This game doesn't have any review. Be the first one to review it!

Add Review


  • 2022-07-13 09:53:03 -0300 Thumb picture

    Tier list da gen 7

    A pedido do povo composto unicamente pelo @eikesaur, eu fiz mais uma tier list, dessa vez da 7º geração. Só joguei uma vez, e acabei colocando uns pokemons que eu nem cheguei a ver no Moon. Mas enfim, segue ela:

    Desculpem a piada do Donald Trump kkkkkk.

    19
    • Micro picture
      eikesaur · 3 months ago · 2 pontos

      Ok fds eu admito, talvez eu não tenha conseguido tankar o Gumshoos Donald Trump kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      2 replies
    • Micro picture
      manoelnsn · 3 months ago · 2 pontos

      Pior que o bicho parece o Donald Thrump mesmo 🤣🤣🤣

      1 reply
    • Micro picture
      caramatur · 3 months ago · 2 pontos

      Já reparou que você não colocou o inicial de água como favorito em apenas uma gen? E ao contrário disso, só não colocou um pkm gorduchinho como não gostei em uma gen?

      2 replies
  • 2022-05-22 21:14:10 -0300 Thumb picture
  • 2022-05-01 18:42:59 -0300 Thumb picture
    11
    • Micro picture
      mateusfv · 5 months ago · 2 pontos

      "Catastropika" é foda, nem quero imaginar o tamanho 😩

      1 reply
  • 2022-04-13 11:12:38 -0300 Thumb picture

    É, agora fechei as contas com Pokémon Moon

    Bem, depois de pegar as Ultra Beasts, o Necrozma e o Zygarde (um pouquinho só atrasado), eu fui ver as coisas que ainda faltavam pra fazer. Entre elas, tinha a dimensão paralela, onde não muda nada, com excessão dos altares e do fato de que a noite e o dia funcionam normalmente. 

    Lá eu consegui o Cosmog, que tava de boas no Altar. Não sei se ele evolui pro Solgaleo no final, ou se fica só no Cosmoen mesmo, ou se evolui pra Lunala, mas ok. Depois dei mais uma explorada na Poni Island, que tem essa música linda que eu coloquei no começo. Acho que ela realmente quer dizer que acabou... Mas eu consegui fotografar um Dragonite lá! Fiquei me perguntando se tinham passagens secretas pela caverna onde eu enfrentei o Guzzlord, mas sem sucesso. Com tudo isso feito, peguei o último Z-Crystal que faltava, que era o psíquico e fiz as lutas que faltaram fazer, que basicamente foi uma contra o Guzma, agora recomeçando a vida sem a Team Skull, e a rematch contra a Elite dos Quatro pra defender o meu título de campeão. 

    Dessa vez foi bem mais suave do que na primeira luta. Já sabia com quais pokémons era bom começar, e não apanhei tanto. Dessa vez o Dragonite brilhou mais graças ao combo de Dragon Dance com Aerial Ace e Dragon Claw. Surf foi o último golpe que fechou o moveset dele, que acabou sendo bem útil contra o Palossand da Acerola. Por fim o Hau que não conseguiu parar os 2 Dragon Dances que eu setei com o Dragonite, aí... É, Sweep baby! Usei um X Sp Attack também pra fechar com chave de ouro.

    Bem, assim fecho de vez Pokémon Moon! Foi um jogo cheio de altos e baixos, mas ainda assim eu considero ele um bom título pra franquia. Mais fraco que os antecessores? Sim, mas nem por isso é um jogo ruim. Só recomendo skipar uns diálogos no começo que deixa as coisas mais fluidas. Eu só queria que ele tivesse mais coisas pra fazer no post-game além da Battle Tree. Engraçado, que os meus jogos favoritos da franquia tem sempre um bom bocado de afazeres no post game, enquanto aqui eu fiquei clamando por mais o que fazer. Comecei o jogo apressado por causa das conversas excessivas, e terminei querendo mais kkkkkkkkkkk. 

    19
    • Micro picture
      noblenexus · 6 months ago · 3 pontos

      No geral eu nunca tenho muito saco pra pós game, mas dos pokemons que joguei o pos game que mais curti foi o do Soul Silver, eu realmente não esperava viajar por kanto depois de ter me tornado o campeão em johto.
      Esse eu tive o mesmo feeling quando joguei o começo do moon, tanto que acabei dropando na época, um dia ainda volto.

