This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • leandro Leandro Lopes
    2021-06-11 18:41:57 -0300 Thumb picture
    Post by leandro: <p>Aew mana @natnitro,&nbsp; como não se emocionar

    Aew mana @natnitro,  como não se emocionar ??

    6
    • Micro picture
      natnitro · 4 months ago · 1 ponto

      Lindo demais mesmo! *-*

  • natnitro Renata
    2021-05-25 01:48:08 -0300 Thumb picture
    natnitro checked-in:
    Post by natnitro: <p><em>"Quando os outros procuram cegamente a verda

    "Quando os outros procuram cegamente a verdade, lembre -se:

    - Nada é verdade...

    Quando os outros se limitam pela moral e pela lei, recorde -se de que:

    - Tudo é permitido...

    - Nós agimos nas sombras para servir a luz... Nós somos Assassinos...

    - Dizer que nada é verdade significa compreender que as bases da sociedade são frágeis e que somos guias da nossa própria civilização...

    - Dizer que tudo é permitido, é compreender que nós somos os arquitetos de nossas ações e que devemos assumir as consequências de nossos atos, sejam eles gloriosos ou trágicos..." 

    (Ezio Auditore da Firenze)

    (Vila Auditore - eita saudades ♥♥♥)

    Fazia tempo mesmo que eu queria maratonar a franquia de novo, começando pelo AC1 até o Valhalla, e só agora, depois de passar todo o rush do e-commerce para o dia das mães, que é uma das épocas mais movimentadas de trabalho aqui, finalmente consegui continuar a maratona... E ai foi só carregar o save e pisar de novo em Florença que foi quase um choque de realidade ao ver como era tudo diferente no começo e como as coisas mudaram com o tempo... E pouquíssimas coisas pra melhor...

    E o que essa época ai do AC2 tem de melhor é justamente a conexão perfeita entre os elementos, com uma ambientação realmente imersiva e envolvente, o clima perfeito de época, o apego com os personagens, o que passa uma sensação real de perda, ira e desejo de vingança a qualquer custo, como poucas vezes vimos em outras tramas até hoje... E tudo isso tem feito muita falta hoje , ainda mais agora, em tempos de Valhalla, onde somos basicamente um viking ogro genérico e arremessador de machados infinitos, que segue a vida sem propósito nobre nenhum, só pensando no lucro da próxima pilhagem enquanto vaga sem rumo por um  mapa lindo que poderia ser qualquer lugar no mundo e que é igualmente tão genérico quanto é vazio...

    E o que deixa tudo tão genérico e vazio assim na franquia atualmente é justo essa falta de conexão com os legados do passado, tanto que uma das melhores coisas já feitas até hoje é essa parte do codex do Altair, onde ele sempre questionava não só as próprias atitudes de assassino, como as bases filosóficas do credo, principalmente sobre a parte da obediência cega e como o poder pode corromper tanto, como fez com o próprio Al Mualim no passado, e isso traz uma imersão ainda maior na trama, porque esse conhecimento que o Altair passa como um legado do AC1 pelo codex também se reflete no comportamento do Ezio, que vai evoluindo como pessoa e deixando de ser somente um garoto matador com uma lâmina oculta em busca de vingança, pra se tornar um verdadeiro mestre assassino... 

    Além do Altair, também temos a chance de conhecer um pouquinho mais sobre as origens do credo pelo legado de seus fundadores, como a Amunet, que lançou as bases do credo dos assassinos com a criação da ordem dos ocultos no Egito antigo, e depois se tornou uma das protagonistas do AC Origins, assim como o Darius, que foi o primeiro a usar uma lâmina oculta para assassinar o rei Xerxes da Pérsia e ai deu até tristeza de ver como a saga dele foi terrivelmente mal feita no Odyssey, sendo que perderam a chance única de colocarem justamente ele como protagonista principal, no lugar daqueles panacas genéricos da Kassandra e do Alexios...

