2021-09-13 17:39:34 -0300 2021-09-13 17:39:34 -0300
mateusfv José Carlos

Momentos literários com o pai - #2 - TDKR: The Last Crusade

Hoje vou estar falando de algo sobre um cara polemico, Frank Miller, o cara que me escreveu duas das histórias mais icônicas do Batman: 

The Dark Knight Returns - Conta a história de um Batman já aposentando retornando uma última vez para combater o crime de Gotham, e contém também a famosa luta (roubada) dele contra o Superman.

Batman Year One - Conta a origem do Batman, desde a morte de seus pais, até o inicio de sua carreira como Batman e o seu combate contra o crime de Gotham na época em que os super vilões ainda não existiam na cidade (essa HQ inspirou MUITO o Batman Begins).

Apesar de ele ter escrito duas histórias que não só mudaram o personagem do Batman dali para frente, como toda a indústria de comics no geral, ajudando naquela transição da mídia de algo que ainda era no geral mais infantil da era de prata (apesar de ter uma ou outra história séria), para a parada mais séria, adulta, e violenta da era de bronze, algo que muita gente glorifica ou condena até hoje.

Mas após estas duas histórias, o cara nunca mais fez uma história boa do Batman, e sim só trouxe umas atrocidades tipo The Dark Knight Strikes Again a continuação do Dark Knight Returns, que tem uma das, senão a pior arte que já vi até hoje em uma HQ, e All Star Batman & Robin the Boy Wonder essa que talvez tenha a personificação mais insana do personagem, o Batman dessa história é 100% "pescotapa", e trouxe um dos melhores memes da midia até hoje.

---------------------------------------------------------------------------------

Bem com esta "pequena" introdução ao autor, para situar você caro leitor no que estamos entrando, do que exatamente estarei falando hoje?

The Dark Knight Returns: The Last Crusade, assim como as outras histórias do Batman escritas pelo Miller, se passa no mesmo universo estabelecido no Dark Knight Returns, e em teoria conta a história da última missão do Batman antes de ele se aposentar e o treino do segundo Robin (Jason Todd), enquanto ao mesmo tempo conta como o coringa escapou (novamente) do Asilo Arkham.

Mas como já dito anteriormente, o Miller não acertou em mais nada após o Year One, então significa que esta é outra atrocidade dele?

Não, porém com certeza é uma das histórias mais chatas que já li do morcegão, e no final acaba sendo total filler, não adicionando nada de importante ao universo criado por ele.

O resumo da história é o Batman literalmente reclamando de dor nas costas, entre outras coisas de velho, e como ele esta:

Fora isso como o Jason tem espirito pra porradaria (apesar de o guri ser "meio" pescotapa), mas não esta preparado ainda, e o coringa que aparece na capa é puro bait, pois esse mal tá na história, e não influencia em nada nela, a não ser literalmente nos últimos quadros que são rushados pra caramba.

Basicamente pela capa e prefacio da história, dá a entender que vai ser algo épico mostrando como o coringa escapou, foi capturado, e acabou ficando naquele estado catatônico que ele se encontra no Dark Knight Returns, mas no final tá mais pra Batman e sua artrose, e Robin o menino psicopata, com participação especial de coringa falando coisas aleatórias.

Assim como no Dark Knight Returns, a mídia aparece volta e meia na história, dessa vez questionando se é correto o Batman trazer uma criança pra ajudar a descer o cacete na marginalidade, esse é o único assunto realmente interessante na história, pena que não vai pra lugar nenhum, pois isso é só pano de fundo.

Eu não tinha lido esse aqui anteriormente, e acabei pegando mais por conta do Azzarello tá como co-roteirista, ai já imaginei que o Miller não ia fazer algo muito insano, ao menos não esperava algo do tipo, no final as vezes mais valia ter sido só o Miller mesmo, e esta ter sido outra história absurda dele, com o Batman se matando de rir pq ele é a porra do Batman, ou descendo o cacete em uma mulher com swastika na teta e bunda, enquanto tá vestido de uma velha gorda, ao menos ai eu teria tido um pouco de entretenimento.

Pra não dizer que tudo nessa HQ é medíocre a arte do, Romita Jr é boa, mas só ela não salva essa história de pegar no sono, se quiser ler uma história boa do Miller, leia Dark Knight Returns ou Year One mesmo, e esqueça do resto que ele fez no Batman.

Links para compra (não patrocinados XD, e dessa vez não recomendados, se quiser ler essa ai, leia um scan online u_u):

Cavaleiro das Trevas. A Última Cruzada - Amazon - Frete grátis pelo Prime - No atual momento (13/09/21) esta com desconto por 33,32 do preço original de 35, sinceramente não tem muita diferença.

Posts Anteriores:

Momentos literários com o pai - #1 - Resident Hill da Gamer Velho

12
  • Micro picture
    jcelove · 11 months ago · 2 pontos

    Essa eu não li mas é unanime mesmo que o Miller não acertou mais a mão com depois de DK e Year one mesmo

    1 reply
Keep reading → Collapse ←
Loading...