This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • felipe_turesso Felipe Turesso
    2021-04-17 16:25:48 -0300 Thumb picture
    Post by felipe_turesso: <p>Certamente um dos troféus mais divertidos que já

    Medium 770840 3309110367

    Certamente um dos troféus mais divertidos que já peguei :D

    A música, o Dante junto com a Lady, nossa senhora... É um dos momentos mais divertidos e épicos do mundo dos games.

    9
  • vinicios_santana Vinicios Santana
    2021-03-20 05:37:47 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana checked-in:
    Post by vinicios_santana: <p>#img#[766802]</p><p>Devil may cry 3 é o último d

    Devil may cry 3 é o último dessa coletânea em HD, comecei o jogo logo na sequência do 2 e a diferença já é gritante, tanto graficamente, quanto na jogabilidade e enredo.
    Vamos falar sobre esses pontos separadamente.

    A evolução gráfica do DMC3 é impressionante e claro o que chama a atenção primeiro.
    É como comparar jogos do ano 1 do ps2 com seus jogos finais, o que talvez de fato seja verdade, devido ao tempo de produção dos jogos.
    Jogar DMC 3 é algo gostoso, o rock constante ainda faz parte do clima do jogo, os combos foram aprimorados de uma maneira incrível, é possível emendar praticamente todos os golpes disponíveis no momento, o que deixa o ato de derrotar inimigos, algo bonito de se ver.

    Há uma gama de armas novas com gameplays distintos, além de um novo botão de Estilo, que varia o modo de jogo.

    Porém apenas uma forma de Devil Trigger, o que não é ruim, já que não está associado às armas.
    Armas essas na sua maioria conseguidas após derrotar algum boss, que são o ponto alto do jogo.
    As batalhas contra os bosses são interessantes e forçam o jogador a conhecer o padrão e usar seu melhor, beeeeeem diferente do visto no jogo DMC 2 e bem mais justos que no DMC1.

    O enredo volta num Dante quase adolescente, antes dos eventos do primeiro jogo, mostrando um personagem mais brincalhão e fanfarrão, eu particularmente acho que exageraram demais nessa personalidade dele, felizmente ele amadurece no decorrer do jogo, mas ainda mantendo o bom humor.

    A história em si exige isso, Dante enfrenta seu irmão que com a ajuda de Arkham faz surgir uma torre no meio da cidade, Dante escala essa torre, indo de encontro ao seu irmão gêmeo Vergil, que consegue ser mais badass que o protagonista.

    No decorrer da história, Dante e Vergil se enfrentam no topo da torre, sendo pra mim de longe o momento mais épico do jogo, superando até a batalha final.

    Seguimos com aquela mesma ladainha de juntar os colares e ter o poder de Sparda.
    Mas Vergil é traído por seu ajudante Arkham com cara de psicopata, quem imaginaria?
    Esse psicopata também é pai de Lady, a encarnação da Milla Jovovich no jogo, sério, se um dia for existir um filme de DMC, já temos uma atriz perfeita para o papel.

    Ela é bem impulsiva, vamos dizer assim, em todo encontro com Dante, ela insiste em atacá-lo, mesmo depois de ele não mostrar ser uma ameaça e inclusive a salvar algumas vezes.
    Apesar de ter seus dramas, achei uma personagem bem superficial, ela segue uma linha reta e vai e nada muda seu pensamento.
    Perto do fim do jogo os irmão se unem para enfrentar o mal comum, meio frustrante pois o boss abandona a forma fodona e vira uma bolha de tentáculos.
    O momento da chegada do Vergil é bem legal e a interação entre os irmãos é ótima.

    Por fim os irmãos lutam mais uma vez, e eu achando que eles estavam "brothers" agora, mas não, ser o "preferido" é mais importante.
    Dante aqui mostra que ele, apesar de brincalhão, o completo oposto do irmão que é todo sério, ele é o irmão mais sensato, luta contra Vergil mas ainda o ama, o tentando salva e derramando lágrimas por imaginar que nunca mais o veria.


