This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • 2022-07-27 22:24:46 -0300 Thumb picture
  • 2022-05-30 09:10:29 -0300 Thumb picture

    Desafio 30 dias de games dia 10

    Continuando o @desafio criado pelo @goraku:

    Dia 10: Shooter favorito

    Ok, eu fiquei meio em dúvida nessa parte, porque não sei se estava se referindo a FPSs no geral ou qualquer jogo de tiro. Se for um jogo de tiro qualquer:

    Se for em relação a FPS:

    Jogos futurísticos de tiroteio são incríveis.

    21
    • Micro picture
      tiagotrigger · 4 months ago · 2 pontos

      Se for FPS o battlefront 2 também ganha pois dá pra trocar pra primeira pessoa. xD

      2 replies
    • Micro picture
      manoelnsn · 4 months ago · 2 pontos

      O único halo que eu conheço é aquele di do banheiro... HUAHUAHUA

      1 reply
  • 2022-05-29 00:01:23 -0300 Thumb picture
  • 2022-04-27 18:45:52 -0300 Thumb picture

    Tier list de consoles + controles

    A pedido do @hard_waters eu fiz uma tier list com todos os consoles em que eu já joguei, seja em mãos, emuladores, etc etc. 

    Talvez o Game Cube e o PS3 estivessem num patamar maior, mas eu joguei pouca coisa deles.

    Um dia eu me acostumo com o controle do Wii...

    E tem menos controles aí porque muita coisa eu joguei pelo teclado, que estaria no Tier S. Mas bem, essas são as minhas tier lists, e... é isso, não tem muito mais o que falar kkkkkkkkkkkk.

    22
    • Micro picture
      gicba · 5 months ago · 3 pontos

      tira esse gamecube daí de baixo ou eu vou puxar tua orelha mlk

      2 replies
    • Micro picture
      rotcivsette · 5 months ago · 2 pontos

      É muito bom o Wii no topo e o controle dele do esgoto kkkkkkkkkkk

      1 reply
    • Micro picture
      hard_waters · 5 months ago · 2 pontos

      Vou entrar num dilema filosófico com VC daqui a pouco quando postar minha tier, mas de resto esperava o 64 em primeiro, foi uma surpresa! Sem contar o contle do 64 e do PS3 (blargh, hahahahah) bem pontuados.

      1 reply
  • itsamevenom Ericles Oliveira
    2021-12-23 16:02:58 -0200 Thumb picture

    Gaming Experience's Of The Year - Os excluidos

    Como eu acabei terminando mais um jogo  antes do fim do ano, e  seguindo minha lógica de seleção ( top 10 melhores jogos inéditos e não repetidos )  alguns joguinhos ficaram fora da lista, então aqui vai um post de consideração a esses joguinhos top. 

    - Left for Dead 2 é tão bom quanto o primeiro, e é o que eu mais tenho relação, apesar de nunca ter terminado ( até esse ano) joguei bastante numa locadora na infância. Ficou fora da lista por que já tinha um representante xD

    - Halo 2 , um dos jogos mais importantes já feitos na história, não pra menos ele melhora em tudo o primeiro jogo que já foi um marco tremendo prós jogos. Não entrou na listinha por que o Halo Infinite já representava Halo na lista, e é mais novo chama mais atenção. Halo 2 entrou também na minha lista de Halo's Favoritos, e na listinha dos melhores FPS que já joguei. 

    - Marvel's Spider-Man , um dos melhores jogos de heróis que já joguei, pau a pau com os jogos do Batman da série Arkham, e um dos melhores jogos do PS4 sem sombra de duvidas ! Ficou fora da lista por que terminei depois de fazer o post :s

    Os excluídos agora estão honrados

    9
    • Micro picture
      volstag · 9 months ago · 1 ponto

      Caramba, eu não joguei o Spider, então não posso opinar, mas ele é tão bacana assim??

      2 replies
  • sergiotecnico Sergio Tecnico
    2021-12-19 09:35:07 -0200 Thumb picture
    sergiotecnico checked-in:
    Post by sergiotecnico: <p>Finalizado!</p>

    Finalizado!

    11
    • Micro picture
      lordsearj · 9 months ago · 2 pontos

      Acho o melhor de todos. É olha que joguei a versão de PCe não joguei o remake ainda.

      2 replies
  • danilodlaker Danilo Rodrigues
    2021-04-27 23:37:06 -0300 Thumb picture
    Post by danilodlaker: <p>Comparando em jogos first party, existe alguma f

    Comparando em jogos first party, existe alguma franquia com uma lore tão extensa como a de Halo no PlayStation? Eu fui conhecer Halo pra valer no final de 2019 e sempre fui pesquisando e jogando e vendo o quão gigantesco é a lore da franquia ... e hoje eu vi uma postagem no twitter com essa dúvida ... Acho que o jogo first do PS que tem algo mais complexo seria talvez o God of War, certo?

