This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • xonas_kun Kirby Kiryu
    2022-07-30 19:48:26 -0300 Thumb picture
    Post by xonas_kun: Que texto bem escrito e justo! Joguei Cristale ano

    Que texto bem escrito e justo!
    Joguei Cristale ano passado e entrou no meu top 10 jogos do ano.
    Nem vou me entender aqui pq o texto expressa quase tudo que acho do jogo.

    Vão lá ler! o/

    As facetas cristalinas das viagens temporais

    Review by: @manoelnsn

    Verdade seja dita: os RPGs eletrônicos, em especial a sua contraparte nipônica (chamada por muitos de JRPGs), já ti...

    Keep Reading →
    10
    • Micro picture
      manoelnsn · about 2 months ago · 2 pontos

      Obrigado, man! Quis dar uma caprichada nessa review de cris tales, porque é tanta merda que li desse coitado nas mídias especializadas por aí que deus do céu...

  • manoelnsn Manoel Nogueira
    2022-07-27 17:15:06 -0300 Thumb picture
    manoelnsn checked-in:
    Post by manoelnsn: <p>E após quase 19 horas, Cris Tales foi finalizado

    E após quase 19 horas, Cris Tales foi finalizado! Chupa, howlongtobitch!

    E bem, a reta final foi bem tranquila mesmo. Depois de passar as dungeons e desativar os penduricalhos lá, e de enfrentar os minions do sapo traidor arrombado do caralho, finalmente cheguei nele e agora era a hora de jogar sal no maldito, ahauahuahauaua

    A batalha contra ele foi bem legal, a mais difícil do jogo. Ele tem 8k de HP, usa magia pra cacete, é rápido e ainda é dono de causar burn + magia do Kefka de FF6, que deixa todo mundo com 1 de HP, o que é automaticamente caixão. Depois que eu vi que a Crisbell tinha acabado de aprender buff de speed em área foi de boas matar o infeliz, que aliás me lembrou bastante o Dhaos do Tales of, por causa do cabelo e tudo o mais...

    Aí, antes de tu chegar nele tu viu alguns flashbacks mostrando o que aconteceu com a raça dele, já que eram cientistas pacíficos e os humanos chegaram na sede deles e mataram geral, ele ficou fulo da vida e ficou durante eras e eras tentando fazer um reset temporal que trouxesse todos seus amigos, e sua raça, de volta (algo que a protagonista vivia tentando impedir também).

    Daí a Crisbell veio com a ideia "ué, a Time Empress (a minha versão diva, poderosa, loira, carismática e com cabelos longos loreal paris) não fez o time jump errado e saiu eu, por que não fazemos isso e formamos duas realidades, uma onde tudo continua normal e outra onde teus parças voltam?". Daí começam a coisa toda e a protagonista acaba se sacrificando para que as realidades se formem, e todo mundo termina bem, com a própria aparecendo velhinha no final em frente ao orfanato onde o jogo começa... Claro que como não fiz todas as sidequests das cidades, não peguei todas as cenas, mas nada que o youtube não resolvesse, ahauahua

    Bem meus amigos, esse foi Cris Tales. Não posso dizer que o jogo não tem problemas, porém esses são muito poucos se comparados com as qualidades que ele mostrou nessas quase 20 horas de gameplay. Tivemos bons personagens jogáveis, um bom cast de vilões, um sistema de combate de turnos excelente, gráficos lindos de morrer, um character design bem diferenciado e marcante, elementos clássicos que nunca deveriam ter saído dos RPGs japas, como overworld... Consegui o jogo de graça pela Epic (porra de laucher ruim do caralho), mas se eu tivesse pagado o fullprice dele na steam com certeza valeria cada centavo.

    Bem, é isso. Amanhã eu faço a review dessa belezinha e, pra terminar minhas férias, vou começar outro jogo índio, que também é bem curto e eu ganhei ele de graça a uns tempos atrás, um lance cósmico com estrelas... E ele está na steam, felizmente!

    13
    • Micro picture
      ziul92 · 2 months ago · 2 pontos

      Como esse vai sair do Game Pass, vou pegar no Switch XD

      1 reply
  • manoelnsn Manoel Nogueira
    2022-07-27 10:51:01 -0300 Thumb picture
    manoelnsn checked-in:
    Post by manoelnsn: <p>Indo pra 17 horas!</p><p>#img#[835105]</p><p>E o

    Indo pra 17 horas!

