This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • mateusmaster Mateus Antonio da Silva
    2021-09-06 03:47:30 -0300 Thumb picture

    Jogo finalizado #300 – RE: Revelations 2 – Little Miss (PS4)

    30º em 2021

    Essa DLC é ainda menor que anterior e pasme, ainda mais chata e preguiçosa, poxa Capcom kkkkkkkk Desenrola-se dentro do subconsciente de Natalia, em algum ponto dos seis meses em que ela ficou desacordada durante o período de “metamorfose” que estava sofrendo dentro daquele tanque laboratorial. Acompanhamos Natalia e Natalia Sombria, uma versão Loira e cínica da garotinha. O objetivo é encontrar Lottie, a ursa de pelúcia da menina, que deixa cartas meio macabras no caminho revelando aos poucos sua localização. E novamente temos que passar “ao avesso” pelos cenários já conhecidos do game-base.

    Nessa “expansão”, que utiliza filtros rosados e efeitos de tela, temos que passar em stealth por todos os cenários presentes, usando Natalia Sombria para revelar a localização dos monstros, e Natalia original para abrir portas. Sim, é CHATO BAGARAI! Pelo menos temos diálogos interessantes, em que a versão sombria da garota fica a todo tempo provocando a coitadinha, tentando tomar controle de sua consciência (SPOILER = é a consciência de Alex Wesker implantada em Natalia querendo tomar para si o corpo da menina destemida e, assim, nascer de novo). Durante esse capítulo passamos por todo o cenário do esgoto, pela cidade e pelo campo, até chegar na torre do relógio em que encontramos a dura realidade. Pelo menos Natalia é resistente e consegue, pelo menos naquele momento, resistir às pressões de sua versão sombria.

    Levei uns 45 minutos para completar o capítulo, achei chatíssimos os elementos de gameplay, e queria muito pelo menos um tijolo para derrotar algum inimigo husahsua  Ainda mais preguiçoso que o capítulo extra anterior, esse jogo mancha meu “currículo gamer” sendo o 300º game ou expansão que finalizo xD

    2/5 estrelas

    6
  • mateusmaster Mateus Antonio da Silva
    2021-09-06 03:39:42 -0300 Thumb picture

    Jogo finalizado #299 – RE: Revelations 2 – The Struggle (PS4)

    29º em 2021

    Eu estava em dúvida se fazia um check in dessas DLCs ou não devido à curta duração, mas como elas possuem páginas próprias na PSN e no How Long to Beat e como eu costumeiramente também faço esses textinhos sobre DLCs, decidi listar também, vai inflar o número de games zerados, mas bobba-se!

    The Strugle é estrelado por Moira e mostra como a filha de Barry sobreviveu durante seis meses na ilha Sein, após a destruição da torre em que ela havia sido dada como morta. Na realidade Moira foi salva pelo velho que morava no esgoto, Evgeny Rebic, um homem duro, que muitas vezes faz com que ela se lembre do próprio pai. E juntos eles tiveram que sobreviver todo esse tempo, caçando animais e insetos, se livrando de Aflitos e outras criaturas, etc. No entanto a expansão é BEM preguiçosa e reutiliza cenários da campanha principal, apenas começando as fases pelo “fim da fase”.

    O sistema de gameplay é um pouco arcade, na fase da floresta temos que caçar coelhos, ratos, aranhas e cobras para coletar rações – que servirão como itens de check point, ficou sem ração? Então já era, tem que começar o capítulo novamente. Já fase precisamos limpar os esgotos das criaturas, sendo vira praticamente um modo horda com inúmeras frentes de inimigos chegando para serem abatidos. Na terceira fase estamos no vilarejo praiano, e é preciso passar em stealth por diversos Revenants e, caso localizado, correr ligeiro em menos de 30 segundos até o final do cenário. Por fim, na quarta e última parte estamos nos terrenos das minas e pedreira, onde novamente temos que enfrentar ondas de inimigos, inclusive alguns Revenant, Slingers, e dois Dhurlgas! Tudo para Evgeny descobrir que sua filha estava, de fato, morta. Coitado do véio, escolheu morrer sozinho em seu esconderijo nos esgotos...