    E outra coisa que o AC2 sabe fazer muito bem é nos dar um ódio real dos inimigos, que nos são apresentados pouco a pouco como alvos, que são como as peças soltas de um quebra-cabeças que vai se formando com o desenrolar dos fatos e isso vai nos instigando a avançar cada vez mais, só pra ver como as coisas terminam, e todos esses personagens, especialmente os aliados como o tio Mario, o Leonardo da Vinci, Bartolomeo, Machiavelli, etc, acabaram se tornando importantes para a franquia inteira, ao contrário de hoje, onde acontece direto no Valhalla e Odyssey, quando eu vou saindo de uma missão e mal já lembro o nome de quem era o alvo e principalmente do motivo de ele(a) ser o inimigo(a), enquanto fico pensando em como seria útil uma máquina voadora ou um daqueles paraquedas do Leonardo da Vinci pra fugir do alto de algum lugar o mais rápido possível... 

    E mesmo sendo a obra-prima imbatível da franquia, o AC2 já está bastante datado em algumas partes hoje, especialmente na jogabilidade, que já não era das melhores pra época, tanto que no Brotherhood já aperfeiçoaram tanto a movimentação e o combate, o que virou quase um salto de geração entre os dois, apesar de terem só 1 ano de diferença, e outra coisa que tirou o título de perfeição do AC2 foi aquele final lá na cripta do Vaticano, que consegue ser uma das piores coisas já feitas na franquia inteira até hoje e olhe lá que ai na lista de ruindades tem AC3, Unity, Odyssey e mais um lixão acumulado... 

    As vezes até penso em como seria sensacional se a Ubi fizesse um remake do AC2, mas ai começo a lembrar justamente do AC3, Unity e cia de porqueiras que vieram depois da trilogia do Ezio e ai a tristeza bate forte e acaba sendo melhor deixar tudo quieto mesmo, porque pelo menos já temos a obra-prima original pra matar as saudades dessa era de ouro que não volta mais... :-)

    39
    • Micro picture
      camneto · 4 months ago · 2 pontos

      na minha opiniao esse é um dos melhores AC de todos q eu joguei, nao que eu tenha jogado muitos kk

      1 reply
    • Micro picture
      raiden · 4 months ago · 2 pontos

      Imagino um remake da trilogia ezio... Mas sem transformar em RPG como hoje.

      1 reply
    • Micro picture
      mateusfv · 4 months ago · 2 pontos

      Boa Nat, eu to nessa empreitada também, junto com os REs kk

      Mas além de estar jogando eles de volta, também estou platinando os que n tem troféu online, ou seja nada de Black Flag e troféu de chegar no máximo do multi, só platino ele o dia em que a Ubi lançar um remaster sem essa caceta de multi u_u

      Eu não sinto só falta dessa questão da ligação com o passado, como também, com o presente, apesar de as partes do Desmond nunca terem sido o ápice de AC, era bem interessante ver como estava a situação no presente, pena que nunca exploraram muito isso, podiam lançar um spin-off que se passava no presente.

      A gente até teve coisa depois no presente, apesar que eu acho totalmente desnecessário e sem graça, aquele self insert no BF e Rogue, ai no Unity e Syndicate, nem o trabalho de ter um cenário no presente pra andar a Ubi se deu, e no Origins o pouco que vi da Layla já n queria ver mais nada u_u, acho que desde quando o Desmond morreu esse lado da franquia ficou bem largado, acho que teria sido legal continuar seguindo o William, Rebeca e Shaun.

      Outra coisa é o envolvimento de personagens históricos na trama, é tão legal ver o Da Vinci ser bem amigo do Ezio, o Machiavelli sendo um mentor na ordem, o único que vi isso sendo feito de novo, mais ou menos legal, depois do Brotherhood foi com o 3 e o Rogue, mas a partir do Unity acho que já n ficou legal, o Napoleão até aparece um pouco, mas é bem pouco, e no Syndicate as figuras históricas é tudo Side Quest.

      Pelo menos no Origins voltou um pouco disso, mas sla, não sinto a mesma vibe que tinha no 2 e BH.

      E pra finalizar, sinto falta dos Glyphs do Clay, caramba era tão legal vc ir encontrando eles e descobrindo uma conspiração maluca, as partes do Desmond no Revelations, aquele em primeira pessoa, era bem ruinzinhas no gameplay, mas os diálogos dele era interessante.

      2 replies
  • sergiotecnico Sergio Tecnico
    2021-05-09 21:21:13 -0300 Thumb picture
    sergiotecnico checked-in:
    Post by sergiotecnico: <p>Finalizado!</p>

    Finalizado!

