You aren't following kalini.

Follow her to keep track of her gaming activities.

Follow

  • kalini Kalini
    2022-07-23 21:29:03 -0300 Thumb picture
    Post by kalini: que pena que a rebecca é uma personagem ruim, curti

    que pena que a rebecca é uma personagem ruim, curti tanto o visual dela, disparada a mais legal visualmente de toda a serie... depois do Greg, que felizmente parece ser bom personagem.

    Cliches de anime, como tsundere e kuudere, por exemplo, deviam ser banidos por lei nos jogos. QUal é problema de fazer personagens realistas, que lembram pessoas de verdade? QUal é a graça de idolatrar arquetipos que nem existem na realidade, como tsundere? É triste..

    Presente de despedida

    Review by: @manoelnsn

    Em 2007, a série Wild Arms completava seus 10 anos de idade. Possuindo em sua bagagem, 5 jogos lançados para as pla...

    Keep Reading →
    14
    • Micro picture
      manoelnsn · 20 days ago · 2 pontos

      A Rebecca tem o CD legal, mas visualmente ainda fico com a Virginia do Wild Arms 3, com aquele vestidão bem vintage e as duas pistolas ornamentadas.

      Já o Greg é show. Ainda fico com o Gallows e o Clive do Wild Arms 3 como personagens masculinos da série, mas ele é duca mesmo, pena não ser o protagonista...

      Tem algumas tsunderes que eu até que se saíram bem, mas são bem raras mesmo e a maioria é um chute no meio do saco. A galera curte esses arquétipos por puro fetiche sexual, a maioria deles veio dos eroges até... E junta o fato de serem populares com serem de fácil produção: pimba, temos eles pra tudo quanto é lado :v

    • Micro picture
      kipocalia · 20 days ago · 2 pontos

      Eu também sempre achei o visual da rebecca o mais legal, gostava da movimentação dela em batalha também.

      3 replies
    • Micro picture
      bobramber · 20 days ago · 2 pontos

      Lendo a crítica, o Dean e a Rebecca me lembraram Vaan e Penelo do ff12

  • 2022-07-11 18:25:24 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    Post by grindingcast: <p>#img#[832617]</p><p>#img#[832618]</p><p>#img#[83

    E vamos de Lives RPGeiras, meus amigos e minhas amigas!

    Nossos horários são os seguintes:

    - 12/07, às 20h00m temos Elden Ring com o nosso descamisado Guido!

    - 13/07, às 20h00m temos Dragon Quest II com o nosso fetichista por dispositivo óptico composto por um par de lentes, — mais conhecido por óculos de grau — Chrystian!

    - 14/07, às 20h00m temos Pokémon Platinum com o nosso fantasiado de Ash, Chrystian — é outro Chrystian...

    E assim encerramos a nossa semana de lives RPGeiras, meus queridos e minhas queridas RPGeiros(as).

    Se vocês gostam dos nossos conteúdos de alta qualidade, como: Podcast, Almanque, Lives e Reviews, apoie o nosso projeto no Padrim ou PicPay, assim, além dos benefícios, vocês estarão apoiando a causa RPGeira no Brasil!

    O link está na descrição!

    Abraços!

    Elden Ring

    Platform: PC
    67 Players
    51 Check-ins

    13
    • Micro picture
      kalini · about 1 month ago · 1 ponto

      Parece que alguem togashou denovo

  • 2022-07-11 11:57:36 -0300 Thumb picture
    Thumb picture
    Post by grindingcast: <p>Sejam bem-vindos a mais um Grindingcast!</p><p>E

    Medium 832571 3309110367

    Sejam bem-vindos a mais um Grindingcast!

    E no episódio de hoje vamos relembrar com muito carinho dos RPGs que nos levam para outro tempo e nos fazem sentir jovens de novo!

    Seja mantendo o PS1 virado de ponta cabeça e torcendo para o jogo funcionar ou soprando aquela bela fita de SNES, ou Mega Drive!

    Possui também algum RPG nostálgico que lhe faz aquecer o coração?

    Venha conosco e compartilhe suas memórias e experiências!

