This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • viciogame VICIOGAME Retro Games
    2021-05-06 17:12:25 -0300 Thumb picture

    ​🎮 Crash Bandicoot (Game Boy Color) Complete Gameplay

    #Viciogame #CrashBandicoot #GameBoyColor #ニンテンドー #Gameplay #proto #DonDokoDon2 #ゲームボーイカラー #Walkthrough #bootleg #Playthrough #hack #Gameboy #ドンドコドン2 #prototype #Famicom #Nintendo #Longplay #ドンドコドン #GBC #LetsPlay

    0
  • makalongplays Maka Longplays
    2021-04-12 22:21:14 -0300 Thumb picture

    Longplay "Crash Bandicoot"

    Ano de Lançamento: 1996

    Série: Crash Bandicoot

    Desenvolvedor: Naughty Dog

    Distribuidora: Sony Computer Entertainment, Universal Interactive Studios

    Plataforma: PlayStation 1

    Gênero: Plataforma, Ação

    3
  • yuriarama Yuri Vieira
    2021-04-08 10:16:13 -0300 Thumb picture

    Naughty Dog - A Ascensão da empresa depois da quase falência

    A história da ascensão da Naughty Dog: de uma pequena desenvolvedora de garagem que quase faliu lançando clone de Mortal Kombat para o 3DO até o sucesso multimilionário com Crash, o "mascote espiritual" do Playstation.

    3
  • gan0nd0rf Luis Gomes
    2021-03-24 16:22:37 -0300 Thumb picture
    gan0nd0rf checked-in:
    Post by gan0nd0rf: <p>Não costumo jogar em celular, mas, não custa nad

    Não costumo jogar em celular, mas, não custa nada. 

    20
  • onai_onai Cristiano Santos
    2021-03-05 22:29:09 -0300 Thumb picture

    Mmm Mmm Mmm Mmm

    E aí galera, música da noite!

    Eu ia morrer sem saber que o nome dessa música são vários emes! Gosto dela desde que assisti Debi e Lóide pela primeira vez, eita que faz tempo!

    8
    • Micro picture
      volstag · 2 months ago · 2 pontos

      Na época que a musica fazia sucesso era até chato de tanto que a MTV tocava hahaha

  • 2021-02-11 21:09:55 -0200 Thumb picture

    Histórias Gamísticas parte - 5

    Bem, havia um tempo (muito longo por sinal) que não expandia minhas histórias gamísticas, então tava de bobeira e decidi contar mais um dedinho de prosa pro cêis. 

    Já contei aqui que minha infância esteve inteiramente ligada ao Super Nintendo (apesar de nunca ter tido um), console esse que sempre terá um lugar especial no meu coração. 

    Já contei também que no inicio dos anos 2000 no auge da febre do Playstation aqui na minha região, devido a condições financeiras eu e meu irmão ganhamos um Polystation, que no fim das contas não foi de todo ruim já que desbravamos muita coisa do nintendinho nele.

    Mas ainda não contei que finalmente, depois de muita insistência (talvez nem tanta) ganhamos um Playstation.

    Sim, se não me engano o ano era 2005, talvez 2004, mas o fato é que na minha mente não era 2006. Já nessa época muitos amigos já possuíam o famigerado console da Sony, e o mercado de jogos piratas estava a todo vapor. Jogávamos muito, seja no barzinho locadora, seja nas casas de amigos, ou até onde nem deveríamos jogar (tipo na casa de um possível pedófilo (ou não), mas isso era com uma dupla de amigos e outra longa história).

    Com a grande oferta de consoles usados no mercado, e o nosso sonho e insistência vivas, um belo dia nossa mãe nos presenteou com um console usado (que comprou de um conhecido  dando uma entrada e pagando o restante em mais duas ou três prestações). Sim, nós estávamos de vez na fita e na sociedade gamística e rotativa de empréstimo de jogos e lendas que só quem tinha o console e jogos para explorar a vontade podia contar.

    Era um console bem surradinho, já com a carcaça meio amarelada e muitas marcas de guerra. Mas funcionava e isso por si só (e um bocado de jogos que vieram juntos) já era demais.

    Foi um período muito produtivo, pois quando se é criança/ pré adolescente se acha tempo pra tudo; estudar, jogar bola, dar uns rolês e principalmente jogar video-game. Se bem que nosso tempo não era assim tão extenso pra games já que só tínhamos uma televisão, mas sempre que ela estava de bobeira a jogatina era certa. 

    Bons tempos de Teken, Snk, Crash, adventures, fpss, winning eleven, Mega Man e vários outros jogos que fica difícil citar. Curiosamente já disse aqui que RPGs que se tornariam minha paixão nunca agradaram nessa época, em grande parte pela barreira linguística.