    "-Você está chorando?
    -Não, é a chuva.
    -Mas a chuva já parou.
    -Demônios nunca choram.
    -Talvez demônios possam chorar quando perdem alguém de quem gostem."

    Adorei ter jogado não só o 3, mas todo o começo da série e finalmente entendi porque Dante é tão querido.
    Após terminar o jogo, é possível jogar com Vergiei, infelizmente não tive paciência de repetir todo o jogo de novo por duas animações de 1 minuto cada.
    Senti falta de mostrarem como Vergil saiu de um Street Samurai, para um guerreiro medieval de armadura. Sei que a sua versão Dangelo está presente no jogo, mas gostaria de ter visto uma ceninha que fosse dele colocando a armadura na campanha principal.

    Bom, já iniciei o próximo jogo no estilo hack n slash e digamos que ainda estou em casa.

    Bom, é isso, até a próxima e abraços para todos.

    22
    • Micro picture
      jcelove · about 2 months ago · 2 pontos

      Boa, DMC 3 é um exemplo de sequencia que literalmente salvou a série. Desde a intro narrada pela Lady ao son de 'devils never cry" ao final épico tudo no jogo é espetacular pra mim.

      Curiosamente a equipe que fez ele é praticamente a mesma do DMC 2. Os caras aprenderam a atender o feedback ao mesmo.hehe

      Gosto demais do enredo dele tbm, a forma como Dante vai amadurecendo de um muleque overpower a um defensor da terra ciente de suas responsabilidades mas sem perder o bom humor como vc ressaltou.

      Só discordo da superficialidade da Lady. Ela tem grandes motivos pra ser impusliva e só querer matar demonios de qq maneira, afinal o pai transformou a mãe dela em um emna frente da moça e a instigou a ir atrás dele (o motivo vc viu no final), dai ela vê o Dante tão demonio quanto qq outro bicho na torre, até ele conseguir quebrar o gelo e convence-la.

      Virgil e Dante ficam naquele clichê de irmãos rivais opostos que brigam mas no fundo só precisavam de uma mãe pra fazer eles se entenderem, coisa que japonês adora...mas quanto ao final fica claro o que acontece com ele. Nelo angelo não é o Virgil de Armadura, é o que restou do Virgil após ser derrotado por Mundus e ter virado um fantoche dele qe só consegue se libertar graças aos enconstro com Dante.

      No 5 dão um jeito loko de fazer ele voltar atrav´s do Nero.ehhe

      6 replies
    • Micro picture
      jcelove · about 2 months ago · 2 pontos

      Onimusha é ótimo tbm, mas é mais um RE melee com menos puzzle que um hack n slash nos moldes de DMC (até pq saiu antes)

      6 replies
    • Micro picture
      vante · about 2 months ago · 2 pontos

      Devil May Cry 3 é o meu jogo favorito do PS2, jogar ele logo depois de jogar o 2, dá um contraste de qualidade muito grande kkkkkkkkk

      1 reply
  • wcleyton Wanderson Cleyton
    2021-03-12 21:11:37 -0300 Thumb picture
  • vinicios_santana Vinicios Santana
    2021-02-23 22:01:33 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana checked-in:
    Post by vinicios_santana: <p>#img#[762979]</p><p>Iniciando Devil may Cry 2, a

    Iniciando Devil may Cry 2, a primeira impressão é muito boa, jogo bem mais bonito, animações menos tortas e os controles aprimorados, desmembrar os golpes físicos e de tiro em dois botões foi ótimo.
    Porém os pontos positivos terminam ai.
    Dante está bem mais sério, em tese isso não é ruim, se fosse bem explorado. O problema é que ele mal mal tem falas.

    O jogo traz algo interessante, uma campanha dividida em 2 discos, logo lembrei de Resident Evil 2, onde a campanha de Leon e Claire se complementam. Só que aqui, jogar com Lucia não muda quase nada no gameplay e menos ainda na história.
    Não foi dessa vez Capcom.

