This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • 2021-05-22 00:19:54 -0300 Thumb picture

    Como foi o meu primeiro Nuzzlocke

    E aí galericha, tudo blz com vocês? Espero que sim.

    Antes que perguntem não, não foi agora, eu tenho jogado Pokémon um pouquinho demais esse ano, e... pretendo jogar mais! Só que eu tenho que jogar/fazer outras coisas pra não ficar maçante demais (3 jogos de Pokémon seguidos praticamente foi um pouco de exagero da minha parte kkkkk). Eu não lembro quando que foi que eu fiz a minha primeira Nuzzlocke, se foi no final do ensino fundamental ou no ensino médio já, mas eu lembro bem como foram as coisas. Então eu vou tentar resumir como que foi essa doidera.

    Então, vamos começar por onde eu "joguei sujo". Eu tinha escolhido o Pokémon Crystal por 2 motivos específicos: 1) Eu conheço esse jogo de cabo a rabo. 2) De acordo com as regras do Nuzzlocke, os únicos pokémons que eu posso usar são: o primeiro que você encontrar em determinada rota, ou que você recebe. Nesse jogo você recebe um Eevee, um Dratini, um Tyrogue, e 2 ovos. Além disso o primero Pokémon que você encontra ao entrar na Tin Tower é o Suicune. Spoiler alert: metade do meu time tá aí.

    E bem, como inicial eu escolhi o menos recomendado pra essa região:

    E batizei ele de Green. 

    No início... Nada demais, depois de fazer a entrega lá no laboratório, o meu primeiro pokémon foi um já esperado: Pidgey! E eu não lembro do nome que eu dei pra ele... Então eu milagrosamente achei o meu save aqui e vi que era Robin!

    E no primeiro ginásio os dois detonaram tudo. Uma das vantagens do Chikorita é que só tem um Pokémon de planta nesse jogo que pode competir com ele, que é o Victrebell. E como todo mundo já sabe eu nunca tinha usado o Cyndaquil direito até então, e consequentemente, fui no Chikorita porque pokémon de H2O tem a rodo nesse jogo (e eu já tinha um em mente) e eu queria um Growlithe, que fiquei só querendo mesmo...

    Mas bem, seguindo as rotas do jogo, eu capturei um Zubat que eu batizei de Alucard, que eu também já esperava, afinal ele não é lá um pokemon incomum de se ver.

    E cheguei em Goldenrod com os quatro bem bombados, e um pouco ao norte consegui o 3º membro: A Nidoran Mikasa! É um Pokémon que eu queria ter, mas não sabia se ia conseguir. Felizmente deu boa! Ainda mais por causa do Double Kick, que pode mandar a Whitney pelos ares. E adivinhem? Mandou!

    A essa altura com campeonato, eu não tava tendo muita dificuldade, afinal grindar é beeeeeeeem mais de boa no emulador de GBC/GBA (sim eu usei Fast Foward), mas o primeiro real desafio apareceu: Morty e o seu Gengar que já me deu vários kcts... Se eu me recordo bem quem me salvou foi o Alucard, já evoluído pra Crobat. Depois do Morty, eu voltei a Goldenrod e consegui o Eevee que eu batizei de Sparky. E acho que pelo nome todo mundo já sabe o que ele virou...

    Chegando em Olivine, eu peguei o meu HM slave do time: o Krabby Kuki (referência ao barulinho que ele faz no anime kkkk) e com Green e Sparky no time a travessia foi fácil. Embora o segundo tenha errado alguns Thunders no caminho...

    E chegando em Olivine, Alucard e o Robin atravessaram o ginásio. Até aí nada de novo, nenhuma perda, e eu pensei que estava bem mais fácil do que eu esperava. 

    Foi aí que eu descobri a regra oculta do Nuzzlocke: Se acha que está tudo bem, é porque vai acontecer uma tragédia! E foi de longe a mais estúpida que eu vi até hoje em qualquer run desse tipo! Por que? Como deu pra notar, eu deixo meu time bem bombado pra não ter problemas, e enquanto eu bombava o meu Pidgetto... Ele morreu! Pra uma desgraça de um Tentacool! O bicho se bateu 3x seguidas e ainda ficou envenenado! O mais frustrante disso tudo? Faltava um tiquinho de Xp pra ele evoluir pra Pidgeot... Infelizmente, esse foi o fim de Robin nessa run.