    E se você gosta do nosso projeto, não hesite em apoiar a causa RPGeira! São vários benefícios legais e uma comunidade maravilhosa do Telegram aguardando a sua chegada.

    Escute aqui:
    https://geekquest.org/2022/07/10/grindingcast-52-rpg-nostalgicos/

    21
    • Micro picture
      manoelnsn · about 1 month ago · 2 pontos

      Pela thumbnail a infância de alguém não existiu, huahauhauahua

      1 reply
    • Micro picture
      artoriasblack · 29 days ago · 1 ponto

      Esse deve ser o cast mais......(bola de feno passando num deserto).....incomum que fora feito para o Grindingcast.

      Curioso o tema de nostalgia estar nesse cast. Estou revisitando rpgs antigos a muito tempo terminados sabes-lá o porque. Deve ser pelo motivo que estão preocupando os Rpgeiros da velha guarda, onde os action rpgs ou "com elementos de rpgs" estão dominando mais o mercado aos mais clássico jogos com turno, onde ainda há representantes, mas cada vez mais escassos. Basta ver a declaração da Squaresoft falar que o FFXVI é mais para pegar o publico jovem que curte Devil May Cry e mundo aberto, não me parece um prospecto muito bom aos meus olhos.

      Sobre o que o Muriel disse sobre Bleach: the 3rd Phantom, eu o terminei faz uns três anos e não lembro dele ser ruim, contudo se está o comparando com o FFTatics ou um Ogre Battle, então o game é bem simples então. Então todo Rpg tático ou não inspirado em animações japonesas (geralmente shounens) são ruins na opinião dos membros do Grindingcast?

      Em relação da nostalgia com os consoles, acredito que para mim, fora mais quando tive um PS1 e PS2, onde ia caçar nos titulos de Jrpgs no centro da minha cidade onde eu gostava de andar por aquelas barracas em busca de um jogo "raro" do meio, foi numa dessas que consegui achar o Bringandine: Legend of Forsena e quando tive o PS2, ter meus primeiros contatos com a série Persona, Atelier, Hack G.U, Rogue Galaxy e outras.

      Ouvi dizer nas redes sociais que o estão jogando Dark Souls 1, significa que o proximo cast será o dele? os membros do Grindindcast vão explorar as terras de Lodram? fico no aguardo desse cast.

    • Micro picture
      kalini · about 1 month ago · 1 ponto

      O podcast de RPGs Nostalgicos pra mim foi o maior, melhor e mais importante de todos os podcasts ja feitos no Grindingcast, de tamanha utilidade publica em tempos como estes, onde pessoal pede remake de tudo, so pra saciar sua nostalgia ilusoria com graficos ultra-realistas a 60FPS, porque grafico bonito na cabeça deles é so o fotorrealista/full hd computadorizado, sprite 2D ou pixel estilo retro nem pensar.

      Sei que voces não são contra remakes, mas queria dizer que eu sou totalmente contra qualquer tipo de remake, mesmo que seja pra divulgar o jogo pras novas geraçoes ou mesmo consertar problemas, pois eles fortalecem o mito de que o unico grafico aceitavel é o realista e/ou full HD, e de alguma forma vai SIM descaracterizar o jogo original, e, o pior de tudo, vai fazer com que as tecnologias de 8 e 16 bits fiquem perdidas no tempo, esquecidas. Parece que as pessoas de hoje em dia querem fingir que 8, 16 e 32 bits foram um surto coletivo, mas é importante preservar o jogo original da forma como foi lançado para que as futuras gerações vejam como era fazer jogos em 1985, 1994, 2002, tal como a gente ver uma reliquia num museu. É questão de preservação histórica! Por que não divulgar pras novas gerações o jogo em sua forma original como ele foi feito na época? Que fobia é essa que as pessoas tem por graficos antigos?

