This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • noyluiz Luiz Henrique Santos
    2022-05-09 22:03:54 -0300 Thumb picture

    Tava* de graça na playstore...

    infelizmente ja foi...

    20
  • 2022-04-11 14:04:44 -0300 Thumb picture
    Post by aaron: <p>#img#[817865]</p><p>Queria avisar para quem não

    Queria avisar para quem não sabe que o modo espectador está disponível na beta basta digitar / Gamemode 6 no chat no criativo com os cheats ativados

    3
    • Micro picture
      aaron · about 1 month ago · 2 pontos

      O que é que trovões tu tá fazendo aqui ?tu nem joga Minecraft!!

      1 reply
    • Micro picture
      eikesaur · about 1 month ago · 1 ponto

      Valeu pelo aviso kkkkkkkkkk

  • noblenexus Rafael
    2021-12-08 00:38:44 -0200 Thumb picture
    noblenexus checked-in:
    Post by noblenexus: <p>Dai depois de terminar Minecraft Dungeons (amanh

    Dai depois de terminar Minecraft Dungeons (amanhã faço checking dele) me deu uma vontade de dar uma brincada em Minecraft mesmo e assim que a abri tive aquela sensação que só se pode traduzir com esse meme.

    É parece que 4 anos de update mudaram bastante coisa no jogo eihn, mas enfim a vontade passou rapido quando morri no meio do nada e perdi os item tudo srrsrs ai ai Minecraft pode ser um dos pioneiros do genero survivor, mas definitivamente  não é a experiencia mais gostosa não. 

    14
    • Micro picture
      sergiotecnico · 5 months ago · 3 pontos

      Minecraft + Mods ❤️
      Eu tenho um mundo que jogo com a minha esposa em que todas as máquinas são alimentadas por um reator nuclear, que eu preciso ficar de olho porque se superaquecer pode explodir e contaminar a área com radiação...

      3 replies
    • Micro picture
      xch_choram · 5 months ago · 2 pontos

      Eu gosto da ideia de perder tudo, sendo que tudo ainda fica ali no caso.

      1 reply
    • Micro picture
      natnitro · 5 months ago · 2 pontos

      Esses dias saiu a versão 1.18 que mudou tudo na geração de mundos e o meme é bem esse ai mesmo quando abrimos o jogo de novo depois de passar um tempinho longe dele... kkkk

      1 reply
  • 2021-07-26 08:38:53 -0300 Thumb picture

    Novos Conquistadores Semanal #65

    Bem-vindos ao Ranking dos Novos Conquistadores Semanal #65!!

    Primeiramente lembrem-se de lavar as mãos com água e sabão ou usar álcool em gel, só saiam de casa se for realmente necessário e, caso tenham que sair, usem máscara, cuidem-se!

    Agora vamos ver como os conquistadores se saíram essa semana.


    Como campeão da semana temos @juray!! !
    Parabéns!! !

    Invoco aqui os Novos Conquistadores:

    @aranha96, @carlosneto, @douglascruz19, @eisfeld_l3al, @eikesaur, @fernandaorj, @gan0nd0rf, @gueatsconquer, @hcaandrade, @herbertviana, @juninhowii360, @juray, @l_perugia, @leehetfield, @lica, @mbizonsp, @mysteron, @oliveirarennan, @realgex, @rod_taberneiro, @sergiotecnico, @tecnomaniac, @thiagoreis, @tiagodantas, @unknownplayer, @vinizard, @xxespigaxx, @zonorato

    Para participar, veja aqui:
    http://alvanista.com/conquistadores/posts/3792142-atencao-conquistadores

    13
    • Micro picture
      eikesaur · 10 months ago · 2 pontos

      Faculdade tem me consumido muito tempo, mas quando eu estiver de férias, tentarei pegar a primeira posição ao menos uma vez hauahuahauaha

  • lendariorandom Lendário Random
    2021-01-20 15:33:26 -0200 Thumb picture
    lendariorandom checked-in:
    Post by lendariorandom: <p>#img#[756895]</p><p>&nbsp; &nbsp; Primeira vez q

        Primeira vez que faço um castelo na mão sem pegar nada no criativo. Até agora não achei nenhum diamante kskskks. Esse game aqui eu jogo bastante com meus primos. Tô jogando a 0.14 pelo multiplayer local ser simples e funcional. Diria perfeito até kdkksks

    8
  • hard_waters David Waters
    2020-10-13 14:41:18 -0300 Thumb picture

    É hora do portatilzeiro parar pra pensar no futuro...

