Medium picture

joseuel José Francis

Uma pessoa humilde tem disposição de ouvir e de aprender sempre. Inclusive com os que sabem menos.


over 8 years ago 2013-03-13

Closure

Closure é um game bastante incomum e desafiador. A idéia principal em Closure é resolver puzzles em uma tela negra, onde somente o que está iluminado existe de fato. Ou seja, se uma plataforma estiver iluminada pela metade e você andar por ela, irá cair no infinito e terá que recomeçar a fase.

Extremamente inteligente, o game conta com 3 cenários principais: o "Hospital", o Circo e a Fábrica, onde cada um conta com 24 fases. Ainda há um terceiro cenário final, genérico, que conta com mais 10 fases. Ao começar o game você fará um tutorial, bastante simples, onde vai aprender a controlar um monstrinho e vai aprender a se movimentar pelo game, já que você precisa carregar um pequeno globo de luz sempre com você para iluminar seu caminho, caso contrário será impossível atingir certos lugares dentro do cenário. O cenário também conta com luminárias fixas, às vezes, e a mecânica para solucionar os puzzles é toda baseada nesse jogo de luz que você deve fazer em cada fase. Muitas fases apresentam portas trancadas, e aí é necessário encontrar uma chave e levá-la até a porta para poder destrancá-la e passar a fase.

Ao entrar em um dos cenários principais, o monstrinho veste uma máscara e se torna o personagem do cenário: um operário (na Fábrica), uma moça (no Hospital) e uma menininha (no Circo). Algumas fases apresentam borboletinhas brilhantes chamadas "Moth", que oferecem um desafio adicional para você: para capturá-las, é necessário alcançá-las dentro do cenário (o que nem sempre é assim tão fácil de resolver) e finalizar a fase com elas.

Closure é um game que conta com gráficos muito bonitos, num estilo bem incomum, tudo preto e branco e animado. Os efeitos sonoros e visuais são bem trabalhados e encaixam bem na idéia do game. A trilha sonora não é excelente, mas pode ser considerada ótima: tem uma pega meio Rock, remixada com sons eletrônicos que dão uma certa atmosfera tensa para o game... e considerando que os cenários dos puzzles são meio "terroríficos", ela cai como uma luva para o game. Quanto ao gameplay, ele é bastante simples e é similar a games de plataforma: use os direcionais ou o analógico para mover seu personagem, um botão para pular e um botão de ação (para pegar, soltar e mexer em coisas), e um botão específico para abrir portas.

Poucos games, tanto antigos quanto novos, me desafiaram tanto quanto Closure. A maioria dos puzzles, quando solucionados, dão aquela sensação boa de recompensa, de ter feito algo fodástico, usando apenas sua cabeça. Ao mesmo tempo Closure encontra o equilíbrio entre puzzles impossíveis de tão difíceis e puzzles tão fáceis que fica na cara a solução. É um game barato na PSN e na Steam, e vale o seu dinheiro, já que não é um game assim tão simples de fechar em 100% e é perfeito para ir jogando aos poucos, já que as fases são todas independentes umas das outras, exceto que é necessário passar uma para desbloquear outra dentro do mesmo cenário, e tem puzzles que vão fazer você procurar a solução por horas.

Definitivamente um dos games mais inteligentes que já joguei. Recomendo a qualquer um que goste de puzzles, mesmo que não seja gamer, já que a jogabilidade é bem simples.

10 10 10
Overall
9.5 Gameplay
N/A Story
8.0 Music
10 Graphics

12 of users found this review helpful.


Outras críticas do mesmo autor:

Keep reading → Collapse ←
Loading...