This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • 2021-10-19 10:48:28 -0200 Thumb picture

    Rhapsody of the forsaken

    Acabou que eu finalizei o jogo nem tinha postado a minha música favorita

    10
  • 2021-10-16 01:52:40 -0300 Thumb picture

    Depois de apanhar feito Seiya, finalizado!

    FINALMENTE CARAI! Depois de morrer mais de 20 vezes nesse finalzinho, consegui finalizar! 

    Bem, eu tinha derrotado a sombra do inferno com o raio roxo lá que eu esqueci o nome, mas que eu não tinha usado muito sei lá porque. Mas bem, depois deu pra seguir relativamente bem até o próximo chefe que... Olha, que bicho fdp... Sério, aquele cavalo gigante de armadura foi um dos chefes mais frustrantes que eu já enfrentei num jogo (e olha que eu venci do Galamoth com o Richter). Bem, depois de amaldiçoar o universo algumas vezes, eu consegui derrubar o infeliz destruindo as bestas primeiro e depois as patas. Agora, sempre que o infeliz me jogava pro chão depois de eu conseguir subir eu dava reset automático. Por fim venci espamando a espada mortal fundida nele. 

    Aí foi a Torre do relógio que... Tava indo bem. Foi o momento em que eu parei pra apreciar o fato de que esse jogo estava sendo o único Castlevania que não tem cabeças de Medusa! Eu tava um 9 automático se fosse o caso, mas foi só eu pensar nisso que elas apareceram... POR QUE?! JÁ TAVA DIFÍCIL O BASTANTE, POR QUE?!

    E no final, o último oponente era a Morte, que foi bem difícil, me matou mais de 10x, mas que não foi injusto. Não cheguei a dar rage, só demorei pra entender o padrão dele, e depois de entender foi combinar isso com alguma forma de lidar com as foices.

    Por fim o Drácula... E olha, a primeira forma dele foi ok. Meio lenta a luta, mas dava pra vencer sem grandes complicações, agora a segunda... Quem foi que achou que dar Soul Steal pra ele fosse ser divertido? Na real, ela não seria tão infernal, dá pra se preparar e desviar dos ataques dele, e quando não dá o dano é bem alto. O problema é o ataque que ele solta pra cima, pelo simples fato de que ele pode te encurralar e usar isso. Quando acontece só dá pra sentar e chorar, porque se pular o golpe te pega, se ficar parado te pega, se avançar tem o Drácula na sua cara, se recuar ele te prensa mais ainda. Tradução: Muitas vezes eu fiquei numa situação entre perder e perder sem opções pra tentar me safar. O triste é que foi a única coisa injusta nessa luta, embora algumas punições sejam bem exageradas mesmo. E de novo eu venci espamando o especial da espda... Não me orgulho muito de vencer fazendo isso e repondo corações toda hora, mas é o que dava pra fazer. 

    E por fim o final, onde teve a despedida final do Albus, agora completamente redimido e se sacrificando pela Shanoa, que realmente foi a cena mais bonita da série até o presente momento.

    Olha, esse foi de longe o Castlevania mais emotivo, mais difícil e com melhor história que eu joguei até agora. 

    Enfim, esse é o meu estado depois de terminar o jogo:

    Olha, de todos os jogo que eu joguei esse ano, esse foi de longe, mas nem tanto, o jogo mais difícil que eu finalizei esse ano. Em alguns momentos não vou negar, foi bem frustrante, mas valeu a pena a experiência. Antes de chegar no castelo o jogo tava difícil, mas não tava me estressando muito, no entanto eu particularmente achei que a experiência ficou meio massante nesse final, já que mesmo depois de pegar vários itens, upar uns bons níveis e ficar o mais bem equipado possível ainda apanhei demais nessa reta. O grind também foi beeeeeeem chato, seja pra pegar a raíz de mandragora, ou o outro item que ficava debaixo d'água, ou as pepitas de ouro pra pegar a armadura com mais defesa do jogo.

    Não me entendam errado, dificuldade alta é bom pra uma vitória se tornar satisfatória, e sem desafios o jogo não tem graça, mas nesse caso aqui eu acho que eles rasparam na barreira entre dificuldade alta e dificuldade justa. Teve o golpe inescapável do Drácula, a luta contra o cavalo gigante pode ser bem mais demorada que o necessário, a sombra tem que te matar umas 10 vezes pra entender o que fazer, o Kingler da 25 de março pode ser bem frustrante (comigo não foi muito porque, como eu disse num post passado, eu já sabia o que fazer), mas felizmente esses momentos não são frequentes, só me incomodaram mesmo nesse finalzinho. 