    A morte do 3DS me fez pensar na vida de portatilzeiro para que rumos seguir...

    19
    • Micro picture
      reasel · over 1 year ago · 2 pontos

      depois de ver o switch rodando em celular foi foda...

      2 replies
  • thiones Sebá Oliveira
    2020-07-06 12:43:24 -0300 Thumb picture
    30
    • Micro picture
      onai_onai · almost 2 years ago · 3 pontos

      Ao menos terminei Metal Slug com três fichas! Haha...

      2 replies
    • Micro picture
      igor_park · almost 2 years ago · 2 pontos

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk mulher louca de pedra

      1 reply
    • Micro picture
      volstag · almost 2 years ago · 2 pontos

      Hahahaahahahahaha, foda

  • 2f
    2020-07-06 09:22:56 -0300 Thumb picture

    Eu queria poder fazer isso....

    Toda vez ou um esqueleto ou um maldito creeper matam meu goodboi

    9
  • anduzerandu Anderson Alves
    2020-06-15 16:49:31 -0300 Thumb picture

    Registro de finalizações: Minecraft - Pocket Edition

    Zerado dia 13/06/20

    Minecraft é um jogo que dispensa comentários. É um fenômeno dos video games há anos tanto com crianças quanto com os mais velhos. Lá pela época de seu lançamento eu tinha o pé atrás com o jogo (e até certo preconceito), mas isso mudou quando, num dia de tédio, um amigo me convenceu a jogar splitscreen com ele no Xbox 360. Passamos a tarde e noite jogando! Ele me ensinou os básicos, as mecânicas e tudo mais e eu fiquei viciado.

    Logo eu baixei no meu celular, que nem era muito bom na época (lá pra 2014) e cheguei a jogar com alunos do curso que trabalhava. Era uma febre! Apesar de eu não curtir tanto jogar sozinho, me divertia no multiplayer online ou local.

    O tempo foi passando e eu meio que esqueci do jogo e fui perdendo a vontade de voltar. A galera meio que foi enjoando, apesar de voltarmos pra longas jogatinas a cada 4 anos aleatoriamente, haha. Eu sempre curioso em ver o zeramento do jogo desde que me falaram que existia.

    Recentemente joguei Minecraft Dungeons, mas voltei pro jogo original totalmente por coincidência pois uns amigos e eu nos juntamos pra jogar outra coisa (que devemos terminar em breve) e como esse outro jogo era pago, a galera enrolou um pouco e fomos jogando Minecraft.

    Aparentemente existem duas versões do gigante da Mojang: uma versão Java (aparentemente é aqui que a galera faz os mods e zoa tudo)  e a versão Windows, que é a versão mais "oficial", com updates, loja de mods e o mais importante: cross-play. Mais importante porque parece que todo mundo pegou a versão Windows numa época que foi dada de graça, mas eu nem sei se fiquei sabendo. Acessando a loja, Minecraft custa cerca de R$100, dinheiro que nem posso gastar atualmente e nem sei se gastaria com ele.

    A solução foi procurar um APK pro celular e os instalar de graça e que, para a minha surpresa, funcionou online direitinho.

    Já tinha jogado muito no celular, então só tive que me acostumar novamente. Fora isso, eu tinha que aprender a mecânica toda de confecção de itens do jogo e, pelo o que eu entendi, o jogo facilita bastante nessa versão do celular.