    12
    • Micro picture
      gigahertz · over 1 year ago · 1 ponto

      Então, acho que extensão e complexidade seriam 2 coisas diferentes pra se analisar a lore de uma franquia. Mario, por exemplo, tem uma "lore" gigantesca, mas praticamente sem nenhuma complexidade. Já um jogo como Bloodborne, mesmo sendo filho único de sua franquia, possui um nível razoável de complexidade em sua lore. Entre Halo e GoW, acho que rolaria um empate técnico nos 2 quesitos.

      4 replies
    • Micro picture
      tiagotrigger · over 1 year ago · 1 ponto

      Killzone até tinha, mas como não cativou a galera tanto quanto Halo não se desenvolveu muito na lore.

      3 replies
  • 2021-04-21 12:51:14 -0300 Thumb picture

    Semelhanças entre personagens de franquias diferentes pt. 17

    E aí galericha, tudo blz com vocês? Espero que sim, e com um boado de atraso (de novo) estamos de volta com mais um quadro de semelhanças entre personagens de franquias diferentes! Hoje vamos trazer mais um personagem da série Halo, e o personagem que ganhou na votação de personagem favorito de Mortal Kombat aqui no Alva (acho que foi ano passado ou retrasado, não lembro agora), estou falando de Thel'Vadam, mais conhecido como o Árbitro e o segundo Sub-Zero, Kuai Liang.

    De um lado temos o Árbitro, que é de longe um dos personagens mais amados da franquia Halo, e do outro Sub-Zero que também é um dos mais amados da franquia MK (e pessoalmente, o meu favorito). De cara não dá pra ver muita coisa semelhante entre os dois, tirando o fato de que usam espadas no mínimo "diferenciadas" por assim dizer. E hoje vamos conhecer um pouco mais do que a história e personalidade dos dois tem em comum. Marcando como sempre as personas @lukenakama, @manoelnsn e @caramatur. Sem mais delongas então, bora lá!

    Thel'Vadam não aparece no primeiro jogo da série Halo, mas ele é um dos personagens mais importantes do mesmo já que era o líder dos Covenant. Com a destruição do Halo no fim de CE, Thel''Vadam foi humilhado na frente de todos os covenant e castigado pela sua falha, mesmo sem ter sido o responsável direto pela derrota no anel. Após perder o seu posto, e esperar pela sua execução, os profetas decidem dar a ele o cargo de Árbitro, que basicamente é um cargo para os Elites que é de extrema relevância, e o Árbitro é enviado para completar missões suicidas para os profetas. Sua primeira missão foi silenciar um elite que estava alegando que os profetas eram mentirosos e farsantes que estavam usando os covenant para se manter no poder, e que os Halos, ditos "anéis sagrados" não tinham o poder da dita "grande jornada". Nessa missão, o Árbitro começa a desconfiar da situação, mas permanece leal aos profetas. Na sua próxima missão no Delta Halo, ele é enviado para recuperar o "ícone sagrado" que permitiria aos covenants alcançar essa Grande Jornada. Após enfrentar exércitos de floods que estacam sendo contidos na zona de quarentena que havia se tornado um palco de guerra entre todos (covenants, flood, humanos e os sentinelas) ele consegue tomar posse da chave de ativação do Halo após derrotar Miranda e Johnson que também estavam no local, e após isso foi traído pelos brutos à serviço dos profetas que tomaram a chave o derrubaram para morrer. 

    No entanto ele é resgatado pelo Gravemind, que é a forma mais evoluída do flood, e lá ele se encontra com o Master Chief, responsável por destruir o Halo, evento que custou tudo o que Vadam tinha. Após uma conversa revelando as verdadeiras informações sobre os Halos, ele é transportado para o Delta Halo novamente. Mesmo sem acreditar no que havia escutado, não mudava o fato de que ele e os elites haviam sido traídos pelos brutes. Após libertar Johnson e se encontrar com Tartarus, o líder dos brutes e o monitor do Halo 343 Guilty Spark, ele revela que os anéis foram feitos com o propósito de aniquilar toda a vida existente na galáxia para impedir que o flood se espalhasse. Assim o Árbitro definitivamente deixa de acreditar nas palvras dos profetas que haviam guiado a sua vida até lá, e se une aos humanos para impedir a ativação de outros anéis pela arca. Nos eventos de Halo 3, ele e o Master Chief lutam lado a lado contra os covenant e o flood. Mesmo não sendo rivais  no início, ambos conseguiram derrotar ambas as facções, e o Árbitro conseguiu se vingar matando o profeta da verdade e no fim, se tornou o líder das Espadas de Sanghelios, união dos elites que sobreviveram à traição dos profetas.

