Medium picture

lendariorandom Lendário Random

Um cara aleatório apreciador de games, gosta de olhar o aspecto artístico nos jogos


over 1 year ago 2020-12-05

The King of Fighters-A 2012(F)

Eu sei que até o número 12 nesse jogo parece vir carregado com aquele encosto que foi o kof12, que eu chamaria de rascunho de kof13. Ele leva boa parte dos problemas de kof12, tem a metade dos botões de soco e chute, tem o tal zoom que... exatamente e não tem modo multiplayer. Mas a final, por quê alguém diria que ele é um dos melhores jogos de luta da PlayStore? (arrisco dizer também da Apple store.) Bem, vou detalhar algumas adições benéficas em relação à Kof12, (maioria coisa do 13), e motivos pra você dar uma olhada nesse danado aqui.

  • Modo Arcade com finais e etc: Sim, diferente de Kof12 que veio até sem final, sem times, sem modo arcade decente e etc, este jogo aqui nos trouxe o que não era mais que obrigação da Snk playmore. Porém este modo além de trazer os times e os clássicos finais, leva nas costas o próximo ponto que vou citar.
  • Galeria de arte: Como nos jogos anteriores nas versões de console e PC, assim como o próprio kof13, esse jogo aqui tem uma galeria de artes e finais em vídeo que pode ser completada conforme o jogador vai zerando com determinados times, cumprindo condições específicas (como achivments), e jogando nos outros modos.
  • "Novos" (mesmo que já conhecidos) modos de jogo: Aqui temos os já conhecidos endless mode, challenge, time atack, e survival. Esses modos apesar de já terem dado as caras em games anteriores, agregam bastante aqui, já que por não ter um modo online para contras, o jogador acaba se entretendo com outras formas de jogar este kof e agregando mais conteúdo à sua galeria de arte, assim como conseguindo moedas para adquirir itens como skins de personagens (como o traje de Mr. Karate pro Takuma e aquela roupa engraçada do K', que mais parece ter vindo de um circo).
  • Sistema de moedas... (Mas calma que não vai interferir no gameplay tirando o fato de Kyo Nests e Iori clássico serem dlc's). Aqui as moedas podem ser usadas para adquirir cards, e comprar skins alternativas para seus personagens, só alterando a aparência claro. Isso é muito comum, mas não deixa de ser uma adição bacana.
  • Dlc's que eu não entendo o porquê na versão gratuita serem só duas, sendo que na versão paga era R$10,00 pelas Skins e os 2 personagens que faltavam, sendo que ninguém iria pagar pra ter 2 bonecos a mais e umas roupinha. (Então depois disso a dona Snk resolveu só RETIRAR A VERSÃO GRATUITA das lojas, e quem quiser jogar que compre a paga) (Stonks pra eles) Felizmente TROUXERAM ELA DE VOLTA. É fato que isso é um ponto meio ridículo, mas é melhor que o 12 original que não tinha nem chefe.
  • Um chefe... mas nem tanto. O chefe aqui é o personagem Ash Crimson, que já estava no game como personagem comum, e só foi simplesmente jogado como chefe pros personagens trocarem um papo, meterem porrada e verem seus devidos finais. Mesmo isso sendo meio que um "Vocês queriam um chefe? Tá aí, agora o Ash é o chefe. Pronto.", não deixa de ser alguma adição.
  • Finais para cada time e personagem, agregando alguma história e charisma aos personagens, e dando algum sentido àquela pancadaria aleatória que foi o kof12.
  • Novos controles... (Mesmo que tirando metade do gameplay): Nesse game tivemos umas mudanças significativas nos controles, e a que mais chamou atenção foi o fato de só ter um botão de soco, um de chute, um de esquiva, um de cancelamentos, um de especial, e toques na barra e ícone dos personagens para estourar barra e executar secretos (hsdm). Parecem muitas adições, porém foram necessárias para que não se perdessem os sistemas de kof. Para compensar a falta de botões de ataque em relação à outros kof's, nesse aqui você pode executar especiais com um clique, cancelar golpes com um botão, e certos movimentos foram modificados. Acredito que isso foi pra poupar espaço pra que o jogo não ficasse muito pesado, e ter um gameplay mais simples no touch screen. Mas não pense que isso vai tirar sua diversão, boa parte dos golpes foi realocado, assim como a potência dos ataques.
  • Muitos personagens: É certo de que a franquia Kof é conhecida por ter muitos personagens em seus jogos, mas são poucos os jogos para smartphone que tem tantos personagens jogáveis.
  • Gráficos: Pixcel Art muito bonito e bem trabalhado apesar dos downgrades sofridos ao trazer pros smartphones. Muito bom até pra um jogo de 2012.
  • Trilha sonora: Boa como sempre.
  • Modo versus via Wi-Fi e Bluetooth (somente na versão para iOS): Não tem um modo online, mas dá pra tirar uns contras via Bluetooth ou Wi-Fi. É uma bela adição. (Versão iOS) (iPhone e similares saíram no lucro)

8.5 8.5 10
Overall
8.0 Gameplay
7.0 Story
9.0 Music
8.5 Graphics
Um bom port com adições significativas, rico em conteúdo.
Adaptação até que bem feitinha, mesmo que simplificada dos controles, comandos e gameplay.
Uma das melhores opções nas lojas pra smartphone
Modo vs via Bluetooth e Wifi (Só ios) (apesar de não ter server ou salas online)
Obs: versus só na versão para iOS (iPhone, iPad, etc)
Não tem modo versus online, via conexão local (Bluetooth ou Wifi) só pra iOS
Controles diferentes. Não é um ponto tão ruim considerando as limitações. Bom trabalho até.
Não tem os chefes do 13, reaproveitou um personagem do próprio elenco básico

0 of users found this review helpful.


Outras críticas do mesmo autor:

Keep reading → Collapse ←
Loading...