    Um tanto pê da vida, atravessei o ginásio da Jasmine com a Mikasa e o Green. E... Fiz a mesma coisa até chegar na Clair. É, não tem muita coisa relevante, como o time tava bem forte não tive nenhuma perda até aí. No caminho o ovo do Togepi nasceu e eu chamei ele de... Ovo. E eu capturei um Natu que eu chamei de Kenshi. Acabou que eu nem usei os dois depois de ver quando que eles ficavam mais viáveis... E bem, na Clair, como de cotume eu me enrolei um bocado, já que a Mikasa ao mesmo tempo que tinha Ice Punch, era fraca contra a cobertura dos Dragonairs, mas com um pouco de troca/manejamento de itens deu pra vencer. E o Meganium realmente brilhou nessa, já que a sua utilidade defensiva realmente brilhou. Aí fiz o desafio do Dragão, blá blá blá e ganhei o Dratini que eu chamei de Sabo (por causa do Sabo de One Piece) e na hora que eu ia treinar naquela rota um pouco ao sul, veio um Flashback do Robin morrendo, então eu fui treinar o Sabo num canto mais fraco.e quando ele chegou no 23 eu fui pra lá treinar ele melhor, e deu boa!


    Mas antes disso, eu tinha que fazer uma coisa...

    Bem, como eu disse antes, o Suicune é legalmente capturável nesse jogo, então eu enfrentei os monges que guardavam o local, caminhei pela estrada que levava à Tin Tower, cheguei lá, os dogos lendários estavam e o Suicuno olhou pra mim, eu olhei pra ele, e ele olhou pra Master Ball que eu lasquei na cara dele. Eu não ia arriscar essa chance de jeito nenhum! Agora, o meu time estava completo...

    Voltando pro treinamento do Dratini, tudo estava indo bem, exceto por um acontecimento que teria sido Extremamente feliz em um jogatina normal: Durante o treinamento eu encontrei com o Raikou, e... eu consegui capturar sem a Master Ball! Batizei ele de Thundercat, pra depois lembrar que ele não foi o primeiro pokémon da rota... Aí eu colquei ele junto com o Robin no Pc... 

    Mas bem, cheguei no portão pra Elite dos Quatro, a única perda foi o Pidgeotto Robin, e o meu time estava quase pronto. O Dragonair não tinha evoluído, então... Voltei pra Victory Road e deixei todo mundo no level 55. Agora sim, o time estava completo!

    A Elite dos Quatro foi bem fácil na real, já que eu estava uns 10 níveis acima da maioria dos inimigos, e jogando com extrema cautela, e agradecendo ao Gyarados do Lance que setou Rain Dance dando 100% de precisão pro Thunder do Sparky, ganhamo! Sem nenhuma perda durante a reta final! 

    E aí chegamos em Kanto e... Eu atravessei o lugar de boas até chegar no Red, e lembram da regra oculta que eu citei sobre o Nuzzlocke? Sempra que achar que está tudo bem/fácil, é sinônimo de tragédia... E não deu outra! Tomei um kct federal do Red e... Eu perdi a luta...

    Então meio que eu perdi o desafio, i guess? Mas como eu já tinha vencido da Elite dos Quatro, eu taquei o foda-se e desafiei ele de novo, e dessa vez, venci! Se eu ganhei ou não... Fica a critério de vocês mesmo, acho que a regra número 1 de qualquer jogo/desafio é se divertir (fato que também foi afirmado pelo autoproclamado melhor jogador de Nuzzlocke do mundo). Eu não sei se eu ia achar divertido refazer aquilo tudo do zero depois de chegar no final boss do jogo, então decidi me dar uma segunda chance, e consegui! Então, é, é isso o que importa, espero que tenham gostado de ver como que foi a minha primeira experiência com esse Desafio. Sei que esperavam um pouco mais de tragédia, mas... eu grindava demais durante o jogo pra evitar isso kkkkk. Embora no final tenha dado ruim. Bom, vou ficando por aqui, um grande abraço, e até a próxima!

    E sim, esse post é um previu de que eu estou querendo fazer outro Nuzzlocke em breve. 

    14
    • Micro picture
      gigahertz · 2 months ago · 2 pontos

      Muito bacana o seu relato do desafio! Que saudade de Pokémon Crystal, é até hoje o meu preferido de toda a série.

      1 reply
    • Micro picture
      manoelnsn · 2 months ago · 1 ponto

      Será que só eu que acha Nuzzlocke programa de índio? hauahuahua

      4 replies
  • niemann Luciano Niemann
    2021-04-28 03:17:48 -0300 Thumb picture

    O QUE?? COMO ASSIM NÃO ACABOU???