      E pra terminar, queria agradecer não só pelo podcast nostalgico em si, mas a todo o conjunto da obra de vocês, que vem cumprindo muito bem sua missão de abrir os olhos da galera e livrarnos dessa bolha de ignorancia. Espero que venham mais podcasts ousados como esse da nostalgia. Gostei dos extras no final metendo politica, mesmo discordando umas coisas aqui e ali das visoes politicas de voces. Tem que meter politica no joguinho mesmo, ninguem na verdade odeia politica no joguinho, odeiam A POLITICA QUE ELAS DISCORDAM NO JOGUINHO DELAS! Odeiam ver personagens homossexuais e transexuais serem humanizados, ao invés de só servirem de alivio comico ou fetiche. Odeiam ver mulheres com corpos menos bonitos, porque pro cerebro deles poluido pelo porno, mulher so pode ser bonitona. Mas tambem serve pra ala progressista que vive falando que é importante ter politica no joguinho, mais odeia quando tem jogos com ideias conservadoras, cristãs, liberais e politicamente incorretas, isso quando tem, xingando o jogo de tudo que é ismo e pedindo pra cancelar ele .Tem que ter jogo politizado de direita, esquerda, de tudo que é ideologia, pra eu rir e zombar de todas elas, haha! Gostei de ver as alfinetadas a esse (des)governo decadente de hoje do Biruleibe, não tenham medo de falar de politica no podcast. Ah, e cuidado com a nostalgia por politicos safados de 9 dedos, hahaha, pois por mais que tudo tenha sido aparentemente "melhor" no governo dele, um novo governo dele pode ser desastroso, tal como um remake de um Final Fantasy VII ou Secret of Mana.

      3 replies
  • kalini Kalini
    2022-06-23 07:42:46 -0300 Thumb picture
    Post by kalini: Boa critica como sempre, ouso dizer que essa foi a

    Boa critica como sempre, ouso dizer que essa foi a mais agradavel de se ler, pois voce nao ficou narrando a historia na integra, foi logo apontando todos os defeitos enquanto ao mesmo tempo foi resumindo a historinha, é assim que se faz.

    Da vontade de chorar demais com a situação desse jogo. Não existe muitos RPGs com ambientação de faroeste (ou mesmo o tal space western), o maximo que vi disso foi so um fragmento pequeno do Live a Live. Ai vem esse jogo prometendo um faroeste logo no começo, com abertura linda fazendo referencia a filme de cowboy, com musica de filme de cowboy, ai quando o jogo começa, balde de agua fria: vira fantasia medieval generica com direito a capetao no final. Me lembrou demais Phantasy Star IV, que prometia uma historia sci-fi, mas tambem é fantasia generica de matar capeta no final.

    Queria gostar muito de Wld Arms, mas não dá desse jeito.

    Velho oeste, espaço sideral e muitos puzzles

    Review by: @manoelnsn

    Com o final da geração 16 bits e o rompimento da Sony com a Nintendo (devido às desavenças que ambas empresas tiver...

    Keep Reading →
    17
    • Micro picture
      manoelnsn · about 2 months ago · 2 pontos

      É realmente, falar a parte da história desse jeito foi mais rápido e direto do que normalmente faço... Porém esse wild arms tem a narrativa simples, não sei se daria pra fazer isso em um jogo com a pegada diferente... Mas vou tentar.

      Eu gostei da ambientação do jogo, tal como a da série Phantasy Star no geral, porém realmente ele poderia ser um pouquinho mais western... Mas vamoa ver como o resto da série se sai nesse sentido

      1 reply
    • Micro picture
      thiones · about 2 months ago · 2 pontos

      Eu vi mesmo que o Manoel tinha postado essa crítica. Eu tô platinando o jogo e talvez escreva uma também depois, então não vou ler por hora.

      @manoelnsn achei que você ia postar isso aí no sábado. Aliás, pensei ter visto que você escreveu isso em algum lugar.

      2 replies
    • Micro picture
      jcelove · about 2 months ago · 1 ponto

      Japas nao curtem muito a cultura ianque. Dificil ver algo totalmente faroeste sem maluquice de fantasia japa no meio. Olha trigun por exemplo.hehe

      Pi Phantasy star 4 é sci fi sim, so tem magia e planeta medieval no meio, mas muita coisa espacial e tecnologica no meio. Vc viaja em uns 4 planetas e numa estaçao orbital...enganaçao é star ocean.