    Pois bem, criamos um mundo, jogamos umas horas no primeiro dia apenas um amigo e eu, mas no segundo veio mais gente. Tivemos problemas e acabamos tendo que criar um novo mundo, agora no Realms, que é um servidor que independe do host estar online para ser acessado. Esse modo é pago, mas felizmente havia um teste de 30 dias gratuitos para experimentarmos.

    Começando a aventura em si, tenho que dizer que o jogo é lindo no meu celular, um Mi 9. A taxa de quadros é alta e tudo super fluído. Duvido que eu conseguisse um jogo tão belo em qualquer outra versão aqui em casa (talvez no PS4, mas se duvidar o tratamento que a tela do meu celular dá ao jogo seja melhor do que da minha TV).

    Conectei o Pro Controller do Switch pra ficar perfeito, mas infelizmente tinha um delay horrível, então fui touch screen mesmo.

    Os controles são simples: do lado esquerdo da tela tem um d-pad digital para andar. No centro dele tem um botão que se pressionado duas vezes consecutivas faz com que seu personagem abaixe ou levante. Aconteceu de vez em quando de eu ativar esse comando sem querer.

    Já tocar em qualquer outra parte da tela que não sejam esses botões controla a câmera/mira. Importante não só para olhar ao redor quanto para mirar nos minérios que deseja acertar com a picareta ou aplicar suas criações em lugares específicos.

    Há ainda outros botões: um de pulo no lado direito da tela. Um de chat, pro caso de você querer abrir o teclado e mandar mensagens, e um de "Pause", onde você pode acessar acessar as opções do jogo.

    Nessas opções é possível customizar muita coisa, inclusive opções de acessibilidade bem bacanas. Eu aumentei o FOV (Field of View) para poder enxergar mais coisas na tela e deixei os botões de andar maiores, pois por padrão era muito pequenos e eu os errava com frequência.

    De volta a aventura, bom, você fazer o que quiser. Muita gente gosta apenas de sobreviver, construir cidades, explorar os muito segredos de baixo da terra ou se fortalecer. Pra quem é mais casual, pode optar pelo modo Criativo, em que você tem recursos infinitos e menos imersão.

    Eu queria a experiência real, então fomos de modo Sobrevivência. Deixei claro que queria dessa vez chegar até os créditos do jogo.

    Começamos coletando recursos: madeira para fazer ferramentas como machados, pás, espadas, picaretas. Nesse início é tudo na mão. Você dá um  bocado de socos nos troncos pra conseguir um bloco de madeira, mas com o machado é possível coletar muitos em tempo muito menor.

    Com a espada conseguimos causar muito mais dano aos inimigos que nos atacarem e com a picareta, quebrar pedras e explorar o subsolo.

    O problema é que, embora as ferramentas de madeira sejam tranquilas de serem feitas e façam o trabalho mais rapidamente, elas quebrar muito fácil. Então logo fomos cavar e criar cavernas atrás de minérios e fazer ferramentas de pedra, muito mais duráveis e ainda mais rápidas com o trabalho. Mais tarde fomos pras de ferro e assim em diante.

    Os amigos me surpreenderam logo com as criações. Fomo fazer casas para dormir e passar a noite (período que os inimigos aparecem) e enquanto eu faziam verdadeiras caixas pra morar, o povo já tinha janelas de vidro, portas, bancadas de trabalho, forno para tratar comida e derreter ferro, plantações de comida e criadores de animais (ambos para fazer alimento pois se o seu marcador de comida estiver cheio, seu HP se regenera, e se ele se esvaziar, você começa a perder vida).

    Logo haviam mecânicas pela cidade, objetos inteligentes e muitas coisas bacanas. É incrível pensar que o público alvo é dado como crianças pois a coisa toda pode ficar bem complexa.

    O próximo passo foi explorar profundamente os mapas atrás de diamante pras melhores ferramentas, obsidiana para abrir um portal para dar continuidade na campanha e a criação de uma biblioteca para poder encantar nossas armas e armaduras e ficarmos prontos pro chefão.