    A surpresa foi real! Já escolhi meu time pro Emerald, passei estudando os Pokémons e seus tipo, coisa e tal. Até que decidi dar uma entradinha no Crystal, e não sei porque tive a ideia de enfrentar a Elite Quatro com o time pronto, e imagine só? Teve conversa com o rival Silver! Isso aconteceu antes de entrar de fato contra a Elite Quatro, pouco antes de subir as escadas. Depois que vencer a Elite Quatro, fui lá entrar de novo na Elite Quatro pra garantir que o rival não apareceria de novo, e ele não apareceu mais! Provavelmente, o jogo quer que depois que você consiga as insígnias de Kanto, você enfrente a Elite Quatro de novo. A parte boa é que dessa vez foi com a equipe prontinha! Foi bem fácil de vencer. Bom, será que ainda terá alguma supresa??  o_O

    02:50
    28/04/21

    3
  • niemann Luciano Niemann
    2021-04-26 03:44:38 -0300 Thumb picture

    O último game da era de ouro do Pokémon

    Que jogo maravilhoso o Pokémon Crystal! O que ajudou muito a eu gostar foi a região de Kanto estar nela XD. Segundo minhas pesquisas sobre a franquia, fica claro que a era de ouro da febre mundial pokémon se estendeu até a segunda geração, depois começou a decair as vendas, audiência (animes), e popularidade, deixando claro que de 1998 até 2001/2002 foi a era de ouro da franquia. Outra curiosidade é que, a partir da terceira geração (Pokémon Ruby/Sapphire/Emerald) ouve uma reestruturação da produtora, o que mudou muito a forma de fazer os jogos a partir dele, sendo mais "profissional" a partir daquele momento. Eu diria que aquela pureza de Tajiri, o idealizador e sua equipe se perdeu depois de Pokémon Crystal.

    Falando da minha jornada, ela acabou. Eu até fui lá na torre de batalha em Olivine, mas realmente, aquilo não foi feito pra você ganhar. Até dá, mas tem que se preparar com ataques certos, itens pros pokes segurar, é muita função pra uma recompensa muito baixa. Depois de ganhar sete batalhas consecutivas (e só podem ser consecutivas), você ganha 5 itens de aumento de IV's nos pokés. Não vale a pena! Então deixei pra lá.

    Capturei os três lendários restantes, usando a Master Ball no Ho-Oh, que é meio chatinho de chegar nele. Bom, nesse ponto, a Pokédex estava completa. Mas ainda restava as Ruínas Alpha.

    Já tinha dado uma volta por lá antes e resolvido os quebra-cabeças, só faltava um. Os enigmas também foram resolvidos, ficou tudo liberado, só faltava as capturas, praticamente todas. Sabia que iria vir o cientista e mexeria na Pokédex depois de algumas capturas. Ele atualizou a Pokédex, mas, cadê o menu dos Unowns? Maldita tradução! Ela até é boa, mas buga todo o game. Pra capturar o Celebi foi a mesma coisa. Então, pra capturar o Celebi e ver o menu dos Unowns, usei uma ROM original inglês, aí deu certo. Na realidade, eu já tinha usada o ROM antes pro Celebi, passei o save pro traduzido até o momento de dar pau de novo. Daí, como só faltava isso pra fazer tudinho no jogo, terminei com o original mesmo. Nesse caso, peguei todas as 26 formas/letras Unowns e fui lá em Celadon buscar meu Diploma!! Salvei pra finalizar dentro de casa, como sempre faço, e coincidentemente, faltava três minutinhos pra fechar o game com exatas cento e cinco horas. Boas aventuras nessa aqui...

    00:26
    26/04/21

    2
    • Micro picture
      thekassian · 3 months ago · 1 ponto

      achei q a era de ouro era o ds kkkkkk

  • 2021-04-22 16:05:08 -0300 Thumb picture
  • niemann Luciano Niemann
    2021-04-21 23:20:32 -0300 Thumb picture

    Quis só experimentar, e consegui!

    Acabei de vencer o Red, pois é, achei mesmo que seria mais difícil do que foi. Porém dessa vez eu tinha uma equipe forte! Montei a equipe que bate em todos os tipos de pokémon, exatamente como descrevi na postagem anterior, e precisei de todos eles pra vencer. Como eu estava só testando, alguns estavam com lvl mais baixo que outros. Na verdade, a ideia mesmo era um time inteiro lvl 80, mas iria demorar demais, por isso quis ver o que dava. Acabei usando apenas um item, o de restaurar tudo na vida do Feraligatr, que tinha aprendido Dynamic Punch pra usar no Snorlax que foi o maior desafio, e o resto foi mais tranquilo. Engraçado que o Red não fala nada, só fica pontinhos. "...." "...." Até achei que poderia bug da tradução, dai fui ver um vídeo na net e encontrei a mesma coisa, o Red é sério mesmo! XD Interessante que, passa créditos como se tivesse terminado o jogo.