      6 replies
  • kalini Kalini
    2022-06-12 12:26:07 -0300 Thumb picture
    kalini checked-in to:
    Post by kalini: <p>FINALIZADA ESSA DESGRAÇA, FINALMENTE!</p><p>#img
    Final Fantasy II

    Platform: NES
    477 Players
    24 Check-ins

    FINALIZADA ESSA DESGRAÇA, FINALMENTE!

    Foram 2 anos de martirio investidos nesse jogo, em doses beeem homeopaticas, mas finalmente está terminado. Fiquei desde 6 da manha ate as 11  batendo em mim mesma pra subir todos os status o mais rapido o possivel e poder encarar a dungeon final, que era hardcore demais, com muitos inimigos que nao da pra fugir, especialmente dragoes, sem falar que os melhores equips do jogo estavam sendo guardados por uns demonios bem poderosos, acabei ignorando eles pois tava com pressa pra terminar meu sofrimento.

    E quando finalmente me encontro com o Imperador Mateus Palamecia com skin de capetão, ja fui no hype esperando um combate epico, longo e dificil, ja que a dungeon dele deu uma trabalheira do cão... mas novamente o jogo me joga um balde de agua fria, pois o combate so durouu dois turnos. Equipei Bloood Sword no Firion e no Guy, e eu dava de 1300 a 2500 de dano no bicho! O Holy da Maria tambem tirava um dano bom, e Leon era peso morto, ja que nao da pra grindar com ele abusando desse sistema maluco e bugado de evolução, so os tres primeiros da pra fazer o truque de selecionar a ação e cancelar pra selecionar denovo pra aumentar status, De qualquer forma, o coitado do Palamecia deu nem tempo de fazer nada, pois eu ganhei uma iniciativa. Isso mesmo, UMA INICIATIVA NUMA LUTA DE BOSS! 

    Enfim, o imperador do alem se lamenta por ter sido derrotado duas vezes e bate as botas de vez, mas é muito fracassado mesmo... Depois de serem capachos da Hilda o jogo inteiro, nossos zerois tem seu merecido descanso e Lionheart decide ir embora por causa das (nenhumas) atrocidades que cometeu, enquato o espirito dos membros mortos da festa observam no fundo do cenario. Fim.

    Bem, e o que dizer desse jogo? Como diria o @manoelnsn : Esse jogo é uma merrrrrrrrrda! Serio, quem teve a ideia genial de abolir o sistema de nivel padrao pra trocar por essa aberração onde voce tem que ficar repetindo literalmente 100 vezes a mesma ação ou magia pra subir de nivel de cada atributo? Tudo bem, é uma ideia interessante no papel, mas na pratica é mega maçante, tem vezes que o atributo nem sobe em algumas lutas, so as magias que sobem de nivel toda vez. Mesmo abusando do truque de cancelar e escolher denovo a ação ou de ficar batendo nos chars pra evoluir, demora bastante. Sem falar que da pra quebrar relativamente facil o jogo se abusar do sistema. Esse é disparado o pior sistema que ja vi num RPG!

    A historinha não ajuda tambem, se resumindo tudo apenas a fetch quests a mando de uma princesa ao inves de participarmos diretamente da guerra (que nem a praga do Final Fantasy XII, ate deu flashbacks do Vietnã agora), tendo que buscar varios itens que nem Dragon Quest, so que aqui é muito pior, pois tem que ficar decorando senhas e saber usar nelas com o NPC certo pra desbloquear mais e mais senhas e repetir o ciclo! A historinha tenta parecer mais envolvente que Dragon Quest ao rechear de mortes, mas tem dois problemas: 1 - as mortes aconetcem muito rapido e as reaços das personagens perante elas são bem insipidas 3 2 - tem mortes demais, o que acaba banalizando tudo e tornando previsivel, tal como acontece no Final Fantasy IV (Square nao aprende com os erros, pelo visto). O vilão, o Palamecia, so aparecetres vezes o jogo inteiro pra soltar frases genericas de uma linha e apanhar duas vezes e, batalhas bestissimas que so duram dois turnos!

