This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • 2022-11-15 12:07:06 -0200 Thumb picture
    Post by jornal_nintendo: <p>https://youtu.be/x6uZ0uBQ96k</p>

    6
  • 2022-10-27 01:14:17 -0200 Thumb picture
    jvhazuki checked-in:
    Post by jvhazuki: <p>130 HORAS!!! MEU DEUS!&nbsp;</p><p>Achei que por

    130 HORAS!!! MEU DEUS! 

    Achei que por esse momento eu já teria finalizado a história, mas assim como o Xenoblade original fui pego de surpresa com mais a fazer. De qualquer forma tá sendo um deleite jogá-lo, e infelizmente Persona 5 Royal vai ter que esperar mais um pouco... quantas horas a mais? Não sei, pois ainda quero fazer mais umas sidequests antes da batalha final.

    Não canso de me surpreender com o escopo desse jogo, do seu escopo. Acho que nunca joguei algo portátil tão impressionante. 

    Tô chegando no Lv80 com todo mundo e, não lembro se cheguei a comentar no podcast, mas optei pelo modo Hard pois no Normal senti que esse jogo seria bem mais fácil. Digo isso pois desde cedo a equipe fica bem grande e os inimigos mais simples sequer dão trabalho. Bem, como fiz muitas missões paralelas muitos seguem sem me dar trabalho, mas há monstros específicos e especiais que me fazem suar a camisa e lapidar minhas estratégias antes dos confrontos. 

    Volto a dizer que é o meu Xenoblade Chronicles favorito.

    3
  • mateusfv Mateus
    2022-10-27 01:01:24 -0200 Thumb picture
    mateusfv checked-in:
    Post by mateusfv: <p>Agora sim fiz basicamente tudo que queria, recru

    Agora sim fiz basicamente tudo que queria, recrutei a Nia, e a Melia no post game, instalei as DLC, e fiz a quest da Ino, a hero nova da voz chata, e tbm fiz algumas dos desafios da challenges que foram adicionadas, tbm completei mais algumas outras ascension quest de alguns heros, e explorei umas partes do mapa que tinha deixado pra outra hora.

    Até queria fazer as outras ascension quest dos heros que faltaram, mas muitos deles tem que ficar fazendo um monte de side quest primeiro pra liberar, entre outras coisas que não estou afim de fazer agora, quem sabe futuramente se bater a vontade dou outra jogada, e faço mais algumas coisas, mas a principio agora só planejo jogar de volta quando sair a DLC de história nova.

    Agora vou partir pro remake do primeiro jogo, e assim fechar a minha Xenomaratona, que só tem Xenoblade, Gears, e Saga ainda vou enrolar mais uns anos até jogar, até pq as chances de qualquer um de ambos sair em plataformas modernas é inexistente, e emular é muito trabalho, isso pro caso do Gears, pq o Saga só dá pra jogar se configurar o OPL pra rodar por rede, oque é mais trabalho ainda u_u

    Ibagens:

    A Nia apesar de se fazer, continua a mesma coisa do Xeno 2 kk

    Voz chata, é uma blade artificial, e foi criada pelo tal Oosoo, que tá com cara de ser outro Otaku, e descendente do Tora, oque explicaria muita coisa, o problema é acreditar que o Tora teve algum descendente kk

    Assim como a Poppi no Xenoblade 2, a Ino tbm dá pra personalizar, mas a personalização dela é bem mais simples, e só requer High Ether, que é um novo tipo de Ether que dá pra achar pelo mapa.

    A recompensa pra maioria dos desafios é roupa de banho, até pq oque seria de um RPG moderno sem uma DLC pra deixar a galera semi nua kk

    Com 76 hrs, agora sim finalizo essa jornada.

    9
  • mateusfv Mateus
    2022-10-25 23:36:32 -0200 Thumb picture
    Post by mateusfv: <p>Ótima critica do evil adult conhecido como Manoe

    Ótima critica do evil adult conhecido como Manoel, e no geral tivemos as mesma conclusões, o primeiro jogo ainda é imbatível, mas o 3 não faz feio, e depois do 2 com certeza é um ótimo colírio, ele me deixa alegre, e esperançoso pra ver oque o futuro da série tem a trazer, agora abaixo deixo algumas ressalvas quanto a critica, eu fui escrevendo elas conforme fui lendo, então a organização delas pode parecer meio bizarra kk

    "Tudo teve início com Zanza, um cientista que, utilizando de um aparato capaz de alterar a realidade, se transformou em um deus, juntamente com sua companheira de estudos, Meyneth,"

    Na realidade Zanza, e Meyneth são o nome de ambos quando estes se tornam deuses, originalmente quando humanos o Zanza se chamava Klaus, e a Meyneth no primeiro jogo não tem nome, só no 2 que nomeiam ela de Galea.

