2022-11-25 13:48:25 -0200 2022-11-25 13:48:25 -0200
gamesbr Games BR

Quais são as seleções que o FIFA 23 aponta como favoritas? Entenda

Single 3944014 featured image

Chegou o momento mais aguardado do ano de 2022: o torneio mundial. Entre os dias 20 de novembro e 18 de dezembro, as 32 melhores seleções do mundo se enfrentarão nos gramados do Catar. Todos os participantes sonham com o campeonato, mas apenas um sairá vencedor.

Conforme pesquisa realizada pela Reuters, o Brasil é o grande favorito ao título. França e Argentina aparecem logo atrás. Bélgica, Inglaterra e Alemanha completam a lista. Portanto, os simpatizantes de palpites esportivos colocarão todas as suas fichas nessas seleções citadas para fazer as apostas para Copa do Mundo.

Além de assistir, apostar, torcer e colecionar o álbum do torneio, os fanáticos pela Copa podem simular a competição no FIFA 23. Como de costume, o game disponibilizou um modo com times, jogadores, estádios e até mesmo a bola usada na Copa do Catar.

Modo Mundial no FIFA 23

A EA Sports, produtora do FIFA 23, disponibilizou as primeiras atualizações no dia 9 de novembro. Já as opções multiplayer e conteúdos para o Ultimate Team saíram no dia 11. O FIFA World Cup Live, a grande novidade trazida pela EA, pode ser acessado a partir do dia 23 de novembro.

Para curtir a DLC é necessário ter apenas o jogo base, pois o download é gratuito. E, claro, consoles Playstation 5 e 4, Xbox Series X/S e One. O modo Copa também estará presente no FIFA para PC, iOS e Android. Vale lembrar que apenas usuários de Nintendo Switch não conseguirão baixar a novidade.

É possível jogar online ou offline, contra o sistema do game ou diante de adversários que estiverem conectados. Como mencionado, todas as 32 seleções participantes estão licenciadas no FIFA 23. Assim como os atletas, uniformes, bola oficial e dois estádios com a roupagem do evento. O game também possui outras 15 seleções populares que não conseguiram a classificação.

A seguir, veja as equipes disponíveis:

Qatar;

Equador;

Senegal;

Holanda;

Inglaterra;

Irã;

Estados Unidos;

País de Gales;

Argentina;

Arábia Saudita;

México;

Polônia;

Dinamarca;

Tunísia;

França;

Austrália;

Alemanha;

Japão;

Espanha;

Costa Rica

Bélgica;

Marrocos;

Croácia;

Canadá;

Brasil;

Sérvia;

Suíça;

Camarões;

Portugal;

Uruguai;

Gana;

Coréia do Sul

China;

Costa Rica;

República Tcheca;

Hungria;

Finlândia;

Irlanda;

Áustria;

Islândia;

Nova Zelândia;

Noruega;

Romênia;

Itália;

Irlanda do Norte;

Ucrânia;

Suécia.

Melhores seleções do modo Mundial

Agora, chegou a hora de conhecer as 10 melhores seleções do modo mundial. A relação tem base na média geral de atributos de cada time.

10. Uruguai

Abrindo a lista, o Uruguai aparece na 10ª posição. O país possui dois títulos mundiais, 1930 e 1950, e garantiu a classificação na 3ª colocação das eliminatórias sul-americanas. A seleção uruguaia faz parte do grupo H, junto a Portugal, Coréia do Sul e Gana.

Luis Suárez e Federico Valverde são os principais nomes do Uruguai no game, ambos com classificação geral de 84. Assim como Ronald Araújo e José Maria Giménez, que possuem 83 cada. Já Darwin Nuñez e Sebastián Coates têm 82.

9. Espanha

A Espanha é uma das seleções mais equilibradas do ranking. Campeões em 2010, diante da Holanda, os espanhóis buscam repetir o feito em território catari. Para isso, devem avançar do grupo de Alemanha, Japão e Costa Rica.

O elenco de Luis Enrique, técnico da equipe, contém Rodri, de overall 87, o maior da Espanha. Além disso, tem três destaques com 86 iguais: Pedri, Sergio Busquets e Aymeric Laporte.

8. Holanda

Depois de ficar de fora da Copa sediada na Rússia, a Holanda está de volta ao mundial. O seu grupo tem Senegal, Equador e o anfitrião Catar. Portanto, deverá avançar sem grandes problemas.