      4 replies
    • Micro picture
      eikesaur · 6 months ago · 3 pontos

      Opa, cê demorou quanto tempo juntando o game com esse pós game?
      Eu sou que nem o @noblenexus, também não tenho saco pro post-game, raramente faço.
      Mas no mais, parabéns pelos 100%, é sinal que conseguiu aproveitar bem.

      1 reply
    • Micro picture
      kalini · 6 months ago · 2 pontos

      Parabens. Agora vai tentar o ultra?

      Na verdade esse jogo é ligeiramente melhor que o X e Y pelo menos, pois tem mais pokemon novos, ultra beasts e umas coisinhas interessantes na historia, como o antagonista principal ser a aether foundation ao inves da equipe rocket com skin de pirata e ser sobre criar a primeira liga pokemon, enfrentando o professor da vez apos vencer a elite 4.

      1 reply
  • 2022-04-11 10:32:02 -0300 Thumb picture

    Agora acho que foi tudo (ou quase tudo)

    Depois de terminar a campanha principal continuei jogando mais um bocado pra ver o que tem no pós-game, e acho que vi tudo (ou quase tudo). Tem algumas áreas que eu não visitei ainda, não fiz a Battle Tree porque se for que nem no XY, eu vou apanhar demais kkkkkkkk. E bem, consegui completar as missões do Locker e capturar todas as Ultra Beasts. Ou pelo menos as que estavam nas missões. Ao todo (pelo menos que eu conheço) ainda falta o Buzzwhole, o Blascephalon, o Kartana e o Stakataka. Não sei eles são exclusivos do Sun ou algo assim, mas tanto faz. Agora acho que só falta a Remach com a Elite dos Quatro, descer o Primarina na cara de quem quiser o meu título de campeão, ver qual é a da ruptura no Altar Lunar e só, eu acho. 

    Se tiver mais coisa me avisem aí nos comentários pra eu saber se tem mais alguma coisa pra fazer, porque eu realmente queria que esse jogo fosse maior. O excesso de diálogos nele faz ele parecer mais longo do que realmente é kkkkkkkkk.

    16
    • Micro picture
      gicba · 6 months ago · 2 pontos

      buzzwole e kartana ctz que são do sun. Agora o Stakata e o Blacephalon se não me falha a memória são dos Ultras. Eles nem existem nos jogos bases

      1 reply
  • 2022-04-05 20:55:23 -0300 Thumb picture

    Impressões gerais

    Agora que eu finalizei Pokémon Moon, eu posso falar um bocado sobre o que achei do jogo. Não vou enrolar muito, então vamos nessa:

    Olha, é meio difícil fazer um pontos positivos x pontos negativos porque eu tive uma sensação estranha com esse jogo. Parece que o começo dele é desnecessariamente demorado, ele estabiliza na metade, e melhora muito no final. 

    Mas antes de resmungar, vou falar sobre algumas coisinhas pequenas que eu gostei e desgostei:

    Gostei: A ambientação, os temas de batalha, o Pokémon Amie, a dificuldade é bem mais alta do que eu esperava, a maioria dos personagens é bem dahora, a variedade de pokemons é muito boa e o jogo é bem bonito até pro 3Ds.

    Desgostei: O excesso de telas pretas em momentos em que o personagem precisaria de alguma animação pra ir de um lado ao outro (agachar e passar por uma passagem pequena,  ou abrir uma porta de cerca por exemplo), o protagonista não tem expressão facial, em 99% das cenas ele tá SMILE:) o que é meio esquisito por ser um downgrade em relação a ORAS e XY, algumas remoções de features como poder sentar nas cadeiras e os mini games de XY (embora isso deixe o Pokémon Amie bem menos massante, é uma coisa a menos). Nesse caso é mais gordurinha no gameplay, mas é uma das coisas que torna a Gen 6 especial, pelo menos pra mim. Agora, o que realmente me incomodou foi o excesso de diálogos.  

