This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • jcelove José Carlos
    2022-05-11 22:41:29 -0300 Thumb picture

    8 JRPGs com temáticas maduras

    leia-se, sem protagonista jovem salvando o mundo rodeado por lolitas feitichentas de japa doente.hehe

    17
    • Micro picture
      thiagobrugnolo · 7 days ago · 2 pontos

      O vídeo traz logo de cara 2 dos meus protagobistas favoritos de j-rpg, Kaim Argonar e o Ashley Riot.

      4 replies
    • Micro picture
      speedhunter · 7 days ago · 2 pontos

      Ashley Riot é muito chad, boneco massa d+++

      1 reply
    • Micro picture
      santz · 7 days ago · 2 pontos

      Não vi o vídeo, mas imagino que só tenha jogo antigo.

      1 reply
  • jcelove José Carlos
    2022-03-02 18:02:57 -0300 Thumb picture
    Post by jcelove: <p><a href="https://www.youtube.com/watch?v=Bncp_jD

    Praticamente o manual que deveria vir com o jogo.hehe

    Acho que vou colocar no celular de novo...

    22
    • Micro picture
      saulovyny · 3 months ago · 2 pontos

      Vou assistir porque nunca entendi direito esse sistema de afinidade e de montar os equipamentos, sempre achei complicadíssimo kkk

      1 reply
    • Micro picture
      raniejogos · 3 months ago · 2 pontos

      joguei só o começo, achei interessante bater em partes específicas do inimigo

      3 replies
    • Micro picture
      bobramber · 3 months ago · 2 pontos

      vou salvar para assistir quando for rejogá-lo, acredito que ainda este ano

      1 reply
  • 2022-01-06 11:59:38 -0200 Thumb picture
    thiagobrugnolo checked-in:
    Post by thiagobrugnolo: <p>Finalizado!</p><p>Morre maldito Guildenstern! Es

    Finalizado!

    Morre maldito Guildenstern! Essa foi a frase que soltei quando vi esse final boss explodindo.

    Depois de tanto perrengue, frustração, ódio mortal e rage quit, enfim terminei Vagrant Story.  Pelos meus outros check- ins eu já descrevi o quanto estava sofrendo para avançar no jogo, mas então chegando na ultima dungeon, Great Cathedral  me deparo com os primeiros guardiões Ifrit e Djin e logo já fiquei com vontade de desistir do jogo, pois meus ataques quase não causavam dano em nenhum dos dois.

    Depois de apanhar dos guardiões fui fazer outras coisas no jogo, então fui lutar contra o Minotauro Zumbi e quando o derrotei consegui habilitar a Phantom Pain e a partir desse ponto as coisas mudaram. Como essa habilidade despeja todos os pontos de PP da arma utilizada no ataque ela é a habilidade definitiva do jogo, então depois disso praticamente quebrei todos os guardiões de Gerat Cathedral.

    Mas ainda havia uma ultima luta, o final boss Romeo Guildenstern e esse deu trabalho, eu só conseguia vencer sua primeira forma utilizando 4 armas com PP, mas daí quando chegava na segunda forma ele me aplicava seu ataque one hit kill e eu morria. Então eu descartei uma dagger do inventário e peguei uma nova lança, carreguei as 8 armas disponíveis com PP e fui lutar novamente, com a lança era possível acertá-lo toda hora sendo possível derrotá-lo utilizando somente 3 PPs e depois na segunda forma encaixei 3 ataques PPs e depois mais 2 e o miserável morreu.

    A satisfação quando vi Guildenster explodir é indescritível, superando o Neo Exdeath de FF5 e o EGG de SaGa Frontier 2. Sinceramente acho que nunca passei tanta raiva em um jogo, a história de Vagrant é muito legal assim como sua ambientação, o cast também é um ponto forte aqui, mas a dificuldade e principalmente a complexidade para entender suas mecânicas quebram um pouco a experiência. 