    Enfim levou uma horinha para passar por esse modo, e serviu para ver a interação de Moira com o velho. Vê-la usando armamentos e ainda, ao final, conectando ao game base naquele momento derradeiro. Só o formato da expansão deixa a desejar ao sequer tentar criar algo novo, apenas reaproveitando cenários e utilizando artifícios de gameplay para enrolar os jogadores.

    2,5/5 estrelas

    5
  • mateusmaster Mateus Antonio da Silva
    2021-09-06 03:33:59 -0300 Thumb picture

    ​Jogo finalizado #298 – Resident Evil: Revelations 2 (PS4)

    28º em 2021

    Medo, obsessão e paternidade, Revelations 2, entre outros temas, foca-se nesses assuntos ao mesmo tempo que apresenta uma gameplay ainda mais polida que o game anterior dessa subsérie e ainda um dos RE que considero um dos mais assustadores. É um jogo muito bom, traz de volta personagens queridos dos fãs e apresenta novos, além de continuar um plot bem legal da dlc Lost in Nightmares de RE 5! O jogo, assim como REV1, também apresenta sua narrativa de maneira episódica, porém focando em apenas dois núcleos, o sequestro aterrador de Claire Redfield e Moira Burton, e o resgate e união inesperada entre Barry Burton e Natalia Korda. A gameplay segue o estilo do game anterior dessa subsérie, logicamente mais polido, com gráficos bem superiores. Para quem gostada união entre o survival horror dos clássicos + o dinamismo dos games da era TPS, vale muito a pena; e claro, essencial para qualquer fã. Porém preciso dizer: REV 2, tem muuuuitas inspirações em The Last of Us, quando eu via o Barry, um cara de meia idade com uma mochila nas costas, acompanhado de uma garotinha que pega tijolos no chão para atacar nas criaturas, tudo isso em cenários urbanos devastados e sendo tomados pela natureza fez minha mente ir direto ao título da Sony. Sem falar de inimigos tortos andando esquisitos em volta para o pai triste da vez dar um golpe em stealth kkkk A inspiração, pelo menos na campanha de Barry, é clara!

    Eu comprei a mídia física desse game há muito tempo, creio que em 2017, por um preço baixíssimo de 60 reais em alguma americanas da vida, mas só fui jogá-lo agora em minha maratona All In na franquia! E que jogo bom, achei mais difícil que o anterior, no modo normal as munições são limitadas, quase chegando ao ponto da escassez, no limite para me fazer ficar preocupado de ficar sem balas para confrontos-chave. Levei umas 12 horas para zerar, porém esse tempo foi extenso porque na primeira jogatina peguei o final ruim (o jogo não explica nada na hora em que uma ação pode ser tomada pelo jogador, e isso altera todo o final do game), então tive que rejogar inteiro os capítulos 3 e 4 – fiquei puto kkk By the way, o jogo tem 4 episódios – Colônia Penal, Contemplação, Julgamento e Metamorfose – porém cada um é dividido entre as duas campanhas existentes, o que leva cerca de 1h, 1h30m cada. É legal ver uma recapitulação antes de cada sessão. Diferente do Revelations 1 em que o foco eram as organizações anti bioterroristas ou bioterroristas, vários núcleos e twists em todo canto, aqui, acertadamente, focam em 2 núcleos, uma história mais coesa sem muitas complicações, mesmo que levemente previsível em certas tramas. Ao invés de vermos o foco na BSAA, aqui o jogo mostra mais da TerraSave, ONG da qual Claire, Moira e alguns personagens do jogo fazem parte. O jogo usa o sistema de swap de RE Zero, podemos o tempo todo alternar entre os personagens, e em determinados momentos somos obrigados a isso, como nos raros puzzles ou em combates que exigem a habilidade especial de Moira (a lanterna) ou Natalia (seu “radar” de BOWs – que é explicado na trama). Ainda em fatores de gameplay, temos a possiblidade de passar itens ao parceiro, combinar itens, fazer upgrade nos armamentos, e até mesmo destravar movimentos ou vantagens em uma arvore de habilidades com pontos de XP! Além disso também é possível jogar em coop online ou local. Esse game é lotado de coletáveis que, se coletados, destravam mais files ainda para serem lidos, além dos já encontrados na aventura.

