This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • 2022-08-03 07:09:08 -0300 Thumb picture

    Know Your Demon #204 Wight.

    NOME: Alma Penada

    ORIGEM: Folclore Inglês.

    PRIMEIRA APARIÇÃO: Megami Tensei II.

    LORE: Originário da palavra do inglês arcaico wiht é um termo hoje muitas vezes usados para se referir a mortos-vivos sencientes, análogos ao conceito de uma alma penada.

    A palavra podia era outrora usada para se referir a humanos em si, muitas vezes humanos pobres até mesmo em poesias como em Othello de Shakespeare, mas gradativamente foi se tornando o termo para espíritos.

    APARIÇÕES EM OUTRAS MÍDIAS:

    Wights marcam presença em Game of Thrones, sendo mortos revividos com o uso de necromancia. Os Caminhantes Brancos possuem todo um exercito de Wights referidos como O Exército dos Mortos.

    Em O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel, apenas no livro, Frodo e seu três companheiros Hobbits são atacados por Wights da Terra Média brevemente no inicio de suas aventuras, referidos Barrow-wights ou Coisas Tumulares em algumas traduções, sendo habitantes das Colinas dos Túmulos.

    Em D&D Wighs são criaturas perigosas, mortos-vivos adeptos a violencia que podem sugar as vidas de seres vivos que tocam e que podem transformar estes quando mortos em novos Wights.

    O monstro aparece na franquia como um monstro na forma de um esqueleto humano em um traje roxo, chamado de "Wight" no original e de "Caveira Serva" em português, créditos a @ersatzgot

    Lysandus de Elder Scrolls: Daggerfall aparenta tambem ser um Wight, tendo sido um humano morto trazido de volta a vida como um espirito vingarivo. Créditos a @seufi

    by @thecriticgames

    28
    • Micro picture
      ersatzgott · 7 days ago · 2 pontos

      Tem o arquétipo "Skull Servant" em Yu-Gi-Oh! cujo nome japonês é "Wight"

      2 replies
    • Micro picture
      seufi · 7 days ago · 2 pontos

      O Monstrão gritando "Vengeance" em Daggerfall deve ser um destes...

      1 reply
  • 2022-07-07 09:06:26 -0300 Thumb picture

    Kazuki Takahashi, autor de Yu-Gi-Oh! falece aos 60 anos

    Foi encontrado pela Guarda Costeira do Japão na costa da cidade de Nago, em Okinawa, na manhã de quarta-feira, 6 de julho, o mangaká Kazuki Takahashi (nome artístico de Kazuo Takahashi).

    A Guarda Costeira recebeu uma ligação por volta das 10h30 da manhã de quarta-feira de uma pessoa que relatou estar num barco e que teria avistado um corpo boiando a cerca de 300 metros da costa da cidade turística de Nago. Posteriormente, o corpo foi encontrado trajando roupas de mergulho e depois identificado como sendo de fato do artista Kazuki Takashi, que tinha 60 anos de idade.

    Takahashi é conhecido por ser o autor de Yu-Gi-Oh!, que foi e ainda é uma franquia de sucesso estrondoso em todo o mundo, tendo seu mangá publicado na Weekly Shonen Jump de 1996 a 2004. Além disso, Takahashi ganhou o Inkpot Award da Comic-Con International em julho de 2015, prêmio que reconhece indivíduos por contribuições excepcionais para quadrinhos, ficção científica e fantasia, cinema, televisão, animações e etc.

    Takahashi também desenhou o mangá The Comiq, que comemorou o 50º aniversário da revista Weekly Shonen Jump da Shueisha em 2018 e colaborou com ilustrações para o Secret Reverse Marvel Comics..

    O Suco de Mangá apresenta seus sinceros agradecimentos a vida de Kazuki Takahashi e suas contribuições para a indústria e também os mais sinceros sentimentos a família e amigos do artista.

    37
    • Micro picture
      bmark · about 1 month ago · 1 ponto

      Que pena que isso aconteceu apesar de nao curtir muito Yu Gi Oh, mas respeito aqueles que curtiam o manga,o anime e os games. Era algo que nao esperava depois da morte do Keitaro Miura,autor do Berserk. Descanse em paz Kazuki Takahashi.