    E oh boy, aconteceu muita coisa foda aqui... Acho que tudo pode ser resumido em 2 prints:

    O sapo da chapéu era o principal vilão da coisa toda, um cabeludo chamado Ardo, uma entidade que estava querendo foder com a porra toda a eras e a Empress e a Crisbell eram a mesma pessoa, em períodos de tempo diferentes, com ela sempre encarnando em diferentes formas pra tentar impedir esse cara... Mas sempre falhando.

                Clássica do filme dos trapalhões: EU SOU VOCÊ AMANHÃ!

    Esses plot twists foram muito bem construídos, esse lance do sapo por exemplo, dá porrada na traição da Airy no Bravaly Default fácil, isso porque tu ganha uma porrada de foreshadowing pra isso, como ele sumindo em certa hora, falando umas coisas estranhas, além de ser o único que podia viajar entre os planos facilmente. E quanto à Empress os vitrais do jogo, todos muito bonitos, sempre te davam pistas sobre a real identidade da Crisbell, tanto que tirei print de todos eles:

    Bem, a menos que façam uma merda astronômica nessa reta final (o que convenhamos, é bem possível), a história desse jogo vai ser sair incrivelmente bem. Os personagens jogáveis são muito bons também, e o gameplay é show, com os bosses tendo seus próprios gimnicks e tudo o mais (apesar de, nesse pedaço de agora, muitos tenham se repetido, mas é aceitável, tendo em mente o orçamento limitado dos caras), a exploração é excelente, só faltava mesmo uma airship pra tu usar no overworld...

    Esquece, não falta nada, ahuahuaha. Sim, o jogo tem seus probleminhas (como os personagens passivos não ganharem XP, nem metade como é nos FF), mas não é nada grave e que outros RPGs com orçamento muito maior não tenham... E muito pior. Enfim, acho que falta pouco pra finalizar agora, então hoje devo terminar esses contos da Cris e então dar uma conferida em uma certa tradução que saiu por aí...

    12
    • Micro picture
      thiagobrugnolo · 2 months ago · 2 pontos

      No ultimo check-in que você comentou que a Empress não era a mãe da Crisbell já ficou bem na cara que ambas deviam ser a mesma pessoa, hehe.....Viagem no tempo, com 2 moças tendo a mesma habilidade e tal, bem típico das produção audivisuais com esse tema colocar o eu presente e o eu futuro.

      2 replies
  • manoelnsn Manoel Nogueira
    2022-07-26 11:03:53 -0300 Thumb picture
    manoelnsn checked-in:
    Post by manoelnsn: <p>Chegando nas 13 horas!</p><p>#img#[834954]</p><p

    Chegando nas 13 horas!

    E oh, boy, aconteceram algumas coisas interessantes aqui na história. Depois da vilã bonitona lá, a Time Empress, despertar um dragão e quase foder uma cidade inteira (tinham algumas sidequests pra fazer e impedir que uma das irmãs ogro do escudo, que tu enfrenta na demo mesmo, morresse), consegui chegar na dita cuja na última cidade do game, Crystallis. Daí o piá com roupa de múmia vira um cavaleiro shoujo e morre, pra quebrar o feitiço da dona e permitir que eu derrotasse ela.

    A batalha contra ela foi sensacional, a dona recuperava 300 de HP com um buff de regen lá e a única com debuf na party é a protagonista, que nem sempre atacava depois dela usar esse negócio (já que o debuff dela atrasa 1 turno do adversário), então tive que pensar um pouquinho pra resolver isso, até mesmo usando a Kari, a blue mage que entrou pra party depois do cara loiro ir pra cidade dos pés juntos.

    Essa Kari era uma vilã, irmã da guria maluca com uma perna pra fora que tinha acabado de entrar pro time, e que usa golpes de sorte a la Setzer/Caith Sith, esses porras aí. Ela causa um dano legal e pode até curar em área, mas é muito aleatória, então não vale muito a pena usar ela, apesar de ter os sprites mais legais de batalha...