    Se passando em 2011, na ilha do leste europeu Sein Island, a trama se divide em dois momentos no tempo com 6 meses de diferença entre um e o outro. Com Claire e Moira temos que descobrir os mistérios sobre o sequestro que sofreram, tentar se comunicar com o mundo exterior e sobreviver em busca de uma escapatória. Já com Barry, a trama se passa um semestre após, com o querido paizão da franquia indo resgatar sua filha, ao passo que se envolve com Natalia, a misteriosa garotinha, e precisa descobrir os mistérios dessa maldita ilha. No decorrer do game encontramos outros membros da TerraSave, como Gina Foley (morta), Pedro Fernandez, Gabriel Chavez (Gabe!) e Neil Fisher (o patrão de Claire, e meio crush.... tadinha). O legal é que a narrativa pega elementos apresentados no quinto game da franquia – ainda mais da ótima expansão Lost in Nightmares, e desenvolve a trama a partir disso. Alex Wesker é a grande vilã da vez, por grande parte do jogo a reconhecemos apenas como a Supervisora, mas depois nos é revelado a verdade. Sendo outra candidata bem-sucedida do plano obscuro e eugênico de Ozwell Spencer, aqui a vilã vem realizando experimentos há anos com os habitantes da ilha, matando milhares no processo, tudo para alcançar seu objetivo herdado de Spencer: a busca pela vida eterna. O vírus que ela desenvolveu é o T-Phobos, que ativa no organismo das vítimas quando elas sentem medo. Porém ela também fez experimentações com o Uroboros, de seu querido “irmão”. E é nesse interim que Alex orquestra o sequestro de diversos membros da TerraSave, a fim de conseguir um indivíduo que não sinta medo para que sirva de receptáculo para implementação de sua mente e assim seu renascimento.

    Bom, e é nessa situação em que temos que sobreviver nas duas tramas. Passamos por vários cenários em comum entre as duas campanhas, locais como um prédio abandonado estilo snuff ou do filme O Albergue, vilarejos praianos abandonados, florestas, áreas urbanas todas abandonadas e arrasadas, esgotos (é RE, tinha que ter!), locais de mineração, zonas industriais e, para minha surpresa, uma mansão escondida no subterrâneo e com direito à laboratórios secretos dentro e tudo mais!!! RE na veia!!! O legal é que o jogo se preocupa em mostrar os efeitos do tempo nos indivíduos mutados pelo vírus: na campanha da Claire enfrentamos inimigos recém infectados, criaturas ágeis e horrendas chamadas de Aflitos, e na campanha de Barry esses inimigos já estão decrépitos, chamados de Pútridos, com esqueletos à mostra e bem mais lentos e debilitados. Também só enfrentamos com as garotas os Cabeça de Ferro, grandões resistentes que lembram o Pyramid Head, e Sploders, aflitos que sofrem mutação e inflam até explodir. Já com Barry, temos que nos preocupar com os assustadores Revenant (Aparição), criaturas parecem ter recebido partes de outros corpos humanos e outros materiais não-orgânicos, adicionados cirurgicamente e com uso do Uroboros. Na realidade enfrentamos algumas variações dele, como o Slinger, que lança umas criaturas na gente e o Splasher, que tem um braço berebento que podem nos cegar. Além deles, em ambas os núcleos, enfrentamos os clássicos cães-zumbis, aqui chamados de Orthus, que são mais fáceis de derrotar do que em qualquer outro RE, Aranhas esquisitaças que parecem saídas de Harry Potter e o Cálice de Fogo, e também os Glasp, ou Garratéia, um inimigo invisível nojento que voa, só podemos derrotá-lo com a indicação de Natalia ou com uso de granadas de fumaça.