    24
    • Micro picture
      jcelove · 4 months ago · 2 pontos

      Ae parabens!!
      Puxa teve trabalho com a primeira forma do romeo? Armas boas em humam funcionam bem nele e é vulneravel a break arts tbm. O desafio na primeira run é a segunda forma dele. O especial não é 1 hit kill se vc usar a chain de absorver dano, o chato é pegar o timming,pra enfrentar sem medo so com hp acima de 300 o q é dificil na primeira run.
      Qdo eu joguei no ps1 eu matei a primeira forma com a greatsword normal e deixava as 8 armas com pp pro final ai ele nem tinha tempo de atacar.

      Vagrant é um game unico e vale o esforço apesar fe fazer de tudo pro jogador desistir (por isso sempre recomendo ir de phantom pain o mais cedo possivel)

      4 replies
    • Micro picture
      mastershadow · 4 months ago · 2 pontos

      Aewww! Esse jogo é pauleira mesmo, e esse boss o eu tbm sofri mt na época, lembro de ter usado a lança pra atacar ele. A segunda forma foi a mesma coisa aqui, nem acreditei quando venci,mas ainda acho q vibrei mais no EGG do Saga kkkkkk

      1 reply
    • Micro picture
      bobramber · 4 months ago · 2 pontos

      Aeee, parabens!!!
      Esse ano sou eu que vou enfrentá-lo.

      4 replies
  • fonsaca Adriano Luís Fonsaca
    2021-12-28 14:00:35 -0200 Thumb picture

    Trilha do dia

    Volta e meia, quando algum usuário (de crack) aqui do Alvanista me lembra de algum jogo com trilha bacana, acabo reouvindo o som. Dessa vez o @thiagobrugnolo que me incentivou a tal. E recomendo, sonzeira essa do Vagrant Story.

    27
    • Micro picture
      lordsearj · 5 months ago · 4 pontos

      Mexi nele ontem. Depois conto tudo em um post.
      Mas o jogo é fora de série. Da próxima vez que iniciar, vou até o fim

      1 reply
    • Micro picture
      santz · 5 months ago · 3 pontos

      A trilha sonora desse jogo é realmente fantástica. Climão FFXII.

      3 replies
    • Micro picture
      thiagobrugnolo · 5 months ago · 2 pontos

      A OST desse jogo é muito show!!

  • 2021-12-26 20:18:08 -0200 Thumb picture
    thiagobrugnolo checked-in:
    Post by thiagobrugnolo: <p>Já com pouco mais de 18 hs no marcador do jogo,

    Já com pouco mais de 18 hs no marcador do jogo, na verdade já devo ter feito umas 23 hs se considerar os game overs, até agora Vagrant Story é um misto de frustração e alívio, aí vai um resumão dessa epopeia.

    Depois que saí das catacumbas o jogo já subiu drasticamente de dificuldade, mas beleza fui apanhando um pouco e avançando, porém quando chego na Snowfly Forest aí a porca torceu o rabo. Passar pelos caminhos da floresta não foi difícil, já que por recomendação do pessoal aqui da rede que já havia jogado eu segui um guia, mas quando cheguei no Earth Dragon apanhei tanto que achei que nunca iria vencê-lo, já que meus ataques causavam danos de no máximo 9 hp nele, mas entendendo melhor as mecânicas do jogo coloquei um elemental de água em uma arma com afinidade para dragão e matei ele bem rápido, essa luta serviu pra entender melhor esses aspectos e também para utilizar os combos.

    Depois do Earth Dragon teve uma das lutas mais legais até aqui, onde o Sidney ajuda o Ashley a lutar contra 2 bosses de uma só vez, essa luta não me impôs dificuldades, após essa luta me pareceu que o Sidney não é bem um completo vilão e mostra um passado obscuro do Ashley. Então segui para Undercity West II, lá tive que lutar contra Jan Rosencrantz que também não me causou problemas, já que  eu tinha uma arma com grande afinidade para humanos, mas em seguida levei uma sova de um boss Fantasma, por sorte perto do save point após a luta com o Jan haviam alguns fantasmas e consegui melhorar as afinidades de arma para a classe e matei o cara.