    E de ter um parafuso a menos, ahuahua. Ela até me lembrou aquela dona lá de Baldrur's Gate, Nera se não me engano, uma maga de cabelo branco piradinha da cabeça. Enfim, após conseguir derrotar a Empress, a protagonista diz que acha que ela era a mãe dela e a dona diz que não, que ela não tinha entendido nada ainda. Depois disso o robô se descontrola e mata a vilã... Como é? Foi tão fácil assim? Ela era a vilã mesmo?

    Porém deu ruim após a morte dela e o mundo todo explodiu, daí o sapo de chapéu fez a protagonista voltar no tempo antes disso acontecer, pra tentar impedir o cataclisma de alguma maneira. Detalhe que esse sapo de chapéu havia sumido na hora que a batalha contra a Empress estava acontecendo... Rapaz, algo de errado não está certo aqui.

    Enfim, o jogo está se saindo muito bem até agora. Claro que temos alguns probleminhas, mas nada muito sério, e acredito que não deva faltar muito pra acabar, devo conseguir finalizar ele ainda hoje, ou estourando amanhã. Se bem que vou parar pra conseguir umas blue mages pra Kari, então talvez isso demore um cadim, ahuahuahua

    15
    • Micro picture
      carlospenajr · 2 months ago · 2 pontos

      Gostou do plot twist, né? XD
      Essa batalha dela é uma puta dor de cabeça se vc não se toca desse esquema de retornar 1 turno com a Crisbell logo de primeira, agora boa sorte nesse momento do jogo XD
      Conselho, se deixou algo pra traz que só dava pra pegar no passado ou futuro, pegue logo antes de avançar a história (e espero que tenha feito o melhor desenrolar de todas as cidades, dai vc consegue o final verdadeiro :P)

      10 replies
    • Micro picture
      kipocalia · 2 months ago · 2 pontos

      Pode me mandar link da sua analise de Legaia e do Chrono Cross? Quero mostrar pro meu namorado heueheuehue (são favoritos dele de ps1, eu não opino porque nunca joguei - vai ser engraçado hahahahahahaahah XD).

      5 replies
    • Micro picture
      santz · 2 months ago · 2 pontos

      A arte desse jogo é realmente maravilhosa, caraca.

      1 reply
  • manoelnsn Manoel Nogueira
    2022-07-25 11:47:20 -0300 Thumb picture
    manoelnsn checked-in:
    Post by manoelnsn: <p>Passando as 8 horas!</p><p>#img#[834834]</p><p>E

    Passando as 8 horas!

    E a história do Cris Tales tá avançando bem. Basicamente a protagonista e seus capangas ficam andando pelo mundo em busca das catedrais, nas quais a Crisbell pode entender mais sobre seus poderes de manipulação temporal, a única maneira que eles têm de impedir a vilã, a Time Empress, uma dona bonitona que quase fodeu o mundo inteiro uma vez...

    E aparentemente essa Time Empress tem alguma ligação com a protagonista... Acredito que ela seja a mãe dela, tia dela ou de algum grau de parentesco, porque a Crisbell fica tendo alguns sonhos estranhos com essa cunhã aparecendo neles. A party também não está mal aqui, esse Willhelm é um guerreiro antigo que funciona como um mentor, Cristopher, o cara com óculos de protagonista de digimon na cabeça, é filho de um cara revolucionário corno e uma dona que trocou o marido pelo Samuel L Jackson... E que também tem um crush por uma dona garça preta que tu encontra em uma das cidades...

    E também entrou um robô na party, um cara estoico chamado de JKR-721 (que a party chama só de K), o grupo tem uma interação legal e tudo o mais, então não tenho do que reclamar de Cris Tales nesse lance narrativo, ao menos por hora. Sim, é tudo bem simples, mas RPGs nunca precisaram de roteiros super complexos, e não vai ser agora, em um jogo indie ainda por cima, que isso vai mudar, né...