    A história é bem fraca, parecendo quase um "copia, mas não faz igual" do primeiro jogo.
    Dante está famoso por ter derrotado Mundus, alguns demônios estão atrás de Lucia, uma espécie de ladra mestiça, Dante se envolve com ela e decide ajudá-la jogando uma moeda, que suspeito tenha 2 caras.
    Aparece um vilão com cara de personagem do Tekken chamado Arius, a moça descobre que é uma criação desse demônio do Tekken, ela chora e Dante resolve derrotar ele.
    E é isso.

    Pelo menos o gameplay é bom? Uai...
    A mudança nos controles foi realmente boa, tanto que continuou no 3, porém simplificaram e muito os combos, quase zero de variação nos golpes e há apenas uma transformação em demônio, pouco se comparado às 3 do jogo anterior.

    Mas o pior de tudo é que o jogo é ridiculamente fácil.
    Devil may Cry 1 era desleal e frustrante em MUITAS partes, mas quando se aprendia os padrões dos inimigos, você conseguia superar esses obstáculos com um sentimento de conquista.
    Já na sequência, 85% dos inimigos e BOSSES são derrotados com chuvas de tiro.
    Eu literalmente matei esse boss com uma mão apertando quadrado, pois com a outra estava gravando a tela para mostrar pro pessoal o quão sem noção era isso.

    Outro boss amedrontador, ficou a luta toda de costas pra mim.

    Algumas vezes para o jogo não ficar chato eu partia pra cima pra forçar o inimigo a me atacar.
    Sendo justo com o jogo, depois de matar Arius, que também não é lá muito difícil, a batalha que se segue, com uma amalgama dos principais chefes do jogo e depois com um demônio de fogo, foram realmente desafiadoras e gostosas de jogar, me garantindo meu único game over/continue no jogo.

    Por mais sério que Dante esteja, ele ainda é bem cool e badass.

    Terminei o jogo, joguei um pouco com Lucia e não tive nem vontade de tentar pegar a Trish, que é personagem secreto.
    Comecei o 3 e meus amigos.....vem coisa boa ai.

    Bom, é isso, até a próxima e abraços para todos.

    22
    • Micro picture
      jcelove · 3 months ago · 2 pontos

      Vai na fé que o 2 é o unico ponto baixo e o 3 consertou todos os erros dele.

      Um lance bizarro é que até o dmc v sair o 2 era o ultimo cronologicamente e esse look dele foi usado na aparição memistica do personagem em SMT 3 Nocturne tbm. Em contrapartida o lendários Kazuma Kaneko fez o design do devil trigger de Dante e Virgil no 3, o que destoou bastante do visual normal do jogo, mas foi legal.hehe

      10 replies
    • Micro picture
      mateusfv · 3 months ago · 2 pontos

      DMC 2 é literalmente tiro pra tudo quanto é lado, já que é assim que vc mata qualquer inimigo, na duvida bala neles, os demons nem se mechem do lugar kk

      Pior é os bosses que se mexem de lugar mas n te acertar de jeito nenhum, aqueles lobos lá é bem assim, e aquele tanque se ficar parado na frente dele ele nem te acerta tbm.

      Agora que terminou da uma olhada no vídeo que te passei, vai dar pra entender bastante coisa sobre o pq a qualidade caiu na sequencia :v

      Mas pelo menos do 3 pra frente a Capcom n errou... tanto assim, pois o 4 tem um porém, ele é um jogo legal, mas vc basicamente joga o mesmo jogo duas vezes, tipo vc vai do ponto A ao B com o Nero, ai volta do ponto B ao A com o Dante, e enfrenta até os mesmos bosses, é um jogo legal mas da metade pra frente acho que faltou a verba kk

      3 replies
    • Micro picture
      santz · 3 months ago · 2 pontos

      Estou jogando o 2 também aqui em casa. De fato, o jogo tá mega fácil e a história tá bem qualquer coisa. Parei na parte depois que a gente enfrenta aquele demônio do machado que o cara do Tekken invoca pela primeira vez.