    Esse é o nivel desse jogo. Um desastre total! O que me deixa mais revoltada é que o projetista principal do sistema desse jogo, o Kawazu, ganhou aval da Square pra fazer uma série so dele que reaproveitava essse sistema nojento, a serie SaGa, que ja testei tres jogos (SaGa de Game Boy, Romancing e Frontier) e tive experiencias frustrantes! E esse cara continua até hoje, enquanto o takahashi de xenogears so teve aval pra fazer o quinto episodio de uma serie que deve ter seis! E ainda esse quinto episodio saiu todo zoado no CD 2!

    Ok, depois dessa sofrencia, infelizmenet acho que vou pra outra, to me decidindo se vou sofrer no Final Fantasy III ou Dragon Quest VI... ou talvez deixar eles pra la por enquanto, descansar e voltar a incinerar anoes no Borderlands 2 nas horas vagas.

    19
    • Micro picture
      jcelove · 2 months ago · 1 ponto

      Parabéns! Nem me pagando eu jogaria essas versõs do nes (bem , talvez se me pagassem, mas ainda relutaria). Odeio esse visual 8bit ai. hehe

      SaGa apesar de não ser um estouro tem fãs fieis e vendeu o suficiente pra justificar suas várias continuações, spin ofs e clones. Tem quem goste daquela maluquice.XD

      Ah não da pra defendero Takahashi não. O cara tem idéias faraônicas com temas que não são tão palatáveis pra todo mundo (xenogears seria o FF VII inicialmente) e fivcava nessa pira Star Wars de fazer histórias gigantescas em projetos mega milionários que durariam anos mas que nunca correspondiam financeiramente. Teve oprotunidade na Square e depois teve na Namco e fez a mesma coisa.hehehe

      2 replies
    • Micro picture
      noyluiz · 2 months ago · 1 ponto

      Boa Kalini

    • Micro picture
      kipocalia · 2 months ago · 1 ponto

      Pô, SaGa é legal, mas o melhor pra mim até agora foi o remake do 3 para DS.

      5 replies
  • kalini Kalini
    2022-06-12 10:28:30 -0300 Thumb picture

    Desafio: 30 dias de games

    Dia 15: Maior surpresa - Dragon Quest IV

    Antes dele, joguei os tres anteriores e so achei eles ok, nem mesmo o aclamado III me fez virar fã da serie, so fez mesmo ter o minimo respeito por ter sacado qual era a dela, então fui jogar o IV com as expectativas la embaixo, ainda mais porque ele tem uma escrotisse no sistema de batalha, que todos os membros da party com exceção do heroi são controlados pela máquina. 

    Em historia, esperava o mais do mesmo: coletar um monte de item e matar o capetao, mas na verdade não era bem assim, pois a historia aqui era contada em capitulos, cada um com um protagonista e historia diferentes que depois se conectam entre si: um cavaleiro procurando crianças perdidas, uma princesa boa de briga que quer ser independente, um mercador gordo querendo se dar bem na vida, duas irmãs ciganas que querem vingança pela morte do pai e o heroi da vez é melhor construido, com o jogo mostrandoas pessoas que criaram ele morrendo onscreen. Ate o capetao da vez é melhor contruido, pois na verdade ele so quer matar a humanidade porque esta judiou de sua elfa amada. 

    Por mais que seja tudo bem basico e simples ainda, foi muito satisfatorio ver essa historinha em pleno Nintendinho, que era avançada demais pra epoca e dava um banho até mesmo no Final Fantasy II, cuja historia tenta ser mais seria, mas é tudo mal executado e superficial ate pros padroes da epoca. Rejogar essa desgraça so me fez dar mais moral ainda pro Dragon Quest IV. A gameplay é boa tambem, tirando essa de batalha automatica pra 3 chars, pois tem umas gimmicks diferentes nas lutas contra Linguar, King Slime e Necrosaro. Virou o unico Dragon Quest que eu realmente gostei pra valer e me fez perder o preconceito de vez com a serie.