    Mas nós estávamos por cima, ninguém podia nos deter, a não ser uma outra grande novidade que pouco a pouco estava pintando na área (ainda que bem atrasada) - O Playstation 2.

    Infelizmente esse Playstation não durou assim muito, vindo a queimar o leitor uns 2 anos depois (provavelmente de tanto rodar jogo pirata), e como nossa mãe levou na assistência e achou melhor não consertar acabou sendo vendido lá mesmo. Mas esse não foi o fim de nossas histórias e outra hora conto mais um cadinho.

    Histórias Gamísticas é uma série de textos sem compromisso onde narro minhas aventuras por esse tal negócio chamado vídeo game.

    11
    • Micro picture
      santz · 3 months ago · 2 pontos

      Caraca mano, teve o Play 1 bem tarde. Se bem que eu tive um Atari lá pelo ano 2000, então, se bobear, tive PlayStation nessa mesma época. Mas a gente aproveitou uns 5 anos do videogame, foi massa demais. A verdade é que eu mais via meu irmão mais velho jogar do que jogava de fato. Ele não deixava a gente fazer carreira num jogo se ele não tivesse zerado antes.

      1 reply
    • Micro picture
      mastershadow · 3 months ago · 2 pontos

      PS1 so fui ter o meu em 2001,mas jogava em locadoras e amigos desde 1995.Ja o PS2 comprei com meu proprio dinheiro somente em 2007!

  • 2021-01-20 22:31:58 -0200 Thumb picture

    Como deveria ser o próximo jogo de Crash?

    Certo vamos lá. Crash é uma franquia bastante antiga de platforming e muitos jogadores têm idades praticamentes idênticas com ela.

    A Activision primeiramente fez um teste inicial. Após ficar quase uma década sem jogos novos e sendo lentamente esquecida, veio a Vicarious Vision e fez o remaster/ remake em 2017 para verificar se a franquia ainda era rentável.

    Com o sucesso, chegou 2019 e o remaster/ remake total de Crash Team Racing  tbm foi lançado com as vendas esperadas.

    E finalmente após um longo período de testes decidiram passar a bola da vez para a Toys for Bob com o inédito Crash Bandicoot 4 e a maior campanha de todos os jogos já lançado e, cá entre nós, com um platforming bastante exigente claramente inspirado pelo primeiro título da franquia.

    Agora é um ponto totalmente complicado: qual rumo a franquia deveria tomar?

    Seria Crash Bandicoot 4 o início de uma nova trilogia? Ou será q a Activision irá enveredar por caminhos diferentes como lançar um novo jogo de Kart porém pistas e histórias igualmente inéditas? Ou algo mais ousado?

    Pessoalmente falando eu adoraria uma nova trilogia de jogos. Crash 4 provou ser um título à altura dos originais com uma dificuldade bastante tensa até para a fanbase antiga.

    Acho totalmente hilário q desde 2017 os desenvolvedores não vêm perdoando os jogadores e colocando desafios opcionais totalmente N. Sanos e com centenas de horas de esforço por elas. Há quem não goste dos Trials de tempo e as (inéditas) relíquias perfeitamente insanas q aparentemente veio para ficar e q será bastante refinada para não dizer sofrível com o tempo com novos jogos sendo lançados xD.

    Seria legal tbm um jogo aos moldes do Twinsanity (ou quem sabe o remake logo dele xD).

    Crash é sempre lembrado como um jogo de plataforma linear mas foi em Twinsanity ao colocar um mundo mais aberto e imenso para explorar deu tão certo q é até dificil imaginar como um jogo daqueles levou meros 6 meses para ser feito.

    Imagine a cidade futurista da dimensão Snaxx porém ela inteiramente explorável com centenas de caminhos alternativos e muito platforming a se fazer e segredos a serem coletados. 

    Imagine ainda refinar ainda mais surfar em trilhos para colocar eles como um "fast travel" entre áreas e vc vendo lentamente a transição entre elas. Ou ainda imagine aquelas setas enormes de Need for Speed ao vc entrar em uma corrida e setas "impedirem" de vc sair do caminho correto. Ou seja, vc teria o clássico relógio flutuando por aí e ao coletar o mesmo, todo o caminho a ser vencido seria carregado em instantes, de forma a respeitar a ideia dos originais porém com as inovações q o título novo teria.

    Imagine os devs ressuscitando o modo de avião visto em Crash Warped porém em vez de destruir objetivos rápidos, colocar o avião para voar pelos mapas e com gameplay ao estilo Ace combat e poder fazer objetivos secundários como destruir dirigíveis do Cortex pelos cenários e os aviões dos assistentes de laboratórios.

    Cara, como é divertido pensar nas centenas de opções e caminhos q essa tão amada franquia pode seguir.