    No final das contas um ótimo jogo continua sendo um ótimo jogo, e esse foi o meu 3º Castlevania favorito até o presente momento, ficando atrás só do Symphony of the Night e do Drácula X Chronicles, e na frente do Chronicles (maldita Torre do Relógio) e do Harmony of Dissonance (o critério de desempate foi a trilha sonora) que foram os que eu joguei até agora. Shanoa também é a minha 3º personagem favorita da série até agora, ficando atrás só do Richter e do Alucard. E a trilha sonora desse jogo é espetacular! Dessa vez, fica empatado com os 2 jogos citados.

    Em geral, eu gostei bastante do jogo, tem uma boa variedade de inimigos, itens e armas, Albus foi um anti-herói excelente (além de ter a melhor boss fight do jogo), alguns glyphs foram bem divertidos de usar e o visual do jogo é bem bonito. Foi uma boa experiência, mas não vou negar que me cansou um bocado. Eu vou ver se pego algum jogo diferente agora, porque manter o ritmo de Castlevania vai ser punk kkkkkkkk. Mas enfim, obrigado a todos que leram até aqui, um grande abraço e até a próxima! 

    15
    • Micro picture
      manoelnsn · 7 days ago · 2 pontos

      Boa, finalmente tu terminou!

      Rapaz, ainda não consegui entender muito bem a dificuldade absurda que tu passou nesse jogo porque, tirando o comecinho, foi tudo bem sussa pra mim. O Dracula no final só me enchia o saco quando eu voava (já que ele tem uma magia anti-voo) mas o coitado não durou muito com os Glyphs tunados que eu estava.

      Se bem que tem aquele lance também: quando joguei ele já vinha vendo todos os castlevanias 2D da série em sequência (só acabei não vendo o rondo of blood original e peguei o dracula x de snes, que por sinal é ainda mais difícil), tanto que cheguei no SOTN e não vi nada de virar o cu da bunda como a galera fala, passei pelo COTM, grindei soul feito um idiota nos of Sorrow, enfrentei a forma fundida da morte com o Dracula que dá golpe hitkill no POR, e daí quando cheguei no OOE já tava bem preparado, grundei os glyphs certos e foi de boas.

      6 replies
    • Micro picture
      jcelove · 7 days ago · 2 pontos

      Po zerou rapido eu peno a anos mas sempre largo. O grind no coneço é lento demais. Mas usando cheats adoidado ainda termino nesse ano.hehe

      1 reply
  • jcelove José Carlos
    2021-10-14 00:55:14 -0300 Thumb picture
    jcelove checked-in:
    Post by jcelove: <p>Rapaz, o 2ds ta meio abandonado ultimamente, mes

    Rapaz, o 2ds ta meio abandonado ultimamente, mesmo com o r4 cheio de jogo de ds pendente. Ai ontem fui dar uma olhada e sem querer vi que tem opção de CHEATS que funciona mesmo, ele detecta as cheats pra rom automaticamente, ai animei de continuar o jogo da shanoa.

    tava tomando um pau dos bosses e demorando demais pra farmar xp...agora com level 99 ta bem mais divertido.hehe

    Mesmo assim empaquei numas cavernas mas deu pra adiantar bastante.

    Ah aproveitei pra "passar" as duas ultimas fases do Elite beat agents no normal que tavam impossivel pra mim, mas com modo automatico ficou bem de boas...

    Até animei pra terminar tranqueiras como o dementum 1 e 2 e o Viewltiful joe DS agora.

    32
    • Micro picture
      artoriasblack · 10 days ago · 3 pontos

      Order of Ecclesia é dificil mesmo, no inicio do game, Shanoa é feita de papel, 3 ou 4 golpes já ela fica um palito pra morrer. Mas depois de passar do Caranguejo gigante e pegar o pulo duplo, o jogo fica mais suave

      2 replies
    • Micro picture
      santosmurilo · 10 days ago · 2 pontos

      Eu usei muito essa opção! No PSP tbm é assim, mas eu esqueci qual hack faz isso

      2 replies
    • Micro picture
      manoelnsn · 10 days ago · 2 pontos

      Sim, tem muita opção de cheat nativa do R4, lembro de ter usado uma vez pra alguma coisa, acho que foi pra evoluir pokemon por troca por lvl up

      2 replies
  • 2021-10-13 21:11:54 -0300 Thumb picture

    Know Your Demon #166 Forneus

    ORIGEM: Mitologia Goetica

    PRIMEIRA APARIÇÃO: Megami Tensei II (NES)

    LORE: É um dos demônios da goetia sendo um marques do inferno, ocupando a 30° posição nas listas. Com 29 legiões de demônios sob o seu comando.

    Tem a forma de um enorme monstro marinho, hibrido de baleia e tubarão, embora possa assumir também uma forma humana de sua preferencia.

    O demônio ensina retórica, reconciliação, estudo de línguas e culturas antigas, dá bons nomes aos homens e faz com que sejam amados pelos seus amigos e inimigos, algumas versões de textos antigos dizem que ele também possui poderes ligados a cura.