    "O grandalhão dá um berro e fala pra eles pararem de putaria, que o real inimigo deles era outro…"

    Uma clara referencia a tropa de elite 2.

    "Também tinha o fato que Mio só tinha mais alguns meses de vida, e após isso ela completaria seus 10 anos de existência e iria sucumbir e reiniciar seu ciclo, voltando a ser um soldado inferior, apenas para servir de bateria para os Moebius,"

    Na realidade todo mundo que chega ao fim do ciclo de 10 anos não reencarna novamente, isso ai é algo que é mencionado algumas vezes no jogo, só quem faz parte dos soldados de Keves, e Agnus, e que não chega ao fim dos 10 anos reencarna novamente.

    "E para piorar ainda mais, ela iria morrer em meio a um eclipse, e quando o soldado perecia nesse dia, ele não era revivido, ou seja: seria uma morte eterna e definitiva."

    Que nem falei acima, não importa se tem eclipse ou não, a "alma" só vai pro caralho pra sempre quando atinge a "validade" de 10 anos, e isso só vale pros soldados de Keves, e Agnus, que estão presos no ciclo do Z, os Lost Number se morrer a qualquer momento já era, a única coisa do eclipse é que eles escolhiam esse dia pra matar os prisioneiros.

    "Afinal, como N e Noah (tal como M e Mio) se dividiram, se uniram e no final se separaram de novo?"

    Essa parte é meio confusa mesmo, mas o jogo explica mais ou menos uma hora, o Noah,e Mio surgiram a partir dos desejos do N, e da M, das coisa terem sidos diferentes, eles surgiram da esperança que ambos tinham de um futuro melhor, é mais ou menos a mesma ideia de como o Z surgiu, ai a questão de se unirem, e se separarem de volta já é mais bagunça mesmo, mas como ambos em teoria são a mesma pessoa, dá pra inventar que é algo possível de fazer.

    "O que aconteceu com o filho que tiveram em uma das encarnações?"

    Isso realmente nunca é explicado, mas não acho que seja muito relevante pro plot, mas basicamente boa parte/todos os descentes dele foram mortos pelo próprio N quando ele destrói a City, algo que o Noah até joga na cara dele, e ele diz que como eles só existiam graças a ele, a vida deles pertencia a ele, é basicamente a mesma ideia do Zanza, só que esse é um Deus, e não um Moebius, que é foda, mas não no nível de uma divindade kk

    "Que fim levaram os outros cônsuls, com a morte de Z?"

    Isso é algo que o jogo não deixa claro mesmo, existem consuls do B ao W, sendo que o X, Y, e Z são basicamente a mesma entidade, tirando o T que se junta a party como hero, todos os outros consuls morrem, poucos nas main quest, e a grande maioria em side quest, então a questão mesmo é oque acontece ao T kk

    "O que diabos aconteceu com os moradores da City, os Lost Numbers, que nasceram naquele mundo, que agora deixaria de existir devido à utilização do Origin?"

    Outra coisa que o jogo não deixa claro, mas nesse caso talvez deixe meio interpretativo, os caras ou deixam de existir, ou simplesmente criam um terceiro universo pra complicar mais ainda a situação convoluta de que um universo virou dois, e esses dois viraram outro, e esse outro agora virou outro depois que os outros dois se separaram novamente.

    "O que cargas d’água aconteceu com a Lucky Seven, a espada roubada de Noah e por que caralhos ele jogou ela na água feito a velha Rose com o Coração do Oceano no final do Titanic?"

    Esse aqui na real eu acho bem claro, o Noah joga fora pq simboliza o fim da jornada dele, pois como ele acabou com o ciclo do Z, a mesma não tem mais utilidade, pois a guerra acabou, esse tipo de simbolismo é comum de se ver, e no Titanic é meio que a mesma coisa, a Rose se livra da jóia pois simboliza a superação dela pela morte do Jack.

    ------------

    A única coisa que acho um plot hole mesmo, é a situação do N, e da M, e não me refiro a questão de que o N, M, Noah, e Mio existirem ao mesmo tempo, pq como falei isso ai o jogo explica, mesmo que bem confusamente, mas sim como que o N, e a M existem pois que nem falei, o jogo deixa bem claro que só os soldados que atingem os 10 anos não reencarnam mais, algo que acontece tanto com a M (ela morre naturalmente alcançando os 10 alguns anos depois de ter o filho), e o N que tbm morre alçando os 10 anos enquanto ele tá com o filho dele, que nem falei o jogo deixa claro que em ambos os casos, eles não deviam reencarnar mais, porém esse não é o caso, talvez ambos tenham reencarnado por conta de um desejo forte de que eles tivessem mais tempo, assim como o Noah, e Mio surgem por conta do desejo de um futuro melhor, talvez tenha sido alguma manipulação do Z, mas esse caso o jogo não explica.