    Essa parte durou uns dias, pois achar alguns recursos dá trabalho e depende um pouco de sorte. Fora que você acaba sempre que voltar pra superfície para conseguir certas coisas, como tochas e picaretas novas.

    Quando você se dá conta, já existe uma verdadeiro labirinto subterrâneo e coletamos muitos minérios diferentes e com funções bem específicas. As horas voavam e em parte, graças ao trabalho em equipe e as conversas pelo Discord.

    Com as obsidianas em mãos, abrimos o tal portal, que nos leva para outro mapa, o Nether. O Nether é basicamente o inferno e dá até uma cara bem Doom ao jogo. Um lugar cheio de inimigos chatos e formas de morrer, fora ser infinito, como a superfície também é, mas bem mais chato de navegar e sem poder usar de muitos artifícios que podemos usar normalmente, como dormir e bussolas.

    Nosso objetivo era achar um forte, onde haveriam uns recursos para nos ajudar. Nos perdemos muito nesse lugar, As vezes um morria de queda ou na lava e perdia tudo pra sempre e ao voltar pro Nether, não encontrava nem a equipe mais. Depois de horas eu tive a ideia de explorar e criar totens para marcar o caminho que levasse para algum lugar e bizarramente deu certo! Tenho que dizer que essa foi uma das poucas coisas que realmente fiz pelo time por mim mesmo.

    Achamos o forte, coletamos as coisas e partimos para fazer outras coisas. Foi aí que eu percebi que a todo momento a gente achava uma coisa diferente para fazer por horas só para conseguir alguma coisa para então podermos fazer tal coisa. A todo momento havia um desvio e mais preparação. Esse chefe era tão difícil assim?

    O pessoal então em disse que talvez fosse e que haviam outros chefes opcionais e coisas a se fazer, mas depois de tanta enrolação optamos por ao menos ir até o bicho e ver no que dava. Guardei meus equipamentos no baú e fomo. Tivemos que achar um portal na superfície que pode estar em qualquer lugar com a ajuda de um item limitado que meio que servia como bussola e, por sorte, ele estava bem perto da gente! Muita sorte mesmo!

    Fizemos tudo o que era necessário, coletamos os itens necessários para abrir esse portal, construímos armaduras fortes e as encantamos depois de ganhar um níveis matando bichos e coletando certos minérios.

    Chegando finalmente no chefe, foi a parte mais bacana do jogo. Ele tem uma barra de vida, uns ataques chatos e exige uma estratégia para ser derrotado e com algum esforço, o derrotamos, para a minha alegria.

    O zeramento é sem graça, depois vieram os créditos e eu fiquei basicamente meia hora olhando para textos subindo na tela depois de derrotar o chefão enquanto me perguntava como o povo sabe dessas coisas num jogo que não ensina NADA.

    Depois disso o povo quis continuar, ver outros chefes, coletar itens que faziam isso e aquilo, mas eu já estava cansado. O jogo é legal, mas eu tinha perdido o propósito de me fortalecer e achar melhorias muito antes do chefe final. Pra quê eu vou querer um item de planar? Desinstalei o jogo e se eu voltar um dia, vai ser menos preocupado em terminá-lo, como antigamente, ou casualmente no Criativo.

    Resumindo: Minecraft (inclusive o Pocket Edition) é um jogo legal. Um daqueles que te vicia e devora horas do seu dia, ainda mais se jogado com amigos ou com quem saiba o que está fazendo. Um jogo muito mais complexo e completo do que geralmente você pode imaginar vendo imagens ou sabendo que crianças costumam jogar.

    De bom: visual estiloso (bem europeu) e muito fluído, inclusive no celular. Super imersivo. Muitas coisas a serem feitas e a serem aprendidas. Cross--play muito legal e que nos ajudou a jogar em 3 plataformas simultaneamente. Muitas opções de acessibilidade. Português brasileiro é uma das opções de linguagem. Modo criativo para quem quer jogar despreocupadamente.