    Falando em tradução, ontem de madrugada, já na quarta-feira, ensinei o Icebeam pro Piloswine com o carinha na frente da Game Corner em Goldenrod. Achava que fecharia perfeito nele o ataque. O problema é que lá na TV que jogo com o Raspberry, eu uso a tradução, e ela trava quando tenta ensinar o ataque com o cara, então, peguei o save, trouxe pro PC, e usei a rom original, funfou! Passei de novo pro Raspeberry com a rom traduzida e sucesso, save normal, tudo ok!

    Bom, agora, meu desafio real será na Torre de Batalha em Olivine. Se algo me surpreendeu no game foi esse lugar, QUE SURRA EU TOMEI! Isso foi a alguns dias só. Entrei lá uma vez por curiosidade, e antes, não tinha lido nada sobre o lugar. Nem se compara o Red com os caras que vem de lá, portanto, também tenho isso pra fazer.

    E claro, fechar a Pokedéx. Falta três lendários e as evoluções até Charizard, que deixei pro final. O Celebi infelizmente só vou conseguir acessar via código Game Shark, pra abrir evento com o Kurt. O Ho-oh e Lugia só estão lá me esperando! RETA FINAL AGORA!

    MINHA EQUIPE PRONTA:

    Ainda faltou lvl pro Piloswine aprender Blizzard e Houndoom o Crunch!

    21:19
    21/04/21

    0
  • 2021-04-15 10:45:16 -0300 Thumb picture

    Twitch plays Pokémon pt. 2

    Eu sabia que tinha continuação, mas não sabia quase tão icônica quanto a primeira gen. E acho que essa talvez seja a primeira vez na história da internet em que a "Operation love" tenha dado certo kkkkkkkkk. O mais doidera é como que os eventos aleatórios da run criaram mitologias pro jogo.

    Eu queria ver como que foi a run de Pokémon Emerald, mas acho que depois da gen 2 o canal ficou isolado. Esses dias tava rolando Pokémon Platinum, mas não tem tanta gente como nessa época, aí eu não achei ninguém falando sobre como que foi a jornada nas outras gerações.

    8
  • niemann Luciano Niemann
    2021-04-10 03:35:13 -0300 Thumb picture

    Porra consegui, vsf!

    Estou há dias tentando pegar o Lucky Egg/Ovo Sortudo. Sabia da dificuldade, aceitei o desafio. O processo pra adquirir consiste exclusivamente em pega-lo do Chansey, um pokémon com taxa de aparição de apenas 1% nas rotas 13/14/15 de Kanto, e o item em si tem uma taxa de estar em um Chansey de apenas 2%. Pra facilitar um poquiiiinho de nada, segui um tutorial que recomenda o uso de um pokémon rápido pra poder escapar das lutas quando não é um Chansey. O que acontece é que esse pokémon rápido, precisa estar em um nível específico pra poder usar um repel e filtrar um pouco os pokémons que aparecem. Caso o seu pokémon não seja rápido e o pokémon selvagem tenha o mesmo nível que o seu, provavelmente o pokémon não conseguirá fugir. Nesse caso, usei um Persian lvl 28, que é o lvl que o Chansey aparece na rota 14, e só nela, nas outras duas ele só aparece lvl 25. E pra finalizar, o ataque Ladrão/Thief deve ser ensinado a algum pokémon pra tirar o item do Chansey sem captura-lo. No meu caso, eu usei no próprio Persian, pra facilitar mesmo.

    Quero o item pra evoluir minha equipe pós elite quatro, pra enfrentar o Red. Pois é, infelizmente, acabo descobrindo essas coisas lendo sobre o game, não deveria, deveria mesmo era tomar um choque em encontrar o Red e tomar um pau dele, mas fazer o que...

    Minha equipe será composta por seis pokémons capazes de bater em qualquer tipo de pokémon, exceto por uma certa dificuldade com tipos normais. Aqui estão eles:

    Feraligatr - Água 
    Ampharos - Elétrico -  (Com Iron Tail/Aço)
    Houndoom - Fogo/Sombrio 
    Crobat - Voador  
    Piloswine - Gelo/Terrestre (Com Earthquake/Terrestre)
    Heracross - Inseto/Lutador (Com Dynamic Punch/Lutador)

    Aprendi sobre Stab esses dias num vídeo, até hoje, tendo terminado três campanhas pokémon, eu não sabia disso.