      2 replies
  • vinicios_santana Vinicios Santana
    2021-02-20 05:17:39 -0200 Thumb picture
    vinicios_santana checked-in:
    Post by vinicios_santana: <p>#img#[762378]</p><p>Uma das franquias do PS2 que

    Uma das franquias do PS2 que menos conheço é Devil may Cry, ou melhor dizendo, uma franquia que desconheço no geral, visto que só havia jogado o 4 anos atrás. Vi o anime também, não sei se conta hahaha.
    Peguei o HD collection em uma promoção recente da PSN, 75 em 3 jogos achei ok, mesmo que alguns duvidem da qualidade dos primeiros jogos.


    No que se diz respeito a história, Dante tem uma empresa de "dedetização" de demônios, ele recebe uma cliente estranha, Trish que o contrata para derrotar Mundus, um demonhão de 3 olhos.

    O curioso é que a logo de sua empresa possui uma silhueta bem semelhante a de Trish, coincidência?


    O que não sabemos é que Dante é filho de um capeta chamado Sparda com uma humana, o tornando meio demônio e Trish é muito parecida com sua mãe, o que o faz poupar sua vida e aceitar a missão.

    Depois descobrimos que Trish trabalhava para Mundus, mas é descartada por ele ao fracassar, depois se junta a Dante para enfrentá-lo.
    Cheguei até a pensar que eles fossem irmãos também, mas ao pesquisar as imagens para esse post, vi que colocam apenas Virgil como irmão do Dante,  Trish é apenas uma criação de Mundus, não sei o porque da semelhança com a mãe de Dante, talvez Mundus tivesse uma queda pela humana que encantou o coração do outro capetão e criou uma só para si.

    O jogo é o pai do hacki n slash que evoluiu de uma tentativa de criar um novo resident evil, mais ou menos como a origem de Assassins Creed que seria um novo Prince of Persia.
    Muito dessa sua origem é perceptível no jogo, como inimigos mortos-vivos e lagartões semelhantes aos Hunters de Resident Evil 1,  a câmera fixa e em ângulos cinematográficos,  sem falar que grande parte do jogo se passa nas imediações de uma mansão com uma entrada bem semelhante à mansão do primeiro Resident.


    O jogo é divertido, o humor ácido de Dante e seu aspecto fanfarrão dão um charme extra ao derrotar os inimigos, tendo até um botão exclusivo para provocar os inimigos.

    A progressão de fases interligadas com puzzles e combate é interessante, algumas missões são curtas, outras nem tanto.
    O combate no geral é ótimo, Dante possui uma arma de combate físico e armas de tiro, que evoluem ao longo do jogo, dando mais força e combos.


    Podendo trocar entre espadas e uma manopla de fogo, adquirindo uma foice mais perto do fim do jogo.
    Cada uma dessas armas apresenta golpes e combos distintos.
    Por ser meio demônio, Dante também assume formas demoníacas com o Devil Trigger, dando poderes extras enquanto a barra durar.

    Sendo um para cada uma das armas principais Alastor e Ifrit e outra como herança da espada de seu pai, Sparda.


    Agora alguns pontos negativos que realmente podem datar o jogo para alguns.
    As partes submersas onde Dante tem de nadar em primeira pessoa....horríveis.
    A câmera fixa atrapalha muito em setores de plataforma e em combates onde a esquiva é fundamental, como nos confrontos contra Aranhas Gigantes ou o Nightmare.
    Além disso a dificuldade sobe de forma desleal, os primeiros bosses já exigem certa atenção, retirando um dano assombroso, alguns bosses me matavam em DOIS hits, no começo do jogo.


    Então aprender o padrão dos chefes e esquivar na hora certa para só depois contra atacar é fundamental, mas fazer isso com a câmera te travando ou mudando a orientação ou tapando o ataque do inimigo é algo desafiador.
    Mas quando se decora os padrões do chefe e principalmente, descobre onde não ser atrapalhado pela câmera, o chefe fica relativamente fácil para quem dominou minimamente o sistema de combos.
    Só que até decorar os padrões, você vai morrer e morrer e repetir toda a fase sem checkpints, o que é muito frustrante se estiver passando por sessões complicadas de puzzles e mini chefes até a sala do boss.


