This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • 2022-01-17 12:22:21 -0200 Thumb picture

    #398 - Metropolis Street Racer [Dreamcast] 2000

     Após desenvolver jogos de Formula 1 para o PlayStation, a Sega da Europa abordou a Bizarre Creations para desenvolver um jogo de corrida realista exclusivo para o Dreamcast. O jogo possui 3 recriações de cidades da vida real, Tóquio, São Francisco e Londres. Para desbloquear pistas e carros, o jogador deve vencer uma série de desafios no modo campanha, geralmente envolvendo bater algum recorde de tempo ou vencer circuitos. Para cada desafio completado, o jogador acumula Kudos, que são o dinheiro dentro do jogo. É possível ganhar e perder kudos dependendo do desempenho do jogador durante as disputas. O jogo oferece também algumas opções de conectividade com a internet para comparar recordes e disputar contra fantasmas.

     - Um jogo de corrida sensacional e com um visual extremamente caprichado. O jogo é realista ao ponto de replicar o horário de cada cidade em tempo real e tem uma física muito boa para cada carro, apresentando veículos reais licenciados. A ideia de usar uma cidade aberta e vários circuitos projetados lembra o que vimos em Midnight Club. O modo campanha do jogo é bem desafiador, pois conseguir acumular Kudos para desbloquear novos desafios é um tanto complicado. Dá para ganhar Kudos se dirigir com estilo, mas se bater o carro, você recebe penalidades. A trilha sonora do jogo também é ótima e foi composta pelo mesmo artista de Sonic R. O jogo também oferece modos de multiplayer com tela dividida.

    Nota pessoal: ★★★☆☆

    @andre_andricopoulos, @old_gamer, @ziul92, @mardones, @porlock, @darlanfagundes, @jokenpo, @darth_gama, @armkng, @lgd, @noyluiz, @marlonildo, @volstag, @manoelnsn, @gus_sander, @willguigo, @thecriticgames, @sergiotecnico, @melkorbelegurth, @avmnetto, @spider, @denis_lisboadosreis, @fredson, @hyuga, @wcleyton, @bobramber, @carlosneto, @thiagobrugnolo, @rensan, @eduardo_wrzecionek, @christciamn, @warconnor, @romline5, @dantlast, @marcelokiss487, @santosmurilo [Quem quiser ser marcados nas próximas postagens, é só botar nos comentários]

    38
    • Micro picture
      wcleyton · 4 months ago · 3 pontos

      praticamente o avô dos forzas

      3 replies
    • Micro picture
      thiagobrugnolo · 4 months ago · 3 pontos

      Eu tenho esse jogo e nunca consegui ganhar uma única corrida hahaha. Achava ele com uma dificuldade bem alta.

      2 replies
    • Micro picture
      leandro · 4 months ago · 2 pontos

      Esse dai eu perdi a conta de quantas vezes joguei. A atmosfera do jogo era incrível, com os gráficos e trilha sonora formidável ( o jogo tinha um ótimo desafio, diga-se de passagem ). Um dos meus de corrida preferido de todos os tempos

      1 reply
  • conradodepacas Conrado Meireles
    2017-09-21 15:51:19 -0300 Thumb picture
  • neilson1984 Neilson Lopes De Carvalho
    2017-05-09 18:18:25 -0300 Thumb picture

    Pense num jogo corrida massa no Dreamcast...

    Meta a quinta marcha no Dreamcast que lá vem o melhor jogo de carro na história do console que já apareceu. O jogo apresentava um sistema único de Kudos, que nada mais era a moeda do jogo que servia de bonificação e penalidades na maneira de direção do jogador durante as corridas.

    7
  • leandro Leandro Lopes
    2016-08-04 02:25:34 -0300 Thumb picture
    leandro checked-in:
    Post by leandro: <p>De todos os jogos de corrida esse foi, certament

    De todos os jogos de corrida esse foi, certamente, um dos que mais passei horas e horas jogando. Hoje tive que dar uma conferida e matar saudade. Ao meu ver um dos games do gênero mais completos que existiu/existe

    Quando digo completo é me referindo a todas as nuances que um jogo de estilo propõe em matéria de desafios e experiencia. Lembro das jogatinas seguidas de tentar bater recorde em várias e várias pistas do jogo ( que, se não me falhe a memória são mais de 260 pistas ). Era começar e não parar mais, já que pra desbloquear as pistas era é preciso fazer uma corrida perfeita e mostrar certa habilidade,  na pista anterior 

    E o falando do visual o game é de um capricho sem igual, retratando belas cidades como Tóquio, Londres e São Francisco. Sem exagero, mas é um gráfico bem além da geração do Dreamcast.  Em relação a  jogabilidade ela é  ótima, com controle fácil e viciante ( pelo menos comigo nunca senti dificuldade ). A trilha sonora é estupenda e é tocada através do rádio do carro ( você escolhe as estações ). 