    ------------

    Orginalmente ele e M, que se chamavam Noah

    "orgia é só com o Rex, no caso aqui acho que era pra ser originalmente XD"

    ------------

    No começo eu estava preferindo ainda o gameplay do Xeno 2, pq o inicio desse jogo é uma bagunça de tutorial até vc começar a entender as coisas, mas pro final comecei a achar que ele é o melhor dos 3, eu gostei bastante do gameplay do 2, e do 3, só o primeiro mesmo que é lixeira total infelizmente, ao menos pra mim XD

    Único problema do sistema de batalha é que realmente pode virar uma poluição visual desgraçada, ainda mais que tem 6 pessoas batendo, ou 7 se vc tiver com um hero ativado, quando é só um inimigo é tranquilo, mas se junta uns 5 vira briga de bar XD

    ------------

    "ou mesmo uma opção de pause no meio das lutas"

    Ai que tá TEM COMO PAUSAR AS LUTAS, mas não é nada óbvio, acho que o jogo até fala isso em um tutorial, mas como falei o começo desse jogo tem um flood desgraçado deles, então é fácil de esquecer, mas se vc ficar segurando o - (minus/menos) o jogo abre uma tela com duas opções, começar a luta do zero, ou sair dela, e essa tela funciona basicamente como o pause, já que ela literalmente para a luta kk

    ------------

    O jogo é realmente lindo pra caramba, assim como o 2 tbm já era, e o primeiro tbm era no Wii, a questão de escala é algo que nenhum dos Xenoblades deixa a desejar, tudo é tão gigante, graficamente ele dá pau em muito RPG até de PS4/Xone/PC, e faz o pessoal da Gamefreak passar vergonha, e literalmente torna injustificável o trabalho porco dos caras, mas como falei eles fazem pensando em criança, e criança não tem senso de julgamento kk

    O sistema novo de habilidades, e os heros foi uma ótima mudança pro saco que ambos os sistemas eram no 2, as habilidades tinha que ficar fazendo tarefa nada haver pra desbloquear nas blades, e tirar as blades era aquele gacha desgraçado, e elas não tinham uma história mais bem elaborada que nem os heroes tem no 3.

    ------------

    "mas como o mesmo roda em um portátil, mesmo se uma eventual queda de energia acometa a residência do jogador, dificilmente ele perderá o seu progresso devido aos vários minutos de história entre uma batalha de boss demorada e o próximo save… Porém um quicksave salvando após o embate não seria nada mal também."

    Tem a questão de como é no portátil (a não ser que vc utilize do Yuzu, e não tenha um no break) se cair a energia fodasse pq o Switch continua ligado, algo que já aconteceu algumas vezes comigo inclusive, mas o jogo a praticamente todo momento importante da auto-save, então é difícil de perder alguma coisa, mas por precaução é bom tbm fazer ao menos um save manual.

    "O jogo possui áudio em inglês e japonês e, como é de se esperar, a dublagem original nipônica arrebenta."

    Eu acho a dublagem gringa boa, e provavelmente não ia aturar a japonesa, por isso nem tentei, todo JRPG a dublagem japa sempre acho exagerada demais kk

    "Durante o trabalho de adaptação, por algum motivo, os gringos decidiram alterar o nome de alguns personagens, como Mashiro virando Fiona e Nina se tornando Alexandria… O que os americanos têm na cabeça, afinal?"

    Na realidade a localização de todos os Xenos é feita pela Nintendo Europeia, tanto que a grande maioria dos dubladores, ou são britânicos, ou de lugares próximos, tipo a Escócia, ou Irlanda, com poucos americanos que foram morar por lá, tipo a dubladora da Sena.

    "E por último, mas não menos importante: a trilha sonora do jogo. Dizer que ela supera o trabalho feito em Xenosaga, ou no primeiro Xenoblade, pode ser um pouco exagerado"

    Não sei dizer quanto aos Saga, pq não joguei ainda, mas realmente não supera o primeiro jogo, assim como o 2 no começo não estava curtindo muito a trilha, mas pro final achei ela boa, tem algumas músicas realmente ótimas tipo a das boss battles, e batalha dos Moebius, mas o resto da trilha tbm é acima da média, igual o primeiro, e o 2, mas como falei ainda não supera o nível épico do primeiro jogo que literalmente toda música é ótima.