    • Micro picture
      kzerosix · about 1 month ago · 1 ponto

      F

    • Micro picture
      ersatzgott · about 1 month ago · 1 ponto

      Eu tô arrasado até agora, puta mangaka foda

  • ersatzgott Ersatz-Gott
    2022-06-15 07:51:06 -0300 Thumb picture

    Dia 27

    DIA 27. Um jogo que é pura nostalgia

    Nostalgia é um veneno. Eu não vou passar pano pra jogo ruim só porque eu jogava quando criança. O que eu escolhi pra esse dia é um desastre de jogo, mas foi algo presente em muitos anos da minha infância, então é adequado: Yu-Gi-Oh! Forbidden Memories por ser uma conquista muito difícil pra uma criança zerar na época, já que o jogo envolve grinding excessivo e sorte descomunal. Impossível zerar antes de ter um memory card, eu sempre acabava tropeçando no Seto 1st sem nem saber que o inferno só começa com alguns High Mages bem mais pra frente.

    19
    • Micro picture
      kalini · about 2 months ago · 2 pontos

      Um jogo que é pura roubalheira

      1 reply
    • Micro picture
      zefie · about 2 months ago · 2 pontos

      Única coisa que lembro desse jogo é como ele roubava huauhauhauhauha mas hoje em dia acho a roubalheira dele "de boa" perto do que eu passei com 100% Orange Juice uns anos atrás aqui na rede. xD

      3 replies
    • Micro picture
      manoelnsn · about 2 months ago · 2 pontos

      Um jogo que é puro bullshit, huahua

  • rotcivsette Victor
    2022-06-13 22:28:36 -0300 Thumb picture

    30 Dias de Games: Dia 21 - Protagonista Favorito

    Eu não esqueci do desafio, mas esse último fim de semana foi corridaço, cheio de abacaxi pra resolver, lançamento do meu fan-game, primeira sessão de RPG, 4ª temporada de Trem mais Estranho com a namorada, etc.

    Agora tirei um tempinho no meio de outra correria mais rotineira pra falar um cadim do meu protagonista favorito, que é:

    Atem, o faraó do Enigma do Milênio @goraku

    "Mas ele é de um mangá! Não conta, não é de jogo."

    É verdade. Mas ele também é o Rei dos Jogos. E esse título não é à toa.

    Ele já venceu campeonatos e/ou venceu jogos de Capsule Monsters (pokémon tático), Digital Pets (digimon), Monster World (RPG de mesa), Board Games, Dungeon Dice Monsters, Super Dancer (Dance Dance Revolution) e, claro,  Duel Monsters (Magic the Gathering), além de vários outros jogos físicos antigos e novos.

    Sempre que penso em jogos no geral eu penso no Yami Yugi. E, claro, ele (como Faraó) é o protagonista do Forbidden Memories, um jogo escrito pelo próprio Takahashi, criador do mangá.

    Eu sei que eu tô roubando um pouco, mas ele é meu personagem favorito da vida e pra mim ele representa tudo que amo no mundo: jogos (de todo tipo) e mandar trapaceiros para o inferno kkkkkkkkkkkkkkkk

    17
    • Micro picture
      zefie · about 2 months ago · 2 pontos

      Nem acho que ta trapaceando ahahuahuahu ele também é protagonista da primeira campanha no Legacy of the Duelist, que conta a história do anime que passou na TV aberta aqui do BR.

      1 reply
    • Micro picture
      santz · about 2 months ago · 2 pontos

      O personagem que colocou outro nome para roubo. Ele chama de Coração das Cartas.

      1 reply
    • Micro picture
      gicba · about 2 months ago · 2 pontos

      De novo, esperava algo de Megaman.
      Sempre te relacionei com Megaman pois te via respirar isso e Digimon da época do Orkut, na real, nem lembrava que tu curtia Yugioh, kkkk

      1 reply
  • 2022-06-13 08:54:44 -0300 Thumb picture

    Desafio 30 dias de Games

    Dia 25 - Um jogo superestimado

    Aqui eu sei que vou pisar no calo de muita gente hauuhauhahua.

    Eu tinha pensado em por o Digimon World 1, mas o Forbidden Memories levou o posto porque eu já vi várias vezes pessoas falando (não ironicamente) que ele é o melhor jogo de YGO já feito. Ele inclusive vira e mexe aparece nos eventos de speedrun também.