    No começo eu tava já espamando A pra poder jogar sem ter um diálogo chato me atrapalhando. Só na primeira ilha teve mais diálogos do que na campanha principal de Red/Blue e seus remakes! Sim, eu contei no dedo quantas interações obrigatórias que não envolvem batalhas tem nesses jogos: 2 com o professor OAK logo no começo, 1 com um fóssil pra seguir no MT. Moon, 1 com o Bill, 1 com o capitão do S.S. Anne, 2 com o Mr. Fugi pra pegar a Poke Flute e 2 em Fushia pra pegar o HM do Surf e do Strenght. 9 interações obrigatórias ao todo! Pra ser justo, tem mais 8 pra entrar na Victory Road, então tá bem, 17 interações. Na primeira ilha eu perdi a conta de Moon eu perdi a conta! E no começo isso é muito massante porque não tem muito o que desenvolver, então os diálogos soam mais como super exposição dos personagens que outra coisa, eu não preciso de 49 diálogos pra saber que o Hau fica empolgado com a cor da grama ou que ela é verde. Na metade pro final, como a trama é desenvolvida e os personagens também fica BEM menos chato, mas o começo foi morno demais por causa disso, especialmente comparando com FireRed que é o meu título favorito da franquia, e Black/White onde a trama começa a se mexer na 2º cidade do jogo. 

    Eu sei que parece que ou eu não gostei do jogo, ou sou muito chato, mas eu reclamo disso porque são problemas que me incomodaram um bocado a primeira vista, e a falta deles deixariam esse jogo num nível bem maior de excelência. A questão é que se comparar esse jogo com os seus anteriores, ele tem alguns problemas que não tinham antes, e isso me incomoda bastante. Mas esse jogo tem muita coisa boa também. 

    Eu não sei como descrever bem o que causa isso, mas esse jogo passa uma sensação de comemoração. Parece que ele foi feito como uma forma de celebrar a franquia, o que se evidencia pelos vários cameos que tem nesse jogo, como o Grimsley, Blue, Red e Colress por exemplo. Além de ele estar sempre com um clima empolgado no começo e no final. Várias referências à outras regiões, mas sem ficar puxando o saco sem necessidade. A ambientação de certas partes é muito boa, e as interações entre os personagens pós 1º ilha é bem legal. Faço questão de citar que os que eu mais gostei foram o Gladion, o Nanu, a Acerola e a Lilli no final foram os que eu mais gostei no jogo. Especialmente o Nanu que foi o que eu mais gostei dos Kahunas.

    De forma geral, acho que é um ótimo jogo pra se divertir, e eu me arrependo por não ter jogado ele antes. Ainda considero ele um bom jogo, mas que não superou os seus antecessores por causa dos problemas já citados, pelo menos pra mim. Mas certamente foi uma boa e marcante aventura.

    15
    • Micro picture
      gicba · 6 months ago · 2 pontos

      Tenho ctz que o jogo foi feito pra celebrar a série mesmo (acho que saiu num dos aniversários da franquia, além do codenome ser "Niji", que é arco iris em japones), tinham uns trailers bem bobos que admito que me fisgaram antes do jogo sair tbm https://www.youtube.com/watch?v=W3bAyRcFUxw

      especialmente pq na época eu conheci um imigrante japonês na faculdade e ambos gostávamos de pokémon, aí viramos amigos por isso e eu acabei destravando o 3DS dele, etc, mas isso é história pra outra hora

      1 reply
  • 2022-04-05 13:03:51 -0300 Thumb picture

    Mais um Pokémon finalizado!

    OST sinistra essa!

    Depois de capturar o Lunala, fui treinar o meu pokémon favorito e ganhar um pouco mais de XP com o time. Depois de um tempinho fui pra Victory Road de carona com o Nanu e comecei a voltar a apanhar na luta contra o Gladion porque eu não sabia o tipo do Silvally, e acabei perdendo metade do meu time nesse luta. A luta contra o Hau foi bem mais fácil, mas aquele koala me tirou um pouquinho do sério. Mas enfim, mais um pouco de grind e o meu time estava pronto!

    Como eu tinha dito, o Butterfree era muito bom, mas eu ia precisar de um pokemon que funcionasse de forma menos dependente de Sleep Powder + Quiver Dance. A combinação é muito forte, mas a falta de defesa na borboleta complicou bem as coisas pra mim, especialmente nesse finalzinho. O Dragonite foi um dos melhores em algumas partes, mas como ele não ganhou tantos EVs ele acabou não sendo tão overpower como costuma ser nos outros jogos. Mas bem, a Elite dos Quatro foi BEM desafiadora nesse jogo.