    ------------

    E finalizando, enquanto estava jogando ele eu tive a mesma ideia tbm, Xenogears, e Xenosaga foram feitos nessa ideia de serem 5 partes, e nessa de tentar fazer um Star Wars deu tudo errado, já Xenoblade foi um jogo único, e apesar da ligação meio forçada do 2, ainda assim, todos os 3 são jogos bem distintos, se realmente forem tentar fazer 5 jogos "ligados" diria que agora estão fazendo do jeito certo, cada jogo tem o seu plot fechado em si, e cada sequencia meio que liga, e constrói vagamente o universo que eles compartilham, dá pra jogar cada jogo tranquilamente como algo separado, não é algo que fica pendente um do outro, como é o caso do Gears que ficou o buraco do passado do Fei, ou os Xenosaga e sua ideia insana de fazer um jogo pra cada membro da party kk

    Bem ano que vem vai ter a nova DLC de história, vejamos se vai ser uma prequel, que nem foi Torna no 2, ou se vai ser um sequel, que nem o Future Conected no Xenoblade Definitive Edition, quem sabe ela de uma explicada melhor em algumas coisas, ou ao menos uma ideia de qual é o futuro da série.

    Nessa curta estrada da vida

    Review by: @manoelnsn

    Xenoblade Chronicles 3 é o terceiro capítulo da série Xenoblade, originada ainda no Wii, em 2010, sendo o mais rece...

    Keep Reading →
    9
    • Micro picture
      manoelnsn · about 1 month ago · 2 pontos

      Pois é, tinha esquecido esse lance do Zamza e da Meyneth terem outros nomes... O lance da reencarnação eu não me lembro ao certo se só os soldados reencarnam, mas como a trama é focada nos soldados mesmo, então dá elas por elas. O lance do eclipse era um detalhe, que o N sabia e que fez de filhadaputagem mesmo... Aliás eu adoro essa parte, ahuahaua

      Esse lance da reencarnação existe em Xenogears também, com o Lacan se dividindo em Grahf e em Fei, lá eles dão uma explicação melhor pra isso daí, com o cara entrando em contato com a Wave of Existence, uma entidade do caralho lá, que fez isso com o cara, enquanto aqui fica muito vago, ainda mais ambos se fundindo e desfundindo no final... WTF?

      E coitada da galera daquele mundo, os Lost Numbers. "Ah eles estão felizes em desaparecer", mas em nenhum momento o jogo mostra os personagens pensando nessa consequência dos atos deles, coisa que tem no Tales of Xillia 2 por exemplo (com as realidades alternativas). Pra um jogo que fala sobre vida e morte, é algo legal que deixaram escapar...

      O lance do pause tava me referindo a tu pausar no meio de luta e gerenciar seu time, igual acontece nos jogos da bioware por exemplo, como Baldur's Gate. Eles também são action, mas tu pode pausar e dar ordens específicas pros seus party members, então por mais que esteja uma zona na tela tu consegue gerenciar bem quem faz o quê.

      Mas valeu pelo feedback, vou fazer algumas alterações depois, quando eu terminar os xeno tudo, aí também quero citar melhor o lance deles terem feito melhor o relacionamento geracional do Noah com a Mio do que com o Fei e a Elly.

      4 replies
  • mateusfv Mateus
    2022-10-25 22:18:26 -0200 Thumb picture
    mateusfv checked-in:
    Post by mateusfv: <p><strong>CHECK-OUT</strong></p><p>Com 69&nbsp;( ͡

    CHECK-OUT

    Com 69 ( ͡° ͜ʖ ͡°) horas, finalmente termino Xenoblade 3, talvez podia ter acabado com um pouco menos, mas teve um dia inteiro que parei só pra fazer todas as quests dos heros, e todas as side storys da party que não são obrigatórias, ou seja do Noah, ou Mio, fora isso ontem quando fui enfrentar o Z ontem, bem na ultima das 5 FORMAS dele eu acabei morrendo, a minha party não tava bem organizada, e eu tava um level abaixo dele, ai hoje fiz um grind pra ficar 3 levels acima, e organizei a party, ai foi bem tranquilo.

    Sinceramente, eu fico de cara com esse jogo, depois da desgraça tão grande que o 2 foi, ver esse aqui é de cair lagrimas, eu ainda acho que ele tá longe do nível épico do primeiro jogo, mas em vários momentos diria que ele é tão bom quanto, mas o vilão dele o Z, é com certeza o melhor que a franquia teve até agora, curti muito a ideia de ele ser um conceito, é algo que não é tão comum de se ver, e confesso que tenho uma ideia bem parecida, então se no futuro lançar algo deixo claro que eu tinha essa ideia BEM antes de Xenoblade 3 fazer primeiro kk (e não que ninguém tenha feito antes tbm XD).

    E não que a série tenha vilão ruim, gosto bastante da ideia do Zanza, um homem, que através do poder da ciência se torna um Deus, e faz basicamente oque qualquer pessoa no lugar dele faria, ou seja oque bem entender, se o ser humano com poder financeiro ou politico já taca fogo no circo, imagina com algo inimaginável que é ser um deus kk, mas diferente de tais pessoas, que como todos nós é apenas composto de carne, e osso, um deus é algo tão acima dos seres o qual ele criou, este não pode ser julgado por valores humanos, ele não pode ser bom nem mal, pois tais conceitos não são aplicáveis a algo que é literalmente inexplicável, isso inclusive é algo que o próprio jogo coloca.

