This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • lukenakama Lucas
    2021-07-09 15:40:11 -0300 Thumb picture
    lukenakama checked-in:
    Post by lukenakama: <p>Jogado e zerado.</p><p>Com a promoção da Steam g

    Jogado e zerado.

    Com a promoção da Steam geral pegou um monte de coisa foda, mas pra quem já tinha gastado seu dinheiro com um monte de porcaria, comprei a única coisa que podia bancar, Half-Life.

    Pra ser sincero fui muito no só pra "Não dizer que nunca zerei" pois esse é um game muito famoso e reconhecido, e pra ser honesto já havia jogado eles uns anos atrás quando nem tinha Steam mas não avancei em nada.

    Já começo dizendo o quanto algumas sessões me irritaram, principalmente envolvendo bugs que poderiam a levar meu softlock se eu não salvasse a todo momento (Uma das escotilhas que eu precisava abrir em determinado momento pra avançar, simplesmente não abria, mas ainda bem que voltando em saves anteriores não teve esse problema de novo) entretanto, são detalhes, pois eu realmente adorei Half-Life, o jogo realmente é tudo isso que falam, uma maravilha no quesito narrativo, progressão e qualidade.

    Ótimo game, espero em breve conseguir jogar a sequência...

    Decidi organizar os games zerados do ano, pra ficar mais fácil de eu acompanhar, separando os jogos que eu zerei normalmente, sozinho, que são esses aí em cima; Os jogos que eu zerei em coop, provavelmente com o Tenake (Se você viu meus últimos check-ins já tá ligado); E todos os jogos, que são os 2 grupos anteriores, juntos.

    21
    • Micro picture
      kalini · 3 months ago · 2 pontos

      O que retende jogar agora? Seria uma boa se streamasse no discord.

      1 reply
    • Micro picture
      santz · 3 months ago · 2 pontos

      Esse jogo continua incrível até hoje. Esse foi um dos que zerei fora da época e ainda sim, me diverti pra cacete. Ele que me abriu os olhos para o gênero de FPS, que tinha bastante preconceito antes.

      1 reply
    • Micro picture
      lordsearj · 3 months ago · 2 pontos

      Cara, nem me fala. ACHEI que tinha finalizado a compra de Timespinner e da Trilogia .Hack G.U.
      Mas nãoooooooooo
      Deu algum xabu que não sei qual foi pois até digitei o cartão.

      Enfim

      Parabéns aí pela zerada. H.L. não é nem clássico, é épico.

      1 reply
  • 2021-06-09 08:48:42 -0300 Thumb picture

    #346 - Half-Life [Windows] 1998

     O primeiro produto da Valve veio no desejo de criar um jogo de FPS 3D totalmente imersivo e revolucionário. O jogador controla o físico Gordon Freeman que se envolve em um experimento que dá errado, abrindo um portal para outra dimensão e com isso, uma série de alienígenas começam a invadir a instalação. O jogo utiliza a base da engine de Quake, mas 70% modificada, criando então um novo motor de jogo, a GoldSrc. O grande destaque do jogo é como ele desenvolve a narrativa, colocando o jogador sempre no controle e com cenas acontecendo em tempo real. utilizando vários scripts de gatilho. O jogo também trabalha um novo modelo de física e animação esquelética para os personagens. O jogo permite MOD feito por fãs e possui multiplayer deathmatch por times.

     - Simplesmente o jogo mais fantástico e revolucionário até então. Os gráficos do jogo são incríveis, com salas repleta de detalhes, a física do jogo é bastante realista, os efeitos de luz e sombra são fenomenais e a animação dos personagens é inacreditável. O que mais se destaca no jogo é a forma como a narrativa se desenrola, criando cenas em tempo real que deixa tudo bastante orgânico, dando ao jogador controle total durante as cenas, inclusive de não querer ver o que está acontecendo. O level design é também feito com muito capricho, com cenários bem desenhados e uma progressão contínua, não separada por fases como nos FPS anteriores. A jogabilidade também é excelente, tudo muito suave e rápido. O jogo superou com folga o Unreal e se tornou o FPS definitivo até então.