    Semana passada, tive um trampo fudido também, transferi os pokémons lá do Pokémon Red pra esse pra completar a pokédex, foram mais de vinte pokémons, entre iniciais, lendários e os de evolução por pedras, já que nesse aqui não é tão fácil de conseguir.

    02:48
    10/04/21

    3
    • Micro picture
      vante · 4 months ago · 2 pontos

      Mandou bem! Pena que você tomou spoiler da batalha contra o Red no final, é raro não tomar spoiler disso hoje em dia

  • niemann Luciano Niemann
    2021-03-27 16:46:38 -0300 Thumb picture

    Achei de fato Pokémon Crystal diferente

    Venci a Elite 4, que tem membros diferentes após três anos dos fatos ocorridos do Pokémon Red, O Koga, ex-líder do ginásio de Fuschia agora é membro da Elite 4. Realmente pensei em fazer equipe, e mais uma vez não o fiz. KKKKKKKKKK 

    Minha ideia inicial entrando pra lutar contra a Elite 4 era ver o que eu iria enfrentar, quais tipos de pokémon pra saber fazer equipe, quando me deparo com pokémons de níveis mais baixo. Fato é que essa Elite 4 está mais fraca que a de Pokémon Red, com uns 10 ou 15 lvs a menos, o que torna o jogo muuuuito mais fácil. Pensei, "se eu conseguir vencer assim mesmo, mesmo que use umas poções e itens, qual o problema?", e foi isso que eu fiz. Só o meu Feraligatr e Ampharos deram conta de tudo. Fiquei esperando ansioso pra duelar com o rival ruivo, e, cadê? Isso já torna muito diferente do Pokémon Red.

    Até comecei a treinar com o Heracross pra fazer equipe, mas, deixa pra lá. Tirando o Feraligatr, que poderia ter vencido a elite sozinho, e o Ampharos que ajudou, todos os outros foram meus amigos pra ajudar a cortar, empurrar, surfar, enfim, todos ajudaram. O Spearow de nome Kenya, voou. Ele ainda está comigo porque não consegui entregar ele com a carta pro gordinho da rota 31, o jogo está bugado, provavelmente por causa da tradução, o npc diz que a carta não é pra ele. Gyarados ficou responsável mais pela parte aquática das tm's, menos o surf, além de ter sido bastante utilizado pra capturas recentemente. O Sentret foi o mais utilizado de longe! Ele surfou, cortou e cabeceou árvores! Ficou de fora o Tyrogue, que quebrou umas pedrinhas, o Shuckle que antes do Gyarados, me ajudou a empurrar pedras, aliás, até empurrou mais que o Gyarados, e o Haunter, que foi crucial pra capturar Entei e Raikou, com os ataques de prender, dormir e confundir. Pois é, sobre os cães lendários, já os capturei, só não postei. Pra capturar eles vi um vídeo muito bom de um brasileiro que dá dicas pra que eles apareçam mais fácil. Falta Ho-oh e Lugia.

    Agora é explorar Kanto, minha região favorita e "Catch 'Em All"!

    15:45
    27/03/21

    2
  • niemann Luciano Niemann
    2021-03-19 00:27:55 -0300 Thumb picture

    Meus Primeiros Shiny da vida!

    Comecei o Pokémon Crystal, é bem acelerado! Realmente parece que estou em outro jogo, apesar da mecânica ser a mesma, me sinto mesmo em outro lugar. Novos elementos e tal, organização, muito show! Nesse quesito ficou parecendo o Firered, lembrei muito dele.

    Não que eu ligue muito pra isso de shiny, não dá dano a mais, nem nada, mas de TANTO a galera dar valor pra isso, estou postando. XD

    O Primeiro foi o Pineco, pego mesmo na floresta Ilex, na raça. O segundo veio um Tyrogue chocado do ovo. O terceiro, Gyarados, não tem mérito nenhum na verdade, é o jogo que me deu pelo próprio enredo envolvendo o Lago da Raiva. Lembro de jogar o Firered e sempre querer um shiny do Gyarados por ele ser diferentão vermelho! E Aliás, Gyarados é meu Pokémon favorito! Revelações...

    22:25
    17/03/21

    1
  • gusgeek Gustavo Francescheto
    2021-01-11 13:47:21 -0200 Thumb picture
    17
    • Micro picture
      vante · 7 months ago · 2 pontos

      New Bark... Acho que é possivelmente a cidade mais nostálgica pra mim no mundo dos jogos kkkkkkkkk

      1 reply

Load more updates

Keep reading → Collapse ←
Loading...