    Os dragões que vieram após o Earth Dragon já foram bem mais fáceis, muito em função de eu ter pegado o jeito de enfrentá-los. Continuei avançando com uma ou outra dificuldade aqui e ali mas nada absurdo até chegar em um ponto de Limestone Quarry onde me deparei com um Fantasma com elemental de água, meus ataques nem surtiam efeito e ele me aplicava aqua blast que acabava com quase todo meu hp, foi então que descobrir que para vencê-lo precisaria da magia Spark Fusion que ficou para trás, por sorte já consegui o teletransporte e a Grimoire estava em uma sala ao lado do portal.

    Acredito que estou entrando no terço final do jogo, a história é muito legal, assim como toda a ambientação do jogo, mas a complexidade dos sistemas de combate ainda me irritam, uma coisa por exemplo que na minha opinião teria ajudado muito seria uma barra de ATB, levando em conta  que muitas vezes você se prepara para atacar e vem ataque inimigo destruídor.

    20
    • Micro picture
      mastershadow · 5 months ago · 3 pontos

      To pra rejogar ele, pois tenho um save newgame + de décadas no Memory card kkkk.

      Pois é Vagrant não é mole não,as vezes o save é longe do boss e ai vc morre e da uma desânimo. Mas no fim vale a pena demais ,pois é um jogão!

      1 reply
    • Micro picture
      fonsaca · 5 months ago · 3 pontos

      "no máximo 9 hp nele" - aaaahhhh, lembranças (cruéis) desse jogo
      eu nunca aprendi a fazer arma nenhuma, mas peguei o timing dos pontos de exclamação

      na base dos 9 de hp por ataque eu vencia, era só fazer mais de 50 hits seguidos por ataque =D

      5 replies
    • Micro picture
      jcelove · 5 months ago · 2 pontos

      Eu to fazendo uma run do zero nele. Depois de gastar todos os itens na abandobed mines b2 desisti de combos e afinidades e vai ser so no phantom pain. Demora pra farmar mas as bossfights ficam infinitamente mais tranquilas.

      Va ta perto do final. Essa parte em que pega o teleporte da uma abertura na linearidade do jogo. Tem carias sides que pode fazer tipo enfrentar p minotauro zumbi na adega do começp, achar a chest key na iron maiden e catar um monte de item, mas se quiser adiantar a mainquest teleporta pra sunless way. Ali em undercity vc encontra 2 das 3 sigils pra entrar em limestone quarry. O terceiro é em city walls north se me lembro.
      Vc vai estar no caminho certo qdo encontrar os generais dis crimson blades Tieger e Nessa (e um certo padre zumbi). Eu sempre ficava bem confuso nessa parte.hehe

  • jcelove José Carlos
    2021-12-23 18:49:22 -0200 Thumb picture

    This is the way

    Tava tentando o drop da arma hand of light (essa maça gigante do minotauro) mas é tipo uma chance a cada 200 pra miserável dropar, só consegui uma vez em 37 runs U_U...

    Dai fica um dos vídeos de tentativa pra mostrar como funciona a estratégia que sempre usava nas minhas primeiras runs.

    Em 20 anos jogando isso ainda não encontrei estratégia melhor pra ignorar os complexos sistemas de variação de armas e afinidades de Vagrant.

    Simplesmente consiga desbloquear as habilidades Instill e Phantom Pain. Dai use instil em combos (preferencialmente em dummies já que eles não tem defesa nem contra-atacam você) até encher os PP de cada uma das armas que tiver. Lembrando que quanto mais PP a arma tiver melhor ela fica.

    Boa parte delas tem 80-100 de PP, dai com 8 vc pode causar mais de 800hp de dano num inimigo sem se preocupar com risk ou combos longos muito menos afinidades. O unico boss que pode aguentar 8 ataques de PP completos (dependendo de qto PP cada arma sua tiver) é a Asura, que não atoa é o ultimate boss do game, mas se chegar nela vai conseguir se virar.

    O ponto negativo dessa estratégia é que assim que descarregar o PP da arma ela perde drasticamente eficiência ficando horrivel de usar até que repare num workshop e encha os PPs de novo, o que torna meio demorado avançar no game já que precisa recarregar os PPs batendo em inimigos fracos toda vez que usar, mas é a unica estratégia que funciona independente dos status do inimigo.

