2021-04-09 17:31:42 -0300 2021-04-09 17:31:42 -0300

Resumão da Quarta Geração de videogames

Single 3860726 featured image

 A quarta geração de videogames começou em 1987 com o lançamento do PC Engine pela NEC. O console trazia gráficos em 16-bits, muitas cores e sprites grandes, além de um formato de jogos em cartão bem mais barato. A Sega veio em seguida e lançou o Mega Drive em 1988 apelando no marketing com conversões quase idênticas aos jogos de Arcade da época. A Nintendo só foi lançar o Super Famicom em 1990, trazendo Super Mario World e F-Zero para demonstrar as novas capacidades técnicas do aparelho. O lançamento americano desses 3 videogames foi um grande marco na indústria. O Turbo-Grafx-16 teve uma recepção morna, mas o Genesis foi aclamado pelo público com marketing agressivo e jogos com marcas licenciadas e de celebridades da época.

O Super Nintendo demorou chegar nos EUA, pois o NES ainda era muito popular por lá, mas enquanto isso, o Genesis estava ganhando mais espaço e a Sega apostou todas as fichas em um novo mascote: Sonic the Hedgehog. Os jogos do ouriço foram tão bem aceitos que pela primeira vez a Nintendo foi superada por uma outra empresa nos videogames. Enquanto isso, no Japão, o videogame da Sega não era tão popular, com o PC Engine ficando em segundo lugar, especialmente com o uso do periférico de CD. Nos EUA, o Mortal Kombat sangrento no console da Sega alavancou o Genesis, mas com o lançamento de Donkey Kong Country, o cenário se inverteu e no fim, o Super Nintendo superou as vendas dos consoles da quarta geração com quase 50 milhões de vendas, sendo Mega Drive com 35 e PC Engine com 10.

Foi também durante a quarta geração que tivemos a primeira guerra nos portáteis. Em 1989, a Nintendo lança o GameBoy, com sistema de troca de cartuchos e tela monocromática, que permitia um tempo de bateria imenso. O Atari Lynx veio na contramão com uma tela colorida e um design imenso, mas a biblioteca de jogos foi muito fraca. A Sega também entrou no mercado com o Game Gear, que também usava tela colorida e teve um sucesso relativo. Até a NEC entrou no mercado com o Turbo Express, uma versão portátil do PC Engine capaz de rodar praticamente os mesmo jogos, mas custava muito mais caro. Por fim, o GameBoy saiu vitorioso com uma larga vantagem, mais de 64 milhões de unidades contra 11 do Game Gear, 1,5 do Turbo Express e apenas 500 mil do Atari Lynx.

Seguindo a tendência da terceira geração, os jogos de plataforma 2D foram o estilo mais explorado, com jogos mais bonitos, rápidos e jogabilidade refinada. Outro gênero que explodiu de vez foi o RPG, que recebeu títulos que ficaram consagrados na história como os melhores de todos os tempos, principalmente com os jogos da Squaresoft. O gênero de jogos de luta se popularizou com força graças ao sucesso de Street Fighter II. Os beat ‘em ups tiveram seu auge durante essa geração. Nos PCs, os jogos de FPS trouxeram uma nova perspectiva com o sucesso de Doom ao lado de jogos de point-and-click icônicos da LucasArts. E claro, os jogos de puzzle estilo Tetris eram perfeitos para passar o tempo nos portáteis.

@andre_andricopoulos, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @noyluiz, @marlonildo, @volstag, @manoelnsn, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @sergiotecnico, @srdeath, @melkorbelegurth, @avmnetto, @spider, @denis_lisboadosreis, @fredson, @hyuga, @wcleyton, @bobramber, @carlosneto, @thiagobrugnolo, @rensan, @eduardo_wrzecionek, @christciamn, @warconnor [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

62
  • Micro picture
    artigos · 6 months ago · 3 pontos

    Parabéns! Seu artigo virou destaque!

  • Micro picture
    thecriticgames · 6 months ago · 2 pontos

    Vou compartilhar porque as notificações desapareceram.

    1 reply
  • Micro picture
    anonim · 6 months ago · 2 pontos

    Por mais que o SNES seja o mais popular, eu ainda prefiro o PC-Engine, aliás, quero ser marcado na próxima postagem.

    1 reply
  • Micro picture
    leandro · 6 months ago · 2 pontos

    Eu sempre considerei o Mega Drive um console mais arcade, principalmente pelo jogos de naves, logo ele tinha uma cara bem oitentista nesse sentido. Ja o Snes meio que foi o inicio dos vídeo games modernos, principalmente com sua gama de RPG´s e jogos 2D e todo aquele visual do efeito zoom ( mode 7 ) . Eu ate considero o Snes um co irmão do Play 1 nesse sentido, mas não por causa da questão do fim do contrato, mas pq ambos são parecidos em muito jogo, principalmente em RPG´s, e nas estéticas dos mesmos

    1 reply
  • Micro picture
    andre_andricopoulos · 6 months ago · 2 pontos

    MEGA x SNES...que batalha deliciosa onde valia a pena curtir ambos...cada um com seus respectivos títulos de peso 💪

    3 replies
  • Micro picture
    thiagobrugnolo · 6 months ago · 2 pontos

    Essa talvez tenha sido a geração com o maior número de clássicos lançados em toda hiatoria dos games.

    1 reply
  • Micro picture
    kess · 6 months ago · 2 pontos

    Uma das melhores gerações, uma das mais nostálgicas, e apesar de não ser a minha primeira, é a que me lembro melhor, já que foi naquele ponto da vida onde a gente toma mais consciência das coisas.

    1 reply
Keep reading → Collapse ←
Loading...