    Assim, eu entendo a importância que o jogo teve para consolidar o TCG de YGO e que ele era um produto bem único em sua época também etc etc, mas a galera exagera bastante.

    Justiça seja feita também, considerando o circo que YGO virou de XYZ pra frente (Duel Masters que o diga), talvez um jogo mais simplista realmente possa ser a melhor opção no fim das contas ahuahuahu.

    @goraku @desafio

    25
    • Micro picture
      tiagotrigger · about 2 months ago · 2 pontos

      Eu gosto, mas esse é bom só pela nostalgia porque nem na época era lá essas coisas. O povo aprendia a gostar (depois de reclamar de um monte de coisa do jogo, hehe).

      5 replies
    • Micro picture
      vante · about 2 months ago · 2 pontos

      Nunca joguei, mas se não der pra trapacear que nem no anime nem vou kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      2 replies
    • Micro picture
      bobramber · about 2 months ago · 1 ponto

      Bem lembrado. Esse eu gostava por ser Yu-Gi-Oh, mas não tinha nada a ver com o desenho da Globo (anos depois eu entenderia que o anime tem uma outra versão) e as regras eram muito loucas. Só fechei com gameshark pra comprar as cartas fodas.

      1 reply
  • luchta Ewerton Ribeiro
    2022-05-01 23:21:25 -0300 Thumb picture

    Forbidden Memories, o Melhor Pior Jogo de Yu-Gi-Oh!

    A análise do Master Alucad de Yu-Gi-oh! Forbidden Memories. Eu me lembro que tinha o CD dele (pirata...) quando era adolescente, e nunca entendi o por que dele ser tão amado pelo pessoal, sendo que nem seguia as regras. Na moral, curtia mais os jogos da série do GBA e os do PSP, era mais fieis as regras e divertidos para mim. Mas entendo quem goste dele!

    5
  • 2022-01-18 22:23:10 -0200 Thumb picture

    Yu-gi-oh! Zero


    Ano - 1998

    Número de episódios - 27 (+1 OVA)

    Disponível em streamings - Não

    Disponível dublado - Não

    Disponível legendado em PTBR - Sim

    Sinopse: Yugi Mutou é um jovem introvertido de baixa estatura, que foi presenteado com um enigmático quebra cabeça de origem egípcia pelo seu avô. Fazendo um pedido para conseguir amigos, Yugi consegue montar o estranho objeto, cujo nome era Enigma do Milênio, porém ele não esperava que, a partir dali, um espírito destemido e poderoso fosse tomar conta do seu corpo em momentos de perigo, fazendo-o se transformar em um verdadeiro "Rei dos Jogos".

    ______________________________________________________________________________

    Quem teve infância nos anos 2000 certamente se lembra de Yugioh nas manhãs da TV Globinho, o desenho de um cara com um cabelo engraçado, que ganhava duelos feitos com um jogo de cartas repleto de diferentes criaturas e de muito ocultismo, algo que deixou a molecada surtada, fez crescer absurdamente a venda de cartinhas e que deixou várias mães e pais evangélicos de cabelo em pé!

    A série, após essa temporada que passou na TV aberta, ganhou vários outros arcos (os yugiohs GX, 5Ds, Zexal, Arc-V, Vrains e Seven), cada um focado em um aspecto diferente do jogo de cartas, ou seja: propagandas imensas no formato de animação, com o intuito de vender cada vez mais o TCG (sigla japonesa para Trading Card Game). 

    Porém, nem sempre a franquia foi assim, pois antes de servir de pauta para programas sensacionalistas do Gilberto Barros, a série teve uma temporada primordial, de poucos episódios, a qual acabou sendo esquecida e ignorada por muita gente, vindo a ser chamada pelo público pela alcunha de "Yu-gi-oh Zero", sendo justamente essa a que a Velha escolheu para esse post!

    Yugioh Zero foi a primeira tentativa de adaptar o mangá de Kazuki Takahashi, que estava fazendo sucesso no Japão, e nesse período a obra do cara não era focada em vender cartas. Com isso essa temporada, ao contrário das posteriores, tem uma pegada mais episódica, onde Yugi e seus amigos precisam lidar com jogadores e apostadores dos mais diversos tipos, e mostrando inúmeros tipos de jogos diferentes, como RPG de mesa, jogo de cartas tradicional, golfe e até jogos de adivinhação com bombas a la Duro de Matar 3.