    Kahili poderia ter sido mais fácil se eu tivesse começado com o Raichu, mas ela acabou me dando muito trabalho pra vencer. Foi um esforço conjunto pra derrubar o time dela. Já o Hala levou metade da minha equipe! Eu imaginava que ele daria trabalho, mas não que todo o time dele fosse ser tão tanque! O que me fez perder o Raichu na luta sem ele levar ninguém, mesmo com a vantagem de ser psíquico. Dragonite e Primarina salvaram muito nessa luta. Acerola foi menos complicada. Ela me deu uma boa dor de cabeça, mas Arcanine e Lycanroc tinham Crunch e Primarina Shadow Ball. No final eu acabei usando mais Rock Slide do Lycanroc mesmo por causa do Frosslass e do Drilfloom. Por último foi a Olivia, e... Maluco, que surra que eu tomei! Muito porque a AI me sacaneou. O Sandslash levou o primeiro pokemon, mas já tava nas últimas, então eu troque pro Primarina, só que eu não esperava que o Lycanroc fosse usar o Z-Move no Sandslash com 34 de Hp! Aí o Primarina faleceu, e o meu Lycanroc levou o Lycanroc dela. Depois eu tive que sacrificar metade da equipe pra conseguir curar o Primarina e o Sandslash. No fim foram os dois que salvaram essa luta.

    Por fim o campeão... Que não tinha, então o Kukui resolveu me chamar pro X1. E olha... Existe a possibilidade de eu ter dado um reset no jogo porque o Lycanroc dele acertou um Stone Edge crítico e levou o meu, mas não existem provas disso, então, vamo falar como foi a luta. 

    Primarina abriu o jogo detonando o Lycanroc com Sparklig Aria após o lobo de pedra usar Stealth Rocks, o golpe mais maligno do mundo. Depois entrou o Magnezone que tankou bem um Sparkling Aria e paralisou o Primarina. Aí eu troquei pro Sandslash pra acertar um Bulldoze, mas ele sobreviveu e... errou um Thunder Wave? Eu não sabia que tinham nerfado a precisão do golpe. Aí eu setei um Swords Dance e acertei outro Bulldoze que deixou ele com 1 HP por causa do Sturdy. Em sequência, ele paralisou o Sandslash, mas ele tava equipado com um Berry pra previnir isso. Aí... Olha, esse não era o meu plano inicial, mas o Sandslash limpou TODO MUNDO! Icicle Crash e Head Smash deram cabo do time inteiro do Kukui! Eu tenho que dizer que depois de tomar tanta surra nesse jogo, eu não esperava que fosse vencer assim! Sandslash Sweeps baby!

    Com isso, consegui me tornar o campeão de Alola! Foi uma jornada bem maluca e... Pera, ainda tinha uma luta contra o Tapu Koko depois da Liga Pokémon... Quem achou que seria uma ideia legal deixar um lendário pra ser capturado logo após a liga? Enfim, ele não ficou quieto e mais uma vez novamente, eu gastei a Master Ball... Eu sinto falta de quando eu guardava ela pra nunca usar. Enfim, a história termina com a comemoração, e a Lillia vai pra Kanto pra ver se o Bill consegue ajudar a Lusamine por causa das sequelas do Ultra Space, já que o Bill já tinha se fundido com um pokemon antes e... Não sei se isso foi uma ideia boa, mas... Ok, tomara que dê certo. Por fim, eu gostaria que o Ultra Space e as Ultra Beasts tivessem mais destaque, porque dá pra aproveitar muita coisa daí. Tem o pós-game desse aqui ainda, então talvez eu veja.

    Mas enfim, vou fazer umas impressões gerais sobre o jogo daqui a pouco, e vou jogar o pós game ainda. No geral eu me diverti bastante com o jogo, e é a segunda vez que eu quebro a cara por subestimar um jogo da franquia. Tomara que não seja a última!

    25
    • Micro picture
      kalini · 6 months ago · 2 pontos

      No UltraMoon, as Ultra Beasts vão ter mais destaque, e tambem vai ter novas. Pena que a série parou de fazer Ultra Beast, não sei que mania é essa da Game Freak de inventar uma ideia boa numa geração e descartar na próxima.

      2 replies
    • Micro picture
      kalini · 6 months ago · 2 pontos

      Apesar de ser too much Kanto, até que é legal seu time. Sandslash de Alola é lindo demais.

      1 reply
    • Micro picture
      tiagotrigger · 6 months ago · 2 pontos

      Belo time (menos Raichu, hehe).

      1 reply
  • 2022-04-04 09:21:54 -0300 Thumb picture

    Todos os trials fechados!

