This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • 2022-12-04 12:50:14 -0200 Thumb picture
    myers checked-in:
    Post by myers: <p>O primeiro jogo "immersive sim" que zerei foi De

    O primeiro jogo "immersive sim" que zerei foi Deus Ex Mankind Divided, que foi uma grande surpresa para mim, pois não tinha muitas expectativas, sendo que só comprei porque estava barato. Ele me abriu as portas pra esse estilo de jogo, alguns acabei não curtindo, como é o caso da franquia The Elder Scrolls, principalmente o Skyrim, enquanto outros eu acabei gostando, como é o caso de Prey. Tenho poucas horas no jogo e estou adorando, principalmente na questão de gameplay e sua narrativa, onde temos que prestar atenção em cada um dos textos para entender mais a história e descobrir códigos ou alguma dica para algo secundário. Assim como Deus Ex Mankind Divided, Prey está sendo uma grande surpresa, e após zerar, pretendo ir atrás de outros como Deus Ex original e Human Revolution, além do Dishonored que comprei recentemente. 

    8
    • Micro picture
      hanzy · about 2 months ago · 2 pontos

      Cara Prey é fantástico, é o tipo de jogo que passou direto por muita gente mas merecia muito mais atenção, eu adoro como ele brinca com as possibilidades e sistemas. Na primeira jogada que eu fiz nele fiz sem usar as "magias" e o jogo responde muito bem a isso, como o contrário também
      O final tem um plot incrível e as sides do jogo são tão bem construídas e fazem parte de tudo que te acontecendo.
      Agora tu me fez pensar, na teoria The Elder Scroll não é um immersive sim, mas... Kkkkkkk

    • Micro picture
      bobramber · about 2 months ago · 2 pontos

      Eu tbm curti muito Prey, assim como amei os deus ex.
      Eu indico o System Shock 2, é considerado fácil um dos melhores jogos de todos os tempos. Prey é um sucessor espiritual dele.

      3 replies
  • 2022-11-09 20:35:17 -0200 Thumb picture
    nerdzilla checked-in:
    Post by nerdzilla: <p><strong>Finalizado em 07/11/2022</strong></p><p>

    Finalizado em 07/11/2022

    Depois de boas horas jogando Prey finalizei com uma boa experiência, mas também com algumas críticas.

    Confesso que em termos de terror, no sentido mais comum e popular do termo, eu esperava mais do jogo. Eu tinha alguma expectativa de que fosse algo mais puxado para o gore, como Dead Space, e mais sombrio, mas as criaturas tem um design bem clean, e por mais que se desfaçam em pedaços é sempre algo muito limpo e quase etéreo. O que não é um problema, mas não me passou a carga dramática que eu esperava e acabei tendo que enfrentar seres meio orgânicos, meio eletrônicos, alguns fundidos com elementos (fogo e eletricidade), etc...essas coisas não me remeteram ao horror mais físico que eu esperava.

    A mesma coisa os cenários, apesar de serem bem pensados, provocam tensão em alguns momentos, mas no geral tendem a ser amplos e de fácil visualização, a estação parece quase um shopping center que deu problemas. Nesse sentido eu também esperava uma coisa mais claustrofóbica, como um game com ambientação espacial costuma ser. De novo, não é um problema, mas eu acabei criando expectativas que se frustraram. A amplitude do espaço externo, por exemplo, ficou incrível, essa sim deu aflição de se ver diante daquela imensidão. 

    A ambientação e construção da Estação Espacial Talos I foi muito bem elaborada, pensando em diferentes formas de acessarmos os setores, fazendo com que possamos explorar vários recursos para entrar nos lugares - passagens de ventilação, transformação em objetos, armas que atiram e ativam painéis à distância, dominação mental de máquinas, e etc... isso deixou o game bem dinâmico.

    Agora o que realmente me incomodou foi a dinâmica de ficar entrando e saindo dos setores, e cada mudança tem uma tela de carregamento que, pelo menos no PS4, é um  tanto demorada. Notei que esses carregamentos servem para redistribuir os inimigos, atualizar alguns status, calibrar algumas tomadas de decisões, mas mesmo assim achei ruim, poderiam seguir outro modelo, como o do jogo Vampyr, que considero ter uma calibragem bem bacana para fazer a redistribuição de inimigos no mapa. 