    Já existia o jogo de cartas tradicional que deu fama à série depois, mas aqui ele é bem simples e bagunçado, possivelmente um dos motivos pelos quais essa temporada foi cancelada, isso somado à pegada episódica da animação. Mas, com todos esses problemas, por que diabos essa temporada está aqui, como uma indicação do Arco?

    Basicamente porque ela é bizarramente única!  Yugi, quando se transforma em sua versão maior e badass com os poderes das trevas do Enigma do Milênio, consegue vencer todo e qualquer jogo, e caso o perdedor resolva trapacear (coisa que quase sempre acontece), ele dá um mindfuck no dito cujo, podendo deixá-lo traumatizado, ficando louco em posição fetal pelo resto da vida!

    Além da capirotagem bem mais hard dessa temporada, ela também foca mais na humanização dos personagens. Yugi é mostrado bastante como um rapaz bem infantil e sem a menor confiança, e aos poucos a amizade com seus amigos vai se fortalecendo (ao contrário da série clássica, onde eles já começam amigos do peito e talz), ou mesmo seu crush pela Tea, aqui com o nome original, Anzu.

    Aqui também temos Kaiba (o famoso usuário do Dragão Branco de Olhos Azuis) com o cabelo verde (e seu irmãozinho que não é um maricas), além de uma das melhores personagens femininas de toda a  franquia, a Miho Nosaka, outra das amigas do protagonista, que é bem esperta e manipuladora, fazendo o pobre diabo (e gado) do Tristan (aqui chamado de Honda) fazer o que ela quiser, ahuahua

    Enfim, fica a recomendação da Velha para Yugioh Zero, um desenho bem curtinho, relativamente fácil de se encontrar, e vale a pena dar uma conferida, seja por suas peculiaridades únicas em toda a franquia ou mesmo por ter uma personagem bem legal que, infelizmente, foi apagada da série quando a mesma mudou de estúdio (saindo da Toei para ir pro Gallop, que animou as outras temporadas que todo mundo conhece). Então, o que está esperando para ver a porta das trevas ser aberta? 

    E não nos esquecendo da música de abertura sensacional, bem anos 90 mesmo!

    Lista com todas as indicações do Arco aqui! 

    32
    • Micro picture
      katsuragi · 7 months ago · 4 pontos

      Este eu gostei bastante quando assisti, gosto do Card Game mas o Yami no Game original era mais sério, o Yami Yugi realmente lascava a pessoa, similar ao que o Yami Bakura passou a fazer quando focou no Card Game pra valer.
      No geral tenho boas memórias, mas tem uns personagens que ficou melhor no esquecimento mesmo.

      1 reply
    • Micro picture
      ersatzgott · 7 months ago · 2 pontos

      Ainda bem que apagaram a Miho HUAHUAHUA

      6 replies
    • Micro picture
      santz · 7 months ago · 2 pontos

      Sempre inventando uma regra e chamando de Coração das Cartas, mito demais.

      9 replies
  • hard_waters David Waters
    2021-12-21 12:02:25 -0200 Thumb picture
    21
    • Micro picture
      tiagotrigger · 8 months ago · 4 pontos

      If you hard, Then you waters.

    • Micro picture
      mateusfv · 8 months ago · 4 pontos

      That's my secret captain, i'm always hard

      2 replies
    • Micro picture
      vante · 8 months ago · 2 pontos

      Hard is hard

  • jcelove José Carlos
    2021-12-04 11:10:34 -0200 Thumb picture
    Post by jcelove: <p>https://www.youtube.com/watch?v=KnyNX72ND_c</p>

    12
  • chimianopao Chimia No Pão
    2021-11-23 11:57:26 -0200 Thumb picture
    chimianopao checked-in:
    Post by chimianopao: <p>Zerado, dessa vez sem trapaça alguma.</p><p>Já t

    Zerado, dessa vez sem trapaça alguma.

    Já tinha zerado uma vez no play 1, mas havia usado a balaca de clonar cartas kkk

    Agora foi na raça e levou mais de mil duelos

    16

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...