    Dragon Warrior IV

    Platform: NES
    98 Players
    19 Check-ins

    10
    • Micro picture
      manoelnsn · 2 months ago · 1 ponto

      Dragon Quest IV é vida

  • kalini Kalini
    2022-06-11 18:07:44 -0300 Thumb picture
    kalini checked-in to:
    Post by kalini: <p>Voltando a jogar essa desgraça</p><p>#img#[82716
    Final Fantasy II

    Platform: NES
    477 Players
    24 Check-ins

    Voltando a jogar essa desgraça

    Apos o mago branco Min-wu se sacrificar para me dar a magia classica mais forte da série, Ultima, numa cena com emoção tao profunda quanto um pires, nossos herois recebem a noticia que o Imperador malégno que parece a Rita Repulsa dos Power Rangers está destruindo varias cidades ao redor do mundo com uma fortaleza voadora chamada Cyclone e o reino de Hilda é o proximo. Como bons capachos da Hilda que nossos herois são, eles partem voando num calango gigante pro ciclone junto com Richard, um Dragoon que não sabe pular, talvez tenha nascido alejado.

    Depois de infinitas batalhas chatas contra uns inimigos que nao da pra fugir, perder metade da minha Mana e do meu Life e dando um monte de porrada nos meus chars pro HP deles crescerem, finalmente encontro o Imperador Palpatine do Paraguai, e ele ainda manda um gigante intimidador pra cima de mim. Vai ser uma batalha épica e super dificil, né? So que não, até os cavaleirinhos do meio são mais dificeis que o imperador, que morreu com uns petelecos e tirava lascas do meu HP com Bolt 10, que na teoria, devia ser bem forte.

    Mas mesmo com o imperador batendo a caçuleta, o nosso sossego ainda não acabou, pois o cavaleiro negro braço direito do finado imperador agora se auto-proclamou o novo governante e agora quer dominar o mundo PORQUE SIM! Ah, e é revelado que ele é Lionheart, o irmão da Maria. Incrivel, não? Mais incrivel que isso so a reação artificial deles resumidas em frases de quatro palavras.

    Pois bem, voltei a Palamecia via a primeira Airship da serie, dada pelo Cid da vez antes de bater a caçuleta pra por um fim nisso de uma vez, mas o Imperador Mateus vem do alem, vendeu sua alma pro capiroto pra voltar a vida e agora vai dominar o inferno e a terra. Richard se sacrifica para que nossos zerois fujam, e eles reagem da forma mais japonesa possivel, so exclamando o nome do cara, Lionheart se une a festa e agora vamos descer ao inferno pra por um fim nesse troço de jogo de uma vez por todas.

    Mas antes, mais porrada pra crescer o HP, MP e magias de todo mundo apertando e cancelando o ataque literalmente 100 vezes (Sem hiperbole mesmo). Que jogo divertido! Mais divertido que isso so ouvir o CD do Roberto Justus.

    17
    • Micro picture
      duothegreat · 2 months ago · 1 ponto

      mais divertido que isso é escutar lone prayer em looping, e meu mecha do céu, não quero nem imaginar a experiencia de ambos

    • Micro picture
      manoelnsn · 2 months ago · 1 ponto

      Dá pra pegar Holy bem cedo no jogo e quebrar essa degraça rápido.

      2 replies
    • Micro picture
      thiagobrugnolo · 2 months ago · 1 ponto

      O FF SaGa Star Wars, hahahaa. Olha ainda que ele tenha esse sistema diferentão de evolução achei esse o FF mais fácil que joguei, você vai ver que o final boss é estupidamente fácil.

  • kalini Kalini
    2022-06-11 09:48:19 -0300 Thumb picture

    Desafio: 30 dias de games

    Dia 14: Maior decepção - Final Fantasy XII

    Apos terminar Final Fantasy X, fui correndo comprar o XII com o hype as alturas, devido minha boa experiencia com o jogo anterior, abri o jogo, ok, ja peguei ranço do character design, achei feio demais o rosto das personagens, mas tudo bem, o que importa é gameplay, mas assim que a batalha começou, um tremendo balde de agua quente (nao fria) na minha cara: um sistema escroto de ação ao inves de turno. Pois é, prefiro muito mais jogos de turno, mas ok, iria engolir a proposta deste jogo ser de ação, mas não adiantou de nada, pois é um sistema de ação bem monotomo,  automatizado e leeento! Unica dificuldade que esse jogo tinha era numa luta opcional contra o Elder Wyrm e outra luta contra a Demon Wall. Ambos tinham gimmicks bem legais, mas o resto era tudo baba, repetitivo e o pior, sonolento. Serio, eu DORMI enquanto tava numa batalha nesse jogo, ainda mais com a trilha sonora inteira ser bem sem emoção, não te passa a sensação de batalha.