    18
    • Micro picture
      volstag · 5 months ago · 2 pontos

      em prático, eu nunca pensei em fazer isso assim

      1 reply
    • Micro picture
      thiagobrugnolo · 5 months ago · 2 pontos

      Se você em 37 runs não conseguiu dominar completamente as variações de armas imagina eu que estou na primeira hehehe. Realmente o instill está ajudando bastante, outra estratégia que tem dado certo é utilizar os elementais no Ashley, as vezes dá pra tirar um pouco mais de hp dos bosses desse modo.

      1 reply
  • 2021-12-14 22:31:42 -0200 Thumb picture
    thiagobrugnolo checked-in:
    Post by thiagobrugnolo: <p>Esse aqui estava no meu backlog fazia um tempão,

    Esse aqui estava no meu backlog fazia um tempão, e agora decidi resolver essa pendência. Estou com aproximadamente 3 hs e meia de jogo e consegui finalmente sair das catacumbas, algo que não havia conseguido na primeira vez que o joguei.

    O jogo já começa com uma sequência de cutscenes que indicam o quanto o Ahsley Riot é badass. O plot  é cheio de tramas politicas e conspirações, de inicio Ahsey invade  a mansão do duque Bardorba para investigar seu envolvimento com o Mullemkamp, que é uma espécie de culto liderado pelo antagonista do jogo Sidney Lostarrot.

    A gameplay já se inicia com batalha, a propósito o sistema de combate e as evolução ainda estão bem confusas para mim, primeiro que o jogo não possui sistema de level up matando inimigos, só é possível melhorar os atributos ao vencer os bosses e logo em seguida aparece uma roleta a qual você pode ganhar "aleatoriamente" pontos de força, hp, mp e outros.

    Quando iniciei o jogo pensei que quando atacasse pontos vitais como cabeça e tórax poderia causar mais danos nos inimigos, porém nem sempre é assim. O ponto até agora que mais peguei o jeito foi o sistema de afinidades das armas, no qual cada arma possui um tipo diferente de força  para derrotar um determinado tipo de inimigo, como humanos,  dragões mortos vivos  e etc.

    É possível que eu joguei muitas horas ou até mesmo finalize o jogo sem dominar completamente todos os sistemas devido a sua complexidade, mas vamos lá ver o que me espera nos próximos eventos de Vagrant Story.

    37
    • Micro picture
      le · 5 months ago · 4 pontos

      Sempre que eu vejo uma postagem do Vagrant Story, acho que é o @jcelove recomeçando o jogo pela 761346ª vez.

      2 replies
    • Micro picture
      jcelove · 5 months ago · 3 pontos

      Ai sim man. Meu rpg favorito do ps1. To rejogando do zero, um pouco mais da metade do jogo, logo me alcança.hehe

      O sistema de batalha é desnecessariamente confuso mesmo. Em 40 runs eu nunca entendi tudo, mas a boa noticia é que nao precisa. So vai precisar de paciencia.
      O jeito mais facil, porem arriscado é meter chain combo usando as habilidades de ataque como crimson pain e outras que duplique o dano, ou parte dele. Se insistir num combo eventualmente a arma causa algum dano, tipo vc pode começar causando 1-2hp e la pelo decimo hit começa a causar 10-15 em critico com risco 100. Se consehuir matee um combo pode matar o bicho sem ser acertado mesmo que a arma nao tenha afinidade. O chato é que se falhar e o inimigo atacar ele pode te matar num hit, principalmente se for usuario de magias por isso tem que tomar muito cuidado com o risk alto.

      Tenga sempre 8 armas de tipos e afinidades diferentes pra tentar imprivisar caso a arma padrao insista em nao dar dano nenhum.

      A evoluçao de stats do Ashlay na primeira run é insignificante, mas da pra ganhar pontos com os elixires (queens aumenta de 1 a 4 hp, mages mp, drahoins agi e por ai vai). Mas as armas podem ser grindadas a qq hora, quanto mais usar num tipo de inimigo mais melhora a afinidade contra ele.