    13
  • 2021-04-30 16:09:37 -0300 Thumb picture
    15
    • Micro picture
      leoaldrighi · 5 months ago · 2 pontos

      saudade desse tipo de acc

  • denis_lisboadosreis Denis Lisboa Dos Reis
    2021-04-20 20:30:16 -0300 Thumb picture
    Post by denis_lisboadosreis: <p><strong>10º Platina!</strong></p><p><strong>Assa

    10º Platina!

    Assassin's Creed II

    Dando sequência ao primeiro e injustamente massacrado Assassin's Creed, esse segundo jogo traz várias melhorias nos gráficos e no level design, e maior imersão ao mundo simulado histórico da renascença, mas ainda contém várias das repetições que afetam o primeiro título.

    A mudança de 'protagonista/coprotagonista do Altaïr assassino caladão, sério e reflexivo, pro Ezio cafajeste, escalador e brigão, é bem vinda pro ambiente mais urbano e agitado das ruas italianas cheias de personagens históricos pra interagir, dando mais vida e interesse na história, mas também tornando o avanço no jogo mais lento.

    A dificuldade parece que diminuiu, Ezio tem acesso a mais recursos pra enfrentar os inimigos, o que aumenta a gama de possibilidades pra realização tanto dos assassinatos furtivos quanto dos combates diretos, mas isso também tornou o jogo mais fácil e desregulado. O jogo ainda possui os vários coletáveis, como baús por todo lado, e ainda acrescenta uma vila pra ser aprimorada com os excessos de dinheiro acumulado, que logo vira uma quantidade quase infinita ainda na metade do jogo. E tem as malditas penas, que são coletadas de maneira semelhante às bandeiras do primeiro, mas são mais difíceis de manter a organização e não são marcadas no mapa.

    A versão que peguei na coletânea Ezio Trilogy acrescentou as DLCs  Battle of Forlì, e Bonfire of Vanites, que se passam entre o meio e o fim da campanha, e além de serem episódios históricos interessantes, ainda acrescentam os melhores e mais divertidos desafios do jogo todo, com batalhas mais difíceis e punitivas, e assassinatos precisos, que forçam o uso adequado dos recursos de maneira muito melhor do que foi feito no resto do jogo todo, e adicionam momentos mais tensos e urgentes na história, além de liberar a máquina voadora pra brincar de Batman livremente depois. É quase uma correção, e é muito bem vindo.

    O chefão é decepcionante, com duas lutas fáceis, uma com muitas vantagens começando de maneira empolgante, com Ezio usando recursos iguais ao de Al Mualim, mas sem um oponente a altura,  contrariando a apresentação prévia, e depois uma trocação de socos livre sem nenhum sentido. E então vem dois finais malucos na sequência, com ares do ambiente em que o O Código Da Vinci, Lost, Alienígenas do Passado ainda estavam na moda.

    Tirando a coleta de penas, é uma platina fácil e dá pra pegar tudo logo na primeira jogada.

    @platinadores

    20
    • Micro picture
      darleysantos676 · 5 months ago · 2 pontos

      Parabéns pela platina!

      (...)

      Mas esse negócio de platina fácil, sei não, se não fosse Youtube, redes sociais ou sites de games com compartilhamento de dicas, macetes e vídeos passo-a-passo, como era antigamente, seria bem mais difícil heheh! Hoje é muito fácil a gente ficar sem saber onde está um coletável ou como resolver um enigma, e aí só recorrer ao Youtube e plim, está feito! Pelo menos comigo é assim hahah!

      1 reply
  • nexygames NexyGamesBrasil
    2021-02-08 12:17:54 -0200 Thumb picture

    Projeto Assassin's Creed II

    Medium 760447 3309110367

    Assassin's Creed II é um jogo eletrônico de ação-aventura desenvolvido pela Ubisoft Montreal e publicado pela Ubisoft.

    Assassin's Creed II começa em 1476 e termina em 1499 com o protagonista Ezio evoluindo através da história para se tornar um assassino melhor. Assassin's Creed II passa-se num mundo aberto com jogabilidade não-linear, permitindo ao jogador vaguear livremente pela cidade comprando armas, equipamentos e medicamentos. Também está disponível uma tintura colorida para mudar a cor da roupa do personagem. Um artigo publicado na Game Informer revelou que Assassin's Creed II dará ao jogador a habilidade de nadar e usar os canais de Veneza como pontos de esconderijo para atrair os guardas à água com o intuito de assassinato.