    Quanto ao gameplay, os puzzles usando as mecânicas de viagem temporal são bem simples e legais de fazer, com tu tendo que refazer/desfazer pilares e afins para passar por certos locais. Também temos as sidequests (as quais estou pulando a maioria) onde tu pode fazer coisas pros NPCs e com isso mudar o futuro deles. Tinha um violinista de rua que queria 1500 conto pra realizar seu sonho de ser famoso, e se tu desse pra ele o sprite dele no futuro ia mudar... Obviamente que mandei ele ir à merda, vai trabalhar rapá, ahuahauhauha

    As dungeons tão bem bonitas e as batalhas aqui são random e possuem uma taxa bem pequena de encontros... Porém tenho uma ressalva a fazer sobre o jogo nesse sentido, que é o fato que eles não colocaram um fade, um efeito de quando tu inicia um embate. Tu simplesmente tá andando e começa a tela de loading padrão do game, com o fundo branco e a Crisbell chibi correndo no canto inferior direito da tela, daí não dá pra saber quando é um embate ou quando tu mudou de área, ativou um evento, ou algo do tipo.

    Quanto às batalhas, os bosses por hora estão bem legais, com cada um sendo bem diferente do outro e tendo giminicks bem diferentes entre si. Essa dona da imagem por exemplo, tinha duas formas: essa fantasmagórica que causava um dano do cão e outra mais mecânica, e depois de um tempo ela mudava automaticamente no meio da luta, dificultando causar dano nela (afinal na forma fantasma ela ficava imune a dano físico), mas tu podia usar a Cris pra mandá-la pro passado e deixá-la vulnerável de novo e o robô que entrou pro time pode pegar o inimigo e jogá-lo pro outro lado da tela (já que só do lado direito que tu pode mandar pro passado).

    O último boss por exemplo, era uma dona pássaro que pegou a waifu do protagonista de digimon e ficava sugando o HP dela no meio da luta, e se tu não matasse ela em alguns turnos (acho que uns 5 ou 6), ela matava a coitada. Só não sei se tu avançava no jogo ou não com ela morta, já que quando deixei ela morrer reiniciei a luta pra ver se dava pra salvar a pobre diaba... E não é que dava mesmo?

    E o protagonista de digimon ganhou um encontro até... E o robô aprendeu um pouco sobre como funciona o mundo...

          Só um pouco, já que ele ainda NÃO SABE DE NAAADA, INOCENTE

    Enfim, no geral, tô gostando bastante do game. Acredito que, se não tiver contratempos, eu consiga terminar ele amanhã ou estourando quarta feira, e talvez ainda me sobre tempo pra outro joguinho curto...

    15
    • Micro picture
      carlospenajr · 2 months ago · 2 pontos

      Acho que tu vai curtir o desenrolar da história, deram umas sacadas legais nele, eu gostei bastante quando joguei :P

      4 replies
    • Micro picture
      santz · 2 months ago · 2 pontos

      Esse jogo não tem tradução PT-BR?

      3 replies
  • manoelnsn Manoel Nogueira
    2022-07-24 10:37:01 -0300 Thumb picture
    manoelnsn checked-in:
    Post by manoelnsn: <p>Queria um jogo curtinho pra terminar nessa últim

    Queria um jogo curtinho pra terminar nessa última semana de férias... Aí lembrei desse cara, que eu consegui de grátis na Epic uns tempos atras: Cris Tales!

    Esse eu joguei a demo uns 2 ou 3 anos atrás, junto com a demo do Cross Code, do Deltarune e do Jack Move pra um podcast de indie no @grindingcast e, mesmo com ele tendo sido lançado há meses, acabei deixando ele na geladeira... Ao menos até agora.

    A história é focada na Crisbell (o nome dela me lembra Crossbell, da série Trails), uma espécie de freira que trabalha em um orfanato colhendo flores, até que encontra um sapo falante de chapéu e gravata e descobre que possui um poder de ver o passado, presente e futuro ao mesmo tempo, algo relacionado a cristais do tempo.

    Aí a vila dela é atacada e a dona precisa pegar uma espada fodidona e quebrar a cara dos bichos que aparecem... Porém com isso a secretária bonitona do prefeito acha que foi ela a responsável pela tragédia, e manda os gambés atrás da coitada... Que tem que sair fugida do lugar, junto com um cara estranho com faixas de múmia e um candango com óculos de aviador na cabeça parecendo um protagonista de Digimon.