    Também gosto do Amalthus, um cara que desde o inicio da sua vida só passou por desgraça, e mesmo tentando ajudar o próximo, e mudar o mundo, viu seus esforços indo pelo ralo, já que a "humanidade" (usando o termo geral pra todos os seres cientes do Xeno 2) não importa quantos anos passem cometia apenas os mesmos erros, perder a fé na mesma é algo bem fácil de acontecer, e bem compreensível, já que bem é fácil fazer um paralelo ao nosso próprio mundo.

    E o Jin, e Malos tbm são interessantes, mas sofrem por conta do plot que eles participam, o Amalthus até tem um desenvolvimento bacana, mas o Jin, e o Malos mal aparecem, e só no final o jogo dá um pouco a entender oque os "torna" (hihi) o que ele eles são, com a questão do Malos não tendo vontade própria, e sim sendo guiado pelos sentimentos de ódio do Amalthus, e o Jin tendo perdido o seu propósito, e encontrando um novo no Malos.

    Mas como disse anteriormente o Z, é um conceito, ele é a vontade que a humanidade (novamente usando isso pra todos os seres cientes do Xeno 3) tem de ser manter no mesmo, no momento, o medo de mudança do que o futuro pode trazer, de que algo ótimo que esta acontecendo tenha um fim, algo que assim como o desprezo do Amalthus é bem fácil de se compreender, pois a questão do "agora" como o jogo coloca é parte da falha natureza humana.

    Bem já falei bastante, então vou começar a fazer algumas considerações finais, mas como disse com certeza o melhor vilão da série até agora, mas a história apesar de muito boa, e assim como o primeiro Xenoblade é acima da média dos RPGS, ainda assim acho ele meio parada demais em alguns momentos, não é igual o primeiro que tá sempre construindo pra algo maior a cada momento, já a party fico meio indeciso, assim como a do primeiro jogo ela é muito boa pra história que cada um conta, mas no primeiro jogo sinto que o maior destaque fica com o Shulk, e a Fiora, aqui no 3 sinto que cada personagem tem um destaque melhor, mas é que nem disse não consigo decidir entra qual das duas gosto mais, mas ao menos o Riku é o melhor Nopon dá franquia, o cara é bem sensato, foi uma boa contraparte pro otaku do Tora.

    A batalha final dele eu achei a mais legal até agora, foi foda ver todo mundo se unindo pra derrotar o Z, mas o final do Z já é mais sem graça que o do Zanza, foi legal o esquema do M, e a N, mas o discurso do Shulk, e ele cortando o Zanza no meio logo em seguida é bem mais foda kk

    Falando sobre o final, ele me pegou de surpresa, foi bem emocionante, eu não imaginava que os mundos iam se separar de volta, pra mim a party ia reconstruir ambos os mundos em um novo, tipo oque o Shulk faz no final do primeiro jogo, no caso aqui retornando ambos o mundo a sua forma original, já que ele era um antes do Klaus fazer o experimento dele com o Conduit.

    Ah antes que me esqueça, teve apenas uma única coisa que achei decepcionante na trama, e eu diria que é talvez a mais importante, pois é oque dá nome a franquia, afinal ela não se chama XenoGEARS, ou XenoSAGA, e sim XenoBLADE, ou seja pra quem não entendeu o óbvio eu estou falando da Lucky Seven, a espada do Noah, que tem um destaque basicamente inexistente na trama, e é algo que incrivelmente até o 2 fez melhor kk, a Monado é algo que o primeiro jogo gira em torno, assim como a Pyra/Mytra (e todas as outras blades) no segundo, mas a Lucky Seven mal é utilizada no plot, ele pode cortar qualquer coisa (assim como a Monado depois que o Zanza libera 100% das funções dela), e consegue localizar Moebius, mas ambas as funções não tem grande destaque na trama.

    Agora finalizando mesmo, só comentando que se a Nia tá viva, com certeza a Pyra/Mytra tbm tão, mas colocar elas no plot ia ser roubado demais por isso deixaram de fora, outra coisa é que a Nia devia tá velha, afinal de contas ela é uma flesh eater, mas a Melia tbm devia tá, mas quem ia querer ver ambas velhas, quando ambas ainda podem estar o filé? Não é mesmo kk, é basicamente a mesma coisa da Zelda no BOTW XD

    AGORA É FINALIZANDO MESMO, eu fico lembrando de coisa toda hr ai é foda u_u, mas agora é rápido, apesar de ter acabado ele, ainda pretendo jogar mais um pouco, pegar a Nia, e Melia, fazer um pouco do pós game, e dar uma olhada nas DLC.