    Os chefões e sub-chefes aqui variam de quase memoráveis para meia-bomba kkkk Em alguns momentos temos que lidar com uns Vulcanbubbler, gordões feiosos que lançam bolas de fogo com um canhão e em outros com os Dhurlga, tamém infectados pelo Uroboros, são super fortes e resistentes porém possuem uma fraqueza no meio do corpo prontinhas para serem alvejadas! Agora, inimigos de grande destaque mesmo só temos três: Pedro, que sucumbe ao medo e vê o vírus tendo efeito em seu organismo, mutando-o para um Aflito forte e que faz o uso de uma furadeira; Monster Neil, que enfrentamos nos momentos chaves da campanha de Claire, um monstrengo que lembra bastante um Tyrant, porém sendo resultado do vírus Uroboros, ou seja, tem como fraqueza o fogo!; e Alex Monstrenga, ao final da campanha de Barry (e do game) enfrentamos uma versão ainda mais monstruosa e feia de Alex, que antes estava infectada apenas pelo T-Phobos, e agora se injeta com o Uroboros para a merda ficar completa. Essa batalha eu achei bem tosca, apenas temos que rodar pelo cenário, atirar no peito do bicho, rodar mais, ficar esperto com os gases que ela lança e tal.. Desviar é facin facin já que ela é bem lenta e anda de quatro... Foi bem anticlimático. Pelo menos no final bom podemos atirar nessa demonha com Claire com um baita de um Sniper e claro, o clássico lançador de foguetes da franquia! Acabando de vez com o mal vindo do Projeto Wesker.... Mas será mesmo?!?! Muahahah o sorrisinho de Natália ao final das cenas pós créditos deixam ganchos não explorados até hoje!

    Revelations 2 é melhor que o primeiro e também merecia mais atenção. Tem bastante conteúdo, é um jogo bem robusto. A história é bem desenvolvida, apesar de ser previsível e dependente de certas conveniências de roteiro para avançar. É bem gostoso e divertido de se jogar, assim como o anterior, ahhh como é bom andar e atirar ao mesmo tempo kkk Muito bom ver Claire e Barry novamente, e ainda ser apresentado à Moira e Natália, ao mesmo tempo que passamos a conhecer de fato Alex Wesker, maior ligação com a trama original da franquia, só é uma pena que sua batalha final seja tão... nhé?!. Em resumo, jogão, necessário eu diria.

    4/5 estrelas 

    4
  • cris_ds Cris DS
    2021-07-08 17:48:45 -0300 Thumb picture
    Post by cris_ds: <p>Na psn o Season Pass até 22/7/2021 por&nbsp;<str

    Na psn o Season Pass até 22/7/2021 por R$ 16,70:

    https://store.playstation.com/pt-br/product/UP0102...

    Lembrando que o episódio 1 está gratuito:
    https://store.playstation.com/pt-br/product/UP0102...

    3
  • mateusfv Mateus Vailate
    2021-06-20 21:00:34 -0300 Thumb picture
    mateusfv checked-in:
    Post by mateusfv: <p><strong>CHECK-OUT</strong></p><p>Terminado o The

    CHECK-OUT

    Terminado o The Last of Evil, e realmente quando joguei no PS3 foi mais legal, ainda é um jogo bacana, mas sla falta algo nele, é clara a inspiração em TLOU, mas acho que o baixo orçamento que teve impede de chegar em um nível parecido.

    Ainda sim a série Revelations talvez seja a que mais tem potencial dentro da franquia, pena que a Capcom não fez um terceiro jogo, essa é uma série perfeita pra trazer os personagens que desapareceram do resto da franquia, tomara que o rumor do jogo da Rebbeca seja verdade.

    Bem não tenho muito oque falar dele, tem umas coisas legais, tem umas coisas ruins, ele fica entre os jogos médios da franquia, porém mais pendente pra ruim (só por conta de muitas vezes ser bem chatinho) do que pro bom.

    Resultado final:

    Acho que por enquanto vou dar uma parada na franquia, o 3 eu n tenho muita vontade de jogar agora, assim como o Survivor, e o Code V apesar de ter no PS3, quero jogar no PS4, então vou ter que esperar entrar em promoção.

    O Umbrella Chronicles quero terminar primeiro o 3 e o Code V antes de jogar ele, então também vai ter que ficar pra depois, bem o resto da lista n to com muita vontade de jogar também u_u

    Na real eu cheguei naquele ponto que tenho um monte de jogo pra jogar, mas n to com vontade de jogar nenhum, vou dar uma olhada oque tem no backlog, e talvez termine algo de lá, ou então jogo alguma coisa nova, ou velha mesmo.