    No geral gostei do jogo, me divertiu na medida certa e estou preparado para matar mais demônios na sequência.

    Bom, é isso, até a próxima e abraços para todos.

    28
    • Micro picture
      jcelove · 3 months ago · 3 pontos

      Excelente compra. O preço acho meio salgado, mas a qualidade dos jogos compensa, o unico ponto baixo é DMC2, que apesar de melhorar grafico e adcionar movimentos pro Dante e uma personagem nova jogavel é repetitivo e chato e sem criatividade ou dificuldade (da pra matar qq coisa so atirando de longe) mas o primeiro explodiu cabeças na epoca e ainda é bem legal se rekevados esses problemas q mencionou.

      O logo do escritorio do Dante ja ter a silueta da trish no começo é moscagem dos devs.hehe

      Ela foi criada parecida com a mae do Dante pq mundos sabia que isso faria eke aceitar o trabalho e segui la.

      O anime nao é de todo ruim mas nao tem a mesma pegada dos higos apesar de ser canonico (ele se passaria antes do dmc 2, que cronologicamente era o ultimo ate dmc v ignora lo XD

      Dmc 2 vc termina rapidinho e parte pro 3 que foi o jogo q levantou a serie novamente. O 3 crinologicamente é o primeiro e cobta como o jovem arrogante Dante virou o grabde csçadir de demonhos.

      4 replies
    • Micro picture
      manoelnsn · 3 months ago · 3 pontos

      Essa é uma franquia que me interessa um pouco pelo protagonista, mas quando lembro que é hack and slash e tenho um certo asco do gameplay, aí desanimo na hora, ahauahua

      2 replies
    • Micro picture
      mateusfv · 3 months ago · 2 pontos

      O primeiro DMC eu acho difícil de voltar pra jogar, não só pelos pontos que vc levantou do gameplay que envelheceram meio mal, mas por conta de pessoal eu achar ele semelhante demais a RE (já que ele é um projeto descartado do RE4), algo que por algum motivo me incomoda um pouco kk

      O 2 é uma bagunça do caramba, começaram a fazer quando o primeiro jogo nem tinha sido terminado ainda, e por uma outra equipe que só fazia jogo de arcade, é uma história bem maluca, recomendo esse vídeo que resume bem a situação: https://www.youtube.com/watch?v=9T9DVqVZcLE

      Fora isso tudo gostei desse seu avatar novo, boa tirada essa do Gordon XD

      2 replies
  • natnitro Renata
    2021-01-10 05:42:29 -0200 Thumb picture
    natnitro checked-in:
    Post by natnitro: <p>#2° jogo finalizado do ano: Devil May Cry 1 HD \

    #2° jogo finalizado do ano: Devil May Cry 1 HD \o/\o/\o/

    Quase todas as franquias costumam ter um começo bem bizarro, mas no caso do DmC1, o primeiro já mandou muito bem, apesar de umas coisinhas meio chatas como ficar batendo nos mesmos inimigos várias vezes na campanha e aquele backtracking básico de ficar indo e voltando no mapa pra fazer secret missions e catar coisas, mas, ainda assim, ele ficou bem melhor do que muito vencedor de goty por ai... xD

    Já uma das melhores coisas do jogo que sempre noto já no comecinho dele é justamente a trilha sonora, que foi mais para um estilo gótico, até com umas pitadas de canto gregoriano, o que ficou sensacional, parecendo uma mistura de ost de Castlevania com Dragon Age e esse jeito diferentão assim é que deixa essa ost do 2 tão marcante dentro da franquia até hoje... ♥♥♥

    Só achei uma pena quando saiu a HD Collection que a Capcom resolveu fazer só um port em alta resolução dos jogos lá do PS2 e com isso acabaram perdendo a chance de lançarem ai umas remasterizações com melhorias não só nos gráficos, mas também na câmera, que tem hora que mais atrapalha do que ajuda, além de terem incluindo mais personagens jogáveis e trajes especiais desde o primeiro como o Sparda, a Trish e o Vergil na campanha, igual fizeram no DmC4 SE, o que ficaria bem melhor do que o simples port dos jogos antigos com pacote completo de bugs, cameras zoadas, fps ferrado, etc... 