    4
  • 2021-01-13 11:58:34 -0200 Thumb picture
    Post by crashbandicoot: <p>Aparentemente Crash ganharia uma nova animação q

    Aparentemente Crash ganharia uma nova animação q seria feita em parceria com a Amazon e Activision e q foi supostamente cancelada.

    Aguardando mais informações

    12
    • Micro picture
      vector · 4 months ago · 2 pontos

      Pegada Animaniacs e Looney Tunes, gostei, espero que como vazou eles vejam as reações positivas e repensem no projeto.

  • leandro Leandro Lopes
    2020-10-31 15:41:06 -0200 Thumb picture
    leandro checked-in:
    Post by leandro: <p>É, eu realmente não consigo gostar desse jogo. F

    É, eu realmente não consigo gostar desse jogo. Foram varias vezes tentando simpatizar, mas não vai ( e não quero dizer que o jogo seja ruim, bem longe disso ). É simplesmente questão de gosto pessoal, mesmo. Essa verticalidade do level design de muitas das fases sempre foi um empecilho, nunca me adaptei ( ainda que seja um game bastante desafiador ). Uma comparação interessante, na época ( na verdade uma rivalidade criada, com Super Mario 64 ) em que eu sempre achei esse ultimo muito mais imersivo, pela questão de ser um game mundo aberto 3D. Enfim,  eu nunca joguei os outros da serie Crash, mas esse primeiro definitivamente, eu deixo passar

    22
    • Micro picture
      speedhunter · 6 months ago · 3 pontos

      Eu tbm não curto muito o 1. O 3 é tão superior, que faz o 1 parecer o beta do beta.

      1 reply
    • Micro picture
      jcelove · 6 months ago · 2 pontos

      Tenta o 2 ou o 3, a jogabilidade é bem melhor, assim como os designs das fases além de não ser corredor o tempo todo.

      2 replies
    • Micro picture
      sirlon_retrono · 6 months ago · 2 pontos

      Crash é bacana, mas na real.. nada demais.. joguei bastante o Crash 2 e 3 no PS..

  • 2020-10-26 10:07:21 -0200 Thumb picture

    #288 - Crash Bandicoot [PlayStation] 1996

     A nova investida da Naughty Dog era criar um novo mascote para o PlayStation. Inicialmente concebido como “Sonic ass game” e com nome provisório de “Willie the Wombat”, o jogo evoluiu e se tornou um dos mais importantes jogos de plataforma 3D da história. Crash deve vencer várias fases e derrotar o gênio do mal Dr. Neo Cortex. O jogo mistura plataforma 2.5 D com rolagem tradicional e algumas fases em terceira pessoa, geralmente seguindo uma trilha bem definida. Crash precisa quebrar todas as caixas das fases para conseguir os diamantes e liberar o final verdadeiro. Crash pode coletar frutas para ganhar uma vida extra e libertar a máscara mágica Waku Waku que lhe garante defesa ou um poder de invencibilidade temporário.

     - Um jogo de plataforma 3D inovador e com jogabilidade excelente. As fases não são abertas como em Super Mario 64, mas traz um esquema mais simples e direto, com uma trilha recheada de caixas e diversos desafios. É como se fosse um Donkey Kong Country em 3D, pois a divisão de mundos e as propostas de cada fase lembram o jogo da Rare. Os gráficos do jogo também são de cair o queixo. Com uma ambientação mais tribal e selvagem, ele traz cores vivas e cenários bem diversificados. Crash é um mascote bem carismático e faz várias caretas divertidas. O jogo traz uma dificuldade alta mesmo para um jogo voltado a crianças, especialmente na questão de quebrar todas as caixas pelas fases.

    Nota pessoal: ★★★★☆

    @andre_andricopoulos, @cleitongonzaga, @jack234, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @noyluiz, @marlonildo, @joanan_van_dort, @volstag, @manoelnsn, @shuichi, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @kb, @sergiotecnico, @srdeath, @melkorbelegurth, @avmnetto, @spider, @denis_lisboadosreis, @rogerlopezx, @fredson, @mjdias, @hyuga, @wcleyton, @bobramber, @carlosneto, @thiagobrugnolo [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    49
    • Micro picture
      kalini · 7 months ago · 3 pontos

      O game que salvou a Naughty Dog da falencia. Antes disso so faziam jogo trash, como Way of The Warrior, um clone infame de Mortal Kombat.

      Gosto muito desse game, mas lamento que os bosses sejam tão fáceis, mesmo pros padrões da série.

      2 replies
    • Micro picture
      lgd · 7 months ago · 3 pontos

      Eu não joguei na época, nunca me chamou a atenção, mas era febre na locadora.

      2 replies
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 7 months ago · 3 pontos

      Willie the Wombat 😂😂😂😂

      Também o conheci pelo CD de demonstração, @ thiagobrugnolo...

      2 replies

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...