    Enfim consegui terminar os trials e acho que praticamente a história toda do jogo, ao menos que tenha algo a mais no post game (espero que tenha). 

    Bem, depois da treta lá do meu último post, segui para a Poni Island pra fazer o último trial e ver se dava pra ajudar a Lillia com o Cosmoen. Foi um salto de nível BEM grande! Eu tinha desativado o XP Share antes, e agora eu tive que ativar de novo porque tava todo mundo acima do meu level. Fui seguindo, seguindo e consegui liberar vencer das lutas contra a Kahuna da ilha, e do pokémon totem. Nele em específico, eu pensei em dar um tiro só pra ganhar com a primarina, então meti o Z-Move do tipo fada nele, e o infeliz deu protect no mesmo turno... MALDITO! Mas no segundo turno ele foi com um Moonblast. Depois eu mandei o Arcanine pra incendiar o Scizor e GG. 

    Aí partiu Altar da Lua, e conseguir o Lunala. Foi uma parte bem legal, e o avatar mostrou uma expressão de surpresa nessa parte. FINALMENTE ele parou de ficar "SMILE" toda hora! O que me faz me perguntar porque isso não aconteceu antes já que ele teve a expressão animada, mas não usaram o jogo todo. 

    Aí, foi pro Ultra Space, o Guzma tava com medo e Samina tava louca (quem entendeu, entendeu), aí foi dar um jeito nela e... Que luta interessante.... Eu não esperava que o Clefable dela tivesse unaware... Eu setei 3 Quiver Dances na cara dele com a Butterfree, e não deu em nada... Mas o meu Sandslash tá aí pra consertar os meus erros, e ele levou o Clefable. Aí no Milotic eu consegui botar pra dormir, setar 3 Quiver Dances e... É... Sweep! Depois taquei uma Quick Ball no Lunala e ele ficou quietinho lá.

    E com isso, a próxima parada é a Elite dos Quatro que acabou de se reunir, e em tese eu iria direto pra lá, só que tem um probleminha no meu time... Por mais que a minha Butterfree seja a borboleta mais chad do universo, a defesa baixa dela começou a atrapalhar. Mesmo depois de um Quiver Dance ela tomou mais de 50% de dano de um golpe especial, o que complica um bocado as coisas. Então eu precisava de um pokémon voador com boa capacidade defensiva, já que eu preciso de alguém com imunidade a pokemons terrestres. Se eu tivesse capturado um Bagon no começo do jogo o problema teria sido resolvido, mas como eu não capturei, eu tive que caçar um outro Dragão voador. Quem você pergunta? Bem...

    Eu capturei essa fofurinha no Canyon, e cês sabem né? Dragonite é o meu Pokémon favorito de todos os tempos! Então eu vou treinar esse bichin pra elite dos quatro. Uma pena que ele só tá no level 30... Ouch! Mas fazer o que? Eu ia pegar o dragão desse jogo, mas 4 dos meus pokémons tem fraqueza contra terrestre, então eu preciso de um bom pivô pra trocar sem dor de cabeça. Partiu treinar pra Elite dos Quatro i guess.

    16
  • 2022-04-02 20:57:13 -0300 Thumb picture

    Consegui fechar o time! E como esse jogo melhorou agora!

    Eu ia postar isso mais cedo, mas alguns distúrbios na força me impediram kkkkkkk.

    Depois de terminar a 2º ilha, fui pra ilha do Ula'ula ou algo assim, não lembro direito a escrita do nome, e olha... Como o jogo melhorou nessa parte! Eu cheguei e decidi terminar de treinar o meu time, mas acabei voltando lá pro começo pra capturar um Rockruff porque eu achei que seria legal, e olha, foi um dos meus melhores acertos! Tirando uma coisinha: Eu queria evoluir ele pra versão Midday, mas em nenhum site que fala das diferenças entre os jogos falam sobre o fato de que essa versão do Lycanroc é exclusiva do Sun. Então acabei ficando com o Lycanroc Edgy mesmo.