    Esse é basicamente o período da demo que joguei na época, e só agora que o jogo vai começar pra valer. Por hora é tudo como eu me lembrava: um jogo lindo do cacete, com uma mecânica legal de viagens no tempo e um sistema de combate de turnos boladão onde tu pode apertar o botão de ataque na hora de atacar ou defender igual South Park Stick of Truth.

    Tem uns lances interessantes nas batalhas também, com tu podendo mandar os inimigos pro passado e pro futuro, e nessa luta com as duas irmãs ogro tu pode molhar o escudão dela no presente e mandar as biscates pro futuro pra caranga delas enferrujar e tu moê-las de pancada. Será que teremos essa mecânica mais vezes? Vou continuar jogando pra ver...

    E sim, o jogo tem um overworld lindão, onde o sprite da protagonista fica chibi com o sapo na cabeça, o que é legal demais. Aliás acho incrível que tanto jogo indie (Cross Code, Cosmic Star Heroine, entre outros) conseguem resgatar elementos clássicos dos RPGS japas que fazem uma falta desgraçada nos dias de hoje, o problema é que, por serem jogos independentes e com o publico bem limitado, não possuem potencial para mudar a indústria ou criar uma nova tendência... Mas não deixam de ser um enorme presente pra quem curte o gênero.

    O jogo também tem animações bonitonas que aparecem esporadicamente, portrait pra caralho e um trabalho de pixel art de cair o queixo, enfim tem tudo pra tornar esse meu final de férias uma experiência bem agradável, vamos continuar essa epopeia com a Cris e ver onde ela vai parar...

    Ah, já ia me esquecendo de uma coisa: ESSE LAUNCHER DA EPIC É UM LIXO!  Nem opção de print essa joça tem...

    28
    • Micro picture
      onai_onai · 2 months ago · 2 pontos

      Achei o visual bem simpático.

      1 reply
    • Micro picture
      raiden · 2 months ago · 2 pontos

      O visual é incrível. Vamos ver a história. Vou acompanhar aqui.

      1 reply
    • Micro picture
      carlospenajr · 2 months ago · 2 pontos

      Esse jogo é bem gostoso de jogar, gostei bastante dele quando joguei ele XD

      6 replies
  • 2022-02-24 21:29:02 -0300 Thumb picture

    JOGO DE GRAÇA NA EPIC: Cris Tales

    Medium 811547 3309110367

    O jogo Cris Tales está de graça na Epic Games Store a partir desta quinta-feira (24/Fev).

    Publicado pela Modus Games , Cris Tales é uma carta de amor dos indies aos JRPGs clássicos, trazendo uma nova visão ao gênero. Junte-se a jovem Crisbell e seus amigos em um mundo fantástico que está a beira de um futuro sombrio.

    O jogo estará gratuito até o dia 3 de Março. O próximo será um Kit Épico de Slayer, do jogo Dauntless.

    Visite: PortalGameBoxBR

    11
  • _gustavo Luis Gustavo Da Luz
    2022-02-24 13:39:06 -0300 Thumb picture
    41
    • Micro picture
      xch_choram · 7 months ago · 1 ponto

      Eita, legal os próximos, essa linha recharged tem sido boa maneiras de trazer esse jogos artigões de volta, adicionando coisas sem perder a mesma pegada do antigo

    • Micro picture
      xch_choram · 7 months ago · 1 ponto

      Mas esse proximos sumiram em, ta só o pacote do dauntless, só pq eu falei bem ali os cara tira kkkk

      1 reply
    • Micro picture
      reasel · 7 months ago · 1 ponto

      a mecanica dele de viagem no tempo é legal mesmo

  • xonas_kun Kirby Kiryu
    2021-09-07 17:51:03 -0300 Thumb picture
    xonas_kun checked-in:
    Post by xonas_kun: <p>JRPG gostosinho de jogar com arte bem bonita...<

    JRPG gostosinho de jogar com arte bem bonita...

    (E com sistema de escolha, mas tudo bem...)

    11
  • carlospenajr Carlos Pena
    2021-07-28 12:07:11 -0300 Thumb picture

    Review / Tutorial do jogo

    Medium 785363 3309110367

    Demorei, mas finalmente saiu o review do Cris Tales, segue o link:

    https://wp.me/pa1cHt-6rK

    9

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...