    Ibagens:

    Tempo de jogo, e resultado final da party.

    A tela final inicial atualiza com a party olhando pra oque restou de Uraya, e a espada de Mechonis.

    A Melia manteve como lembrança a Monado nova do Shulk que ele fica no pós game.

    A Poppi continua existindo, até pq ela é um robô basicamente imortal.

    O MAIOR PLOT TWIST DE TODOS OS TEMPOS, eu confesso que fiquei na vontade de ver uma DLC mostrando essa época da vida do Rex, e tbm queria ver sobre a party do Xeno 1.

    Os momentos finais são de cair lagrimas másculas do olhos.

    Marcar o @manoelnsn pra ver o fim dessa jornada, e avisar que provavelmente vamos jogar o Xenoblade DE quase ao mesmo tempo kk

    15
    • Micro picture
      manoelnsn · about 1 month ago · 2 pontos

      Boa, conseguiu terminar bem rápido. Em dias e não em horas, obviamente, ahuahua

      Também considero o Z, o Velho Analógico, o melhor vilão da série, não só dos Blades, mas dos Xenos no geral. Ele é um conceito muito duca, é apresentado desde o começo, tem um design legal... O Zamza esse lance de deus mela ele demais pra mim, os do Xenobalde 2 são todos fodidos pelo plot merda, no Xenogears também são fodidos pelo plot bagunçado e do Xenosaga tem uns legais, como o Albedo, o Margulis e a KOS-MOS sabor chocolate, mas nenhum deles têm um peso muito grande na narrativa, como o véio analógico.

      Mas é verdade, só dele conseguir ter entregado algo decente depois do 2 já foi um feito e tanto, cacetada. A Lucky seven eu até mencionei na minha review, ficou muito vaga, tal como o monte de cliffhanger sem vergonha que deixaram no final, por esses e outros motivos (como ele precisar do 1 e do 2 pra fazer seu plot), considero o 1 muito superior ainda, só perdendo pra esse em gráficos e gameplay também.

      A OST também é do caralho, aquela música dos moebius, PUTA QUE PARIU, é foda demais

      3 replies
    • Micro picture
      emphighwind · about 1 month ago · 2 pontos

      Pior que lembro de ver um bocado de gente decepcionada com este role da espada vermelha do protagonista do 3 não ser importante nem pra lore, muito menos pra história.

      Não acho tão fora do comum final boss de JRPG serem conceitos, especialmente quando tem bastante oportunidade pra finais bregas em que metem "enquanto x ainda estiver no coração dos homens, irei voltar".

      3 replies
  • mateusfv Mateus
    2022-10-21 06:36:10 -0200 Thumb picture
    mateusfv checked-in:
    Post by mateusfv: <p>No meu último check-in falei que tava com 10 hrs

    No meu último check-in falei que tava com 10 hrs, mais tava mais pra 9 hrs kk, porém ontem felizmente não tive que sair de casa, ai consegui chegar na 20 hrs de jogo u_u

    Como falei no outro check-in, quando eu acabei de escrever ele, eu já tava quase dormindo, devido a isso n lembro direito aonde tinha parado, até pq n escrevi isso, mas acho que tinha sido bem depois de ajudar a Colônia 4.

    Depois disso a party tem que subir as montanhas ao sul, pra poder chegar cada vez mais perto de Swordmarch que é o objetivo deles, e do jeito que tá indo acho que vão demorar pra chegar lá kk, ainda mais que direto eles dão uma parada pra liberar alguma colônia dos Fire Clock.

    Por exemplo no começo das montanhas a galera para pra ajudar o líder da Colônia 30, não dá pra dizer exatamente se é criança, já que todo mundo vive só 10 anos, mas ele tinha cara, de qualquer maneira ele é um mecânico fodão que faz bastante mecha pro exército de Kevesi, e depois de enfrentar a party, fica convencido que não faz sentido lutar nessa guerra sem sentido, mas ai um dos consuls n curte a ideia, e rola uma treta que a galera resolve, basicamente isso.

    Depois de liberar mais essa colônia, a party continua a sua jornada, e acha oque sobrou de outra colônia, lá a Eunie acha uma "husk" (casca), que é como a galera chama oque sobra dos mortos, de uma High Entia, e olhando o nome dela era Eunie tbm, oque me faz suspeitar que talvez tenha bastante clones nesses exércitos, oque faz sentido, afinal eles já são criados em tubo mesmo, ter apenas alguns "modelos" de soldado é algo que faz sentido, mas vejamos se mais pra frente confirmo essa minha teoria.

    Continuando na jornada a galera decide ir por uns tuneis, pra tentar evitar encontrar alguns soldados da Colônia Lambda (uma colônia de Agnus), e quando entram nos tuneis um nome familiar aparece:

    Uraya é um dos titãs do Xenoblade 2, e é inclusive aonde o Rex conhece o mercenário que não lembro o nome, que parece ser o mesmo cara que transformou a galera em Ouroboros no começo desse.