    De ruim: achei que o jogo poderia informar mais sobre as coisas e ser menos independente da internet para aproveitá-lo bem. Acho bizarro que o mapa seja infinito e genérico, apesar de contar com biomas diferentes, e isso gerou problema numa exploração que fizemos de cavalo e com descuido nos perdíamos uns dos outros. No final das contas eu fiquei sozinho e sem conseguir voltar pra casa até ter que começar uma nova vida numa vila que achei, minerar sozinho até achar determinados minérios, criar uma bussola, morrer no meio do caminho e ter que fazer tudo novamente (seus itens caem onde você morreu). Poxa, sei que o mapa é criado aleatoriamente, mas poderiam ter elementos que ajudassem a nos localizar, como montanhas ou formações. No final das contas, mapa infinito é completamente inútil, pois você pode achar qualquer coisa em qualquer lugar e mesmo se fossemos ficar num raio de 4 quilômetros da nossa casa, levaríamos eras explorando tudo.

    No geral, recomendo o jogo, mesmo que no celular (mas se você já jogou nessa plataforma sabe o quanto pode ser cansativo). Eu jogaria novamente, principalmente se conseguisse a versão de Switch num bom preço, mas infelizmente o jogo nunca fica barato em nenhuma plataforma! Recomendo para se jogar sozinho ou em galera (melhor ainda), para crianças, adultos e para quem curte exploração e dungeon crawling atrás de melhorias, um prato cheio em que cada jogatina é diferente. Dá pra jogar só isso pra sempre!

    22
    • Micro picture
      noblenexus · almost 2 years ago · 2 pontos

      seu celular não fervia de jogar tanto nele? o meu antigo zenfone 2 depois de umas 2 horas começava a ficar muito quente

      1 reply
    • Micro picture
      natnitro · almost 2 years ago · 2 pontos

      Tenho jogado aqui também com a galera e sempre é divertido pra caramba, ainda mais que do nosso quarteto só tem um veterano e o resto é tudo noobie que nem sabia o que era minecraft (incluindo eu ai xD) e ai tudo vira sempre uma bagunça porque ainda estamos aprendendo os esquemas, mas pelo menos já tem saído até umas casas até minimamente decentes, beeemm melhores do que os montes de terra que empilhávamos antes... kkkkk
      E é uma pena mesmo que o jogo não é lá muito intuitivo e aqui sempre é preciso ficar com o youtube aberto no segundo monitor só pra entender como funciona aquele esquema dos "circuitos" de redstone que é complexo pra caramba... :-)

      3 replies
  • thiones Sebá Oliveira
    2020-01-03 21:12:57 -0200 Thumb picture

    [Meio off] NÃO EXISTE HEROBRINE!

    Masssss eu acredito que todos vocês já sabiam disso, porém o que eu quis com essa vídeo é divulgar aí o trampo do Satanael. Comecei a acompanhar essa canal lá pela casa dos 20k de inscritos e apesar de hoje ter mais de 200k,ainda é pouco(meu, o cara fez um vídeo de duas fucking horas refutando argumento de terraplanistas e olha que é um canal sobre hacking e tecnologia). 

    Todos os vídeos tem ampla explicação sobre o que está sendo desvendado/desmistificado/estudado e tem muito vídeo interessante como por exemplo ele fazendo a mulecada daquele canalzinho "você sabia?" Passar vergonha desmistificando as besteiras que eles fazem sensacionalismo no canal bicheira deles. 

    Recomendo a série desmistificando e os tutoriais sobre computação pra quem é da área. 

    É sério, o moleque não tem nem 20 anos e eu fico surpreso com o que ele faz ali. Deem uma olhada depois se possível. 

    O @_gustavo eu tenho certeza que conhece esse canal aí 

    16
    • Micro picture
      lukenakama · over 2 years ago · 2 pontos

      Eu acreditava(E tinha medo) dessa porra quando lá em 2014, agora eu só penso
      "Puta que pariu, como eu era retardado kkkkkk"

      2 replies

Load more updates

Keep reading &rarr; Collapse &larr;
Loading...