    Bons tempos de altas jogatinas no Dreamcast e esse era dos meus games preferidos. Pra quem ainda não conhece e curte games de corrida experimente que não vai se arrepender 

    19
    • Micro picture
      neilson1984 · almost 6 years ago · 3 pontos

      Tá um jogo que foi tenso para min zerar, na época que eu tinha meu Dreamcast, até hoje os gráficos são bons como pode? Esse usou quase tudo que o Dreamcast tinha a oferecer!

      2 replies
    • Micro picture
      mardones · almost 6 years ago · 2 pontos

      Legal, não conhecia esse jogo.

      4 replies
    • Micro picture
      zonorato · almost 6 years ago · 2 pontos

      Caramba, ótimas lembranças que esse game me traz, naquela época eu também curtia o Sega GT

      1 reply
  • 2016-01-10 20:14:58 -0200 Thumb picture

    METROPOLIS STREET RACER, O MELHOR JOGO DE CORRIDA QUE NINGUÉM VIU!

    "Uma das maiores injustiças dos games está no Dreamcast. Seu fracasso comercial esconde até hoje muita coisa boa, como o Metropolis Street Racer, jogo que iremos conhecer ou relembrar agora!

    Que o Dreamcast começou a mil por hora e morreu asfixiado poucos anos depois todo mundo sabe, e exatamente por isso que o 128 bit da Sega esconde até hoje vários games bacanas, que pouca gente teve a oportunidade de curtir.

    Entre as raridades, temos o Metropolis Street Racer, lançado em 2000 na Europa (2001 nos EUA) pela Bizarre Creations com o apoio da Sega. O game de corrida, que influenciou diretamente o “irmão mais velho mais popular” Project Gotham Racing, era uma tentativa de fazer o console da Sega ter o seu próprio Gran Turismo, porém com ideias interessantes e únicas, somados a um visual impressionante para a época e a adição de rádios, em uma era “pré-GTA”.

    A BUSCA POR KUDOS

    O game tem todos os elementos de vários games de corridas, mas teve de inovação a campanha baseada em Kudos, uma espécie de dinheiro do jogo. Ao invés de apenas conquistar troféus e chegar em primeiro em todas as corridas, em MSR você tinha que, além de cumprir o objetivo, impressionar o jogo com velocidade e estilo. Chegar antes do tempo previsto e sem bater são itens necessários para avançar no jogo.

    O game em si não é difícil, com bons controles e aquele “prazer” que só os bons jogos de corrida oferecem ao dirigir um veículo, mas seu desafio de conquistar Kudos manteve seus jogadores com o CD no drive do Dreamcast por muito tempo, afinal além de fazer os desafios de maneira perfeira, o jogo ainda “desafiava” você a fazer de novo, colocando seus Kudos conquistados em jogo: se você conseguisse um desempenho inferior, perderia a diferença conquistada anteriormente, o que era necessário ás vezes, já que sem Kudos suficientes, nada de carros novos, nem de pistas novas, 262 no total.

    Tóquio, Londres e São Francisco são as três cidades do jogo, com várias pistas em torno delas, disponíveis para modos de corridas simples e até um modo online, numa época que o multiplayer pela Internet estava começando a colocar as mangas de fora.

    Os modos de jogo também traziam desafios interessantes: o Hotlap pedia uma volta em um tempo pré-determinado; o One-in-One, corrida um contra o outro em que você ainda pode dar até um minuto de vantagem pra você ou para o adversário; o tradicional Street Race, com até 4 carros; o campeonato e até a challenge, corridas de regras próprias.

