This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • 2020-12-17 11:12:04 -0200 Thumb picture

    #299 - Wild Arms [PlayStation] 1996

     A Media.Vision foi fundada por antigos membros da Telenet Japan e sempre focaram em lançar jogos para o PlayStation, até que, enfim, lançaram seu ambicioso RPG. Ambientado no mundo de Filgaia, uma mistura de fantasia medieval com início da Revolução Industrial. Controlamos 3 protagonistas que partem em sua aventura em diferentes pontos e depois se unem para destruir as forças demoníacas. A exploração é tipicamente 2D, onde podemos usar itens especiais para resolver puzzles. As batalhas são por turnos e randômicas. Elas são modeladas totalmente em 3D. Cada herói pode usar habilidades especiais que garantem magias e poder de fogo ou recuperação. Podemos equipar runas especiais que nos permite invocar um poderoso guardião durante os combates.

     - Logo de cara, temos uma abertura em anime fantástica com uma trilha sonora marcante. O jogo traz um RPG típico com gráficos bem bonitos e coloridos, mas sem sombra de dúvidas, o maior destaque é o combate em 3D. Os modelos dos heróis e dos inimigos são um show e as animações durante os confrontos são incríveis, em especial durante as magias. A trilha sonora do jogo também é muito boa, com músicas que combinam demais com o ambiente. A história começa bem simples e a ideia de controlar 3 heróis distintos funciona muito bem. Os itens de exploração também garantem uma boa dose de diversão durante a resolução de quebra-cabeças. O jogo foi um RPG de sucesso, tanto no Japão quanto nos EUA.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    @andre_andricopoulos, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @noyluiz, @marlonildo, @volstag, @manoelnsn, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @sergiotecnico, @srdeath, @melkorbelegurth, @avmnetto, @spider, @denis_lisboadosreis, @fredson, @hyuga, @wcleyton, @bobramber, @carlosneto, @thiagobrugnolo, @rensan, @eduardo_wrzecionek [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários] 

    42
    • Micro picture
      lgd · 8 months ago · 2 pontos

      Este me foi recomendado há tempos, ainda nem baixei a iso

      1 reply
    • Micro picture
      jcelove · 8 months ago · 2 pontos

      WA foi marcante mas na epoca mas ainda era daquela leva de jogos se adoatando aos 32bits. O visual no geral poderia ser de um jogo de snes bem feito com as batalhas 3d distoando totalmente. Na epoca eu ja achava os modelos 3d na batalha horríveis, com um sd tosco e animaçoes limitadaças. Diferente de ffvii por exemplo em q is modelos em batalha eram muito superiores aos sd da parte de exploraçao, alem do esquema dis puzzles usando habilidades d9s 3 personagens nas dungeons q era o grande chamariz da serie.

      Dizer q as batalhas eram o maior destaque do jogo é peculiar.hehe

      2 replies
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 8 months ago · 2 pontos

      Nunca joguei😬

      Só ouço falar...

      3 replies
  • gusgeek Gustavo Francescheto
    2020-09-18 11:41:34 -0300 Thumb picture
    gusgeek checked-in:
    Post by gusgeek: <p>#img#[736318]</p><p>Sempre tive muita curiosidad

    Sempre tive muita curiosidade sobre esse jogo, comecei ele e tô curtindo!! :)

    E essa Abertura já chama muito a atenção!!

    Além da sua temática Western, a trilha sonora lembra outros clássicos do gênero como essa do Overworld

    Que lembra a música The Ecstasy of Gold do The Good, The Bad and The Ugly

    18
    • Micro picture
      porlock · 11 months ago · 2 pontos

      essa eh uma das intro q eu mais gosto dos games.

    • Micro picture
      jcelove · 11 months ago · 2 pontos

      A ost de EA é fantastica. Nao curto os modelos poligonais nas batalhas mas é um jogo bem maneiro. Prefiro ele ao 2, contrariando a fanbade XD

      1 reply
    • Micro picture
      onai_onai · 11 months ago · 2 pontos

      Uma das melhores aberturas que já vi.

  • 2020-08-26 14:36:11 -0300 Thumb picture
    Post by grindingcast: <p>Continuando as apresentações dos jogos em votaçã

    Continuando as apresentações dos jogos em votação, hoje trago: Wild Arms

    Wild Arms é um RPG de turno desenvolvido e publicado pela Media.Vision no Japão e publicado pela Sony na Europa e nos EUA. O jogo foi lançado no ano de 1996 para o Playstation.

