This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • 2022-05-27 16:05:34 -0300 Thumb picture

    RPG's esquecidos - Parte I

    Medium 3915732 featured image

    Há uma infinidade de RPGs no mundo, e é humanamente impossível conhecer todos eles, quem dirá jogar todos. Tem jogos e franquias que se tornam clássicos e verdadeiras obrigações para qualquer fã de RPG. Por outro lado, existem ainda jogos que mereciam ficar eternamente perdidos no espaço e no tempo. Mas e quando clássicos e verdadeiras obras-primas ficam perdidas no Limbo? 

    Esse é o tema do artigo da vez, que será dividido em algumas partes,  trazendo 3 ou 4 jogos por post, que são verdadeiras relíquias e não devem ser deixadas nas areias do tempo e merecem mais uma chance de ver a luz do dia...Sejam jogos antigos ou até obras mais recentes. Sejm ela obras primas do game design e de gameplay excelente ou ainda jogos de menos qualidade mas que as experiências por si só valem a pena...Aqui, estão jogos que com certeza todo bom fã de RPG (e de vídeo games num geral) deveria conhecer.

    The 7th Saga (1993)

    Disponível para: SNES

    Nos anos entre os lançamentos do super popular Final Fantasy IV e VI da Square , a empresa que futuramente seria fundida a ela, a Enix, lançou um RPG tradicional baseado em turnos intitulado The 7th Saga . O jogo se concentra na jornada de sete heróis para recuperar sete poderosas runas de eras passadas para seu rei, com a promessa de que aquele que o fizer se tornará o herdeiro do trono do mundo chamado Ticondera. 

    Em vez de formar uma equipe cheia de aliados como em muitos outros RPGs, o elenco diversificado de The 7th Saga está em uma competição, e um deles contratou secretamente um caçador de recompensas para ajudá-lo a sair vitoriosos. Os jogadores escolhem um dos heróis para controlar e podem formar uma aliança com outro herói, mas na maioria das vezes, quando os competidores se encontram, os duelos acontecem. Runas são coletadas e oferecem habilidades e feitiços sem MP para serem usados em combate. Eles são inestimáveis neste jogo, ainda mais levando em conta que sua "party" é limitada a 2 membros.

    The 7th Saga tem muitas pequenas coisas a seu favor. O enredo de tentar enganar e sobreviver a outros candidatos à coroa é bem diferente de outros jogos da época, e a reviravolta no final do jogo é uma mudança bem-vinda do que os jogadores pensam que está acontecendo. Os gráficos são muito bem feitos e a articulação e os movimentos dos personagens e inimigos na batalha, juntamente com as animações de batalha, são bonitos de se ver. 

    Os designs dos chefes são variados o suficiente para inimigos encontrados aleatoriamente e os ângulos da câmera durante as batalhas os fazem parecer muito imponentes. Enquanto isso, um cristal funciona como uma tela de alerta que funciona em qualquer lugar que os inimigos apareçam. Ele funciona mostrando as localizações dos inimigos e destaca onde estão as runas, tornando um pouco mais fácil evitar batalhas aleatórias e localizar os principais tesouros com menos tempo.

    Grandia Xtreme (2002)

    Disponível para: PlayStation 2

    Grandia Xtreme é um jogo agradável, mas fortemente falho, que estava à frente de seu tempo em alguns aspectos. Pensado como um spin-off da franquia Grandia, o jogo deixa de lado a receita de sucesso e já aprovada da franquia e aposta aqui na utilização de novas mecânicas e outras coisas. 

    O jogo se desenrola como um rogue-lite, inicialmente os níveis de personagens permanecem, mas toda vez que um jogador entra em uma dungeon, os inimigos são redefinidos, assim como os tesouros a serem encontrados. Depois de um tempo, as primeiras dungens evoluem, com os jogadores encontrando inimigos de nível mais alto e equipamentos para acompanhar a história. 

    Obter equipamentos de drops, criar magias através de ovos de mana que podem ter atributos aleatórios anexados a eles e grindar absurdamente em dungeons por aí, parecem as características de um rogue-lite, e se o jogo tivesse sido feito uma década depois, poderia ter sido um clássico do gênero. Do jeito que está, é uma visão divertida de alguns dos primeiros pensamentos de fazer um jogo rejogável com muita personalização. Mas não foi o que rolou na época em que saiu para o PS2 e o jogo caiu no esquecimento.