    Com o time todo evoluído eu fui fazer o trial do Vikavolt, mas eu tava um pouquinho forte demais e acabei nocauteando o bicho com o Lycanroc no 1º turno com o Z-move de pedra. Aí fui pro sul fazer o trial da Acerola e capturei o 6º membro da minha equipe: Sandshrew de Alola. E olha, esse foi de longe o trial que eu mais gostei no jogo! Sério, foi muito legal ir tirando foto dos fantasmas porque me passou uma sensação meio "Caça Fantasmas" sei lá, mas eu curti, e na parte do Mimikyu eu tomei um susto mesmo... Não me orgulho disso, mas eu fiquei olhando pras imagens dos Pikachus, pra cima, e o bicho tava atrás e me deu um susto porque eu pensava que ele era bem menor. Nessa luta o Primarina não solou porque o Mimikyu era mais rápido e a habilidade dele me impediu de derrubar ele com um Shadow Ball.

    Aí eu fui pra cidade que tava infestada de grunts da Team Skull e eu não vou negar, isso me surpreendeu bastante. Tipo, a Team Skull parecia uma sátira de equipe do mal, pra chegar numa cidade praticamente infectada de tanto grunt causando o caos. Foi uma grata surpresa.  E foi lá onde eu evoluí o meu Sandshrew de Alola pra Sandslash! Então, o time ficou completo:

    Agora eu posso dizer que só tenho 2 de Kanto, já que os outros dois originais de Kanto são de Alola hehehe. Mas eu tô sentindo falta de um dragão nesse time... Quem sabe...

    Mas enfim, eu venci do Guzma, peguei o cristal do tipo inseto, e fui pra luta contra o Gladion, que foi de boas, serviu mais pra dar destaque pra personalidade dele que eu até que gostei bastante, já que mesmo com o visual, ele não um super edgy. Depois foi a luta contra o Kahuna dessa ilha que foi o Nanu de pokemons sombrios. Foi o Kahuna que eu mais gostei até agora! Pelo menos por personalidade. A luta não foi muito difícil porque eu tava bem acima do level, mesmo tendo desligado XP Share + eu tenho uma fada e um inseto. Que bom que dá pra desligar ele pra deixar as coisas mais interessantes.

    Em seguida foi a vez do Paraíso Aether ir pro brejo. Foi bem dahorinha essa parte, mas acho que o foreshadowing poderia ser bem mais discreto, já que no primeiro encontro com a Lusamine já dá pra notar que ela não bate muito bem das ideias... Mas bem, FINALMENTE o Hau fez uma coisa que me fez gostar dele! Pouco antes de ir pro corredor final dessa área, tem a luta contra o cientista de cabelo verde lá e quando ele revela que a chave tá com ele o Hau dá uma risada e fala que bastava ele dar no pé que tava tudo safe. Eu legitimamente ri nessa hora, e isso porque eu acho que o Hau fala demais e aprende de menos! Mas esse foi o momento do garoto brilhar, ainda mais que ele faz uma boa dupla nessa parte. 

    E depois é hora de fazer a Lusamine largar com esse papo esquisito de raptar o Cosmog, mas antes teve a luta contra o Guzma, que seria desafiadora... Se eu não tivesse um Arcanine. Infelizmente a habilidade do Golisopod foi usada contra ele já que o Flamethrower deixou ele com menos da metade, e de resto foi o dogão de fogo passando o cerol. Aí chegou na mommy Lusamine e essa luta ganha o prêmio de ser a luta mais doida que eu tive no jogo! Eu não sabia que a AI trocava tanto de pokémon, e foi um troca troca (sem piadocas aqui) porque ela usava um counter e eu trocava pra outro counter, e aí ela trocava de novo, até uma hora que eu consegui deixar o Milotic um pouco danificado, e usar o Raichu que setou um Nasty Plot e daí pra frente já era! Nasty Plot é muito apelão pqp. 

    Aí ela foi de base junto com o Guzma lá pro portal pro Ultra Space e... É, isso ainda vai desenrolar mais ainda! O que sinceramente é uma surpresa porque parecia o clímax da história, com revelações e personagens tendo bons momentos, e por aí vai. Não acho que vai melhorar MUITO daqui pra frente, mas não vou negar que eu fiquei surpreso com isso. E aparentemente as Ultra Beasts tão soltas por aí então... Vamo ver no que vai dar! 

    Gostei bastante dessa parte, e se o jogo continuar pegando mais leve nas cutscenes e sem super exposição de personagens acho que ele vai subir um bocado no meu rank. Fogo é que comparar ele com outros jogos é meio difícil, mas tô curtindo mais ele do que o Diamond/Pearl e menos que o Platinum. Esquisito né? Mas fazer o que.