    12
    • Micro picture
      jcelove · 3 months ago · 2 pontos

      Tem boato ai que o rev 3 vai sair, vamos ver.

      Rushar uma franquia inteira assim cansa muito, é bom pegar outras coisas mesmo, apesar de eu ser doido pra jogar o Umbrella chronicles de verdade.hehe

      1 reply
    • Micro picture
      speedhunter · 3 months ago · 2 pontos

      Por incrível que pareça, ainda prefeiro a pegada do Revelations do que esse novo rumo que a franquia está tomando. Espero que o Rev 3 venha em breve para compensar essa falta na mainline.

      1 reply
  • mateusfv Mateus Vailate
    2021-06-20 00:49:10 -0300 Thumb picture
    mateusfv checked-in:
    Post by mateusfv: <p>Hora das revelações secundárias, pela segunda ve

    Hora das revelações secundárias, pela segunda vez.

    Eu não sei se tem muito jogo que é mais curto que eu lembro, ou se eu virei um G.A.M.E.R hardcore nesses últimos anos, mas esse e algum outro jogo que joguei recentemente (n lembro qual agora), eram bem maiores na minha mente.

    Avancei até o final da parte da Claire no ep 3, e tive que colocar o controle pra carregar.

    Tenho que admitir que quando joguei ele no PS3 achei mais legal, mas agora nem tanto, ainda sim é um jogo legal, mas sla, parece que falta algo, é tipo um TLOU só que mais sem graça kk

    8
  • _gustavo Luis Gustavo Da Luz
    2021-06-14 18:08:08 -0300 Thumb picture

    [RUMOR] Resident Evil Revelations 3 "Outrage"

    Rumores apareceram sobre o anuncio de um possível novo game chamado "Outrage" que na verdade se trata de Resident Evil Revelations 3

    O site Biohazard Declassified decidiu postar o que eles ouviram dizer sobre o novo jogo. O site é o mesmo que divulgou detalhes sobre testes de Village – alguns deles se confirmaram com o lançamento do jogo. Só que diferentemente do oitavo título, o autor do texto pontua que não é muito confiante com as informações sobre “Outrage“, uma vez que a fonte já não foi 100% verdadeira em outra época.

    Dito isso, e de acordo com a fonte, houve um teste no ano passado de uma hora com o codinome “Investigation“, ou em português “Investigação“, com uma história similar com a peça teatral Biohazard The Stage, que tem entre as protagonistas Rebecca Chambers. O autor do Biohazard Declassified até sugere que seria uma forma da Capcom recontar a história de uma nova maneira, já que muita gente nem sabe que a peça existe. Ele, ainda, compara com Village, que lembra muito Resident Evil 4, mas não é uma cópia direta.

    O teste de Resident Evil Outrage traria Rebecca em um ambiente noturno fora dos portões de um campus universitário onde a personagem investiga a criação de um novo vírus. Dentro do campus, ela anda em meio a quartos e explora, até interagindo com estudantes apavorados.

    Depois de explorar o exterior, ela acaba chegando a uma biblioteca onde encontra um arquivo que diz que o diretor do local está em contato com uma empresa a respeito de uma pesquisa. E é depois de ler o arquivo que um estudante atacaria Rebecca com uma tesoura. Aqui, ela teria a opção de “atacar” ou “correr”. Caso haja luta, o jogador receberia uma chave de armário – coisas de Resident Evil.

    Após isso, haveria a possibilidade de explorar laboratórios, salas de aula, banheiros e até a cafeteria. Estudantes e professores infectados agiriam como os Manjinis de Resident Evil 5 e usariam como armas itens da própria universidade – como a tesoura do primeiro ataque. O teste terminaria com Rebecca sendo deixada inconsciente por um homem que a agarra por trás em um escritório.

    Sobre como Rebecca é, a arma inicial seria uma faca e, ao menos no começo, a personagem teria uma certa fragilidade, com possibilidade de melhorias ao longo do jogo que teria sido experimentado em terceira pessoa.