    A jogabilidade regular da franquia Grandia também está aqui, com um combate agradável, completo e baseado em turnos. A história é definitivamente um amontoado de coisas jogadas num saco e misturada, que é onde o jogo peca um pouco, com um enredo sem graça e com uma dublagem verdadeiramente  questionável. Isso ocorre porque de alguma forma, eles contrataram as estrelas de Hollywood Mark Hamill (o Luke de Star Wars), Dean Cain (famoso por interpretar o Superman nos anos 90) e Lisa Loeb (que estava com sua carreira de cantor em ascenção), e deram a eles alguma instrução do tipo “Estamos gravar tudo isso numa só tomada, então vamo lá!”.

    Este não é um jogo para ser levado a sério, mas ele surpreende para um jogo da sua época e mesmo com alguns defeitos aqui e ali, ele é de fato um jogo que deve ser experenciado. 

    Contact (2006)

    Disponível para: Nintendo DS

    Contact é um dos muitos jogos de Nintendo DS que foram lançados e passaram completamente despercebidos. O jogo é mistura mundos, com gráficos mais pixelados remetendo rpgs mais antigos, ao mesmo tempo que em outros momento usa gráficos com sprites mais bem modelados e definidos. Você se encontra no meio disso. Você não está no controle de Terry, o protagonista e nem no controle do professor, que reside na tela superior do Nintendo DS junto com seu cachorro muito fofo. 

    Não, você mesmo é um personagem da história e vai interagir com o professor e vai guiar Terry. Isso mesmo. Você, que está lendo esse texto e futuramente vai pegar o seu portátil (ou sue belo emulador), é um personagem da obra.

    Durante este RPG de ação você tem que ajudar o professor com um problema em sua nave, ao mesmo tempo que tenta encontrar uma maneira de Terry chegar em casa. Aqui, Terry lutará em masmorras, ganhando habilidades e trajes diferentes, com possibilidades diferentes, enfrentando grandes chefes, enquanto o professor em toda a sua glória pixelizada se atrapalha na tela.

    Contact pode parecer um pouco esquisito de vez em quando e o combate pode se tornar repetitivo. Mas ele faz um uso excepcional das duas telas do Nintendo DS, além de ter uma narrativa e uma estética bem diferentes do usual. Ele é aquele típico jogo que precisa ser experenciado e a sua gameplay vai ser algo único. Nem todos os jogadores vão gostar, mas outros com certeza irão amá-lo.

    ---

    E aí, algum desses jogos você conhecia ou já jogou? Não esquece de comentar também qual RPG desconhecido você tem para recomendar para a galera!

    34
    • Micro picture
      artigos · about 1 month ago · 2 pontos

      Parabéns! Seu artigo virou destaque!

    • Micro picture
      bobramber · about 1 month ago · 2 pontos

      Esse contact parece bem diferente... Interessante

    • Micro picture
      chandekosan · about 1 month ago · 2 pontos

      7th Saga é maravilhoso

  • ofelipelee Felipe Lins
    2022-01-24 03:37:59 -0200 Thumb picture
    Post by ofelipelee: <p>Fui passar o fds numa casa de praia, meus sobrin

    Fui passar o fds numa casa de praia, meus sobrinhos levaram um desses RetroPis.

    Testei 2 jogos que fiquei com vontade de avançar:
    Arcana e The 7th Saga.

    Talvez, quem sabe.

    15
    • Micro picture
      santz · 5 months ago · 2 pontos

      The 7th Saga é pedreira. Eu não tenho moral de encarar.

    • Micro picture
      manoelnsn · 5 months ago · 2 pontos

      7th saga é show. Difícil, mas show.

      E, se curtir, tem o Mystic Ark também, que é meio que uma continuação espiritual dele.

  • 2021-05-06 15:08:55 -0300 Thumb picture

    E hoje falaremos de: The 7th Saga

    The 7th Saga é um RPG de turno desenvolvido pela Produce! e publicado pela Enix no ano de 1993 para o Super Nintendo.

    O jogo se passa em um mundo chamado Ticondera. Cinco mil anos antes do início da história, um ser divino chamado Saro derrotou uma entidade maligna chamada Gorsia com o poder de sete runas.

    E desde então as 7 runas foram espalhadas por todo o mundo. Lemele, filho de Saro, nasceu 100 anos antes do início do jogo e se tornou um herói ao derrotar o demônio Gariso. Agora com 100 anos, Lemele se tornou o governante benevolente e poderoso do mundo.