    Bem mais alguma coisa pra pensar, talvez esse mundo de Aiolos seja o mesmo de Alrest, só milhares de anos depois, ou talvez seja uma mistura dele com o mundo do primeiro, já que a Melia tá aqui, vejamos se mais pra frente tbm confirmo essa teoria kk

    No final tentando fugir da Colônia Lambda pelos tuneis, eles dão o azar de justamente encontrar a colônia dentro dos tuneis XD, e depois de uma fuga, e encontra outro consul, o J, eles descobrem que em teoria esse consul é o Joran, um amigo de infância deles que em teoria morreu salvando eles, mas bem tá vivo aqui agora fodendo eles, pra esse caso não tenho muita teoria n, vou esperar pra ver como vão explicar mesmo kk

    Derrotando o gordinho, e liberando a Colônia Lambda, a galera continua a jornada, dessa vez em uma floresta cheia de prédios, talvez oque sobrou da Land of Morytha, e encontra novamente outra colônia, dessa vez a tal Colônia Tau, que é outra colônia de Agnus, mas essa foi totalmente abandonada pelo império, e a galera tá quase morrendo por conta do Fire Clock deles estar praticamente zerado, depois de uma perseguição, e dar uma convencida na galera, eles tbm quebrar o relógio deles, e liberam os mesmos.

    Bem ai eu parei minha jornada por ai, logo depois de galera ter a comida roubada do acampamento, enquanto a Melia tá planejando destruir a Colônia 4, provavelmente por conta de eles terem ajudado a party, estou curioso pra ver como vão explicar as ações da Melia, pq ela tá bem modafoca, minha teoria é que ela tá sendo controlada, ou que ela só não é a original, mas vejamos oque vai dar isso XD

    Ibagens:

    Eu tinha comentando na expansão do Xenoblade 2, a "Torna The Golden Country", que lá tinham adicionado acampamentos, e isso lembrava o Final Fantasy XV, mas agora no 3 tá bem na cara que se inspiraram no sistema do XV kk

    A parada de cozinhar no acampamento, não é só quase igual, como a camera que mostra a comida é quase a mesma kk, a diferença é que aqui não é obrigatório cozinhar algo que nem no XV.

    Curti o design desse boss dragão que a party enfrenta depois de ajudar a Colônia Lambda.

    A situação da party, e o tempo de jogo.

    10
  • mateusfv Mateus
    2022-10-19 16:08:41 -0200 Thumb picture
    mateusfv checked-in:
    Post by mateusfv: <p>Bem voltando a Xenoblade, agora que terminei os

    Bem voltando a Xenoblade, agora que terminei os dois AI, e já passou um tempo desde que acabei o 2, resolvi que vou ir pro 3, e quem sabe depois o remake do primeiro, ou talvez deixe esse pra ano que vem, mas isso decido depois que acabar esse jogo.

    Ontem eu tinha jogado bem pouca coisa, uma hora e meia no máximo, mas hoje deu pra dar uma boa jogada, e avançar bastante, estando com quase 10 hrs agora.

    Vou falar que é até estranho jogar esse jogo, o 2 é tão ruim que quando esse já começou bem, fiquei de cara, parece até que esse é o 2 de verdade pq dá pra sentir que se esforçaram nele como no primeiro jogo, diferente do 2 que foi feito só com a intenção de o Takahashi comprar uma casa nova.

    O jogo começa de maneira bem similar ao primeiro, com uma guerra entre duas nações, mas dessa vez ambos são orgânicos, diferente de Mechonis que era totalmente mecanizada, ambas as nações vivem em uma guerra eterna, pq pelo visto a vida é literalmente a fonte de energia dos caras, ou seja a galera sobrevive matando os outros, e absorvendo a vida deles.

    Ambos os exércitos são formados de pessoas artificiais, criadas em tubos, e com limite de vida de 10 anos, mas a grande maioria não chega isso, e caso chegar, morre de qualquer jeito, mas é virando purpurina na frente da rainha, ao invés de ser no campo de batalha:

    Falando em virar purpurina, o protagonista do jogo o Noah é um off-seer, o cara toca uma flauta japa, tipo o Jin do GOT, mas é pra mandar oque sobrou da galera pro além, pelo oque entendi a galera só absorve a vida, a alma ainda fica no corpo, ou algo do tipo, isso ai me lembrou FFX que um dos trabalhos dos Summoner é mandar a alma da galera pro outro mundo, fazendo aquele ritual de dança, que inclusive é a logo do jogo.