    Desnecessário mesmo foi ficar indo de um lado pro outro pra completar missões só pra fazer a gente ficar entrando e saindo dos setores, principalmente no final. "Vem me encontrar no topo da estação...ah, não estou aqui, mas preciso que você ande a estação inteira pra pegar uma coisinha pra mim, lá do outro lado...agora volta aqui pra falar comigo, agora, volta lá pra baixo pra girar uma chave e volta aqui pra cima"....pelo amor de deus gente, pra que? Acabei de vir de lá, sério que você me fez vir aqui pra dizer que eu tinha que voltar pra lá pra apertar um botão? Por que não falou pelo rádio isso?

    Apesar de a estação ser bem planejada, o mapa geral não é muito grande. Somando as missões principais com as missões secundárias, essa ida e volta fica ainda mais repetitiva e um ponto irritante. Fiz algumas missões secundárias no começo, mas depois de perceber que a maioria não trazia benefícios significativos, deixei de fazer muitas missões e focar apenas nas principais. No geral acho que apenas 4 missões secundárias tem resultados interessantes e liberam bons recursos. Tirando isso não vale a pena fica indo e voltando nos mesmos lugares, só de pensar em ter que ficar subindo e descendo e esperando as telas de carregamento eu já desistia. 

    Também me incomodou um pouco o modo de comunicação com os outros tripulantes da estação. Eles ficam o tempo todo ligando, um atrás do outro, por vezes você tem cinco chamadas seguidas, cada um falando uma coisa, dando instruções diferentes, você tem que parar pra ouvir, e a coisa piorava quando você estava sendo atacado por 300 alienígenas e tendo que ouvir 8 chamadas de gente da estação inteira, eu me senti praticamente um atendente de callcenter tendo que lidar com tanta informação ao mesmo tempo. 

    Isso se tornou ruim pois o game tem uma história bem interessante e enigmática, mas que você não consegue prestar atenção em algumas informações importantes pois ao mesmo tempo em que a informação está sendo passada, tem um ataque pesado acontecendo e você não consegue prestar atenção na informação completa, e aí, quando a luta acabava eu me pegava pensando "tá bom, o que é que eu tinha que fazer mesmo que falaram comigo e eu não prestei atenção?". Algumas desses informações não tem como ser recuperadas e eu simplesmente seguia os meus instintos. Se era pra ser de propósito, conseguiram. 

    Dos pontos positivos pra mim, além da história bem instigante, foi o sistema de inventário, produção de itens e habilidades adquiridas. Prático, objetivo e eficiente. O que falta na fluidez de movimentação entre setores do cenário, tem de sobra no inventário e na organização de tudo: diários, senhas, dados de pesquisas, habilidades etc...muito efetivo. 

    6
  • 2022-08-01 10:56:29 -0300 Thumb picture

    Tradução do Prey – PC [PT-BR]

    Tradução do jogo Prey para Português do Brasil.

    Informações:

    ● Plataforma: PC
    ● Versão: 2.01
    ● Idioma: Português-BR
    ● Versão Suportada: 1.0 até 1.2
    ● Idioma Suportado: Todos
    ● Lançamento: 12/10/2006
    ● Tamanho: 367 KB
    ● Créditos: GameVicio

    Download: Central de Traduções

    8
  • rafaelssn Rafael Nogueira
    2022-06-08 13:09:08 -0300 Thumb picture
    rafaelssn checked-in:
    Post by rafaelssn: <p>Finalizado!</p><p>Jogo surpreendeu, história mui

    Finalizado!

    Jogo surpreendeu, história muito boa com múltiplos finais, jogabilidade padrão Bethesda, gráficos bons, só a dublagem que é mais ou menos pra alguns personagens.

    Tem muita inspiração em Alien e em outras mídias parecidas, recomendo pra quem curte.

