cortex para executar seus planos. Já o doutor terceiriza essa atividade para o Crunch, uma espécie de Crash grandão do mal. O enredo tem como base a volta de 4 máscaras do mal para ameaçar a paz do mundo e cada uma protege um mundo, mas todos os chefes são o Crunch com o poder dado pela máscara daquele mundo. Ou seja: é sempre o Crunch.

    Resumindo: Crash Bandicoot: The Wrath of Cortex é um jogo até legal e bem melhor do que a má fama da franquia parece ser na era PS2. Infelizmente o jogo peca um bocado em originalidade e parece ser um jogo copiando a si mesmo. Se for para jogar isso, talvez seja melhor jogar o Warped mesmo.

    De bom: divertido. Muitas fases com mecânicas e jogabilidade diferentes entre elas e mesmo para a série, como estágios estilo Super Monkey Ball e até um power-up que te deixa invisível. Gosto das referências aos jogos originais em várias fases, como os chefes antigos te atacando.

    De ruim: a sequência do Warped copia demais a fórmula de sucesso do antecessor. Algumas fases se arrastam demais. Cheguei a presenciar alguns bugs, incluindo um do próprio emulador (na fase do robô, basta apertar F9). A jogabilidade em partes semelhantes se difere de fase pra fase e não há explicação, como ter que acelerar com X jogando de carro mas usando O de patinete e apenas a direção no chefe com o robô. Chato enfrentar sempre o mesmo inimigo como chefe. Hitboxes podem ser um pesadelo em certas partes.

    No geral, achei WoC um jogo válido e já até penso em jogar outras sequências no futuro: Twinsanity, Crash of the Titans e Mind Over Mutant além, é claro, do 4. Os de GBA, DS e os demais de corrida e party games eu devo não jogar mesmo. Jogo ok e até melhor se, assim como meu amigo, foi o primeiro Crash da sua vida. Fora isso, passável. 

    Crash Bandicoot: The Wrath of Cortex

    Platform: Playstation 2
    1093 Players
    48 Check-ins

    20
    • Micro picture
      bobramber · 2 months ago · 2 pontos

      Ora acelerar com o X, ora com o O, foi a maneira que encontraram de diversificar a gameplay, kkk

      2 replies
    • Micro picture
      knuxbbs · about 2 months ago · 2 pontos

      ão sei de onde saiu essa fama de que os jogos lançados para os consoles pra Nintendo foram ruins, mas 'Crash Bandicoot 2: N-tranced' e seu antecessor, para GBA, são até bonzinhos.

      1 reply
    • Micro picture
      knuxbbs · about 2 months ago · 2 pontos

      Por muito tempo, 'Wrath of Cortex' foi considerado meio que uma sequência não-ofiicial para o 'Warped'. Ainda bem que o "It's About Time' veio para corrigir isso.

  • knuxbbs Bruno B. de Souza
    2022-04-24 11:03:33 -0300 Thumb picture
    22
    • Micro picture
      santz · 2 months ago · 1 ponto

      Deve ter ficado uma bosta.

    • Micro picture
      tiagotrigger · 2 months ago · 1 ponto

      Pelo menos ficou em 3D. xD

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...