    Wild Arms se passa no mundo da Filgaia ("Fargaia" no Japão), um mundo de fantasia feito aos moldes da Europa medieval, embora a tecnologia seja comparável à do início da Revolução Industrial, com avanços como os motores surgindo pela primeira vez.

    Tecnologia destrutiva, como armas de fogo existe mas é vista como perigosa e, portanto é tida como tecnologia proibida. Como a maior parte da tecnologia mais avançada do mundo existia séculos atrás, muitos trabalham redescobrindo tecnologia antiga à medida que encontram novas aplicações para ela.

    E o jogo acompanha a história de 3 personagens: Rudy, Jack e Cecília.


    Rudy é um rapaz que descobre possuir um poder relacionado a uma antiga arma proibida, uma ARM. Ao longo de sua jornada ele acaba descobrindo que ele é um Holmcross, um ser artificial projetado para ser uma arma que compartilha a fisiologia básica dos Metal Demons, que foram eliminados por serem rotulados como extremamente violentos e perigosos.

    Jack é um caçador de tesouros e espadachim de aluguel que está procurando no mundo o "poder supremo" que lhe permitirá enfrentar seu passado conturbado. Após a descoberta de um antigo dispositivo holográfico dentro do Templo da Memória, Jack descobre sobre a raça perdida de Elw, que desenvolveu várias formas de tecnologia avançada.

    Cecília é uma jovem princesa que passou a maior parte de sua vida estudando na escola de magia de Curan Abbey. Ela é contatada por uma voz misteriosa que acena para uma biblioteca escondida nas profundezas da abadia. Lá ela liberta uma entidade poderosa conhecida como "Guardião" de um livro selado. O Guardião informa Cecília que ela será fundamental para garantir o futuro e reconstrução do planeta estéril.

    A batalha do jogo é por turnos e possui as opções: Ataque, Skill, Item e fuga.

    Cada um dos três personagens jogáveis tem um conjunto único de habilidades que podem ser usadas para derrotar inimigos ou ajudar membros do grupo. Rudy utiliza "ARMs", ataques poderosos, porém limitados, que envolvem armas semelhantes a armas que dependem de um determinado número de balas, as técnicas de espada "Fast Draw" de Jack podem causar danos aos oponentes de várias maneiras e a magia de Cecilia pode beneficiar o grupo restaurando pontos de vida, aumentando estatísticas ou danos aos inimigos com feitiços nocivos.

    11
    • Micro picture
      santz · 11 months ago · 2 pontos

      Esses gráficos 3D são bem simpáticos. Me amarro nesses personagens sem boca.

  • rafael_mingato Rafael Mingato
    2020-08-23 14:45:35 -0300 Thumb picture
  • thiones Sebá Oliveira
    2020-06-18 05:57:03 -0300 Thumb picture

    Os últimos 3 anos do meu PlayStation foram na base tmbm(da gambiarra)

    Medium 716179 3309110367

    Meu PlayStation de 1998 até 2001 funcionou que era uma belezinha sem precisar aprontar nada, de 2001 em diante ficou de cabeça pra baixo, inclinado pra esquerda, inclinado pra direita, papelzinho embaixo do leitor e por fim, morreu em 2004(e nunca precisou de stand pra nada disso). 

    Marco aqui o último jogo que meu finado segundo melhor console da vida rodou antes de morrer(e aliás, que eu joguei até o fim, uma vez por ano de1998, até o último dia que o console aguentou)

    29
    • Micro picture
      santz · about 1 year ago · 3 pontos

      Jogava com o porta CD em cima da tampa porque ela já não fechava direito.

      3 replies
    • Micro picture
      mateusfv · about 1 year ago · 2 pontos

      Caramba tinha até esquecido das gambiarra do PS1 kk, aquele leitor de resina gastava ai só de cabeça pra baixo pro negócio funcionar mesmo.

      Parando pra pensar o PS1 foi o 360 da Sony só que bem antes do 360 ser concebido, pq a facilidade pra dar problema em um era similar ao outro kk

      3 replies
  • carlospenajr Carlos Pena
    2020-03-12 20:38:10 -0300 Thumb picture
    carlospenajr checked-in:
    Post by carlospenajr: <p>Enquanto eu tava jogando o DOOM, no caminho pra

    Enquanto eu tava jogando o DOOM, no caminho pra facu e derivadas, tava aproveitando o vita e jogando o Bomberman, digo, Wild Arms 1 XD (quem jogou pelo menos 1 vez sabe o por que da piada XD)

    Bem, o jogo em si não é muito dificil ou longo, com menos de 30h da pra fazer tudo, só demorei um pouco mais devido umas mortes e ficar procurando as coisas XD