    Então, 7 pessoas são recrutados de diversos lugares do mundo pelo Rei Lemele. Após 5 anos de treinamento em seu palácio, Lemele despacha seus sete aprendizes em uma busca pelas sete runas.

    Cada runa possui um grande poder que pode ser usado pela pessoa que a exerce. Aquele que coletar todas as sete runas se tornará o herdeiro de Lemele. Para encontrar as runas, o rei dá a cada personagem uma Bola de Cristal para ajudá-los em sua busca.

    Recuperar as runas significa confrontar os vários tiranos poderosos que vieram para possuí-las, incluindo magos, reis e dragões. Os aprendizes também estão sendo caçados por um persistente caçador de recompensas chamado Pison.

    Pison foi contratado por um dos aprendizes para eliminar o resto (a identidade do aprendiz "traidor" é aleatória a cada novo jogo). O jogador escolhe um dos sete personagens jogáveis, os quais embarcam separadamente em uma missão para localizar sete runas.

    Conforme o jogador avança no jogo de uma cidade para a próxima, eles encontram os outros seis personagens em várias ocasiões. O jogador pode fazer parceria com um dos outros personagens jogáveis para lutar em equipe, e eles também podem lutar contra eles pelas runas.

    O jogo inclui o uso de uma bola de cristal "radar" no HUD do jogo que permite aos jogadores ver os inimigos se aproximando de seus personagens. Isso significa que o combate não é totalmente aleatório, já que os jogadores podem teoricamente evitar os inimigos.

    Em combate, o jogador pode atacar, defender, usar feitiço, item ou correr. Se o jogador perder para um dos outros personagens principais, suas runas serão roubadas.

    26
    • Micro picture
      lordsearj · about 1 year ago · 2 pontos

      Esse é dureza

  • 2021-05-02 00:27:28 -0300 Thumb picture
    thiagobrugnolo checked-in:
    Post by thiagobrugnolo: <p>Finalizado!</p><p>Depois de muito sufoco chego a

    Finalizado!

    Depois de muito sufoco chego ao fim da sétima saga, a parte final do jogo apertou um pouco , então tive que ficar mais um bom tempo grindando, no último continente do game a dificuldade  das batalhas dá um salto considerável.

    O antepenúltimo e penúltimo boss  não me trouxeram muita dificuldade, como havia relatado em meu ultimo check-in, com Wilme  juntando-se a mim, acabei ficando um pouco OP, então as coisas ficaram um pouco mais tranquilas, mas de qualquer modo os inimigos das dungeons finais estavam bem apelões.

    Um pouco antes da batalha final as 7 runas que haviam sido quebradas foram reconstruídas então fiquei sabendo que somente com elas eu poderia vencer Gorsia, o verdadeiro vilão da história.

    Gorsia deu um relativo trabalho, pois na primeira vez que fui enfrentá-lo ele utilizava a magia Vaccum, a mais poderosa do jogo e me matava na hora, então tive que retornar para o inicio do ultimo continente e comprar o item Harp que protege dessa magia.

    Voltando para enfrentar Gorsia munido da Harp o combate mais justo, utilizei alguns itens de buff, defesa para um contra-ataque mais forte e cura de hp a todo momento, interessante que nessa batalha você é obrigado a utilizar as runas em uma certa ordem para causar um debuff em Gorsia e só assim conseguir causar dano nele.

    17
    • Micro picture
      manoelnsn · about 1 year ago · 3 pontos

      Parabéns! Agora tu pode encarar o Mystic Ark, que é o sucessor espiritual dele, e é bem mais tranquilo de dificuldade, aliás

      4 replies
    • Micro picture
      jcelove · about 1 year ago · 2 pontos

      Rapaz, terminou rapido. Parabens! Esse eu curti muito a estetica mas o gameplay nao animou nao.

      1 reply
  • 2021-04-29 21:07:12 -0300 Thumb picture
    thiagobrugnolo checked-in:
    Post by thiagobrugnolo: <p>Continuando a sétima saga, até que nos últimos d

    Continuando a sétima saga, até que nos últimos dias eu consegui dar uma boa avançada, tenho jogado ele quase todo tempo que tenho disponível para os games.

    Consegui pegar as 7 runas e fui enfrentar um tal de Gariso que simplesmente quebrou as runas e me enviou  para o passado e nisso rolou um plot twist que revelou o possível verdadeiro vilão do jogo.