    Se esse rumor se confirmara, o game pode ser anunciado hoje as 18:30 na apresentação da Capcom

    24
    • Micro picture
      thiones · 3 months ago · 1 ponto

      👀

    • Micro picture
      jcelove · 3 months ago · 1 ponto

      Revelations com a Becca de volta? A ideia agrada...

      2 replies
    • Micro picture
      kess · 3 months ago · 1 ponto

      Faz um tempo já que apareceu algo assim num vazamento. Pelo jeito a coisa só fortalece mais, e junto com um Revelations, tem outras coisas mais vindo.

  • mateusfv Mateus Vailate
    2021-06-11 15:34:57 -0300 Thumb picture

    Aquisições do mês, mais Presidente Ivo

    A minha ideia era só comprar o REV2, mas como o cara tbm tinha o AC IV, aproveitei e peguei junto.

    Não sabia que essa versão de disco vinha as duas DLC de história, n que fosse fazer muita falta se não tivesse kk, inclusive achei que ele ia ser usado, mas pelo visto é novo lacrado, inclusive tem um monte de anúncio do REV2 pro PS4.

    Também tinha comprado o primeiro REV, de um outro vendedor no caso, mas o bicho enrolou um monte pra mandar, aí cancelei a compra, e agora vou ser obrigado a esperar o dinheiro ser reembolsado no cartão, pra poder comprar de outro cara 😒

    Fui ir no mais barato, devia ter ido no cara que tava pouca coisa mais caro, desde o início mesmo kk

    18
  • mrmamoxi Mamo
    2021-06-08 18:59:39 -0300 Thumb picture
    mrmamoxi checked-in:
    Post by mrmamoxi: <p>#img#[777901]</p><p>E aqui o motivo pelo qual jo

    E aqui o motivo pelo qual jogamos o primeiro Revelations, pra poder jogar o segundo que tem Coop.

    Foi uma luta pra conseguir jogar com os joycons divididos nesse coop, porque pra mexer a câmera tem que apertar o SR e o único analógico, pra atirar SL e o analógico, uma tortura.

    O começo é bem difícil porque Claire que faz todo o trabalho manual e Moira só usa uma lanterna pra iluminar até achar o pé de cabra.

    Eventualmente tivemos que desistir do Coop porque o SR do joycon tava falhando e aí não daria pra mudar a câmera, ficando impossível de jogar. Continuamos no solo player.

    As partes com Barry e Natalia são bem insuportáveis porque Natália é bem inútil só... Apontando.

    Nesse eu fiquei mais confuso na história, mas gostei da coisa do bracelete transformar eles em zumbis com o medo, achei meio Jogos Mortais.

    Agora não sei o que rolou lá pelo final, porque enquanto jogávamos e ficávamos presos, assistimos um walkthrough pra ver onde ir etc (a gente tava meio sem tempo porque eu tinha que ir embora), acabou que vimos um final diferente no vídeo do que realmente rolou no jogo.

    Nele Natalia matava a Alex e começava a dar uma risada diabólica, daí terminou meio que sem um fim. Então fica a dúvida, tem outros finais? Como ver? 

    9
  • rshadowss Ricardo
    2021-05-28 02:54:04 -0300 Thumb picture
    rshadowss checked-in:
    Post by rshadowss: <p>Estou aqui graças ao RE6, era só pra jogar o RE6

    Estou aqui graças ao RE6, era só pra jogar o RE6 por conta de um artigo, mas deu vontade de jogar o Revelations 2. É doido que eu ainda lembro de algumas coisas, ainda sei algumas falas e eu nem joguei tanto o REV2.

    Comecei a jogar na minha conta normal, vi que tinha muita coisa pra liberar ainda, acho que não joguei mais depois que eu fiz a platina, até o Raid não foi finalizado, enfim, no começo do episódio 1 da Claire eu decido sair e começar a jogar em outro perfil, como é Survival Horror então devo jogar sem as armas, sem as habilidades, tudo do zero, e agora já zerei o primeiro episódio das duas campanhas. Vou ficar fazendo check-in? Não, mas vale a pena dizer que estou curtindo jogar de novo.

    #VoltaRevelations

    4

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...