No FIFA 23, a média geral holandesa é de 83. Afinal, Virgil Van Dijk é o principal jogador, e leva overall de 90. Para ajudar, Frenkie de Jong e Memphis Depay são classificados em 88 e 87, respectivamente.

7. Argentina

Em 7º lugar, os argentinos chegam a mais uma Copa sonhando com o tricampeonato do mundo. O título da Copa América, após longo jejum de conquistas, fez com que o país chegasse confiante e embalado ao mundial.

Sem dúvida, Lionel Messi é a grande referência da equipe treinada por Scaloni. O camisa 10 tem overall de 91, um dos maiores do jogo. Logo atrás, Lautaro Martínez (86), Paulo Dybala (86), Marcos Acuña (85) e Rodrigo de Paul (84).

6. Inglaterra

Ao contrário da Argentina, o English Team chega em baixa. Afinal, os homens de Gareth Southgate foram rebaixados na Liga das Nações. Mesmo assim, não devem ser subestimados. O grupo da Inglaterra tem Estados Unidos, Irã e País de Gales.

O artilheiro Harry Kane, do Tottenham, é o jogador mais bem avaliado, com 89 de overall. Quem também se destaca é Trent Alexander-Arnold (87), Raheem Sterling (86) e Phil Foden (85).

5. Alemanha

A Alemanha não chega com a mesma badalação de 2018, quando eram os atuais campeões. No entanto, o time de Hansi Flick é forte e consistente, um adversário duro para qualquer seleção. Principalmente para Espanha, Japão e Costa Rica, rivais do grupo.

Mesmo depois de 8 anos, Manuel Neuer segue como destaque da Alemanha, levando overall de 90. Joshua Kimmich tem a segunda maior classificação geral alemã: 89. Já Toni Kroos e Thomas Muller, 88 e 87, nessa ordem.

4. Portugal

Portugal vem forte, com um elenco recheado de craques. Os primeiros desafios da seleção portuguesa serão contra Gana, Uruguai e Coréia do Sul, pelo grupo H. O principal objetivo é fazer uma campanha superior a de 2018, quando a equipe caiu nas oitavas de final.

Cristiano Ronaldo já não está mais no auge, teve problemas até mesmo no Manchester United, que acarretou uma rescisão de contrato. Ainda assim, CR7 tem o overall de 90, o maior da seleção. João Cancelo, Rúben Dias e Bernardo Silva possuem 88 cada. Enquanto isso, Bruno Fernandes tem 86.

3. Bélgica

A Seleção Belga, 3ª colocada na Copa de 2018, chega forte a mais uma Copa. Dessa vez, os belgas caíram no grupo da Croácia, atual vice-campeã, Canadá e Marrocos. O país nunca ganhou uma copa, portanto, tenta o feito inédito no Catar.

As grandes esperanças dos Diabos Vermelhos estão depositadas em Kevin De Bruyne, meio campista do Manchester City, com 91 de classificação geral. Thibaut Courtois é sinônimo de segurança debaixo das três traves, possuindo 90. Romelu Lukaku, por sua vez, é uma das referências do ataque, com 86.

2. França

Os franceses são favoritos ao título de 2022. E não poderia ser diferente, pois eles conquistaram o troféu na edição passada. Porém, o técnico Didier Deschamps não poderá contar com N’Golo Kanté, Paul Pogba e o atual melhor do mundo Karim Benzema. Todos foram cortados devido à lesão.

Grande parte da responsabilidade estará com Kylian Mbappe, de overall 91. Hugo Lloris, goleiro e capitão, tem 87 na classificação do FIFA 23. Kingsley Coman carrega 86.

1. Brasil

Por fim, mas não menos importante, chegou a vez do líder Brasil. A equipe comandada por Tite está em busca do tão sonhado hexacampeonato. Para que o objetivo seja alcançado, deve passar por Sérvia, Suíça e Camarões na fase de grupos.

Assim como na Rússia 2018, Neymar é o cara da seleção brasileira. Mas no FIFA 23, seu overall é 89, igual a Casemiro, Alisson e Ederson. Marquinhos, Fabinho e Vinicius Jr. têm 88, 87 e 86, respectivamente.

FIFA 23

Platform: Playstation 5
8 Players
4 Check-ins

2
Keep reading → Collapse ←
Loading...