    E, como sonhar (ainda) não custa nada, quem sabe um dia a Capcom também entra na onda dos Resident Evils e faz um remake completo ai dos primeiros DmCs para as gerações atuais de consoles/pcs, que ai sim a coisa fica perfeita de vez... \o/

    Mas, enquanto esses remakes ai ficam apenas nos sonhos por enquanto, vamos de HD Collection mesmo, já que agora só faltam 2 conquistas pra chegar nos 100% do DmC1, que é fechar no Hard e no Dante Must Die e, depois disso, a próxima parada é o DmC2, mas com umas horas extras de Yakuza 0 ai no meio pra variar o cardápio também... :-)

    38
    • Micro picture
      msvalle · 4 months ago · 3 pontos

      Parabéns! Na luta para fazer os capetas chorarem hehe

      2 replies
    • Micro picture
      _gustavo · 4 months ago · 2 pontos

      Parabéns Nat =D Firme e forte nos DMC aí ^^

      1 reply
    • Micro picture
      jcelove · 4 months ago · 2 pontos

      Boa Nat. Realmente o primeiro dmc ja foi um jogaçp mas datou bastabte. Merecia um remake na pegada do re 1. Ele e o 2 consertado seriam épicos...mas dificilmente vai rolaru_u

      Alias to doido pra pegar essa trilogia no steam mas a capcom nunca deixa a menos de 40 pila. Como ja tenho o 3 e o 1 fisicos so queria mesmo pra terminar o 2, coisa q nunca consegui, e matar a saldade dos outros dois.hehe

      2 replies
  • 2020-07-05 15:45:10 -0300 Thumb picture
  • tiagodantas Tiago
    2020-07-04 22:06:21 -0300 Thumb picture
    tiagodantas checked-in:
    Post by tiagodantas: <p>#img#[720210]</p><p><strong>ZERADO!!</strong> (D

    ZERADO!! (DMC 3)

    Como isso finalizo umas das minhas pendências da época do PS2.

    No geral achei um jogo legal, mais ainda prefiro os dois primeiros

    17
    • Micro picture
      andre_hirosaki · 11 months ago · 2 pontos

      Parabéns jogo foda até nos dias d hj

  • tiagodantas Tiago
    2020-07-02 23:17:12 -0300 Thumb picture
    tiagodantas checked-in:
    Post by tiagodantas: <p>Parei na missão 16, acredito que falta pouco par

    Parei na missão 16, acredito que falta pouco para terminar DMC 3.

    18
    • Micro picture
      jcelove · 11 months ago · 2 pontos

      Sao umas 20

    • Micro picture
      andre_hirosaki · 11 months ago · 2 pontos

      sim, falta. O final boss é bem chatinho por sinal

  • tiagodantas Tiago
    2020-06-30 09:28:56 -0300 Thumb picture
    tiagodantas checked-in:
    Post by tiagodantas: <p>Acabei de matar&nbsp;o Leviathan</p><p>#img#[719

    Acabei de matar o Leviathan

    Parei no começo da missão 9. 

    Posso dizer que lembrei porque não tinha zerado na época do PS2, não gosto desse Dante, é muita galhofada pra mim.

    26
    • Micro picture
      fonsaca · 11 months ago · 2 pontos

      Acho esse Dante menos pior que o muleke revolts 666 que mata monstros mostrando o dedo do meio do DMC. XD

      3 replies
    • Micro picture
      nilomonteirogamer · 11 months ago · 2 pontos

      Pense num bichinho cabuloso! Eu gostava das CGs dos games, bem épicas, mas o cara se achava mesmo!

    • Micro picture
      gusgeek · 11 months ago · 2 pontos

      Pô esse Dante é Maneiro cara!! XD

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...