    Assusta ver um jogo com 156 conquistas, mas não esquenta, 80% disso tudo ai é coisa que você é obrigado a fazer pra fechar o jogo, então é pouca coisa extra que tem que fazer (o que é "perdível" tem um [m] no nome da conquista)

    O jogo é cheio dessas piadinhas durante a aventura, alem de varios pontos que da pra rir bastante, mas no geral é a história de "vamos salvar o mundo por que sim" :P

    Pra quem nunca jogou, vai ter um belo choque entre os graficos durante a exploração e durante as batalhas.
    Fora das batalhas os graficos 2D são muito bonitos e bem feitos, tem varios detalhes legais, mas infelizmente o 3D das batalhas deixa bem a desejas, mesmo pra a época que ele foi lançado (lá em 97) já achava bem feio, mas como a jogabilidade em geral é bem legal, eu deixo "passar" essa presepada.

    Uma coisa que eu gosto muito da série (que infelizmente mataram no 5...) é o esquema de troca de personagens pra conseguir completar os puzzles. Cada personagem tem certas ferramentas que são utilizadas nesses puzzles e tem alguns pontos que os personagens tem que separar e abrir caminho pro outro (tem uma parte que você controla o Happan, esse rato azul da foto, pra salvar o resto dos personagens XD)

    No geral, se você gosta de RPG de turno, aventura fantasiosa (com uma pitada extra de faroeste) e bastante puzzles e conseguir relevar os graficos durante as batalhas, é um jogo que eu recomendo fortemente.
    O bom é que esse primeiro jogo teve um remake pro PS2, com o sufixo "Alter Code F", usando a engine do 3º jogo da série, que deixou o jogo lindo demais (alem de ter vários extras). Esse remake eu ainda preciso fechar, já que na época tive vários problemas com a midia piratona ><

    22
  • le Leandro Santos
    2020-03-05 22:47:58 -0300 Thumb picture
    le checked-in:
    Post by le: <p>É impossível não sorrir toda vez que eu ouço a m

    É impossível não sorrir toda vez que eu ouço a música do vilarejo de Surf.

    Já era excelente na versão original, e ainda conseguiram melhorar pro Alter Code F.

    18
    • Micro picture
      thiones · over 1 year ago · 1 ponto

      A trilha desse jogo é uma das melhores de PlayStation, sem dúvida alguma.

      8 replies
    • Micro picture
      onai_onai · over 1 year ago · 1 ponto

      Gosto muito dessa série e a apresentação do primeiro é foda demais!

  • carlospenajr Carlos Pena
    2020-03-05 22:16:15 -0300 Thumb picture

    Conquistas pro Wild Arms 1

    Medium 691525 3309110367

    Ae, tava demorando mas saiu XD
    Aqui o link: https://retroachievements.org/game/11310

    Putz, esse eu já vou baixar e ver se pelo menos começo, ja tinha um bom tempo que eu tava me coçando pra jogar ele pela 3~4ª vez XD

    Torcendo pra fazerem do 2, que é o meu favorito da série :P

    21
  • 2019-12-20 22:29:55 -0200 Thumb picture

    Wild Arms completa 23 anos!

    Preparem os assovios, pois no dia 20/12/1996, a exatos 23 anos atrás era lançado esse clássico perdido na vasta biblioteca do PlayStation One no Japão

    Passando-se no mundo fantasioso de Filgaia, Wild Arms conta as aventuras de um bando de aventureiros chamados Dream Chasers que percorrem o mundo em busca de emoção e fortuna. Aqui, o jogador assume o controle de um garoto chamado Rudy, que tem a capacidade de operar armas poderosíssimas chamadas "Ancient Relic Machines" (ARMs), resquícios tecnológicos de uma civilização passada esquecida, que se assemelham bastante a armas de fogo. Junto com seus companheiros Jack e Cecilia, o grupo deve usar suas respectivas habilidades para navegar por terras distantes e masmorras quase sem fim de Filgaia e impedir que uma ameaça sobrenatural reviva seu líder perdido e destrua o mundo.

    3
    • Micro picture
      onai_onai · over 1 year ago · 1 ponto

      Umas das apresentações mais legais do PLaystation!

      1 reply
  • danielretrolevel Daniel Lunas
    2019-09-10 18:24:08 -0300 Thumb picture
    Post by danielretrolevel: <p>Hoje é dia de conhecermos uma franquia INCRÍVEL

    Hoje é dia de conhecermos uma franquia INCRÍVEL e que anda sumida. Bora jogar ao vivo WILD ARMS, action RPG maravilhoso do PS1! Venha participar e ganhar moedinhas.

    https://www.streamcraft.com/user/RetroLevel

    12

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...