    APARIÇÕES EM OUTRAS MÍDIAS:

    Marca presença na franquia Castlevania nos jogos Castlevania II de NES, Portrait of Ruin, Order of Ecclesia e Adventure REBirth sempre com a forma de uma água viva.

    É um dos antagonistas no jRPG de SNES Romancing SaGa 3 sendo um Lorde Abissal e um senhor dos mares, possui como falsa forma de um monstro marinho e como forma verdadeira a de um jovem tritão com um tridente.

    É um chefe na forma de um monstro marinho que ataca um navio em Tales of Destiny 2.

    by @thecriticgames

    23
  • 2021-10-13 12:59:50 -0300 Thumb picture

    Joguin difícil do cão!

    E depois de pegar os glyphs do Albus e do véio desgramento lá eu fui fazer algumas missões que o povo da vila tava pedindo pra ver se ganhava alguns itens bacanas e aproveitava pra upar de level. Foi bom eu ter feito isso, já que eu tô apanhando pra kct. Eu cheguei a fazer o masoquismo exacerbado de farmar pedaços de ouro pra conseguir uma armadura mais resistente... Eu ganhei 3 leveis nesse processo... E ainda tô apanhando feito Seiya!

    O problema da distância entre save points é algo que eu reclamo desde o Symphony, mas nesse jogo não estava tendo problemas em relação a isso até entrar no Castelo do Drácula, que parece que vai ser mais metade jogo em si, felizmente as salas de warp quebram o galho, mas ainda sim é meio chato ter que teleportar de um canto pro outro do castelo só pra salvar/recuperar a vida. 

    E bem, eu conesegui a cabeça do Cerberus, e cheguei na sala onde tem a estátua de um. Vi que dava pra acender uma das cabeças, mas as outras não. Presumo que tenha algo a ver com outros glyphs que vou pegar no castelo. E os esqueletos que soltam raio são um saco de lidar! Mas bem, seguem aí os status da Waifu Shanoa:

    Eu acho que eu tô bem pra essa parte final do jogo. Espero que dê certo kkkkkkkkkk. Obrigado a todos que leram até aqui, um grande abraço e até a próxima!

    20
    • Micro picture
      luchta · 10 days ago · 2 pontos

      Um dia me arrisco a jogar ele, não acho que a KONAMI vá relançar esse jogo ai!

      1 reply
    • Micro picture
      saulovyny · 10 days ago · 2 pontos

      Esse jogo eu só tive dificuldade no caranguejo gigante, depois foi mais tranquilo.

      1 reply
    • Micro picture
      manoelnsn · 10 days ago · 2 pontos

      Rapaz, teu atributo de luz tá bem fraquinho, te desejo boa sorte num boss que é uma sombra aí (a menos que já tenha enfrentado ele).

      Eu não tive problemas com a distância entre os saves, e dificuldade mesmo só tive no comecinho do jogo, depois foi só alegria (e na época não tive muletas de savestate ou algo do tipo, já que zerei no 3DS mesmo).

      3 replies
  • 2021-10-12 00:08:49 -0300 Thumb picture

    Dracula's Castle, here we go!

    Consegui resgatar todo mundo pra fazer o good ending, e aí eu resolvi seguir com a história! Tem umas partes onde eu sei que eu vou ter que voltar depois pra pegar alguns itens, já que tem várias áreas onde eu precisaria de um pulo maior, ou de atravessar paredes. Mas acho que não falta muita coisa. Mas bem, o que mais me pegou desprevenido dessa vez foi a história.

    Quem diria que um dos personagens que eu achava um dos mais otários da série fosse ganhar o meu respeito! E eu já tava desconfiado do véio que não fazia nada além de ficar pedindo coisa. Enquanto o Albus foi o personagem que me deu a melhor luta do jogo, o Barlowe foi o que mais me infernizou. Por sinal dava pra roubar os Gylphs deles? A ativação era muito rápida e eu não consegui reagir a tempo, mas eu deixei um save antes de enfrentar o Albus e pro véio desgramento eu aprendi um truque pra hora que ele começa a teleportar, que consiste em não gastar corações antes dele começar a fazer isso e quando ele começar e parar senta o especial do espadão nele.

    Agora, não vou negar, eu tô com pena da Shanoa que só sobrou o Drácula pra matar mesmo... E deu pra perceber que farmar leveis é uma boa estratégia, já que quando eu fui revisitar alguns locais, e ganhei um ou dois níveis a mais a diferença foi notável quando eu voltei pras missões principais. Vamo ver se eu vou continuar mandando razoavelmente bem, ou se vou voltar a morrer que nem um condendado...