    Nota pessoal: ★★★★★

    @andre_andricopoulos, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @noyluiz, @marlonildo, @volstag, @manoelnsn, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @sergiotecnico, @srdeath, @melkorbelegurth, @avmnetto, @spider, @denis_lisboadosreis, @fredson, @hyuga, @wcleyton, @bobramber, @carlosneto, @thiagobrugnolo, @rensan, @eduardo_wrzecionek, @christciamn, @warconnor, @anonim, @romline5 [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    40
    • Micro picture
      andre_andricopoulos · 4 months ago · 3 pontos

      A questão da narrativa é super interessante mas... acredita que nunca joguei? 😬

      9 replies
    • Micro picture
      thecriticgames · 4 months ago · 3 pontos

      Que raiva que tenho, cheguei beeeem longe dele, e salvei em uma fase com o próprio save do jogo ja sem energia, apenas saindo de um buraco e sofrendo morte instantânea pelos monstros, não tem como voltar, não tem vida, não da pra passar correndo, não da pra passar matando, perdi meu save.

      5 replies
    • Micro picture
      mateusfv · 4 months ago · 2 pontos

      O FPS mais brabo da história dos FPS, sem ele pode contar que o gênero ia ser bem diferente hj em dia

      3 replies
  • 2020-10-09 21:07:17 -0300 Thumb picture
    ederpezawm checked-in:
    Post by ederpezawm: <p>Zerado<br>Levei 15 horas, o jogo continua bom co

    Zerado
    Levei 15 horas, o jogo continua bom como sempre.

    16
    • Micro picture
      mandaloriano_95 · 12 months ago · 2 pontos

      Esse G-Man do pacote de texturas HD é muito esquisito, huahua.

  • netogermano Neto Germano
    2020-10-01 15:32:19 -0300 Thumb picture
    Post by netogermano: <p>https://www.youtube.com/watch?v=5xxiJd1IpyE</p>

    3
  • 2020-09-27 22:06:43 -0300 Thumb picture
    ederpezawm checked-in:
    Post by ederpezawm: <p>Começando, havia zerado este jogo há muito tempo

    Começando, havia zerado este jogo há muito tempo, agora peguei a versão original para jogar. Esse é um clássico, gostei muito dá primeira vez que joguei.

    18
  • mandaloriano_95 Henrique
    2020-09-03 18:10:51 -0300 Thumb picture
    mandaloriano_95 checked-in:
    Post by mandaloriano_95: <p><em>"</em><em>Gordon Freeman in the flesh. Or ra

    "Gordon Freeman in the flesh. Or rather, in the hazard suit."

    Nessas últimas férias de julho eu havia pego o Half-Life para ir jogando durante as minhas tardes trancafiado em casa. Porém, só fui terminar mesmo a campanha hoje de madrugada, após pouco menos de 11 horas de jogo no Hard.

    O maior problema que eu tenho com Half-Life são alguns capítulos que se estendem demais (On A Rail, por exemplo, se torna um saco, sinceramente). Mas, o engraçado é que, ao contrário de muitos, Xen não me incomoda tanto (sem contar que ela possui algumas áreas secretas bem legais). 

    Além de ser relativamente curta e visualmente fascinante, a única parte de Xen que chega realmente a representar um obstáculo maior é a fábrica logo antes do chefe final, que é lotada de Controllers, além de uns Vortigaunts chatos posicionados nos elevadores que o jogador precisa subir para alcançar o portal de saída.

    Bom, o jogo tem também algumas sessões de plataforma que dão nos nervos, mas o gameplay no geral se mantém extremamente cativante na maior parte do tempo. Não só o level design de boa parte das fases (que, inclusive, são bastante diversas) é extremamente eficaz em misturar uma progressão em sua maioria linear com exploração e verticalidade, como o próprio combate é variado o bastante, muito graças ao arsenal que vai se expandindo durante o jogo inteiro e aos encontros bem elaborados.

    E ainda que a história seja simples, eu simplesmente adoro o mistério cósmico que a figura do G-Man representa.

    Agora eu também preciso pegar o Half-Life 2 para rejogar.

    20
    • Micro picture
      gus_sander · about 1 year ago · 1 ponto

      Cara, sempre que rejogo esse primeiro half-life, quando chego em Xen, a agonia com os pulos de plataforma chega sempre ao extremo, pense num negócio que chega a dar nos nervos dps de umas horas jogando husahsua

      4 replies
    • Micro picture
      endome · about 1 year ago · 1 ponto

      Eu particulamente odeio Half Life 1, mas o 2 eu to jogando recentemente e to achando bem daora.