      O lance é avançar sem pressa grindar as armas o quanto der, tomar cuidado com o risk, usar sempra prostrasia, usar a magia de cura em modo de ataque (pra recuperar mais hp). Ah ignore as magias de ataque, elas sao bem inuteis. Nessq primeira run e boa sorte resolvendo o mistario de Lea monde.

      1 reply
    • Micro picture
      jcelove · 5 months ago · 3 pontos

      Ai sim man. Meu rpg favorito do ps1. To rejogando do zero, um pouco mais da metade do jogo, logo me alcança.hehe

      O sistema de batalha é desnecessariamente confuso mesmo. Em 40 runs eu nunca entendi tudo, mas a boa noticia é que nao precisa. So vai precisar de paciencia.
      O jeito mais facil, porem arriscado é meter chain combo usando as habilidades de ataque como crimson pain e outras que duplique o dano, ou parte dele. Se insistir num combo eventualmente a arma causa algum dano, tipo vc pode começar causando 1-2hp e la pelo decimo hit começa a causar 10-15 em critico com risco 100. Se consehuir matee um combo pode matar o bicho sem ser acertado mesmo que a arma nao tenha afinidade. O chato é que se falhar e o inimigo atacar ele pode te matar num hit, principalmente se for usuario de magias por isso tem que tomar muito cuidado com o risk alto.

      Tenga sempre 8 armas de tipos e afinidades diferentes pra tentar imprivisar caso a arma padrao insista em nao dar dano nenhum.

      A evoluçao de stats do Ashlay na primeira run é insignificante, mas da pra ganhar pontos com os elixires (queens aumenta de 1 a 4 hp, mages mp, drahoins agi e por ai vai). Mas as armas podem ser grindadas a qq hora, quanto mais usar num tipo de inimigo mais melhora a afinidade contra ele.

      O lance é avançar sem pressa grindar as armas o quanto der, tomar cuidado com o risk, usar sempra prostrasia, usar a magia de cura em modo de ataque (pra recuperar mais hp). Ah ignore as magias de ataque, elas sao bem inuteis. Nessq primeira run e boa sorte resolvendo o mistario de Lea monde.

  • jcelove José Carlos
    2021-12-07 00:23:42 -0200 Thumb picture
    jcelove checked-in:
    Post by jcelove: <p>Fui falar que tava tranquilo ontem jogar do zero

    Fui falar que tava tranquilo ontem jogar do zero na base de combos e hoje o jogo me colocou no lugar: perdi MUITO tempo na abandoned mines b1 porque sempre perdia de vacilo quando tava perto de acabar.

    Ogre Battle...hehe

    Só pro ogro mascarado que é o boss da dungeon eu perdi umas 4 vezes...depois de tudo explorado e grindando armas...to jogando no modo "vamo colocar nossa vida em risco" com risk em 100 a batalha inteira e o miseravi soltava do nada um crítico de mais de 240hp me matando num hit pq obviamente não estava com o hp cheio dada a concentração em bater no bicho.

    4 horas de jogo e parei após matar o dragão na Snowfly florest. TALVEZ consiga terminar em menos de 10 horas mas ta apertado desse jeito que to jogando, tem mais da metade do jogo ainda pela frente.

    Mas quase dava pra animar em fechar o set no RA se não fossem os cheevos absurdos de speedrun dele como zerar de primeira sem salvar ou sem usar magia nenhuma vez, além coisas insanas como  forjar/catar todas as armas e armaduras mais raras do jogo (boa parte com drop de 200 pra 1). Nem a turma do Matsuno pediu coisa assim na época...

    Tava olhando lá e só 3 caras completaram o set, todos próximo de quando foi lançado em 2020, mó cara de corrupção nesse RA...

    25
    • Micro picture
      tiagotrigger · 5 months ago · 2 pontos

      Esses achievements que deixam o jogo menos divertidos são chatos demais. Pra que obrigar a terminar o jogo sem usar magia, podiam pegar um boss que é difícil derrotar sem magia e deixar o achievement só pra ele. Ai quem quer desafio, tem desafio. E essas de raridade e RNG, nem se fala.