    16
  • noyluiz Luiz Henrique Santos
    2021-12-20 14:50:44 -0200 Thumb picture
    21
    • Micro picture
      natnitro · about 1 year ago · 2 pontos

      O melhor da lista até agora é o Vampyr e vai ser um bom presente porque esse jogo nunca costuma ficar barato nem nas sales da steam... :-)

    • Micro picture
      xch_choram · about 1 year ago · 1 ponto

      E esses que estão "new to EGS"? pq hj é Loop Hero oe ontem foi esse The Vanishing então pulou esse outro?

      2 replies
    • Micro picture
      le · about 1 year ago · 1 ponto

      Se vier Humankind, tá ótimo. Tô querendo esse faz tempo, assim como o Vampyr.

      4 replies
  • bobramber Jefferson Da Silva Prado
    2021-05-13 00:13:59 -0300 Thumb picture
    bobramber checked-in:
    Post by bobramber: <p>No interesse de jogar o reboot de 2017, resolvi

    No interesse de jogar o reboot de 2017, resolvi ao menos conhecer o original de 2006.

    Com pouco mais de 1h (uns 15% do total), achei um começo bem interessante, com a abdução e, principalmente, a ambientação. A jogabilidade achei meio simples, única parte interessante são os portais e as pontas cabeças, mas não me conquistou (como já era esperado).

    16
    • Micro picture
      xch_choram · over 1 year ago · 3 pontos

      Tinham me dado um dvd desse jogo, só tinha escrito Prey na frente, achava que era um emulador de PS1 e a pessoa tinha escrito errado kkkkk, acabei testando só mt tempo depois.

      1 reply
    • Micro picture
      jcelove · over 1 year ago · 2 pontos

      Esse ai é raridade até no digital, as keys custam uma fortuna se ainda forem válidas.hehe

      6 replies
  • cris_ds Cris DS
    2020-12-26 18:34:53 -0200 Thumb picture
    Post by cris_ds: <p>Na psn a <strong>Dishonored & Prey: The Arkane C

    Na psn a Dishonored & Prey: The Arkane Collection (que vêm: Dishonored: Definitive Edition, Dishonored 2, Dishonored: A Morte do Estranho e Prey) está por R$ 67,37 até 9/1/2021:
    https://store.playstation.com/pt-br/product/UP1003...

    4
  • danilodlaker Danilo Rodrigues
    2020-10-16 14:49:20 -0300 Thumb picture

    pey

    E esse é o jogo de número 23 da coleção de jogos do One (a única que tenho agora ashaushah)

    14
  • thesky Caique
    2020-08-24 22:08:35 -0300 Thumb picture
    thesky checked-in:
    Post by thesky: <p>(Por algum motivo o reboot de 2017 não ta cadast

    (Por algum motivo o reboot de 2017 não ta cadastrado aqui na versão de PC)

    Acabei de terminar o Prey 2017 e gostei MUITO. Eu acho a Arkane fenomenal e esse jogo não foi diferente, a ambientação da estação espacial, as várias maneiras de atingir seus objetivos e principalmente a explorão são tudo o que eu gosto nesse tipo de jogo e acertou em cheio. Achei a história muito bacana também, o início é incrível.

    Confesso que apanhei MUITO dos Typhons durante o jogo todo rsrs

    8
  • hanzy Gustavo
    2020-08-20 21:53:52 -0300 Thumb picture
    hanzy checked-in:
    Post by hanzy: <p>Caramba esse jogo é a definição de Hidden Gem, p

    Caramba esse jogo é a definição de Hidden Gem, porque eu não vejo ninguém falando dele e é um puta de um jogão. É indispensável pra quem assim como eu curte System Shock. Terminei uma vez e optei por pegar só habilidades humanas, agora vou jogar novamente só com as habilidades Typhon

    18
    • Micro picture
      cris_ds · over 2 years ago · 2 pontos

      Num dos podcasts que acompanho um dos participantes diz que amou esse jogo, e disse que a dlc é praticamente um outro jogo à parte (e mais tensa que o jogo original), se tu não tiver ela dá uma olhada.

      1 reply

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...