    16
    • Micro picture
      manoelnsn · 12 days ago · 2 pontos

      Não lembro se dá pra roubar o Glyph dele, acho que sim

      2 replies
  • 2021-10-10 20:13:32 -0300 Thumb picture

    Joguinho hardcore esse kkkkkkkkkkkk

    Acho que a trilha sonora tá sendo a parte que eu mais tô curtindo desse jogo aqui kkkkkkkkk. 

    Depois de detonar o Kingler da 25 de março, deu pra seguir apanhando, mas andando na caverna dos ossos e eu morri umas 10 vezes também pra aquele chefe esquisito. Teve também a Muié que gosta de surfar onde eu morri "só" duas vezes já que eu também tinha visto essa luta na live do Arthur. Pra me dar crédito fui eu quem deu a dica da vitória de usar o arco e flecha pra vencer dela. Não sei se tinha outra forma mais consistente já que os pilares podem quebrar e aí lascou tudo. Aí teve o Frankenstein depois de assistir Jojo onde eu morri duas vezes, mas que não foi tão difícil na real, especialmente com o arco que atira em diagonal. 

    Shanoa até o momento está sendo a minha personagem feminina favorita da série. Eu gosto da Maria Renard, mas ela aparece pouco, enquanto a senhorita aqui tem bastante tempo de tela. 

    E bem, até o momento está sendo o segundo jogo mais difícil da série, pelo menos pra mim. O que eu achei mais difícil até agora ainda é o Chronicles com aquela Torre do relógio do inferno. Mas esse daqui também tá sendo bem fácil pra morrer atoa. A única coisa que eu acho realmente injusta até o momento é o debuff do curse que não te deixa atacar. Acho que é uma punição muito grande pra um erro que às vezes é bem inocente. Mas por enquanto é isso aí. 

    No geral tá um jogo muito bom, mas difícil demais às vezes. Obrigado a todos que leram até aqui, um grande abraço e até a próxima!

    12
    • Micro picture
      manoelnsn · 13 days ago · 2 pontos

      Será que eu sou a única pessoa que não achou esse jogo difícil? Huahuha

      No começo do jogo tu tem acesso a poucos Gyphs, itens e grana, e como os inimigos possuem fraquezas específicas passa realmente a sensação de ser um mundo opressor. Mas não demora muito pra tudo virar seu saco de pancadas, assim como era no SOTN e derivados

      4 replies
  • 2021-10-09 19:55:10 -0300 Thumb picture

    Iniciando

    Depois de fazer 100% do Drácula X Chronicles, resolvi fazer vários experimentos no emulador de Ds pra ver se conseguia rodar o Portrait of Bom, mas como não deu certo eu fui pro Order mesmo que eu já tinha testado e tava funcionando.  Aí eu fui jogando e passei do monastério que não foi lá tão difícil, mas as duas partes que se sucederam... Foram beeem complicadas. Eu morri umas duas vezes na floresta, e uma na parte da água. E depois chegou no forte, onde tocou a Rahpsody of the Forsaken, música que eu baixei antes mesmo de começar a jogar porque tinha escutado quando o @arthurdias25 fez live desse jogo.

    E depois de passar da primeira area, o jogo também começou a entrar em Slow motion... Aí eu fui testando mais uma porrada de coisa pra fazer funcionar, e não funcionava, até que eu tive uma ideia idiota, mas que deu certo! Bastou colocar a taxa de frames em 1 ao invés de 0. Me senti meio estúpido vendo que eu baixei outro emulador, penei pra fazer ele funcionar e bastava isso pra resolver o problema... Mas é a vida!

    Aí depois desse imprevisto, foi hora do segundo chefe que limpou o chão com a minha cara umas 10 vezes... Tô achando eu vou virar bola nesse jogo...

    15
    • Micro picture
      onai_onai · 14 days ago · 2 pontos

      Esse é meio hardcore! Hehe...

      1 reply
    • Micro picture
      lendariorandom · 14 days ago · 2 pontos

      Vish... Order é bom mas vai ter que caçar os aldeões todos pra não pirar no final kdkdkdkdkkd. O jogo é bom... mas... É difícil

      1 reply
  • onai_onai Cristiano Santos
    2021-09-24 22:16:05 -0300 Thumb picture

    Vanishing

    A única personagem que consegue ser tão estilosa quanto o Alucard. Hehe...

    É também meu segundo Castlevania favorito! O primeiro não preciso nem comentar...

    18
    • Micro picture
      manoelnsn · 29 days ago · 4 pontos

      Pior que não consigo ir com a cara do Alucard, prefiro bem mais os marombados com nome de cigarro que parecem atores de filmes de ação dos anos 80, hauhaua

      Mas a Shanoa é show meeesmo!

      4 replies
    • Micro picture
      vante · 29 days ago · 2 pontos

      Esse eu provavelmente vou jogar em breve

      3 replies
  • anders_sp Andre Zapater Lima
    2021-09-03 14:26:47 -0300 Thumb picture

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...