    1
  • vithanks Vitor Augusto Fernandes
    2021-01-15 16:51:09 -0200 Thumb picture
  • vithanks Vitor Augusto Fernandes
    2021-01-13 21:46:03 -0200 Thumb picture
  • vithanks Vitor Augusto Fernandes
    2020-12-30 11:08:17 -0200 Thumb picture
    16
  • mateusfv Mateus Vailate
    2020-12-30 01:55:51 -0200 Thumb picture

    Top 8 dos mais decepcionante de 2019

    Sim você não leu errado, como já falei o meu top 2020 só vai sair no ultimo dia desse ano, e já que não fiz o meu top 2019 ano passado, pois estava ausente deste local, vou fazer agora mesmo, e assim ganhar o troféu de post mais atrasado dessa rede kk

    Quando eu tava listando os meus jogos zerados esse ano, aproveitei pra tentar achar os de 2019 que tinha zerado mas n tinha marcado, e no final só vieram mais dois pra lista, afinal o ano foi meio fraco já que ao invés de jogar eu tava enchendo a cara :v

    Mas bem vamos aos números, começando por:

    Numba 8 - The Legend of Zelda: Skyward Sword

    Eu já tinha jogado ele anteriormente e sabia que este era ruim, porém eu não lembrava que ele era TÃO ruim assim, bem é isso que dá tentar fazer um jogo em 2011, todo baseado em controle de movimento com a tecnologia de 2006, aonde ele é mais linear que o corredor da morte, e você repete as 3 mesmas áreas, 3 vezes diferentes, e enfrenta o mesmo boss 3 vezes de novo, 3+3+3 = 6, 6+6+6 = 666, não preciso dizer mais nada.

    Numba 7 - Star Wars: The Force Unleashed (PS3)

    Force Unleashed é um dos melhores jogos baseado em SW que joguei no PS2, porém no PS3 a história é outra, os gráficos são bem melhores, porém o gameplay é 300x mais medíocre. 

    Quem dera essa versão da 7º gen tivesse só os gráficos melhorados sem mexer no gameplay, e n ser um jogo totalmente diferente e pior kk

    Numba 6 - Batman Arkham City

    Até hoje fico tentando entender como esse era o meu jogo favorito dos Arkham, até eu jogar ele de volta kk

    Cidade gigante e vazia que só serve pras sides, história sem graça com poucos vilões marcantes, e sla mais oque que n lembro, to com preguiça de ir atrás dos meus check-ins dele pq ele nem merece isso, na moral o Origins por incrível que pareça é bem melhor kk

    Numba 5 - Assassin's Creed: Revelations

    O TRAILER MAIS FODA DA HISTÓRIA DOS TRAILERS FODAS, é de um dos jogos mais boring que já tive o desprazer de jogar nesta existência terrena, pqp AC Revelations é um puta desperdício de tempo do coitado do Ezio veio e do meu tbm, aquele gameplay vertical horrível, aquele sistema de bombas que não serve pra porra nenhuma, e a história do Ezio ficar andando pra lá e pra cá procurando algo que nem lembro direito oque era.

    Na moral n lembro basicamente nada da história desse jogo, pra ver o quão marcante ela é, a única parte boa é a sequencia final com o monologo do Ezio (e só pq me lembrei dele agora, lembrei que o objetivo do Ezio é abrir a porta da biblioteca do Altair, mas se n fosse por isso nem ia lembrar do plot dessa caralha kk ).

    Numba 4 - Prince of Persia: The Forgotten Sand's

    O jogo MAIS DESNECESÁRIO que já vi na minha vida, e que só existe por conta de o reboot de 2008 ter sido uma bela bosta, e o principal motivo por eu ser a única pessoa que conheço até hoje, que esta feliz de a série ter morrido, apesar de agora ela estar voltando com oque parece ser um remaster gourmet do Sand's of Time, que é literalmente o único jeito de sair algo novo de volta com essa série, já que acho IMPOSSÍVEL de a UBI fazer um jogo novo original bom nessa série.