    Mas ok, é RPG, então o mais importante é a historia, certo? Pois então, até a historia é um porre. A premissa é legal, pois é sobre guerra e luta pela independencia contra um imperio expansionista, e o vilão não quer destruir o mundo, mas quer apenas mais poder, e pra isso elimina ate seus suditos e familiares que ficarem no seu caminho. Voce controla uma princesa rebelde destronada, que teoricamente deveria ser a protagonista, mas ao inves disso veio um jovem dinamico chamado Vaan, que se voce apagar todos os dialogos, não faz diferença nenhuma pra historia. Tudo bem, entao significa que as outras personagens compensam, né? NAO, pois todo o resto do elenco tem um carisma de um Tiago Leifert, sem falar de personagens inuteis que não sei porque raios estão na party, como Fran e Penelo. Falam muito da inutilidade do Vaan, mas estas duas são ainda piores! Balthier é so aquele cara travadão que sentava atrás da sala na sua escola tentando ser descolado pra se enturmar. Basch tem um background legal, pois foi acusado injustamente de traição contra o reino de Ashe, tem reais momentos de protagonismo, mas ambos são uma pedra.

    E o pior de tudo é que tive que jogar esse jogo até o fim com cara de cy pra compensar a grana gasta nele. Foi uma experiencia terrivel, não tanto quanto o Final Fantasy VIII, mas chegou perto.

    Não minto que não teve coisa boa nesse jogo. Como sempre, a Square caprichou demais nas summons, e trouxe umas 12 ineditas, todas elas com um visual supre caprichando, sendo a favorita essa da imagem acima, que esqueci o nome. Tem summons fazendo referencias a viloes de outros jogos tambem, como Zeromus, Chaos e Exodus (Exdeath). Outra coisa legal foi o worldbuilding: era muito bonito e bem feito o mundo interconectado que fizeram la, e das raças que inventaram. Pena que sua party so tem humanos e uma mulher com orelha de jumento. Queria um homem-caranguejo :P

    Final Fantasy XII

    Platform: Playstation 2
    5843 Players
    192 Check-ins

    20
    • Micro picture
      ederpezawm · 2 months ago · 3 pontos

      Também achei isso desse jogo, o que menos gostei foi do combate, podia ser por turno.

      1 reply
    • Micro picture
      jcelove · 2 months ago · 2 pontos

      Mas nem aartedo Yoshida agradou...realmente nao curtiu o jogo si vomplica.

      O combate dele ta mais pra turnos que pra action, nao da pra sair retalhando inimigos sem parar como em Ys, Tales ou KH pq tudo fem cooldown. O sistema de gambit fem bastante influencia nos mmos, da pra augomatizar mas precisa saber arrumar principalmentd no final. Da pra controlar manualmente tbm, do fica insanamdnte mais dificil pq l inimigo nso fica esperando.hehe
      O sistema do 13 acho uma boa eboluçao dele.

      Vaan e penelo sao pontas soltas pq os produtores japas acharam que protagonistas adultos nao seriam bem aceitoz, mas o protagonismo é meio dividido entre Bash, Ashe e Balthier, que é o Han Solo do jogo, a Fran é a Chewbacca que tofo jspa gostaria de ter. Acho a dinamica dos e bem legal.
      O desenvolvimento teve tanta treta entre a parte criativa e os produtores que Matsuno largou no meio.

      As Vieras sao mais pra coelinhas humanoides, surgiram no FFTAdvance se me lembro. jumento foi ofdnsivo.hehe

    • Micro picture
      mastershadow · about 2 months ago · 2 pontos

      Minha maior decepção tbm, tanto que abandonei a série FF ai.Acho esse FFXII até um jogo legal,mas um FF horrendo haha.

