This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • onai_onai Cristiano Santos
    2021-04-09 21:59:49 -0300 Thumb picture

    O necromante

    Ainda no capítulo dois, pois é, continuo tentando derrotar o segundo desafio. O interessante dessa classe é que ela fica invocando esqueletos para lutar em seu lugar e cada classe equipa seu inventário específico.

    Já construí a maioria das construções mas algumas dá também pra evoluir de nível, o que melhora os benefícios. Na boa, esse jogo parece ser curto mas esse esquema de juntar itens faz ele demorar um bocado.

    Agora dá pra conseguir também uns itens que dão umas melhorias nas batalhas e curiosamente dá pra deixá-los também na base. Sinceramente não entendi pra que serve deixá-los aqui, talvez eles só fiquem ativados nos respectivos menus.

    Habilitei também uma enciclopédia, o que é bem interessante porque dá pra visualizar todos os itens, monstros, cartas, inimigos e desafios do jogo. Pelo visto derrotar o mesmo desafio mais de uma vez concede algum extra.

    A quantidade de cartas também aumentou consideravelmente e até agora a que achei mais útil foi uma que ressuscita o herói quando derrotado. Mas ainda a algumas a serem habilitadas.

    16
  • 2021-03-31 15:19:16 -0300 Thumb picture
    cypher checked-in:
    Post by cypher: <p>Jogo Bacana. Começa&nbsp;despretensioso, porem v

    Jogo Bacana. Começa despretensioso, porem vai ficando cada vez mais complexo. com todas as suas mecânicas se casando ao mesmo tempo (tem muito de boardgame e deckbuild). Delicioso de se jogar . Uma crítica que eu tenho dele é o tempo e o certo farm que é necessário para construir as coisas. de resto bem divertido So Far!

    6
    • Micro picture
      onai_onai · about 1 month ago · 1 ponto

      Aparentemente repetitivo mas bem divertido!

    • Micro picture
      cypher · about 1 month ago · 1 ponto

      O chato dele é esse grind que ele te pede, que torna a experiência um pouco massante. Mas a ideia é boa.

      1 reply
  • onai_onai Cristiano Santos
    2021-03-30 18:24:02 -0300 Thumb picture

    Capítulo 02

    Eu ando jogando esse jogo esporadicamente, algumas missões por dia e ainda assim não consegui vencer o segundo desafio, na verdade só o enfrentei uma vez.

    O negócio é que você passa um tempão lutando, coletando os melhores equipamentos, aprendendo boas habilidades mas as vezes quando chega no desafio o HP não está lá essas coisas.

    Sem falar que quando se é derrotado perde-se boa parte dos itens adquiridos na exploração, nisso sempre fica aquela dúvida, se arriscar ou voltar pra vila com tudo que foi conseguido.

    Nessa empreitada já tenho acesso a três classes, guerreiro, a inicial, ladino e necromante. Cada uma com suas vantagens e desvantagens e sem falar do jeito único de se equipar e com suas respectivas estratégias de luta.

    Apesar de divertido e interessante acho que esse jogo é mais indicado para quem não tem pressa em finalizá-lo porque basicamente é um vai e volta para as dungeons direto e nisso a história avança bem lentamente...

    15
    • Micro picture
      santz · about 1 month ago · 2 pontos

      Então essa é a cara do tal Loop Hero. Eu só tinha ouvido falar até então.

      1 reply
    • Micro picture
      seufi · about 1 month ago · 1 ponto

      Esse jogo dizem ser mt viciante... E é um loop... o herói só gira e depois gira e gira de novo... Ainda assim, são tantas opções que as pessoas se perdem

      1 reply
  • onai_onai Cristiano Santos
    2021-03-12 23:27:23 -0300 Thumb picture

    Capítulo 01

    Rapaz mas que joguinho viciante, de certa forma ele tem a mesma pegada de Civilization, no quesito viciação, ou seja, você sempre quer jogar mais um turno, ou no caso desse jogo, dar mais algumas voltas.

    Demorei um bocado pra criar uma boa estratégia mas agora a coisa está fluindo melhor, cada carta tem sua utilidade, o negócio é saber quando utilizá-la. Não adianta encher o mapa de monstros se você vai morrer no processo.

    É interessante como algumas regiões só aparecem em decorrência de outras, um exemplo é o covil dos goblins que surge quando se acumula muitas montanhas. Me esqueci do número exato.

    E entre uma viagem e outra quando dá consigo juntar mais recursos para fazer novas construções, só assim o jogo avança pois vão aparecendo várias coisinhas que ajudam o herói em sua empreitada.

    E depois de muito penar, entre desistências e mortes finalmente encontrei o desafio do capítulo. Na primeira vez perdi feio, mal acertei a criatura. O esqueleto mago tinha uma resistência muito forte.

    Depois disso fiquei mais esperto, não coloquei tantas cartas de monstros e juntando vários equipamentos que faziam o HP do herói se recuperar consegui derrotá-lo com uma certa facilidade. E vamos agora ao capítulo dois...

    14
  • onai_onai Cristiano Santos
    2021-03-06 21:52:11 -0300 Thumb picture

    O herói que da voltas e mais voltas

    Vi o trailer desse jogo ontem no GOG e fiquei meio que sem entender como diabos o jogo funcionava direito, mas como havia muitos usuários de lá elogiando resolvi "adquirir" pra ver como era...

    Pelo que entendi o mundo foi consumido por alguma força que apagava tudo, além das paisagens também a memória dos sobreviventes e é aí que entra o herói que não lembra de nada.

    Basicamente o herói fica dando voltas e mais voltas por um cenário que vai-se construindo a medida que se vence os inimigos. O curioso é que quase tudo é automático, desde as andanças do personagem até as batalhas.

    Parece ser besta e bizarro ao mesmo tempo mas achei o jogo muito interessante, apesar de aparentemente repetitivo. Com os materiais que o herói vai conseguindo em suas aventuras ele consegue construir uma espécie de refúgio onde outros personagens se escondem.

    Basicamente é isso. A medida que o dia vai passando nas andanças você vai conseguindo mais itens para no final enfrentar um desafio. Até agora não vi nenhum pois quando estava perto de completar o mapa sempre ficava fraco e voltava pro refúgio e quando retorna pra dungeon começa tudo de novo. Como eu disse é bizarro, mas divertido ao mesmo tempo!

    15
  • farusantos Farley Santos
    2021-03-06 08:05:34 -0300 Thumb picture

    Análise: Loop Hero

    Loop Hero oferece uma experiência envolvente com sua mescla única de conceitos. É divertido influenciar indiretamente a jornada de um herói por um mundo sombrio em uma aventura que combina RPG, montagem de baralhos e roguelike. Interações entre cartas e diferentes tipos de inimigos criam partidas estratégicas, e há várias nuances para aprender. O ciclo de jogo, que se concentra em melhorar constantemente a base com recursos, é viciante, mas uma grande necessidade de grind, ritmo lento e a pequena variedade de situações entre as partidas deixam as coisas meio repetitivas. No mais, Loop Hero é um título único, só é importante estar disposto a encarar o grind para aproveitá-lo completamente.

    Análise completa

    11
    • Micro picture
      onai_onai · 2 months ago · 2 pontos

      Cara, eu vi o trailer e achei que fosse meio besta mas quando comecei a jogar gostei bastante. Fui só testar e passei pelo menos umas duas horas jogando!

      1 reply
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...