    AJUSTE O RELÓGIO, SINTONIZE SUA RÁDIO PREFERIDA

    Uma das grandes inovações para a época também diz respeito a dois elementos que hoje são comuns nos games: tempo e música. O Dreamcast tinha um relógio interno, para ajudar em detalhes como datas de saves e outras informações. A equipe de MSR criou um sistema interessante de fuso horário baseado no relógio do console. Em outras palavras, você correria no horário real da cidade em questão, alterando o tempo da pista com o fuso horário. Três relógios com os horários das cidades do jogo sempre estão disponíveis para lhe dizer se a corrida será durante o dia ou à noite.

    Era interessante saber que a corrida podia mudar de período de acordo com a hora de sua jogatina, e pena que as limitações da época não permitiram que mais cidades fizessem parte do jogo, ampliando ainda mais as possibilidades de fuso e garantindo até uma certa “estratégia” para jogadores que preferem o dia (ou a noite) para correr.

    E em uma era pré-GTA III, outra boa inovação foram as rádios que embalavam os pegas. Richard Jacques, que participou de músicas em vários games da Sega como Daytona USA ou os Sonic dos anos 2000, cuidou das músicas das oito rádios presentes no jogo, cada uma com seu estilo e narradores dando bom dia (ou boa noite) antes de cada largada. Tal sistema fez enorme sucesso anos mais tarde em GTA III e logo se tornou padrão em todos os games da franquia.

    PELO MENOS GEROU UMA FRANQUIA BACANA

    Porém, mesmo com todas estas inovações e recepção calorosa da mídia especializada na época, o Playstation 2 já era o queridinho da galera, fazendo com que o game fosse lançado em uma casa vazia, aonde poucos puderam ter a oportunidade de conferir o game.

    Mas a Bizarre Creations lançou para o primeiro Xbox, em 2001 (e compatível com o Xbox 360), o Project Gotham Racing, a sequência de Metropolis Street Racer. No game, Nova York foi a nova cidade a estrear e muitos elementos do game original fizeram parte do título, que teve que trocar de nome, afinal o nome original pertencia à Sega.

    Matropolis Street Racer inovou por não ser nem arcade, do estilo Need for Speed “acelera e faz curva” e nem um simulador como Forza e Gran Turismo. O game tem seus próprios elementos, identidade própria e sua proposta de gerar “corridas perfeitas” fazem dele um dos preferidos de muita gente, incluindo este que vos fala."

    Post por @fonsaca

    Fonte: http://www.arkade.com.br/retroarkade-metropolis-st...

    15
    • Micro picture
      game_zone · over 6 years ago · 1 ponto

      como nao eu tenho ele no DC !! KKKKKKK

  • renanlima Renan Lima
    2013-11-05 18:05:47 -0200 Thumb picture
  • leandro Leandro Lopes
    2013-04-24 16:43:57 -0300 Thumb picture
    Post by leandro: Esse prototipo da Sega foi "descoberto" nesses dias

    Esse prototipo da Sega foi "descoberto" nesses dias. Seu nome: "Pluto". Confesso que nunca tinha ouvido falar dele. Era pra ser lançado no auge da empresa, ao que parece. Aqui esta o link sobre o console

    http://www.gamevicio.com/i/noticias/160/160037-prototipo-raro-da-sega-e-descoberto/index.html

    9
    • Micro picture
      marcela · about 9 years ago · 0 pontos

      Eu vi isso.
      Esse era o protótipo do Saturn pra falar a verdade. O que é mais gozado, é que TODO mundo resolveu tirar o seu Pluto da gaveta. Já vi trocentas notícias de pessoas publicando os seus e inclusive um cara vendendo um por 7.600 dólares. Tô achando tudo isso estranho ¬¬

    • Micro picture
      leandro · about 9 years ago · 0 pontos

      @nexus, não sei te dizer, mas parece que se tem é bem pouco ( ou não tem nada ). Na materia aparece ele funcionando ( parece que so existem 2 deles no mundo ), mas parece que é apenas a tela principal do console

    • Micro picture
      marcela · about 9 years ago · 0 pontos

      @leandro @nexus
      Reza a lenda, dos "possuidores de Pluto" que ele só funciona jogos do Saturn originais japoneses.

  • carlossantana1701 Carlos Santana
    2013-04-22 12:38:54 -0300 Thumb picture
    Post by carlossantana1701: <p>A trilha sonora do MSR do Dremcast é umas das me

    A trilha sonora do MSR do Dremcast é umas das melhores da minha vida

    3
Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...