    • Micro picture
      rax · about 1 year ago · 1 ponto

      Tu curte mesmo Fps heim?

      Eu sou o do contra que gosta mais do HL1 do que do 2 mas e mais por ter ficado meio puto no end game (o ultimo boss do HL2 eu detestei ai pesou um pouco pra min...)

      4 replies
  • cyberwoo Diogo Batista
    2020-08-22 18:43:28 -0300 Thumb picture

    Live do siri de cabeça | HALF-LIFE | Parte 1

    Cabelo tá ao vivo jogando Half-Life e se matando com granadas mal cozidas, HAHA!

    Todo like e inscrição nos ajuda e ficamos muito gratos  Sz

    0
  • vinicios_santana Vinicios Santana
    2020-07-17 04:47:24 -0300 Thumb picture
    vinicios_santana checked-in:
    Post by vinicios_santana: <p>#img#[724396]</p><p>Assistindo ao video do meu ú

    Assistindo ao video do meu último post, fiquei com muita vontade de jogar Half Life.
    Já conhecia o jogo mas meu contato com ele era o da imagem abaixo:

    Abria ele só pra entrar no C.S, vez ou outra eu jogava com o dono da Lan House onde trabalhei, ele adorava o multiplay, eu me perguntava por que não jogávamos C.S kkkk

    Começamos o jogo chegando numa estação de pesquisa chamada Black Mesa, somos apenas um físico que ajudará numa pesquisa de campos elétricos ou algo do tipo.
    Mas logicamente tudo da errado e abrimos sem querer um portal que traz monstros de outra dimensão.

    Inicialmente eu estava tendo problemas de enjoo ao jogar o jogo, a maldita motion sickness.
    Esses FPSs antigos tem o movimento da câmera muito brusco.
    Procurei o remake Black Mesa, na esperança de ter um movimento mais suave. Ele não pegou no meu note. :/

    Cansado de procurar soluções, fui jogar mais um pouco o 1 mesmo, e não parei mais.
    Depois que se pega a primeira arma, o jogo engrena, até esse ponto ele é bem monótono e até chato, mas entendo que tinha de construir a ambientação de mais um dia de trabalho.

    Ainda estou ficando meio zonzo ao jogar o jogo, mas ai eu paro um pouco, tomo uma água, deito.
    Algo que gostei bastante é a interação com NPCS, podendo solicitar ajuda ou pedir para que esperem, estava sempre andando com um guardinha.

    O problema é que quando encontrava algum cientista, guarda e monstro na mesma tela e ainda começava uma conversa, o jogo não aguentava, primeiro com baixa taxa de frames, depois com erros no som, até explodir kkk tive de resetar o note. (notei isso principalmente em locais escuros)
    Eu não tinha ideia da ambientação de terror quase lovecraftiana que o jogo tinha, pra mim era mais um FPS genérico de super soldados etc etc.

    Levei alguns sustos enquanto jogava, sorte que não tinha ninguém vendo kkk

    Como sempre faço com coisas que gosto, fui procurar saber mais coisas sobre o jogo.
    Eu sabia que Half Life era revolucionário, mas não sabia os motivos.
    Lendo uma matéria sobre a importância do jogo, descobri coisas realmente interessantes:
    Half Life foi o primeiro jogo que fugiu do padrão Doom, usando uma engine própria, totalmente em 3D. E os gráficos, apesar de não parecerem hoje, eram fodas pra época.
    E realmente, vendo os jogos de sucesso de antes de 1998, data de lançamento do Half Life, todos usavam a Doom engine, Quake, Duken Nukem e o próprio Doom são exemplos.

    Half Life foi o primeiro jogo a ter um foco narrativo maior, usando cenas de história interativas, que aconteciam independente da ação do personagem.
    Gordon Freeman foi o primeiro protagonista normal, sem treinamento militar para lidar com um desastre.
    A A.i dos inimigos era eficiente, em jogos anteriores eles simplesmente corriam em direção do jogador.
    E as revoluções continuam na franquia, em Half Life 2 trouxeram a Source engine, que foi usada por vários jogos da Valve, além de um foco especial nas leis da física dentro do jogo.