      1 reply
  • jcelove José Carlos
    2021-12-05 23:49:18 -0200 Thumb picture
    jcelove checked-in:
    Post by jcelove: <p>Basicamente o que estou jogando no Steam ultimam

    Basicamente o que estou jogando no Steam ultimamente se resume a retroarch, zero vontade de jogar os 20 jogos instalados lá vai entender.hehe

    Pois bem, esses dias bateu saudade de Vagrant, pretendia importar o meu memory card virtual com save de 15 anos pro ps3 mas não rolou e voltei a caçar algumas conquistas no Retroachievements mesmo (que conseguiu criar conquistas ainda piores que o set interno do jogo). 

    Como boa parte delas não da pra fazer no meu save na run 39 tomei corage pra voltar do zero e cara...to me divertindo!

    Depois de anos jogando na base do 1 hit kill imaginei que fosse insuportável jogar isso honestamente já que as batalhas demoram pra caramba dependendo do inimigo, mas ta super de boas.

    Dessa vez to indo nos combos, tirando de pouquinho em pouquinho, sem me preocupar em baixar os 100 pontos de risk e realmente da pra avançar de boas, só não pode ter pressa. Lembro que da ultima vez que tentei ano passado PENEI no golem das catacumbas (segundo boss do jogo) e dessa vez passei rapidinho enquanto tentava emendar 15 hits numa chain (sou péssimo no timming, raramente consigo 15...).

    Duas horas jogando e só consegui fazer o combo de 15 hits 3 vezes...sou muito tuim véi!hehe

    Sei que consegui a Phantom Pain nas catacumbas de tanto ataque que to fazendo. Geralmente só pegava essa habilidade lá pra depois do meio do jogo, dessa vez já to com quase todas as chain abilities na terceira dungeon!hehe

    To com umas 2h e meia no meio da abandoned mines, tava tranquilo mas morri de vacilo prum goblin enquanto tentava fazer o achievement de 15 hits com um great axe. Meu risk tava em 100 e não vi que o hp tava baixo, o bicho acertou um crítico de 150hp U_U

    Até hj não entendi a trollada do tema de game over ser tão relax.hehe

    Mas normal, seria estranho não morrer e perder avanço de bobeira nesse gaem. Amanhã jogo mais um pouquinho se der.

    34
    • Micro picture
      complexogeek · 5 months ago · 2 pontos

      Meu jogo favorito de todos os tempos. Até hoje não faço ideia de como consegui zerá-lo quando era criança e não sabia nem o básico de inglês. Nos anos posteriores, em cada jogatina eu descobria uma coisa nova e o gameplay sempre se tornava diferente. Queria revisitar em breve, mas tenho muito receio de jogá-lo usando o RA, vai que eu crie raiva do game.

      Aliás, adicionei você por lá (@cgdiniz)

      5 replies
    • Micro picture
      sophos · 5 months ago · 2 pontos

      O problema é qa estética desse jogo envelheceu muito mal. Tentei jogar e não deu

      14 replies
    • Micro picture
      katsuragi · 5 months ago · 2 pontos

      É eu voltar e tu tá rejogando Vagrant mais uma vez. HAHAHAHAHA

      1 reply
  • thiones Sebá Oliveira
    2021-12-03 00:14:59 -0200 Thumb picture

    Esse aqui eu vou deixar para o nosso amigo locutor dar seu parecer

    Caro locutor @jcelove, o avaliador Araújo sabe o que diz ou não sabe? 

    17
    • Micro picture
      jcelove · 6 months ago · 4 pontos

      Esse eu não tive paciência pra assistir. Quando ele falou que "todo mundo" chama VS de "clássico absoluto" sem dar argumentos eu fechei, minto, fechei quando ele disse que o jogo ta mais pra uma variante excentrica de shiren the wanderer/mystery dungeon que pra qq outra coisa meu amor me fez deixar o vídeo pra lá.hehe

      12 replies
    • Micro picture
      santosmurilo · 6 months ago · 2 pontos

      Esse CapsLock é muito grosso!

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...