    No que se refere à sua personalidade, ele passou ser muito recluso após ser torturado na frente de todos os covenants e passou a deixar de valorizar a sua vida após isso, e os outros covenants não o viam com muito respeito, até ele novamente provar seu valor. Durante a maioria das suas missões, ele contou com o apoio do novo shipmaster, que também havia perdido o respeito por ele, mas passou a confiar a própria vida no mesmo ao ver do que ele era capaz. Após a traição dos brutes, ele e os outros covenants descobriram a verdade sobre os anéis, e com a convicção restaurada, ele voltou a dar valor à sua vida e se aliou aos humanos para enfrentar o profeta da verdade que liderava os covenants e o flood, deixando a rivalidade de anos de guerra de lado para lutar por um bem maior. Mesmo não se dando muito bem com o Master Chief no começi, ambos se tornaram amigos e foram capazes de encerrar a guerra que havia se alastrado nos últimos anos, reconhecendo seus erros e lutando por um bem maior.

    Kuai Liang era um dos membros do Clã Lin Kuei, era o irmão mais novo de Bi-Han, o primeiro Sub-Zero. Após a morte deste no Mortal Kombat, Kuai Liango assumiu o título de Sub-Zero e ao lado de seu companheiro Smoke, entrou no próximo Mortal Kombat para se vingar. Durante esse período, o seu clã iniciou um processo de robotização dos seus integrantes. Na linha do tempo original, Sub-Zero conseguiu escapar desse destino, mas Smoke não, já na nova linha do tempo, os eventos se inverteram. Vou focar mais na nova pra não deixar todo mundo confuso. Nela Sub-Zero foi transformado em uma unidade cibernética e foi usado para cumprir serviços à mandato de Shao Khan, mas acabou sendo derrotado por Kabal, que o levou aos outros guerreiros da Terra, e assim o trouxeram de volta. Com isso, Sub-Zero passou a lutar para defender Earthrealm (ou Terra, acho que tanto faz kkkk), porém isso não durou muito pois assim como a maioria dos outros guerreiros, ele foi morto por Sindel e passou a ser um escravo de Quan Chi assim como seu rival Scorpion, por quem ele havia jurado vingança, mas não conseguiu cumpri-la.

    Graças a Raiden, Johnny Cage e Sonya Blade, Sub-Zero conseguiu voltar a ser humano, assim como Jax e Scorpion. Uma de suas primeiras ações foi retomar o clã Lin Kuei que havia perdido a sua honra após o processo de transformar os ninjas em máquinas para lutar. Ele teve sucesso em sua luta, e após investigar os crimes do seu clã, ele descobriu que eles haviam feito o pacto com Quan Chi muito tempo antes, e assim ele descobriu que seu clã estava sim envolvido no genocídio dos Shiray Ryu de Scorpio. Com a verdade em mãos, ele convidou Scorpio que também havia restaurado o seu clã para fazerem as pazes, e após uma "discussão calorosa" Sub-Zero mostrou a Scorpio o que Quan Chi havia feito em nome dos Lin Kuei, e se desculpou por não ter entendido o que realmente havia acontecido e assim os dois fizeram as pazes e passaram a lutar pela proteção de Earthrealm. Em MKX isso é mostrado de forma mais detalhada, já que ambos lutaram lado a lado contra os Lin Kuei corrompidos e contra Bi Han, agora como Noob Saibot, mostrando o quanto os dois confiam um no outro.

    No que se refere à sua personalidade, Sub-Zero sempre foi um combatente orgulhoso, e muito direto em suas ações. Ele acreditou que o seu clã havia perdido a honra quando o processo de robotização havia se iniciado, mas a pós descobrir sobre o que havia ocorrido debaixo dos panos, ele não exitou em assumir que estava errado, e assim conseguiu restaurar o clã Lin Kuei à sua devida forma.

    E por onde começar... Bem, inicialmente ambos os personagens foram movidos pelo sentimento de vingança, seja o Árbitro contra o Chief, ou o Sub-Zero contra Scorpion. Eles também contaram com um parceiro na maioria dos momentos de suas jornadas, seja o Shipmaster ou o Smoke. No caminho no entanto ambos foram traídos pelos seus respectivos grupos, tanto a traição dos brutes e dos profetas, quanto a traição dos Lin Kuei foram responsáveis por mudar o rumo dos dois. No fim, ambos não conseguiram sua vingança, pois descobriram que haviam sido enganados, e ambos tomaram a atitude de fazer o que é certo ao invés de se vendar, fato que é posteriormente reforçado por ambos lutarem ao lado de seus rivais. Mas o que eu realmente quis trazer como o ponto principal, é a atitude deles após descobrirem a verdade por trás de seus grupos. Ambos admitiram e aceitaram o fato de que estavam muito tempo, talvez toda a vida, errados sobre o motivo de sua luta, e ao invés de fecharem os olhos, ignorarem e permanecerem em sua zona de conforto, eles assumiram a responsabilidade e consertaram as coisas da melhor maneira possível, e ambos assumiram a posição de líderes de suas organizações, ganhando admiração e respeito de seus aliados. 