    Há um documentário bem interessante que conta a história da franquia.

    Essas coisas, tanto do 1 como do 2, parecem banais hoje em dia, mas de fato, foram coisas revolucionárias para suas épocas.
    Estou gostando demais de jogar Half Life e com certeza jogarei também o 2.

    Bom, é isso, até o próximo check-in.

    24
    • Micro picture
      santz · about 1 year ago · 2 pontos

      O personagem ter ou não ter treinamento militar pouco importa, pois o jogador é quem vai controlar ele.

      14 replies
  • vinicios_santana Vinicios Santana
    2020-07-13 04:49:27 -0300 Thumb picture

    Toy Makeover

    Gosto de ver esses videos de customizações e fiquei realmente impressionado com o resultado final o.o

    Depois de ver esse video me deu até vontade de jogar o primeiro jogo, lembro que eu só baixava ele pra jogar C.S e realmente nunca peguei pra jogar ele por completo.

    (imagem abaixo para quem não consegue ver o video)

    16
    • Micro picture
      jcelove · about 1 year ago · 2 pontos

      Ficou lindao mesmo. HL é muito bom apesar de eu mao curtir tanto por ter aquela filosofia de design q fps tem q ter 20h de jogo q podiam se resumir em 10.
      Pega o black mesa qdo puder, é um remake na engine do 2 que ficou espetacular.

      6 replies
  • anebarone Ane
    2020-06-19 13:44:02 -0300 Thumb picture

    Half-Life VR but the AI is Self-Aware (ACT 1: PART 1)

    Isso aqui é bom demais. TIPO. PELO AMOR DE DEUS. É BOM.

    Recomendo para quem gosta de humor do gmod e Freeman's Mind, que amo.

    Vou deixar umas impressões abaixo, mas para quem gosta de assistir sem ter noção de nada da história nem de como foi desenvolvido, podem ignorar! Inclusive recomendo, porque assim o nonsense fica mais forte hahaha.

    --

    Isso aí foi desenvolvido por um streamer + amigos que fazem improvisação num mod de VR do Half-life. Aí usaram mod para importar modelos e mapas novos. 

    É basicamente a história do primeiro HL, com elementos de horror existencial, bastante humor e completamente nonsense.

    Os atores imitam genialmente bem os NPCs, tanto na voz quanto no comportamento. A pós-edição é ótima, as legendas ficaram hilárias.

    O dr. Cooper, um dos personagens, tem a voz da Holly, uma mulher trans, e num vídeo recente do making of ela diz que criou o cara pensando em um NPC que responde a frase pré-programada ("Hello, Gordon!") sempre que o protagonista está por perto. Daí o Cooper interrompe as cenas sempre para falar isso, não importando o tiroteiro e o drama que esteja acontecendo em volta deles.

    A voz do Benrey (o cara que usa o modelo do Barney) é a minha predileta.

    E acho tudo ainda mais bonitinho porque, apesar da história toda (que tem algumas horas) ter gerado até lore, já que ao longo da trama os personagens e história ficam mais definidos, tudo começou quase 100% no improviso, e os jogadores não sabiam nem os nomes dos próprios personagens na hora de começar o stream. Daí fica ainda mais engraçado ver como todo mundo tem nome besta: Benrey, Bubby, etc.

    Há easter eggs de outros jogos (tem quase uma frase do New Vegas ali no meio, aliás) e glitches constantes porque o mod vai se desfazendo a bugando em volta deles enquanto todos tentam se manter nos personagens.

    Horror cósmico/existencial é um tema popular ultimamente, né? E não reclamo, gosto do gênero e ADOREI ver isso num vídeo de humor que acaba ficando mais profundo e até emocionante. O final, depois de um tiroteio e gritaria malucos, tem um trecho de voz que me tocou bastante.

    Gosto também que os vídeos parecem ter se comunicado bem com a geração z. Acho que este é um dos primeiros conteúdos que eu consumo dentro de uma bolha de gente muito mais jovem, e fico feliz de estar compartilhando isso com eles.  E-sports são a primeira coisa que me vêm à mente, mas não é algo que costumo jogar, então isso aí é o meu exemplo atual mais forte.

    E as artes das covers dos vídeos são bonitas demais, quero pôster, inclusive.

    5

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...