    O combate é um musou button masher safado, ao invés daquele coisa lida do WW e TT, a história é tão inexistente quanto no reboot (que ao menos tinha dois personagens principais bem legais) e ele é feio pra caralho e parece pra cacete um jogo de PS2 kk

    Numba 3 - Uncharted 3: Drake's Deception

    Este é um que algumas pessoas devem estar se perguntando "mas pera ai, vc n gosta desse jogo?", hj em dia depois de jogar a falação infinita do Uncharted 4 com certeza eu gosto dele, ano passado quando n tinha jogado de volta o 4, eu achava esse jogo enrolado pra caralho, hj em dia o meu maior problema é só aquele cap no deserto que acho desnecessário e uma ou outra coisa bem minor.

    No mais minha opinião dele pode ser vista aqui (merchant fodido mesmo, dodasi kk), apesar que mesmo ali posso ter esquecido uma coisa ou outra kk

    Numba 2 - Metal Gear Solid

    Eu nunca achei que chegaria um dia no qual eu diria isso, mas como esse jogo envelheceu mal, gameplay travado, boss battles que eu achava as melhores da franquia são bem ruinzinhas tbm, a única coisa boa mesmo é a história e as músicas, pena que o remake dele zoou as  cut scenes, pq ao menos em gameplay ele parece ser bem melhor.

    Numba 1 - Assassin's Creed II

    Quantas vezes eu fui obrigado a ouvir essa frase, jogando no noot podre a 10 FPS , tendo que repetir essa missão 1 trilhão de vezes.

    AC II é um jogo que quero jogar de volta, ele foi o primeiro jogo que fui jogar no PS3 e me lembro de ter ficado de cara como ele n era tudo isso que eu lembrava, hj em dia n sei dizer exatamente oque foi, mas sinto que tinha algo errado, podia jogar de volta a versão do PS3, porém pretendo pegar a coletânea pro PS4 futuramente.

    ---------------------------------------------------------

    E bem com isso termino o primeiro de 3 posts que irei fazer sobre o assunto, sendo os próximos os piores, e melhores do ano, iam fazer tudo em um post só porém este cara aqui ficou bem maior do que esperava, então amanhã posto o resto :v

    25
    • Micro picture
      jcelove · 9 months ago · 5 pontos

      Eita essa juventude ta perdida mermo.
      A 7ª e 8ª geração te corromperam em relação a grafico e gameplay meu jovem amigo de gostos peculiares. rejogo MGS até hj e continua sendo um dos melhores (provavelmente o melhor) da série pra mim até hj. adoro o enredo, os personagens e variedade de coisas pra fazer e detalheszinhos pra descobrir e gosto mais do gameplay mais simples dele e do 2 que o pós CQC do 3. Mas entendo sua percepção corrompida, infelizmente a galera mais nova e/ou seduzida pela 7ª e 8ª geração diz essas atrocidades ai que vc falou sobre o gameplay e bossfights.hehe
      O gameplay do twin snakes é identico ao do MGS 2 ja que é a mesma engine, provavelmente seria mais agradável pra vc mesmo, pena que as cuttscenes são vergonha alheia total em algumas pertes de tão over the top.

      Tem que tomar cuidado com o anacronismo. Provavelmente todos os jogos que eram bons e ficaram ruins ai pra vc ficaram pq vc experimentou versões melhores posteriores.

      Ac revelations tem um dos melhores trailers evar, pena que o jogo perde o pique mesmo, mas ainda era maneirinho (apesar d eu preferir o brothehood de longe)

      Arkham city eu curti mas nunca achei o melhor da série, a galera se empolgou com o mundo "aberto" mas ele enrola muito pra mim, além da história que realmente consegue ser pior que a do Asylum.

      Forggoten sands eu sequer animei de jogar ate hj...tinha muito jeito de desnecessario mesmo.

      4 replies
    • Micro picture
      onai_onai · 9 months ago · 2 pontos

      Só uma pergunta, qual foi teu primeiro contato com videogames?

      1 reply
    • Micro picture
      subzero_amarelo · 9 months ago · 2 pontos

      Falou mal de Metal Gear Solid? Corajoso... kkk

      2 replies

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...