    Mas como nada é perfeito, não demora muito pra dar merda, logo depois da batalha inicial, na segunda missão da galera eles acabam virando os tais ouroboros (que me fez lembrar da equipe rocket do Trails of Cold Stell, graças ao @manoelnsn sempre falar isso nos check-ins dele), e encontram um velho que parece muito aquele mercenário que ajuda o Rex, e morre logo depois no Xenoblade 2, a voz eu já tinha reconhecido, e a cara é quase a mesma, ele inclusive tbm morre aqui, mas antes diz pra galera ir pra uma cidade lá.

    Como eles viraram os tais ouroboros, agora eles se tornaram inimigos das duas nações, pois pelo visto tem um grupo que controla ambos por de trás dos panos, tipo oque acontece nas prequels do Star Wars, no qual o Palpatine controlava os dois lados da guerra, pelo visto se tornar ouroboros acaba com o esquema de ter só 10 anos de vida, e agora eles podem mudar o destino do mundo ou algo assim.

    Essa galera que controla tudo, pelo visto consegue fazer um controle mental nos soldados, e com isso eles fazem a party parecer uns monstros pra eles, por isso eles atacam eles sem dó.

    Bem algumas coisas acontecem, a galera acaba enfrentando um dos Consuls que são basicamente os mechas de Mechonis do primeiro jogo, só que em forma de monstro de tokusatsu, e descobrem que o cara era velho, pelo visto essa galera que tá controlando tudo, tá fazendo os jovens se matarem pra sugar a vida deles, e viverem eternamente ou algo assim.

    Esse jogo tá dando a intender que vai ligar o primeiro, e o segundo, as duas rainhas é bem na cara que são a Melia, e a Nia, eu estou meio com sono, e já não sei mais oque escrever, e por isso o texto tá meio estranho kk, então por hora é só isso mesmo, quero ver se agora que comecei outro jogo grande, começo a entrar diariamente pra escrever sobre o progresso, que nem fiz com o Xenoblade 2, mas a principio o 3 já parece bem mais um jogo de verdade, apesar de toda hora parar pra fazer algum tutorial, isso ai é a única coisa que tá me incomodando kk

    Ibagens restantes:

    A Ethel de costas me parece muito o Zé Pinote kk

    A party tá assim.

    11
    • Micro picture
      edsaon · about 1 month ago · 2 pontos

      vai ter tutorial ate quase la pro final kkkkk

      1 reply
    • Micro picture
      manoelnsn · about 1 month ago · 2 pontos

      Boa! Esse sim é um bom xenoblade. Não tanto quanto o primeiro (acredito que tu vai achar a mesma coisa), mas digno de levar o legado dos xenos.

      Esse começo tem muito tutorial porque o combate tem muuita coisa, aí eles têm que ficar te explicando pra tu não ficar perdido... Ainda mais perdido

      2 replies
    • Micro picture
      kalini · about 1 month ago · 1 ponto

      esse traço é muito ruim. Menina com orelha de gato, quehorror

      1 reply
  • mateusfv Mateus
    2022-10-18 11:21:20 -0200 Thumb picture

    Isso sim que é data de lançamento

    Eu estava dando uma olhada nas DLC do Xenoblade 3, pra ver exatamente oque as duas disponíveis tinham, ai descobri que é pra ser 4 waves, e a última:

    LANÇA LITERALMENTE NO ÚLTIMO DIA DO ANO QUE VEM, achei uma data meio estranha, bem no ultimo dia do ano, será que tudo isso é só pra dizer que sai tudo ano que vem? kk

    18
    • Micro picture
      _gustavo · about 1 month ago · 2 pontos

      Normalmente essas datas são apenas placeholder mesmo quando não tem data definida, atualmente essa pratica aí deu uma sumida, mas as vezes ainda tem empresas que colocam o 31/12 como data pra depois alterar quando tiver algo mais certo

      1 reply
    • Micro picture
      manoelnsn · about 1 month ago · 2 pontos

      Deve ser só uma previsão, né possível 🤣

      1 reply
    • Micro picture
      igor_park · about 1 month ago · 2 pontos

      Certeza que é placeholder

  • supermarkosbros マルコス・アントニオ
    2022-10-13 05:10:00 -0300 Thumb picture
    supermarkosbros checked-in:
    Post by supermarkosbros: <p>#img#[844903]</p><p>#img#[844904]</p><p>#img#[84

    12
  • raiden Raiden
    2022-10-08 13:18:20 -0300 Thumb picture

    Moebius Battle Cover

    Acabou de sair mais uma do Gabocarina. Ficou sensacional! It's a moebius time!

    14
    • Micro picture
      vante · about 2 months ago · 2 pontos

      Eu jurava que tu tinha escrito Morbius errado no título kkkkkkkkk

    • Micro picture
      manoelnsn · about 2 months ago · 2 pontos

      Muito foda

    • Micro picture
      juniorcomix · about 2 months ago · 1 ponto

      Ficou muito bom

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...