    15
    • Micro picture
      eikesaur · 6 months ago · 2 pontos

      Eita, teu time tá fera! Devo dizer que tenho medo de ler seus textos, pois nunca zerei esse, mas já tenho ele aqui comprado em mídia física, só esperando a hora certa, aí leio só partes pontuais para não tomar spoiler hauhauahauahauah

      5 replies
  • 2022-03-30 09:27:24 -0300 Thumb picture

    Segunda ilha fechada!

    Bem, faz um tempinho que não posto nada por aqui né?

    Enfim, ontem eu resolvi pegar pra dar uma avançada no Moon, e até que deu bem certo! Consegui fechar todos os trials da segunda ilha e vencer da Kahuna mommy  Olivia que teria sido mais de boas se a RNG desse jogo não me odiasse tanto. Mas antes de começar a falação, segue aí o meu time:

    É, mais da metade dessa turma é de Kanto. Eu não tenho jeito mesmo...

    Mas bem FELIZMENTE o montão de cutscenes que tava tendo no início reduziu bastante. Ainda acho que tem mais que o necessário, e muitas vezes é redundante porque falando com os NPCs do jogo dá pra pegar várias dicas, tipo a mudança do dano de golpes críticos que agora causam + 50% do dano ao invés do dobro. E sobre a dificuldade do jogo que antes eu comentei que era mais alta do que eu pensava, bem, eu achei um probleminha nela... Não sei se é só comigo, mas eu sinto que em alguns momentos eu tô muito forte pro nível do jogo, e em outros que eu tô muito fraco. O que me fez perceber isso foram as lutas contra os Totens que me tiraram um pouquinho do sério. 

    A do Wishiwashi eu apanhei bastante, mas com um bocado de estratégia eu consegui vencer, a da Salazzle foi mais e menos difícil, já que eu esperava que o meu Growlithe fosse levar de boas por causa do Flash Fire, mas em um turno eu fiquei envenenado no trial de fogo (lindo!) e no outro o Venoshock me levou. Mas eu tinha o Brionne com o Z Crystal de H2O, então... De resto foi um massacre. Já a do Lurantis... Foi a primeira derrota que eu tenho em não sei quantos anos de Pokémon. Acho que desde o Red. O motivo? Os inimigos não ficam confusos de ferrando, ter o pokemon principal spamando Synthesis com a defesa tunada é extremamente frustrante e irritante, e o parceiro dele diminuindo a minha defesa não colabora nem um pouco... No fim, apelei pra uma coisa que eu nunca precisei usar na série: X Itens. Tunei a defesa, e o ataque do meu Growlithe e com 2 Flame Charges eu venci! Como vingança usei o Z-Move no tucano que me fez perder a partida anterior porque contra mim deixar confuso funciona. 


    Já contra a Olivia, só o Nosepass que não sabe dormir que me encheu o saco. De resto foi o massacre da foca! Embora o Lycanrock quase tenha me levado... Mas bem, eu gostei BEM MAIS dessa segunda ilha que da primeira porque teve bem menos interrupções no gameplay. Espero que continue assim tendo cada vez menos. E o que me surpreendeu foi ver o Colress nesse jogo, que se eu for enfrentar eu provavelmente vou apanhar um bocado. Mas enfim, essas estão sendo as minhas impressões, achei que o jogo melhorou um bom bocado, e que assim continue. Vou ficando por aqui, um grande abraço e até a próxima!

    23
    • Micro picture
      manoelnsn · 6 months ago · 2 pontos

      Essa cara de tacho do protagonista me faz sentir saudade do presídio...

      6 replies
    • Micro picture
      vante · 6 months ago · 2 pontos

      Ps: Meu Brionne evoluiu pra Primarina agora pouco. Pokémon bem underrated aliás kkkkkkkkk

      2 replies
    • Micro picture
      gicba · 6 months ago · 2 pontos

      Trials são uma das melhores ideias que tiveram pra série, e é uma merda que simplesmente jogaram fora depois dessa geração.

      Não necessariamente só por não ser a mesma coisa repetida de ginásio, mas eles mostram como Pokémon precisa desesperadamente de que os seus chefes funcionem em regras fora das padrões do jogo pra que haja alguma dificuldade (sem fazer com que os caras tenham literal times da smogon)

      Mas relaxa, o jogo num geral é de boa com exceção dos totens mesmo, então não é só você que sente essa diferença estranha na dificuldade kkk

      1 reply

Load more updates

Keep reading → Collapse ←
Loading...