    Ufa! Dava pra falar mais, só que eu acho que já está bem grandinho pra variar kkkkk. Bem, espero que tenham gostado dessa análise, e novamente foi mal pelo atraso, espero que tenha compensado a demora, comentem aí o que acharam, vou ficando por aqui, um grande abraço e até a próxima!

    16
    • Micro picture
      manoelnsn · over 1 year ago · 2 pontos

      Quem diria que um ETzão e um ninja azul teriam tanto em comum, ahauahua

      1 reply
  • 2021-03-07 21:49:11 -0300 Thumb picture

    Mais um re-finalizado

    Eu amo essa música...

    Mas enfim, eu joguei bastante esse jogo na infância, e ano passado eu tinha terminado ele no Easy porque bem... eu era horrível jogando no teclado não que eu tenha ficado muito bom atualmente, e eu resolvi pegar pra rejogar no Normal pra poder falar que joguei direito.

    Mas bem, eu passei das primeiras fases tranquilasso. O meu medo eram as fases do Árbitro já que eu meio que tenho um pouco de medo do flood porque... ele é medonho, e a ambientação onde eles aparecem também é muito tensa. E realmente as 3 fases do flood me deram muito trabalho, especialmente a Quarantine Zone, onde um flood tinha me tirado do tanque, outro bugou numa metralhadora e ficou imortal a espadadas e eu morri atoa, e na parte do spam de flood eu também morri um bocado no transporte e no finalzinho eu só segui as formas de infecção e terminei a fase.

    O que eu também temia, mas nem tanto eram os brutes, onde eles meio que rusham pra cima de você e te esmurram, mas eu pensei que fosse ser tranquilo, mas depois de jogar nas fases do Master Chief, eu comecei a perceber que os ataques Melee causavam um dano absurdo, aí eu comecei a ficar preocupado e bem... eu virei bola. No começo eu fiquei sem arma porque descarreguei tudo e a precisão do Nedler não é lá uma das melhores, mas eu passei depois de pegar muito cover. Depois eu consegui fazer a fase relativamente de boas por causa da Carabina Covenant que não é uma das melhores contra inimigos com escudo, mas contra os brutes que não usam escudo ela é incrível! E foi uma das armas que me carregaram nesse finalzinho. Na penúltima ela não foi tão útil por causa do Battle Rifle que é a minha arma favorita da franquia, já que ela meio que serve pra tudo, e contra inimigos sem escudo e contra o flood ele é PERFEITO!

    Vale ressaltar que a trilha sonora continua simplesmente perfeita!

    E essa fase foi tensa por causa da ambientação que é incrível, mas deu pra passar de boas já que o flood e os covenants estavam em guerra e deu pra rushar algumas partes. Na última fase foi mais tranquilo do que eu pensava, mas eu morri muito na parte de salvar o Jonhson porque os meus elites tavam viajando na maionese ao invés de atirar nos brutes. Mas na luta contra o Tartarus eu só morri uma vez, o que me surpreendeu, ainda mais porque eu matei ele com a espada depois de quase voar pro outro lado da arena com o dash. E assim eu terminei Halo 2 no normal. Eu me diverti bastante, embora a reta final me cansado um bocado, mas ainda sim foi um desafio bem dahora de se fazer. Por hora é isso, e espero conseguir jogar o Halo 3 esse ano ainda kkkk. Um grande abraço e valeu!

    Melhor arma do game kkkkkk.

    10
    • Micro picture
      noblenexus · over 1 year ago · 2 pontos

      "rejogar no Normal pra poder falar que joguei direito. " nah jogar no easy vale tbm mano de boas, se fosse assim teríamos que terminar tudo no mais difícil pra ter tido a 'experiência completa', mas eu acho o normal de Halo 'just right' bem equilibrado no geral.E essa arma ai é minha favorita quando eu jogo o reach, bom demais dar uns no-scope com ela rsrsrs

      2 replies
  • 2020-11-09 20:50:11 -0200 Thumb picture

    Efeméride Gamer #58

    Medium 745603 3309110367

    9 de Novembro de 2004

    Há 16 anos atrás, Halo 2 era lançado na América do Norte para Xbox. Desenvolvido pela Bungie e publicado pela Microsoft Game Studios.

    2

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...