    7th Saga além de ser bem difícil  e te exigir um grind violento ainda é bem trabalhoso, pois geralmente você fica perdido no mapa e a cada passo encontra uma batalha, mas em meio a tanta dificuldade digamos que tive um golpe de sorte.

    Ao tentar conseguir a sexta runa, que era a runa do céu tinha que encontrar um dos aprendizes de Lemele que a roubaram de um altar, pois então encontrei o tal ladrãozinho que era Wilme, eu estava por volta do lvl 38 e  devo ter morrido umas 10 vezes,  pois meus golpes físicos e magias não faziam o mínio efeito, ai fui pesquisar sobre uma estratégia para dar um fim no pilantra e vi que se eu saísse da cidade onde ele estava e entrasse nela novamente ele mudaria os padrões de ataque, pois bem, como estou deixando os 3 slots com save fiz isso e pra minha surpresa quando fui ter com Wilme ele pediu para se juntar a mim e ganhei a runa sem enfrentá-lo.

    Depois que Olvan saiu da party para entrada de Wilme as coisas ficaram bem mais fáceis e também entendi o porque de não conseguir vencê-lo, o cara simplesmente estava no lvl 41 com hp acima de 400 enquanto eu no lvl 38 com hp próximo a 200, posso dizer que com Wilme fiquei completamente overpower diminuindo drasticamente minha necessidade de grind, os golpes inimigos simplesmente não causam dano em Wilme, lutei contra 3 bosses que meu guerreiro  morreu em duas oportunidades e Wilme continua lá firme e forte com Hp quase no máximo e golpes que causam um dano terrível ao inimigo.

    Creio que  com esse arco de ir ao passado já devo estar no terço final do jogo, agora é aguardar as dificuldades que ainda me aguardam para quem sabe conseguir finalizar  7th Saga.

    19
    • Micro picture
      fonsaca · about 1 year ago · 3 pontos

      Lembra desse jogo @colonel?

      5 replies
    • Micro picture
      bobramber · about 1 year ago · 2 pontos

      Que doido... Chegou a pesquisar se isso do personagem entrar pro time é normal? Ainda mais sem luta.

      4 replies
    • Micro picture
      fonsaca · about 1 year ago · 2 pontos

      Legal! Estou jogando Mystic Ark que é um "faz parte espiritualmente" dessa série. Aí não tem mtos puzzles pelo jeito, mas se perder e não saber onde ir parece que é igual.

      6 replies
  • 2021-04-17 19:05:47 -0300 Thumb picture
    thiagobrugnolo checked-in:
    Post by thiagobrugnolo: <p>Começando esse aqui, fiquei enrolando um tempão

    Começando esse aqui, fiquei enrolando um tempão pra jogar ele, mas agora vai.

    O jogo começa com a opção de escolha dentre 7 personagens, sendo humano, elfo, mago e outras raças, cada um com suas habilidades especificas, a história se passa no mundo de Ticondera, onde 7 guerreiors foram recrutados pelo rei de Lamera para encontrar as 7 runas e quem as encontrá-las se tornará o herdeiro do rei.

    A primeira coisa que tive de fazer foi sair do castela e caminhar até o sul para uma vila onde os NPCs me contaram que a chave par abrir o portão da terra fora roubado e está em um castelo amaldiçoado,  fui até o tal castelo que é a primeira dungeon do jogo quebrei a maldição e peguei a tal chave, em seguida os mesmos NPCs me mandaram ir para uma caverna a sudoeste para abrir o portão da terra.

    Em 7th Saga as ações lembram um pouco dragon quest, é necessário abrir um menu com as opções de conversa, itens, magia, status e procura, as batalhas tem um visual até que bem interessante com uma visão de constas de seu personagem.

    Foram pouco mais de 3 hs de campanha até agora e já deu pra perceber que 7th Saga possui um nível elevado de dificuldade, é preciso ser bem cuidadoso , pois dependendo do inimigo com um só ataque ele pode causar dano em mais da metade de seu HP,  além de que a cada dois passos já tem um randon encounter e mesmo que exista um mapa com alguns pontos indicando os inimigos é que impossível desviar-se  deles.

    17
    • Micro picture
      manoelnsn · about 1 year ago · 3 pontos

      Esse é um dos RPGs mais difíceis que eu já joguei. Não apenas pelo grinding obrigatório e sim pela diferença absurda dos inimigos de uma área em comparação com a outra, além do fato do seu XP e MP terem sido cortados na versão americana.