  • kalini Kalini
    2022-06-10 09:16:28 -0300 Thumb picture

    Desafio: 30 dias de games

    Dia 13 - Jogo de esporte favorito - Winning Eleven 10

    Tambem mais conhecido no br como Bomba Patch!

    Reparei que o povo desse site não é de jogar jogo de football por algum motivo, especialmente os do lado mais otaku e RPGeiro da força. Football é uma paixão minha desde o dia que me encantei vendo a França jogar na copa do mundo de 2006, parece que surgiu uma geração inteira hoje que nao curte mais o esporte talvez por causa da decadencia da seleção brasileira e o fato de um bossal como Neymar ser o melhor que temos agora, ou pelo fato de que a camisa da seleção br virou marca registrada da detestavel direita politica. Mas enfim, Winning Eleven foi o jogo que mais joguei na minha vida com amigos, "amigos" e nem tao amigos assim, mas o que eu mais gostava mesmo era a possibilidade imensa de edição que esse jogo permite, onde eu podia criar meus proprios times e jogadores, pois eu adoro customização. Cheguei até a criar times e paises da minha cabeça, seleçoes com chars de dragon ball, star wars, coloquei uns cortes de cabelo bem loucos com um moicano bem alto, fazia meus proprios uniformes e podia mudar as musicas, gritos de torcida e tudo mais.

    Winning Eleven 10

    Platform: Playstation 2
    436 Players
    4 Check-ins

    18
    • Micro picture
      bobramber · 2 months ago · 1 ponto

      Eu adoro futebol, mas não jogo porque vicio fácil e não tem fim, aí me atrapalha de conhecer outros games... O que mais joguei foi o Winning Eleven de PS1, 2002 se não me engano.. E meu tesão era jogar a liga Master, começar com um time ruim, batalhar pelo empate e ir melhorando aos poucos.

      3 replies
    • Micro picture
      bonbon_prince · 2 months ago · 1 ponto

      O pior é que eu gosto de futebol ksksskskskk
      Cresci assistindo Grenal (Grêmio vs Inter) a casa da minha vó e era o único esporte na educação física que eu jogava bem pois eu "não era baixinho demais" pra jogar kskskskskskks

      2 replies
    • Micro picture
      igor_park · 2 months ago · 1 ponto

      🤝🏽🤝🏽🤝🏽
      Eu também crio times baseados em animes e em tudo que você imaginar na real kkkkk.
      Editava uniformes, elenco, escudo e tudo que fosse possível.
      Joguei muito WE10 no PS2. Aquela copa de 2006 foi foda lembro da final épica entre França e Itália. Faltou ao Brasil organização e comprometimento pois elenco tinha fácil.

  • kalini Kalini
    2022-06-09 07:47:32 -0300 Thumb picture

    Desafio: 30 dias de games

    Dia 12 - Jogo de corrida* favorito: Bomberman Fantasy Race

    Need For Speed? Top Gear? Que nada! O jogo de corrida da minha vida vem de uma das minha series favoritas de sempre, Bomberman. Não sou muito fã de jogos de corrida e nem joguei muitos, mas este aqui me encanta muito pelas musicas, vozes das personagens, o fato de que voce corre com animais ao inves de carros, o clima cartunesco e a capacidade de tacar bomba nos oponentes, tendo uma variedade de bombas diferentes pra se usar, mas na verdade eu escolhi ele por pura nostalgia mesmo, pois foi um jogo que eu jogava muito na minha infancia com minha irmã e ele me traz boas lembranças.

    Bomberman Fantasy Race

    Platform: Playstation
    827 Players
    2 Check-ins

    20
    • Micro picture
      manoelnsn · 2 months ago · 2 pontos

      Tem jogo de corrida de bomberman? Eita porra

      1 reply
    • Micro picture
      rotcivsette · 2 months ago · 1 ponto

      Esse é bom mesmo. Só lembro do som dos passos dos animais correndo e pulando.
      TAP TAP TAP TAP TAP

    • Micro picture
      dantlast · 2 months ago · 1 ponto

      Caaaaara, que baita jogo. Eu lembro que quando ganhei o CD, eu joguei umas 10 horas seguidas e só lembro da minha mãe gritando por que eu não tinha ido dormir...Bons tempos

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...