      Se achar que está muito difícil, tu pode pegar o patch que retorna a dificuldade original pro jogo

      14 replies
    • Micro picture
      jcelove · about 1 year ago · 2 pontos

      Esse é punk. Curiosamente tbm escolhi esse guerreiro ai pq achava os sprites parecidos com o do Grey fox de Metal gear.hehehe

      Mas não ccheguei nem a 3h, só fiz umas 2 dungeons e peguei uma das runas e uma maga de aliada, mas sempre perdia qdo desafiava os outros herois, ai a taxa d eencontros dele no mapa me cansou e larguei.U_U

      Não curti esse esquema do radar pq vc só consegue evitar até certo ponto os combates, ma hora não tem mias pra onde ir, se se perder no mapa cai numa luta arás de outra.heheh

      3 replies
    • Micro picture
      santz · about 1 year ago · 2 pontos

      Já tentei umas 3 vezes jogar esse aí, o combate tem uma dinâmica mó da hora, mas, acho que ele meio chato, sei lá.

      1 reply
  • ntampinha Natalia
    2018-12-25 03:17:14 -0200 Thumb picture
    ntampinha checked-in:
    Post by ntampinha: <p><strong>E fim!</strong></p><p>Depois de muito te

    E fim!

    Depois de muito tempo subindo de nível, venci todos os chefes do game, cheguei ao temido Gorsia, e o derrotei.

    Para finalizar os check-ins desse game, só posso dizer que no início eu não esperava grande coisa dele, mas me surpreendi positivamente. A história é muito legal e muito interessante, e, apesar dos inimigos serem um pouco apelões (te obrigando a treinar muuuuito antes fazer qualquer mísero progresso) e dos itens serem sempre caríssimos, acabei me envolvendo com o enredo do game e não consegui largar mais...

    Achei o game muito massa e desafiador!

    Curti muito e recomendo!!! :)

    16
    • Micro picture
      msvalle · over 3 years ago · 3 pontos

      Parabéns!

      1 reply
    • Micro picture
      rh · over 3 years ago · 2 pontos

      Aí sim! Meus parabéns!! :)

      1 reply
    • Micro picture
      gus_sander · over 3 years ago · 2 pontos

      Boaa! Isso me lembra que o comecei quando criança e nunca o terminei de fato xD

      1 reply
  • ntampinha Natalia
    2018-06-06 23:25:22 -0300 Thumb picture
    ntampinha checked-in:
    Post by ntampinha: <p>Progresso de hoje: Gariso derrotado!</p><p>Achei

    Progresso de hoje: Gariso derrotado!

    Achei que iria ser mais difícil, mas pelo visto, já tinha alcançado o nível necessário para derrotá-lo faz algum tempo.

    Conquistei a última rune, a Mago Rune, mas ai... Deu merda! (kkk)

    Fui parar em Pharano, onde ninguém conhece as vilas e cidades que já visitei. Adorei essa reviravolta na história <3 , me pegou de surpresa e fez o game subir vários pontos no meu conceito.  :)

    10
    • Micro picture
      jcelove · about 4 years ago · 2 pontos

      Acho o visual desse game tão bacana, mas não consegui empolgar por causa do grind. parei depois de abrir o portão bem no comecinho e nem lembro maos o que fazer.hehe

  • ntampinha Natalia
    2018-06-05 20:53:25 -0300 Thumb picture
    ntampinha checked-in:
    Post by ntampinha: <p>Eita! Fui amaldiçoada e impedida de usar magia,

    Eita! Fui amaldiçoada e impedida de usar magia, kkkk, daora! Achei muito desafiador utilizar somente ataques físicos, mas me sai extremamente bem. Agora que já fui "desamaldiçoada", vou ficar mais um tempo treinando antes de procurar o covil de Gariso.

    9
  • ntampinha Natalia
    2018-06-04 18:49:21 -0300 Thumb picture
    ntampinha checked-in:
    Post by ntampinha: <p>Depois de um longo e tenebroso inverno, rsrs, e

    Depois de um longo e tenebroso inverno, rsrs, e de meu notebook "morrer" (e de eu mexer nas tripas dele e retirar o HD, e transformar o HD em um HD externo), consegui recuperar meu progresso do The 7th Saga e retomar o jogo em um PC emprestado...

    Status do momento: treinando 4ever! :B

    [Editando] Estou ficando podre de rica com tanto treinamento, kkk. Como faz para converter minha fortuna em reais?

    8

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...